Algas verdes filamentosas


Recommended Posts

irons65hy.jpg?t=1242115383

O que tenho é isto

 

Filamentosa.jpg

Nesta imagem penso que se trata do mesmo tipo de alga mas pode-se ver melhor.

 

 

Este problema com algas já dura à algum tempo.

Apenas as Elódeas têm algas e torna-se muito dificil de as tirar porque elas estão mesmo agarradas às folhas, quase que arranco a planta a tentar tirar as algas.

 

O que procuro aqui é uma solução.

Pelo que li, pode haver varios modos de as combater, tais como:

 

-introdução de plantas de crescimento rápido. Se realmente isto é viavel quais as plantas? Eu tenho elodeas e acho que elas ate pararam de crescer por causa das algas pois antes de estas aparecerem elas cresciam fortes e saudaveis.

-plantas flutuantes. Já ouvi dizer que são as melhores para eliminar nitratos, corresponde à realidade? falava da lemna minor...

-SAEs e OTTOs. Eu já tenho um ancistrus e um hipancistrus borboleta e nao queria estar a ocupar o aquario com saes...

-parar a fertilização liquida. Resulta?

-Adicionar PO4 para que facilite a absorção de nutrientes pelas plantas.

 

 

 

Penso que é tudo o que me ocorre. Ja nao sei mesmo o que mais posso fazer.

Toda a ajuda é bem-vinda.

 

Obrigado

Edited by Gon13
Link to post
Share on other sites

Boas

 

Eu proprio vivo a braços com o mesmo problema cheguei mesmo a desmontar o aquario totalmente lipei tudo mudei de substrato e passei todas as plantas por banho de lixivia e não é que esta alga voltou para me assombrar....

 

Já pesquisei sobre este tipo de alga e encontro normalmente a mesma resposta que é:

  • ajustar os niveis de PO4 e NO3

  • aumentar os niveis de co2

  • e remover manualmente a alga por forma a enfraquecer o seu desenvolvimento,

 

por fim e como solução mais drastica usar H2O2 vulgar agua oxigenada (aplicar com os filtros desligados, usar uma seringa para aplicar na zona desejada, não utilizar mais de 5ml por cada 100litros de volume de aquario se não me falha a memoria, e depois efectuar uma TPA de 30 a 40%)

 

No entanto continuo sem conseguir me ver livre desta alga pois pelo que li existe uns 3 tipos de alga muito semelhates entre si e que se assemelham a alga que apresentas, sendo que dois devem-se a desquilibrios a outra é sinal de que o tudo está as mil maravilhas e dai o seu desenvolvimento....

 

No entanto deixo-te aqui o topico Nutrientes num aquario- Algas que identifica algumas algas e que dá algumas soluções...

 

Cumprimentos

Link to post
Share on other sites

Olá.

 

O que o barman_dani escreveu está correctíssimo. Só chamo à atenção no caso de usarem água oxigenada. Facilmente vão matar folhas da planta.

Mede a tua concentração de PO4, que armando-me em professor chibanga, aposto que anda perto de 0 ppm.

 

Cumprimentos

Luís Fortunato

Link to post
Share on other sites

boas

 

ando com mesmo problema num aqua de 15litros e nao consigo resolver.

tenh dois tipos de alga filamentosa.

tenho uma q parece fios de cabelo como na tua primeira foto e tenh outra no musgo q faz tipo um aglomerado tem mts ramificacoes.essa ultima tem um cheiro esquesito.

tento remove/la o maximo manualmente mas nao adianta nada.

ja ouvi dizer q as caridinas japonicas os otos e alguns sae comem destas algas.

so q ta dificil encontrar destes gajos por aqui.

pra alem dessas algas tenh tbm os vidros com algas nao green spots alguedo mesmo.

e tbm uma tipo a black beard algae em algumas plantas a bem dizer num aqua tao pequeno tenh 4 tipos de algas dentro dele.lolllll

 

 

nao tenh feito testes mas de certeza q tenh algo q ta afalhar .

tbm nao tenh fertilizado pq pragticamente so tenh musgo e elodeas e mais uma plantita pequena q ate nao desenvolve mt.

 

este aquario tbm apanha bastante luz nao directa .

 

 

cumps jonni

Link to post
Share on other sites

E se usar um algicida? será mau?

 

A que niveis deverá estar o PO4?

Edited by Gon13
Link to post
Share on other sites

Boas

 

O algicida é não é o desejavel, no sentido que é mais um composto quimico que se adicona a agua, podendo desquilibrar o ecosistema, depois tem o facto de por vezes não só elimina as algas com destroi as plantas, no meu caso pratico já tentei vários algicidas de diferentes marcas e o resutado foi sempre plantas debilitadas após o tratamento e as algas continuavam a aparecer.... logo o melhor concelho é sempre em vez de se procurar soluções milagrosas é procurar a origem do problema e corrigir o que se pode provar dificil de conseguir.....

 

O PO4 deverá estar em equilibrio com o NO3 ou seja os niveis ideais de PO4 é entre 05 e 1ppm no entanto se tivermos o NO3 a 10ppm deve-se ter o PO4 a 1ppm se o NO3 estiver a 5ppm o PO4 deverá estar a 0.5ppm, no caso de se ter por exemplo o NO3 a 10ppm e o PO4 a 0.5ppm temos um possivel desiquilibrio e originar algas... de qualquer forma o PO4 a niveis de 0ppm e superiores a 1ppm é algas certas....

 

Somente mais um factor que não referi e que poderá provocar algas, que é lampadas velhas (com mais de 1 ano) ou iluminação insuficiente ou excesso de iluminação.... é so mais um factor a adicionar a equação de problemas possiveis para o aparecimento e desenvolvimento das algas....

 

Cumps

Link to post
Share on other sites
  • 3 weeks later...
Olá,

quando referem 5ml de agua destilada por cada 100l é por dia?

Num aqua, este problema é natural em determinados tipos de agua usada, há aguas que colocadas num recipiente ao sol um dia depois está cheio de algas verdes filametosas, por isso não é de admirar que o mesmo aconteça no aquario, para resolver o problema pode adicionar-se agua fervida, destilada, agua do desumidificador ou a colocação de um uvc.

Normalmente este problema surge em aguas com capatação em lençois friaticos já contaminados, com Ph e Kh acima dos 7, pouco mais há fazer que aquilo que já aqui foi dito.

Contudo a redução do tempo de iluminação, a potencia correcta da lampada a temperatura do aquario bem controlada pode ser um caminho a seguir em primeiro lugar.

Deixei de parte os aquarios e dedico-me á lagologia em que os problemas são sempre em maior escala e o desafio é constante. Por isso o que aconcelho é um passo de cada vez, as algas que vi na foto não são prejudicias mas crescem muito e rápido, até que envelhecem e se tornam castanhas, desfazendo-se depois em nutrientes, mas que na maioria das vezes só servem é para culmatar os filtros.

As algas que se pegam aos vidros só há uma solução, a escova magnética de limpesa de dois em dois dias, e a passagem com a mão pelas folas e caules das plantas, de forma a que sejam retiradas as algas que se prederam nelas.

A filtragem também é importante e para alem de fluxo, deve reter as algas em suspenção na totalidade. Mudar a agua não resolve o problema no futuro, apenas no imediato.

Espero ter ajudado.

Link to post
Share on other sites

Olá.

 

Obrigado pela resposta mas fiquei na mesma...

Os 5ml por cada 100l de agua são para adicionar quando? Todos os dias? A cada tpa? De 2 em 2 anos?

Rapaz... porque raio é que não resolves o problema ao invés do andares a contrariar?

 

Um algicida, arrancar as algas, colocar peixes para as comer, só resolve o teu problema temporariamente...

O que deves fazer é determinar a razão de teres essas algas... quando atacares o problema pela raíz, aí sim vais acabar com as algas.

 

Cumprimentos

Luís Fortunato

Link to post
Share on other sites

Olá,

Não, não resolve temporariamente.

O problema é um equilibrio entre os nutrientes NPK, mas as algas sao tantas que mesmo com a luz, a fertilização e o CO2 adequados as plantas têm dificuldade em desenvolver e em competir com as algas. A partir do momento em que eliminar as algas, nas condições adequadas as plantas assumem a liderança e já nao deixam que estas se desenvolvam, o problema é faze-lo e arranca-las nao basta, colocar peixes a comer está fora de questão e quimicos tambem... continuei sem perceber com que frequencia se adiciona os 5ml por cada 100l...

Edited by sabino
Link to post
Share on other sites

Olá de novo.

 

Olá,

Não, não resolve temporariamente.

O problema é um equilibrio entre os nutrientes NPK, mas as algas sao tantas que mesmo com a luz, a fertilização e o CO2 adequados as plantas têm dificuldade em desenvolver e em competir com as algas. A partir do momento em que eliminar as algas, nas condições adequadas as plantas assumem a liderança e já nao deixam que estas se desenvolvam, o problema é faze-lo e arranca-las nao basta, colocar peixes a comer está fora de questão e quimicos tambem... continuei sem perceber com que frequencia se adiciona os 5ml por cada 100l...

Bem... resolve como quiseres. Eu já te disse que não precisas de usar H2O2 nem peixes. Basta ajustares os níveis de PO4 e esperar uns 10 dias que elas desaparecem... agora se tu queres resultados imediatos, ou não tens paciência e perseverança para manter um regime de fertilizações rígido, já não te posso ajudar.

 

Eu já tive algas dessas, e o tratamento passou por fertilizar bem com PO4. Não precisei de peixes, algicidas ou água oxigenada.

 

Cumprimentos

Luís Fortunato

Link to post
Share on other sites

Tenho a agua a 27º, 1 w/l de luz, co2 com fartura, no3 a 20mg/l, po4 a 2mg/l... melhor é impossivel.

Continuo sem obter resposta a pergunta inicial...

Edited by sabino
Link to post
Share on other sites

Olá.

 

Tenho a agua a 27º, 1 w/l de luz, co2 com fartura, no3 a 20mg/l, po4 a 2mg/l... melhor é impossivel.

Continuo sem obter resposta a pergunta inicial...

Enganas-te... 27º C é demasiado. Baixa isso para os 24-25º C.

 

1 W/l... e quantos litros é que tem o aquário?

 

Ok... níveis de NO3 e PO4... e sabes que a fertilização não são só esses dois nutrientes. E Potássio, como é que fertilizas? E também micro-nutrientes?

 

Cumprimentos

Luís Fortunato

Link to post
Share on other sites