Recommended Posts

é isso mesmo!

dá jeito para ver detalhes rápidos como os neons a comerem camarões bebés (no meu áqua).

ou então para perceber como o messi passa por 7.

agora podes tentar fazer a redução/aceleração mais progressiva, como uma curva bezier.

Link to comment
Share on other sites

Se soubesses o tempo que demorei a editar isto :P Tenho ainda muito, mas mesmo muito que treinar e ler e aprender para me sentir minimamente confortável. Anyway parece-me que somente nós os três estamos interessados nisto, mais ninguém se pronuncia :tapfoot:

Vou com a vossa ajuda tentar tirar mais partido da possibilidade de filmar que a minha máquina já tinha e que agora estou a começar a explorar melhor também com as novas ferramentas que o Magic Lantern proporciona. O meu próximo passo será tentar fazer filmes hdr :)

  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Boas!

 

Mais um que, apesar do receio, instalou o ML na 600D! :tongue:

 

Como ainda estou com medo de fazer alguma asneira, pouco experimentei e encontro-me em fase de leitura e visualização de videos na net para tentar perceber como isto funciona e o que pode eventualmente fazer à máquina! :rolleyes:

 

Ainda bem que encontrei este "cantinho" para vir ver mais experiências com o dito cujo...

  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

Boas!

 

Mais um que, apesar do receio, instalou o ML na 600D! :tongue:

 

Como ainda estou com medo de fazer alguma asneira, pouco experimentei e encontro-me em fase de leitura e visualização de videos na net para tentar perceber como isto funciona e o que pode eventualmente fazer à máquina! :rolleyes:

 

Ainda bem que encontrei este "cantinho" para vir ver mais experiências com o dito cujo...

 

Acho que o inicio o que tem mais utilidade e mesmo a quantidade de auxiliareas de focagem. Em locais dificeis e com muita luz (ao sol, etc) e dificil fazer uma focagem eficaz se fores obrigado a utilizar o ecran. Com o ML fica bem mais facil...

Link to comment
Share on other sites

  • 4 weeks later...

Boas!

 

Preciso de uma ajudinha... :)

 

Ontem, estive a fazer uns testes para ver se encontro os melhores parâmetros para fotografar os aquários e mesmo colocando a máquina no tripé, usando um disparador remoto, desligando o estabilizador da objectiva e tendo tudo em Manual, as fotos em RAW estão a sair-me desfocadas! No ML, activei o Magic Zoom para ver se me ajudava mas mesmo assim as fotos saem desfocadas! O que estarei a fazer mal? É estranho pois, embora tenha usado outras objectivas, as ultimas fotos que fiz do Cliff of Spirits estavam bem focadinhas! :\

 

Abraço

 

PS: Por acaso, fui confirmar e das ultimas que tirei, as do plano maior foram tiradas com a 18-55mm. Tirei foi com ISO1600!

Edited by João Marujo
Link to comment
Share on other sites

Não Pedro!

 

Esta, está como saiu da máquina.

 

2gtc93p.jpg

 

Distância Focal: 18mm

Velocidade Obturador: 1/160s

Abertura: f/5.6

ISO: 800

 

Esta cortei no LR para ver como ficava. Em termos do objectivo, pode ser cortada assim?

 

9tddea.jpg

 

Distância Focal: 18mm

Velocidade Obturador: 1/160s

Abertura: f/5.6

ISO: 800

 

Obrigado pela ajuda!

 

Abraço

Link to comment
Share on other sites

Pois, parece-me pouca luz e o ISO 800 está a colocar grão. Alem disso o 1/160 não apanha esses peixes rápidos :)

Claro que podes cortar.

Não arranjas uma luz para colocar por cima só para a foto?

Link to comment
Share on other sites

Podes endireitar o plano, O Iso a 800 não me parece que dê grande grão numa 600D, deste-lhe algum sharpness?

 

Se duplicares o Iso já podes duplicar a velocidade de disparo.

 

Penso que a lente que usas seja uma 18-55 IS? tenta utilizar aberturas mais pequenas ( rondar o f8 ), terás mais qualidade na imagem.

 

Mas Como o User Pedro Rosa disse tenta arranjar uma iluminação melhor ;)

 

Espero ter ajudado qualquer coisa.

 

Cumps

Link to comment
Share on other sites

Boas!

 

Pois, parece-me pouca luz e o ISO 800 está a colocar grão. Alem disso o 1/160 não apanha esses peixes rápidos :)

Claro que podes cortar.

Não arranjas uma luz para colocar por cima só para a foto?

 

Como te tinha dito, a unica luz mais forte que posso usar aqui é a calha do aquário de 1m (2x80PLL). O problema é arranjar maneira de a colocar pois apoiada nos vidros fica demasiada luz! Eu tenho um flash externo que posso tentar usar...

 

 

Podes endireitar o plano, O Iso a 800 não me parece que dê grande grão numa 600D, deste-lhe algum sharpness?

 

Se duplicares o Iso já podes duplicar a velocidade de disparo.

 

Penso que a lente que usas seja uma 18-55 IS? tenta utilizar aberturas mais pequenas ( rondar o f8 ), terás mais qualidade na imagem.

 

Mas Como o User Pedro Rosa disse tenta arranjar uma iluminação melhor ;)

 

Espero ter ajudado qualquer coisa.

 

Cumps

Não, não dei sharpness. Como referi, a primeira está como saiu da máquina e a segundo apenas levou crop.

 

Relativamente à abertura, tens toda a razão. O problema reside sempre na luz...aliás, em fotografia, tinha mesmo de ser! lol

 

Obrigado a ambos pela ajuda!

 

Abraço

Link to comment
Share on other sites

Bom dia!

 

Ontem coloquei a calha 2x80PLL em cima do aquário e já consegui tirar umas fotos melhores. Mesmo usando 1/250 e ISO 400, estão melhores que as que coloquei anteriormente.

 

Relativamente ao flash, ainda ando um bocado aos papéis com a colocação do mesmo...é que a calha ocupa quase o topo do aquário todo!

 

O maior problema que tive ontem foi mesmo com o cardume...depois de retirar todos os equipamentos do aquário, juntaram-se todos no fundo e, embora andassem de um lado para o outro, nunca vieram até a meio do aquário que é a zona que costumam usar!

 

Devia ter contratado um "domador" de Embers! lol

  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

Bom dia!

 

Ontem coloquei a calha 2x80PLL em cima do aquário e já consegui tirar umas fotos melhores. Mesmo usando 1/250 e ISO 400, estão melhores que as que coloquei anteriormente.

 

Relativamente ao flash, ainda ando um bocado aos papéis com a colocação do mesmo...é que a calha ocupa quase o topo do aquário todo!

 

O maior problema que tive ontem foi mesmo com o cardume...depois de retirar todos os equipamentos do aquário, juntaram-se todos no fundo e, embora andassem de um lado para o outro, nunca vieram até a meio do aquário que é a zona que costumam usar!

 

Devia ter contratado um "domador" de Embers! lol

 

biggrin.png' alt=':biggn:'>

No sábado foram três pessoas para os dominar... em muito poucas fotos ficaram na parte superior (tal como tu) mas na imagem que tenho em mente utilizar ficaram na zona de cima e em V... não me perguntes quantas fotos tirámos no sábado :shocked028:

Nesta foto (e na maior parte das que poderei aproveitar) foi com 10mm, 1/100, f/7,1 e ISO640... e duzentos e tal watts por cima do aquário e dois flashs (seriam centrais eléctricas?) por cima... admito que no teu tenhas ido para f/5,6 e maior velocidade de disparo (o aquário é menor).

Edited by Pedro Rosa
Link to comment
Share on other sites

Pois Pedro, com mais pessoas fica (um pouco) mais fácil! Com 1/100 conseguiste apanhar os ember? Eles não são dos mais rápidos mas mesmo assim...

 

Imagina só a minha figurinha ontem à noite com o cabo disparador numa mão e o secador de cabelo na outra! Estou todo partido com a "ginástica" que fiz e ainda nem tenho a foto para o concurso! Looool E sim, a abertura que usei foi 5.6. Como o aquário tem 30 cm de profundidade, deve dar para ficar com tudo focado...acho eu! :P

 

Vamos ver se com 160W e um flash externo sem tripé (o tripé que tenho tem de estar com a máquina) consigo fazer alguma coisa que apresente...

Link to comment
Share on other sites

Sim, consegui com 1/100. Tudo focado - como estava com o portátil, depois das primeiras fotos, abrimos algumas e fizemos zoom de 200% para ver todos os bocadinhos. Se não fosse isso teria passado um reflexo de uma porcaria que estava numa prateleira a alguns 6 m do aquário (só se via bem qd os flashs disparavam). Na máquina não tínhamos conseguido ver, mas o Miguel teve bom olho :)

 

Pedro.

Link to comment
Share on other sites

Porquê luz contínua (calha de iluminação) e flash, ambos para iluminar o aquário?

 

Cumprimentos

Luís Fortunato

 

Luís, boas.

 

A pergunta é para mim ou para o João? (acho que o João só utilizou a calha - que tem mais do que luz suficiente para os 60l dele)

 

Respondendo, para ter mais luz, não? Alem disso as cores só com o flash não são as mesmas que com a(s) calha(s)...

No meu caso especifico do aquário de 300l foi extremamente dificil iluminar a parte da frente do layout (uma grande "parede" de rochas) - a calha não iluminava essa zona, por razões óbvias, dai terem-se colocados os flashs a apontar para essa área. Era a única forma! (não sei se viste, fica aqui o link).

Link to comment
Share on other sites

Olá Pedro.

 

A pergunta é para mim ou para o João? (acho que o João só utilizou a calha - que tem mais do que luz suficiente para os 60l dele)

 

Respondendo, para ter mais luz, não? Alem disso as cores só com o flash não são as mesmas que com a(s) calha(s)...

No meu caso especifico do aquário de 300l foi extremamente dificil iluminar a parte da frente do layout (uma grande "parede" de rochas) - a calha não iluminava essa zona, por razões óbvias, dai terem-se colocados os flashs a apontar para essa área. Era a única forma! (não sei se viste, fica aqui o link).

A pergunta era para qualquer um dos dois... :)

 

Quanto ao ter mais luz, infelizmente não é assim que funciona ;) Se fosse para filmar, tudo bem. Para fazeres uma fotografia, em que queres "congelar" os peixes, o teu shutter speed não interessa. Até podes utilizar 1 seg de exposição, que se a única luz que interessa for a do flash, o resultado irá ser exactamente o mesmo. O que faz os peixes ficarem "congelados", é o facto do disparo dos nossos flashes apenas durar algo como 1/15000 segundos, e não o shutter da máquina estar nos 1/60, 1/200, 1/250, 1/160... etc...

 

Quanto à cor não ser a mesma, não te esqueças que um flash, regra geral tem uma temperatura de cor de 5500K. Por isso é normal que quando vejas fotografias de aquários tiradas com flash, que te possam parecer um pouco mais amareladas/quentes do que quando estás a olhar para o aquário quando tens a tua calha de iluminação. Mas isso facilmente resolves em pós-produção (Photoshop, por exemplo). E consoante a máquina que usares, até na própria máquina podes fazer isso. Basta-te variar o balanço de brancos um pouco para baixo (uns 1500~2000K), que em princípio terás resultados bastante parecidos aos quando usas a tua calha de iluminação.

 

Quanto ao teu aquário, não querendo tirar mérito ao Miguel que até é um rapaz porreiro (às vezes :P ), eu não teria usado esse setup. Deves é fazer exactamente ao contrário... Iluminas verticalmente com os flashes, de preferência com soft-boxes (podes usar cartão, papel de alumínio e licra branca para as construir, não as precisas de comprar), e usas a tua calha de iluminação para "clarear" as zonas mais escuras, trazendo a calha mais para a frente do aquário, fazendo um "tiltzinho" da mesma. Ou então, podes sempre aumentar o brilho das baixas luzes em pós-produção. Em digital e em diapositivo, mede-se sempre a luz para as altas luzes. Em negativo é que se medem as baixas luzes... Isto, porque tu em pós-produção podes sempre "adicionar" informação nas baixas luzes/escuro, enquanto que não podes fazer nada nas altas luzes/claro. Se tiveres uma zona rapada (entenda-se, um valor de brilho igual ou superior a 255) já não vais conseguir fazer nada disso...

 

Bem, não querendo ser mais maçudo, ficamos por aqui :)

Qualquer dúvida, apita.

 

Abraços.

Luís Fortunato

Link to comment
Share on other sites

Luís,

 

Excelente resposta :thumbup3:

Não tenho argumentos suficientes para manter o nível, apenas posso descrever o que fizemos e pq fizemos.

 

Exprimentámos vários setups. Foi, no minimo, meia tarde :)

 

Apenas as duas calhas, mesmo com os toques que sugeres, não funcionam neste caso. Há pedras com 40 cm de altura! (olha para o lado esquerdo, por exemplo).

A própria posição dos flashs foram testadas durante algum tempo.

Acabou por ficar um flash do lado esquerdo, por cima, a segunda calha rente ao topo do lado direito e o outro flash por traz a fazer uma semi-luz directa / semi-contra-luz por tras (o meu vidro traseiro tem uma pelicula semi-transparente com uma placa branca na diagonal atras).

 

Softbox não havia :) (mas creio que o Miguel tem uma!)

 

Não te contradigo em nada do que dizes. É óbvio que a pós-produção é hoje uma boa parte da fotografia (ainda hoje ajudei um user aqui do Forum a preparar a foto para o IAPLC e a diferença para a versão original é bem grande).

Os brancos, tirando em RAW, fazes mesmo tudo o que queres em pós-produção.

 

Vai aparecendo...

 

Pedro.

Link to comment
Share on other sites

Como espectador, obrigado pela resposta Luís! Há por aí coisas que me vão fazer pesquisar mas é isso mesmo que eu gosto!

 

O user que o Pedro ajudou na pós produção fui eu! :P Realmente a foto trabalhada ficou bem melhor que a original!

 

Abraço

Link to comment
Share on other sites