Susana Coleccionismo

.Membro Ausente
  • Content Count

    48
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

6 :)

5 Followers

About Susana Coleccionismo

  • Rank
    Super Recém Chegado

Profile Information

  • Sexo
    Feminino
  • País
    Portugal
  • Concelho
    Portimão (Faro)
  • Localização
    Portimão

Recent Profile Visitors

332 profile views
  1. Sim eu antes de criar o tópico estive a ler outros e diziam só um macho para uma fêmea. Houve quem sugerisse 2 fêmeas mas apenas para o macho escolher, depois teriam de retirar a outra fêmea. O problema aqui foi depois da postura e isso não estava a encontrar explicação. Mas pelo que observei se a femea nao fugir dele ele apenas anda atras dela. O problema é quando ele nada mais rapido para o pé dela nao sei se ela assusta e isso é que piora o comportamento do macho. Pois quanto mais ela foge dele pior ele faz. Obrigada a todos
  2. E com os restantes habitantes também nao me parece, não acha? Eu vou acompanhando. Muito obrigada
  3. Boa noite, deste já agradeço a resposta. Penso que estavam fecundados porque no dia seguinte estavam com um tom mais escuro e quando os comeram, digamos que nao comeram o ovo todo, parte dele ficou agarrado a pedra (não sei se me faço entender, mas é como se os ovos tivessem "rebentados"). Ontem à noite com o medo, acabei por colocar a fêmea num berço. Tirei há umas horas e já esta tudo pacifico. O macho anda atras da fêmea mas não a ataca e ela também já nao se esconde dele. Só tenho dois cardumes, um de rasbora arlequim e outro de Glass Bloodfin tetra (o aquário tem 1m)
  4. Boa noite, Preciso da vossa ajuda. Adquiri um casal de Microgeophagus Ramirezi, estava tudo bem com ambos, andavam regularmente juntos pelo aquário. Esta semana fizeram a primeira postura. Ambos cuidavam dos ovos. Contudo no segundo dia começaram a comer os ovos (pode ter ocorrido por estarem num aquario comunitário). Hoje (um dia depois de comerem os ovos) o macho começou a ser agressivo para a fêmea e a segui-la. Qual o motivo de tal comportamento, se antes da postura davam se tão bem? O que faço?
  5. Ainda nao tive oportunidade de ler o estudo, por isso, não sei as causas que são apontadas no mesmo. Contudo, não me parece que o principal problema da extinção de algumas especies seja o comercio do mesmo, mas não vou entrar por ai, uma vez que não sei qual a proporção de animais que vêm de cativeiro ou do habitat natural diretamente para as lojas. Mas de uma coisa tenho a certeza, a culpa é nossa. Não dos apaixonados pela aquariofilia, mas sim do Homem. Os camarões, os nossos peixinhos são ameaçados como são as outras especies. Não só devido à captura em massa, mas devido à destruição de habitats por parte do Homem, à introdução de novas espécies que leva há extinção das que ali habitam, devido à poluição do ambiente, devido ao aquecimento global de que todos nos somos culpados. Ainda ontem vi esta noticia http://www.dn.pt/inicio/ciencia/interior.aspx?content_id=4485500, não somos nos que estamos a capturar em demasia, as especies que lá habitam são as mesmas. O que está a dificultar a sobrevivência é o aquecimento global que está a interferir com ritmo de crescimento dos peixes, ou seja, fomos todos nós que contribuímos de uma forma ou de outra, nós, seres humanos.
  6. Obrigada Rodrigo, as minhas montagens nunca são muito elaboradas
  7. Gosto muito do primeiro. O 3º não é um peixe faca ou semelhante?
  8. Venho apresentar vos o meu nano, já fiz a montagem há uns meses. Data montagem: 28 Outubro de 2014 Aquário: 31x23x23 cm Filtro: aleas XP-6 (250l/h) Luz: Termostato: Areão: granito Inertes: rochas e troncos de videira Fauna: camarões Babaulti stripes, Red Sakura, boraras Inicialmente estava assim, contudo um dos troncos ficou mal posicionado e acabei por ter de retirar as plantas do lado esquerdo e colocar uma pedra com musgo para o manter. Atualmente está assim Espero que gostem
  9. Eu tenho duas espécies de boraras. Se tenho perdas nao tenho dado por isso. Por norma nao vão muito ao fundo do aquário, a nao ser quando alimento os camarões. Mas o que tenho visto é que são peixes super pacificos e não perturbam os camaroes quando os mesmo estão a comer, ou seja, não tocam na comida deles ficam a espera de alguns bocadinhos q se soltam e ai comem eheh Tinha um ottos que apesar de nao fazer mal aos camarões, adorava comer e afugentava os camarões, acabei por coloca-lo noutro aquario.
  10. Bom dia, Irei mudar a montagem do meu aquário, contudo tenho de comprar algum equipamento e para que as sugestões não cheguem após ter adquirido o material e montado o aquário, prefiro pedir perguntar antes. Dimensões: 100x50x50 Filtro: tenho uma caixa biobox, que irei substituir por um filtro externo de 1000l/h, em principio da Eheim. Termostato: Devo ter de quantos W para 250 litros? Iluminaçao: De momento estão 2 lampadas de 30W cada Substrato inerte: Granito hardscape: Troncos de videira e umas rochas que nao sei o seu nome (mas nao me alteram o ph pois tenho as no meu nano- Imagem abaixo). Ja agora se alguem saber que rocha é agradeço. Fauna: iriatherinas werneri, camarões Plantas: de baixa manutenção Perante isso, e para nao estar sempre a chatear a mesma pessoa para pedir ajuda, peço a opinião de todos aqui
  11. Bom dia, Tens algumas manchas de água que possa ter escorrido da parte superior do aquário? É que no inicio também me ocorreu uma vez isso. O aquário ia ser mandado para fabrica, mas eles pediram para testar o aquário antes, voltando a enche-lo mas sem nada. E na verdade não tinha nada. Tinha sido apenas "transpiração" do aquário (alguém que me corrija o termo).