Bem algas flamentosas quase reslovidas com "cabozes&quo


Recommended Posts

Boas Pessoal

 

Fui no fim de semana buscar agua natural ao Estoril, e antes tinha lido que os cabozes da nossa costa adoram algas tipo cabelo!!

Para o meu espanto, realmente é verdade , apanhei 8 cabozes , peq medios e 1 ja grandito, e em 4 dias ja noto uma grande diferença!!

Ainda não ouve baixas de cabozes, e as algas estao a desaperecer linear mente, ve se os peixes a "rasgar" literalmente as algas das rochas!!

As minhas duvidas são as seguintes:

 

1. OS cabozes dão cabo dos corais?? se sim quais?

2. Quando acabar as algas comem granulado , flocos ou comida congelada??

3. Qual é a media de duração deste peixe em agua salgada tropical?

4. Quanto tempo pode se armazenar agua dentro de um recipiente? não se evapora e o sal nao aumenta?

5. Se alguem quisser cabozes que aguntem 29 ºc podem vir buscar pq acho que sao muitos para o meu agua e a comida (algas) estao a acabar!

 

Obrigado,

 

ALex

Link to comment
Share on other sites

Com os animais da nossa costa tenho o hábito de os devolver à procedência depois de "prestado o serviço". Eles têm tendência a ficar algo letárgicos depois de uns meses a uma temperatura tão elevada.

Link to comment
Share on other sites

:roll:

já tive desses, iguaizinhos e nunca os vi comer algas!!!

 

comem sim camarões com a sua bocarra! por isso os tirei passado algum tempo... porque os camarões foram desaparecendo...

Link to comment
Share on other sites

Boas

 

 

Olha eu tenho imensos camaroes da nossa costa, e ainda nao vi nada, agora que comem as algas isso garanto te, eles arrancam as com a boca , parece que estao a rasgar carne de um osso, neste caso algas das rochas!!

Talvez tenham muiiiiiita fome, mas realmente as algas estao quase devoradas e os camaroes continuem!!

Abraço,

Alex

Link to comment
Share on other sites

Com os animais da nossa costa tenho o hábito de os devolver à procedência depois de "prestado o serviço". Eles têm tendência a ficar algo letárgicos depois de uns meses a uma temperatura tão elevada.
ORa aí está o que é! yikes

Está decidido: 200 x 100 x 65!!!

Link to comment
Share on other sites

O problema desses peixes é que a essas temperaturas têm de estar sempre a comer devido ao metabolismo estar mais acelerado. Sem comida emagrecem rapidamente e morrem...

João Cotter

If you're not part of the solution, you're part of the precipitate

http://www.bioaquaria.com

http://www.facebook.com/bioaquaria

Link to comment
Share on other sites

há Cabozes e cabozes. yikes

 

Tens cabozes que não passam disso mesmo, cabozes e tens Salarias.

Sim salarias da nossa costa que comem algas tal e qual como as que compramos nas lojas.

 

Tenho um amigo que tem 3 da nossa costa e uma comprada na loja e a diferença é mesmo só pelo facto de a da loja ser maior e ter que se alimentar com mais quantidade de algas, porque de resto as da nossa costa comem como a outra.

Link to comment
Share on other sites

Viva

 

Primeiro temos que referir que membros de duas famílias distintas são geralmente referidos como cabozes: os da família Blenniidae e os da família Gobiidae.

 

As Salarias que geralmente estaõ nas lojas para venda são da família Blenniidae. O peixe capturado no estoril que aparece na foto é da família Gobiidae.

 

Uma forma muito rápida de distinguir os memebros desta família é através das barbatanas dorsais: os gobideos têm duas claramente diferenciadas e os blennideos não. Nos gobídeos conseguimos distinguir facilmente as escamas enquanto que os blenideos têm uma adaptaçãoi especial na sua pele que segrega muco abundantemente e lhes permite realizar respiração cutânea, podenso assim permanecer fora de água em ambientes húmidos durante a maré baixa.

 

Pessoalmente, penso que a optar por uma família para comer algas devemos escolher a Blenniidae. Já aqui se falou dos problemas de manter bichos da nossa costa nos aquas... Um colega meu estudou o regime alimentar de alguns membros destas duas famílias na região do Cabo Raso e verificiou que na espécie Coryphoblennius galerita 70% da sua alimentação eram algas. (fotos no Google)

 

A título de curiosidade existe uma salaria nas nossas águas, masi comum no Algarve, a Salaria pavo, (fotos no Google) que é muito estudada do ponto de vista comportamental e fisiologia. É uma espécie protegida por isso...

 

Nos Açores e Madeira podemos encontar o Ophioblennius atlanticus, este sim um reputado comedor de algas, muitas das vezes vendido nos EUA (redlip blenny). É bastante grande e não sei se comerá só algas yikes

 

Não considero nenhuma destas espécies 100% reef safe, mas enquanto forem pequenos penso que não devem fazer muitos estragos.

 

Concordo que após eliminação do problema, devemos devolver esta bicharada ao habitat.

 

Boas pescarias :D

 

Cumps

RCalado

Link to comment
Share on other sites

A julgar pelos Ecsenius, a família dos Blenniidae não é 100% reefsafe.

 

Entretanto tenho em casa uma publicação antiga do Museu do Mar de Cascais precisamente sobre o Coryphoblennius galerita que é uma delícia de ler. Não me lembro dos autores. Serão os teus colegas Ricardo?

Link to comment
Share on other sites

Da experiência que tenho dos vulgares blenídeos da nossa costa é que não são exclusivamente herbívoros. Aliás, têm um apetite muito voraz, alimentando-se de tudo o que lhes é oferecido, ao contrário das Salarias que concentram toda a sua atenção nas microalgas.

João Cotter

If you're not part of the solution, you're part of the precipitate

http://www.bioaquaria.com

http://www.facebook.com/bioaquaria

Link to comment
Share on other sites

Viva Apisto

 

Penso que não...

 

ele esteve a fazer este trabalho entre 2000 e 2001.

 

É pá! :) Eu sou doutra geração, já me esquecia :)

 

De qualquer modo essa publicação deve vir citada no trabalho dele. Está engraçadissima porque tem uma componente fortíssima de análise comportamental e estudo das complexas interacções intra-específicas.

Link to comment
Share on other sites