FILIPEALMEIDA

.Membro Ausente
  • Content Count

    340
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

Community Reputation

0 :)

About FILIPEALMEIDA

  • Rank
    Hiper Membro Júnior
  • Birthday 12/26/1973

Contact Methods

  • Website URL
    http://
  • ICQ
    0

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Concelho
    Mafra (Lisboa)
  • Localização
    Mafra

Recent Profile Visitors

2,144 profile views
  1. FILIPEALMEIDA

    FILIPEALMEIDA

  2. A natureza também tem destas coisas. Confesso que, em tantos anos, também nunca tinha visto. Não deverão sobreviver.
  3. Viva, Tiago, o "problema" de escolher qual material usar é um problema de espaço, ou seja, quanto menos superficie de contacto com a água o material tem (mais ou menos poroso) maior é a quantidade que tens de utilizar. É claro que, neste capítulo, estamos sempre condicionados ao espaço físico existente no filtro. Eu uso leca porque tenho sumps de razoável dimensão, então não tenho grandes problemas em usar boas quantidades de leca... também uso bioballs em quantidade, mas essas ainda ocupam mais espaço, tornando impraticável o seu uso dentro de filtros. Não conheço o filtro Jebo a que te referes, mas o que te aconselho é em comprares "canudos" dos bons. Não te sei aconselhar uma ou outra marca específica. Em geral, os mais baratos têm um aspecto mais liso ao toque, enquanto que os mais "carotes" notas que são mais ásperos ao toque e alguns mesmo com um aspecto rugoso. Se pensares que as cerâmicas duram anos e anos dentro de água (aliás, nunca me lembro de ter mudado nenhumas), saberás que gastas o dinheiro de uma só vez... É um aspecto que acho que compensa. Em havendo mais espaço, como por exemplo, numa sump, aí sim, podes optar por matérias mais baratas, como a leca, por exemplo. Eu combino leca com bioballs e agumas cerâmicas, mas, como disse, na sump há sempre bastante mais espaço que num filtro externo.
  4. parabéns pelo projecto, Diogo. Deixaste definitivamente os tropheus? ou estás a ganhar força para um projecto em grande ?
  5. Malta, Não me levem a mal, mas vai aqui uma grande confusão... As cerâmicas servem APENAS como filtrantes biológicas, ou seja, o seu papel num filtro (ou sump) é permitirem a instalação de colónias de bactérias nitrificantes, benéficas na "purificação" da água. Não absorvem (nem devem) nenhum químico. Para isso, existe carvão activado e outras filtrantes adequadas a cada caso. Já agora, as grandes diferenças de preço que encontramos em "canudos" de ceramica de várias marcas têm a ver, essencialmente, com a porosidade do material. Quanto mais poroso mais caro... mas quanto mais poroso melhor, pois oferece maior superficie de contacto com a água, permitindo a instalação de bactérias em maiores quantidades. Quanto à leca, tijolo, etc., podem perfeitamente ser utilizadas. Aliás, qualquer material poroso (mais ou menos) e que não adultere a química da água, pode ser utilizado como matéria filtrante biológica. Eu uso leca à muitos anos sem qualquer problema. Não é tão porosa quanto bons "canudos" de ceramica, mas é MUITISSIMO mais barata. Qualquer loja de bricolage a vende. Para melhor sucesso, é tentar (é dura) esmigalhar um pouco mais a leca.
  6. tenho andado um bocado ausente. Antes de mais, obrigado ao Diogo por ter assegurado as respostas... Para responder ao José Miguel, um filtro de 1.000 ltrs/h é "curto" para este aquário. Tenho de manter constante vigilância aos parametros da água... Para mais, tem lá 10 mpulungus adultos. A coisa tem corrido bem. recorro a umas TPA's mais fortes e mantenho as lâs do filtro bem limpas. Por enquanto tem corrido bem
  7. Ora viva a todos. Pois é... os afazeres profissionais deixam muito pouco tempo e já fazia MUITO tempo que não actualizava o tópico... O aquário dos tropheus mpulungu evoluiu bem. Os peixes estão fantásticos. Mudá-los do aquário onde permaneciam com os tropheus Bemba para este aquário, onde estão sozinhos foi a decisão mais acertada. O aquário está muito simplista e os peixes são dificílimos de fotografar... Aqui ficam algumas fotos: O macho dominante "à espreita", a controlar o seu território: O aquário: Entretanto, os moliro também estão excelentes. Tive algumas mortes, restam 6... reproduzem-se que nem coelhos uma geral do aquário: Por hoje é tudo. Ficam prometidas umas fotos dos Bemba, no aquário grande e de TODOS os putos que tenho, que já devem ser para aí uns 70
  8. È verdade, Diogo. Vê lá bem tú o tempo que o aquário esteve vazio na garagem! A falta de tempo é lixada! Mas já "bomba" cheio e até já para lá mudei os mpulungu! ficam prometidas fotos dos bichos. Mudei-os hoje, ainda estão um bocado Stressados no novo aquário.
  9. Ora viva, a todos, Antes de mais, as minhas desculpas por passar tanto tempo sem actualizar o tópico... Por motivos profissionais não tenho tido grande tempo livre. Partilho algumas novidades. A primeira delas é o contínuo nascimento de alevins bemba. Reproduzem-se que nem coelhos no aquário. Nem mesmo a presença dos Mpulungu os incomoda Ora saem uns alevins bemba para a mesa do fundo, por favor Entretanto, como se recordarão de ter visto no inicio deste post, tenho um grupo de bembas junto com um grupo de 10 mpulungu. Confesso que a "mistura" não me agrada. Os mpulungu estão completamente dominados pelos bemba (em maior número). Mais uma vez, reforcei a minha ideia de que é ideal manter apenas uma espécie de tropheus por aquário. Como gosto bastante dos mpulungu, a solução foi montar um aquário só para eles Posto isto, mãos à obra. O aquário vazio na garagem. Tem de medidas 120x50x40. fiz um móvel meio rudimentar para o colocar. Aqui está ele já no sítio: Aproveitei uma TPA dos outros dois aquários para o encher. Aqui em enchimento, com a mangueira em sifão a trazer água do aquário grande da sala: Já cheio e com a luz ligada: Ainda falta muita coisa... mais pedras (tenho de as ir apanhar), umas plantas e depois seguem os mpulungu para lá. Coloco o setup do aquário: Medidas: 120x50x40 (240 litros brutos) Substracto: Areia de sílica fina Hardscape: seixos rolados pretos Filtragem: Filtro externo Sun Sun 1.000 ltrs/h Circulação : Bomba SunSun de fluxo 5.000 ltrs/h Aquecimento: 1 Jagger 200W Iluminação: Calha de 300 LED's RGB SMD 5050 DIY (Provisória neste aquário) Fundo: tela de plástico preto
  10. O preço total da fita (eram led's RGB, foi mais caro) foi de 58 Eur e tal já com transporte. Por isso fiquei surpreendido por não ter ficado "preso" na alfandega. Entretanto, partilho as conclusões a que cheguei após a montagem da calha com os 5 metros de LED's. Peço desculpa por não ter fotografado, mas fiquei tão desiludido com o resultado que nem tive vontade de fotografar O aquário em questão é um aquário de 2 metros com 60 de altura. Estava a ser iluminado por 2xT5 80W (160W de luz, era muito). Fiz a calha a todo o comprimento do aquário em que usei toda a fita de 5 metros de leds. O resultado final foi decepcionante... Aquilo não dá nem metade da luz das T5... Foi tão decepcionante que nem a uso. Talvez com mais 5 metros fique luz suficiente, pelo que, para não perder o que investi nesta experiência, estou a pensar mandar vir mais 5 metros. Isto com LED's SMD 5050... Por acaso alguém sabe se os SMD5050 RGB emitem menos fluxo luminoso que os mesmos SMD5050 Brancos ? Poderá ser disso ?
  11. Olá amigos, desculpem intrometer-me no tópico... Valter, tive também a tua dúvida. Mandei vir uma fita de 5 metros do ebay. Tem SMD 5050 mas só encontrei com 300 Leds. Resolvi arriscar e já me chegaram. Vieram de Hong Kong. Para os interessados, não ficaram presos na Alfândega. Hoje vou fazer a calha com eles e experimentar. Vou fazer um tópico com a construção e com fotos do aquário com a actual iluminação T5 e com a iluminação com os leds. Para ver a diferença.
  12. Viva, Passei muito tempo sem actualizar este tópico e actualizo-o agora com más notícias Ontem tive uma baixa na colónia de bembas adultos. Morreu um dos machos mais emblemáticos do aquário. Não sei o que teve... Anteontem, na hora da alimentação, reparei nele no fundo do aquário quieto. Não comeu. Não aparentava sinais exteriores alguns. Pensei ser um episódio de bloat e isolei-o num aquário à parte para o tratar. Comecei o tratamento com Flagyl. Ontem de manhã, nadava de cabeça para baixo. 2 horas depois estava morto. Deverá ter sido algo relacionado com a bexiga natatória. Custa ver um adulto morrer. Enfim! Os pequenos vão de vento em popa. Prometo fotos para breve.
  13. alguma coisa há-de ser... um rácio de 2/9 é raro! normalmente conseguem-se mais machos que fêmeas! Mas esses putos vão dar-se bem todos!
  14. Olá Paulo. Mais uma vez, parabéns pelos peixes. Como os vi nas fotos ainda com a barriga não completamente formada, assumi que os tinhas tirado... Não é usual (na minha experiência) as fêmeas largarem-nos assim tão cedo, daí ter comentado. Já me tem acontecido tirá-los cedo demais e estarem ainda como os teus... Apesar disso, nunca tive uma perda.
  15. Boas Paulo, Parabéns pelos peixes... tiraste-os um pouquinho cedo, não ? Mas sobrevivem todos.