Jose Miguel Gomes

Membro
  • Posts

    408
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Jose Miguel Gomes

  1. mas o meu aquario n tem uma pinta de comida, por isso donde apareceram os caracois? (essa teoria da comida n é 100% eficaz! ) ja agora aproveito para perguntar.. o meu aquario tem substrato, areao, plantas e 2 troncos.. e ontem comprei 2 corydoras. agora a pergunta.. convem por um bocado de comida? so n pus comida quando os comprei porque eles comem so algas e afins! :D ponho comida ou nem por isso? obrigado! Os caracóis são transportados nas plantas. Muitas vezes nem são os caracõis, são os seus ovos que depois eclodem no aquário. Posteriormente, se for fornecida muita comida, estes reproduzem-se mais rapidamente. (tanta comidinha só para eles.. eles pensam logo: vamos la procriar agora que é a melhor altura para a descendência não passar fome) Os coridoras têm de ser alimentados. Trata-se de um peixe tropical com necessidades alimentares como tantos outros, ao contrário do que te possam dizer nas lojas.
  2. À partida não deverás utilizar o carvão activado permanentemente. Este meio filtrante serve para situações em que pretendes remover medicamentos da água, tornar a água mais cristalina,etc. mas não te recomendo a sua utilização permanente. Aliás, não te recomendo a sua utilização de todo, excepto em situções muito particulares. Esponja e cerâmica pode ser boa ideia. A esponja remover-te-á particulas em suspensão e a cerámica permitirá o estabelecimento de uma cultura de bactérias que te fará o ciclo do azoto e outras funções importantes. Como peixe para fazeres o ciclo, recomendo-te o coridora aeneus (acho que é assim que se escreve), mas se este peixe não faz parte do teu plano de povoamento do aquário não o utilizes. Outras hipóteses saõ raposas voadoras, ancistrus, etc. Faz um plano daquilo que queres, e a partir daí já vês melhor o que podes fazer e dentro de que espécies te queres situar.
  3. Se insistires em manter esse aquário deves ter muita atenção aos parâmetros da água. Para além disso, nesse aquário, deverias excluir o botia palhaço, e depois ou ficas com os neons e aumentas o seu número para 7 (idealmente 10, mas aí já seria demais), ou ficas com o casalito que aí tens e depois talvez pudesses colocar também um casal de guppies. Neste caso, se se reproduzirem deverás retirar a descendencia para não sobrecarregares a carga organica que esse aqua suporta. Boa sorte!
  4. Com essa iluminação o mais indicado em termos de plantas são as as anubias, os fetos de java e o musgo de java. Podes ainda colocar umas cerotophylum demersum à superfície fornecendo spots de sombra. Em relação ao que deves comprar, tudo isso vai depender do que pretenderes fazer com o aquário. Para já deves ter atenção à amónia e aos nitritos (em suma, a todo o ciclo do azoto). Verifica se os habitantes que aí pretendes colocar se dão em condições semelhantes de água e procura atingir essas condições antes de os colocares. Boa sorte!
  5. Penso que sim. Para isso o aquário deve ter: - alguma circulação de água à superfície (normalmente utiliza-se uma bomba) - utilizas um filtro de plantas, ou seja, colocas muitas plantas que vão substituir a função do filtro - é importante que utilizes plantas que forneçam muito oxigénio, como a egeria densa e a cerotophylum demersum È uma ideia um pouco arrojada, mas já li um artigo sobre isso. Penso que era do Miguel Figueiredo e penso que encontrei o artigo na página do João Branquinho. Boa sorte
  6. Bem, antes de mais girinos não são de certeza :D O mais normal seria que fossem de guppies, porém, pela descrição poderão ser alevins de peixe-zebra. Se assim for, previno-te já para alguma dificuldade de sobrevivência. A áua deve estar bem oxigenada. Vai contando os progressos..
  7. Boas, bem tal como muita gente ja disse e bem, o aparecimento de uma grande quantidade de caracóis deve-se normalmente ao fornecimento de comida em excesso. Não concordo com a colocação dos bótias de propósito para esse fim, pois alteras o teu plano completamente. A técnica da alface é o mais recomendo. Cumprimentos.
  8. CORRECÇÃO: O género Brachydanio já não existe. Esta designação foi recentemente alterada para Danio. Assim sendo, como exemplo, o peixe-zebra ou danio-zebra como lhe chamamos vulgarmente ostenta agora a designação científica de Danio rerio. Claro que a maioria da bibliografia encontrada continua com a designação anterior, mas nos artigos científicos mais recentes já aparece a nova designação. Sugestões: Alguns dos peixes que também poderás colocar aí são: um casal de uma espécie de anabantídeos e um pequenos cardume de rasbora arlequim. Boa sorte!
  9. E quando na parte de tras diz so daylight? Significa que tem os K`s certos? Um problema que encontrei quando fui a lojas da especialidade foi que eles estão sempre a dizer que os W quivalem a muito mais. tipo 15W equivalem a 75 ou mais (ja n sei ao certo). Um vendedor disse-me também que seria possível colocar as novas lampâdas sem trocar tanta coisa. Qualquer coisa do tipo: desligas tudo o que tens na lampada e ligas directamente ao interruptor que tens pa ligar as lampadas. Uma dúvida: Eles lá também não chamam power compact, chamam outra coisa qualquer. Essas lampadas de 55W são umas que só atarracham numa ponta? Mas são bastante altas certo? Tipo, é possível que não caibam em qualquer calha.. as que eu vi tinham +/- o tamanho de um côco largo. È isso uma power compact?
  10. E quando na parte de tras diz so daylight? Significa que tem os K`s certos? Um problema que encontrei quando fui a lojas da especialidade foi que eles estão sempre a dizer que os W quivalem a muito mais. tipo 15W equivalem a 75 ou mais (ja n sei ao certo). Um vendedor disse-me também que seria possível colocar as novas lampâdas sem trocar tanta coisa. Uma dúvida: Eles lá também não chamam power compact, chamam outra coisa qualquer. Essas lampadas de 55W são umas que só atarracham numa ponta? Mas são muito altas certo? Tipo, é possível que não caibam em qualquer calha:
  11. Pois, os meus balastros secalhar são de 18W.. digo eu.. porque é a potencia que diz la que suporta. 2 x 18W.
  12. Podes fornecer minhocas, de certeza que vão adorar e são bastante nutritivas. Deves deixar as minhocas 3 dias em papel húmido antes de fornecer, para que percam o conteúdo do intestino. Boa sorte.
  13. Isto arranja-se numa loja vulgar de electricidade ne? E a designação exacta das lâmpadas qual é? Powercompact, Dayligth e que mais? Knts K`s? Thanks pela ajuda!
  14. Bem, tenho mais uma dúvida Na calha é da Aquatlantis e tem 2x18W, 320V, 500 Hz. Com esta mesma calha posso colocar essas 2 lampadas de 55W cada? Tava com a ideia que seria necessário construir uma noca calha para as lâmpadas. Assim sendo, tanto melhor.
  15. Bem antes de mais vamus definir muito basicamente 2 conceitos. Filtro mecânico: remove partículas em suspensão na água (como restos de plantas, etc) Filtro biológico: utiliza as bactérias para degradar substâncias que podem ser tóxicas para os peixes, ou mesmo para as plantas, a tal situação do ciclo do azoto que toda a gente já ouviu falar. Normalmente os filtros externos ou mesmo internos mais complexos utilizam estes dois tipos de filtragem que ocorre precisamente no filtro. Para além disto, convém reter que as plantas também contribuem para a filtragem da água, funcionando precisamente como filtro biológico, mas apenas eficiente com grandes quantidades de plantas. Quando referes filtro biológico estas a ser muito pouco específico, mas respondendo em concreto à pergunta, terás sempre que ter um filtro biológico para manteres seres vivos num aquário, seja ele o proprio filtro, as plantas ou até mesmo o areão. Para finalizar, fica sabendo que para muitas plantas uma corrente muito forte proprocionada pelo filtro poderá ser-lhes prejudicial. Em contra-partida, um aquário sem corrente nenhuma também prejudicará as plantas. Espero ter ajudado!
  16. Num filtro não têm qualquer função? Como assim? Eu por acaso não uso, mas sei que degente que utiliza no filtro externo.
  17. O que são os balastros e os conectores? As lâmpadas seriam todas iguais? Bem, o preço de tudo isso combinado é que é um pouco puxado.. ainda assim deverá ficar mais barato que se não fosse diy. Nesse material não está incluido o preço da calha pois não? Que calha poderia colocar? Finalmente, não ficaria com problemas de sobre-aquecimento? Desde já muito obrigado!
  18. 75x60x55, mas com os cantos cortados. A litragem exacta que o aquárico tem são 215L.
  19. Excelente, é mesmo isso. Mas deve usar Backtopur Direct em dose dupla. Atenção que este tratamento afecta também as bactérias dos sistemas de filtragem. Não se safou. :D O bactopur era precisamente o direct e era em dose dupla, mas para minha infelicidade o peixe morreu na mesma. Bem, o comentario do Rui Ferreira de Almeida esclareceu-me bastante. O filtro estava a funcionar em intensidade reduzida devido ao facto de ter pequenotes que poderiam ser aspirados e como tal prevejo grande possibilidade de acumulaçao de matéria orgânica. Para além disso o peixe alimentava-se regularmente de comida congelada, de um local onde não voltarei a comprar visto suspeitar que a comida que la vende ja esteve descongelada pelo menos uma vez. Isto porque encontrei uma altura numa das placas que me vendeu o seu conteúdo praticamente vazio e apenas um pequenino furo na parte de trás, ou seja, teria de ter estado descongelado para haver fuga por um buraquinho pequeno. Muito obrigado! Foi pena, o artista ja tinha sido 3 vezes pai.
  20. È sal da SERA que lem la aos montes em baldes de 38kg Em tudo o resto concordo plenamente.. o prof responsável gosta principalmente de trabalhar com crustáceos.
  21. Bem, a verdade é que eu estou mais virado para a água doce, mas numa das cadeiras da faculdade temos acesso a uma sala de aquários que está um pouco ao abandono, e que é suposto sermos responsáveis por ela. Claro que como gosto de aquariofilia fiquei enpolgadissimo com tudo aquilo.. tem pa lá montes de material de aquariofilia e montes de tanques, com milhares de litros com as mais variadas funções. Hoje já tive para lá a limpar alguns dos filtros externos que lá utilizam (na secção do tal aquário de 150-200L e onde existem ainda mais 2 aquários mais pequenos). A parte das sumps interligadas é um sistema à parte, onde já se mantiveram caranguejos da costa, mas morreram, calculo que por má qualidade da água, daí a minha preocupação. A água é produzida através de sal sintéctico e deve ser a partir de água destilada, pois o seu pH está nos 7-7,5 --) manifestamente baixo, daí também a minha pergunta.
  22. Escumador e filtro seco húmido são a mesma coisa? Qual o melhor tipo de filtragem para um aquario salgado entre 150 e 200L? Quais as matérias filtrantes mais adequadas a um sistema de 3 grandes tanques interligados e com um sistema de filtragem complexo de várias sumps interligadas? Destina-se a manter caranguejos da costa portuguesa.. Que formas existem para aumentar o pH da água e futuramente mantê-lo? Se conhecerem algum endereço que me possa ajudar em tudo isto agradecia Obrigado!
  23. Bem, quanto ao inchaço não se aplica, mas em relação ao sintome de terem os olhos muito inchados também verifiquei isso recentemente num dos meus kribensis. Para já, como ainda ninguem me deu uma resposta, coloquei-o num aquário de 5L com oxigenação e SERA bactopur. Também gostava da opinião de laguém mais entendido. Cumprimentos!
  24. Boas, Aqua 50L; População: coridoras,kribensis,ottos,neons Problema: O kribensi macho ( de uma kasal já com várias posturas) apareceu à 2 dias com um olho inchado e vermelho. Ontem tava com um comportamento esquizito. Hoje apresenta sinais de falta de ar, à superfície e muito parado. Respiração ofegante e os 2 olhos inchados mas não vermelhos (meios amarelados). Esta tambem um pouco descolorido. O que fazer? Para já e enquanto nenhum entendido me der uma resposta, vou coloca-lo num aqua de 5L com bactopur e bomba oxigenadora. Aguardo ajuda.