polvo


Guest

Recommended Posts

Hi

 

deram-me um octopus para colocar na samp, agora quero ter um giant yelow seahorse, Hippocampus e não sei que fazer com o octopus...

É reef safe? penso não.

Conselhos acerca disso podem dar-me? Tenho medo de ficar sem pequenos damsels e clownfishes.

 

Thanks

 

Stephen

Link to comment
Share on other sites

Não percebo nada de polvos. Estava com curiosidade (mórbida) para ver se era um Blue-ring. São uns polvos pequeninos que têm aneis azuis no corpo. Uma das criaturas mais venenosas do mundo. Duram dois ou três meses em cativeiro, isto se não matarem o dono primeiro :roll:

 

 

manklit

Aluga-se este espaço.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 years later...
  • 1 month later...

não apagamos :shock:

 

Caro Stephen,

 

O que deves ter no teu aquário é um normalíssimo Octopus vulgaris, vulgo polvo, bom em salda, em arroz ou com batatas. Very Happy

 

Além disso é uma das criaturas mais inteligentes que podes ter no teu aquário, é bastante "Reef safe" no entanto não é nada seguro para os peixes do recife pois é um dos seus mais bem sucedidos predadores.

 

Outra desvantagem que trás é por ser um animal com extrema mobilidade e força, e caso os corais não estejam bem presos à rocha, poderá causar graves dissabores.

 

À parte disso é um animal muito fácil de manter em aquário, tendo apenas alguns pequenos truques que não podemos descurar, assim:

 

1º ( MUITO IMPORTANTE ) Uma concentração minima de 5mg/L de oxigénio na água. (O que também não é dificil de obter.)

 

2º Um aquário à prova de um Houdini. Qualquer polvo se vai embora pelos sitíos mais esquesitos, mesmo por aqueles em que nós pensavamos ser impossivel passar até um reles tubo de ar. ( Estou a exagerar um bocadinho mas é para marcar esta situação que é importante.)

 

3º Ter sempre a postos uma boa dose de carvão para o caso de ele se assustar. Desta forma podemos retirar da água o excesso de toxinas libertadas pela famosa tinta.

 

E agora de momento não me ocorre mais nada, o resto é apenas desfrutar uma das criaturas mais interessantes da criação.

 

O polvo depressa aprende quem é o seu dono e muito depressa se lhe ensina os truques que quisermos, basta um pouco de paciência.

 

Cmpts,

 

Eduardo Telles Santos

Link to comment
Share on other sites

e o eduardo respondeu

 

Boas,

 

Relativamente ao tamanho do aquário tudo depende do tamanho do polvo, mas para um polvo adulto que pode ter um tamanho considerável, devemos apontar para um aquário de metro pelo menos.

 

Devemos pensar numa volumetria minima de 200 litros, e num aquário com uma altura minima de 50cm.

 

Quanto a companheiros de aquário (peixes e invertebrados), poucos ou nenhuns se podem manter seguros dentro do tanque, excepto aqueles que são predadores do polvo, mas esses nós também não o queremos dentro do aquário se este for ter o nosso amigo de 8 pernas!

 

Não esquecer que o polvo se alimenta de peixes que consegue apanhar, camarões e bivalves sobretudo, logo para um aquário limitamos bastante a sua possivel companhia.

 

Cmpts,

Link to comment
Share on other sites

poisedon:

 

Qual é a especie mais aconselhavel, bonita e facil de manter num aquario de 100l?

 

Qual é a especie que mais recebem? Como é que ela é? Qual é o +/- o preço dele (se preferir pode mandar por mp)?

 

Miolo de camarao congelado é bom para eles?

 

eduardo:

 

Caro Poseidon,

 

Para um aquário de 100L terei que fazer alguma investigação para descobrir um polvo que cresça pouco, no entanto esta hipótese deixa de fora todos os polvos da nossa costa que são os mais fáceis de arranjar.

 

Quanto aos tropicais mais uma vez terei que investigar para ver os que consigo arranjar e a que preços.

 

Na Redfish não costumamos ter polvos excepto por encomenda, visto haver necessidade de ter um aquário só para ele e neste momento não termos as condições para tal. Estamos neste momento a montar um aquário de exposição para lá colocar precisamente um polvo.

 

Quanto à alimentação podes lhes dar miolo de camarão, ameijoa congelada, caranguejos não muito grandes que podes comprar no supermercado (isto é uma iguaria para eles), peixes e tudo o mais que venha do mar e ele aceite, não existem grandes regras e normalmente eles não são esquesitos. Não te esqueças é de retirar do aquário os restos que ele não comer, para evitar estragar a água do aquário.

 

Já agora, alegra-me bastante ver que o cavalo marinho que lá foste buscar à loja está bem e de boa saúde, já lá temos mais que recebemos hoje. Quando estiverem a comer aviso-te.

 

Cmpts,

 

Eduardo Telles Santos

 

 

stephem c.

Dear Eduardo

 

Quanto pode crescer um vulgar octopus da costa portuguesa?

Pode 60L ser fusi.. sufsi jesus! enough! (how do you say enough in português???) Could it be enough for a baby octopus? like... 25cm?

Não são eles meio estatics e precisam de pouco espaço?

 

Best regards

 

Stephen

 

 

eduardo:

 

Caro Stephen,

 

Os polvos da costa portuguesa podem atingir o 1,5m de envergadura e os 2kg de peso.

 

Um aquário de 60L poderá servir enquanto ele fôr pequeno, no entanto ele depressa crecerá o SUFICIENTE para não caber no aquário.

 

Quanto ao polvo ser um animal sedentário, ele efectivamente mantem-se sempre na zona do seu ninho, embora normalmente tenha grandes áreas de caça e goste de andar a investigar cada centimetro do seu território.

 

Não esquecer que estamos a falar de um animal que apresenta sinais de inteligência superiores, e isso leva a que se uma criatura curiosa por natureza.

 

Cmpts,

 

Eduardo

 

stephen

 

quanto à temperatura... ele está na samp a 25º, no novo systema será de manter a temp. ou baixar?

Sorry, estou a ser chato não (palavra corrigida)?

 

eduardo

 

Boas Stephen,

 

Não estás a ser minimamente chato!

 

Um dos principais objectivos deste forum é a troca de informação entre os seus membros, sejam eles experientes ou principiantes, para que todos possamos aumentar os nossos conhecimentos na aquariofilia e partilhar experiências, aprendendo assim uns com os outros.

 

Se o meu conhecimento limitado sobre polvos permitir que mantenhas o teu em boas condições, está completamente compensado o tempo que estou a ganhar para te transmitir essa mesma informação.

 

Quanto ao polvo, sendo ele da nossa costa salvo erro, pode estar em águas de temperaturas até aos 15º que é o seu estado selvagem, ou pode ir quase até aos 30º que é o que lhe acontece quando ele fica preso nas poças que aquecem ao sol, no entanto 25º é uma temperatura em que ele se sentirá bastante bem.

 

Não esquecer um ponto muito importante, com a subida da temperatura baixa o nivel de oxigénio na água.

 

Cmpts,

 

Eduardo

Link to comment
Share on other sites

joão soaresrr

 

Boas, concordo com o Eduardo em relação á especie do polvo, mas esta espécie atinge bem mais de os 2Kg. Posso te dizer que o meu pai no Natal trouxe um polvo com quase 4Kg.

Tem um crescimento bastante acelerado pois ele tem o poder de aproveitar perto de 80% do peso do da presa ingerida, logo por exemplo por cada 100g que se alimente 80g ficam retidas no seu corpo.

Stephen penso que 25ºC sejam demasiado pois as águas da nossa costa (infelizmente Laughing ) não atingem essas temperaturas.

È sem duvida uma especie fantastica e Stephen desejo-te boa sorte para esse animal de estimação, tambem gostaria de ter um, mas não é para já que ainda SÒ tenho 14 aquarios Shocked Shocked

Aconselhava-te a ter um aquario bem tapado pois eles também (palavra corrigida) são bons trepadores.

Aquele abraço

João Soares

 

 

luis rosa

 

 

Bom pesquisei e voila achei (palavra corrigida)! Queria saber como foi essa iniciação ao polvo. Bem sucedida? Bom tou precisamente com essa ideia na cabeça. um aqua pa um polvo pois e, ate aqui tudo bem, mas... Bom para começar o polvo e bem pequeno, 5 6 cm. Num aqua de 60 litros cabe perfeitamente. A agua sera do mar bom nem vale apena aquecer pois ha dias que a agua ta geladissima. O pior sao os aparelhos. Para um Octo vulgaris que aparelhos utilizaram ai na loja? Qual a capacidade do aqua em questao? Que cuidados tiveram de ter para o manter de perfeita saude?

 

 

Espero resposta. E meio urgente

 

eduardo

Caro p@ck,

 

As minhas desculpas pelo atraso na resposta mas só agora é que vi o seu post.

 

Não é necessário nenhum aparelho em especial, além dos necessários para manter um aquário de recife, para se conseguir manter um polvo.

 

Alguns truques simples são necessários, assim temos o seguinte:

 

1º O aquário tem que ser à prova de fuga!!! (Este é talvez o ponto mais importante.)

 

2º É necessária uma excelente oxigenação do aquário. Minimo 5mg/l. ( Os polvos são animais que necessitam de muito oxigénio)

 

3º Bastantes esconderijios onde ele se possa entocar e esconder-se.

 

4º Uma alimentação farta e variada. (Os polvos necessitam de bastante comida para manter a sua elevadíssima taxa de crescimento.)

 

5º Trocas de água regulares para manter uma baixa percentagem de dissolvidos. (Isto vai afectar a percentagem de oxigénio).

 

6º Contrariamente ao que se pensava, os polvos não são muito sensiveis a No3 pelo que esta não é uma preocupação. No entanto valores acima de 60mg/l começa a tornar-se preocupantepelo que deve ser mantido controlado.

 

7º Alguns brinquedos podem ser adicionados ao aquário para manter o animal activo. (Conchas, comida viva para caçar, etc...)

 

8º Ter sempre pronto carvão activado para remover a tinta caso ele a liberte. Apesar de ser tóxica a tinta não o afecta pois como em todos os animais venenosos são imunes ao próprio veneno, mas reduz a quantidade de oxigénio na água.

 

E não me lembro de mais nada que seja assim importante ao ponto de valer a pena ser focado. O resto é a normal manutenção de qualquer aquário de recife.

 

Se necessitar de mais qualquer esclarecimento não deixe de me contactar.

 

Cmpts,

 

Eduardo Telles Santos

 

pst

 

Boas,

 

fiquei intrigado com uma observação sobre a tinta dos polvos ser tóxica. Não fazia a mínima ideia. Então e a dos chocos, também é? Nesse caso, lá se vai um dos meus petiscos preferidos (chocos com tinta Shocked ).

Quanto a manter polvos no aquário, confesso que prefiro caçá-los na pesca submarina. E a avaliar pela luta que dão, imagino ter um em casa... Acho que me vou ficar pelos plácidos discus...

 

eduardo

 

Caro PST!

 

Ser tóxica é mas nada que possa ser perigoso ou para um ser humano, por isso podes continuar a comer os chocos sem medos, aliás porque se fosse de alguma forma perigoso para nós, pela quantidade que tu e eu já devemos ter comido de chocos com tinta que é um petisco que também aprecio, de certeza já não estariamos a trocar estas mensagens!!!!! Very Happy

 

Cmpts,

 

Eduardo Telles Santos

 

pst

 

 

Folgo em sabê-lo. A propósito, Stephen, se essa história do polvo correr mal apita que ensino-te a fazer um arrozinho com ele de chorar por mais...

 

oinq

 

Hoje tive a mergulhar na Berlenga, não é que o raio de um polvo não me largava??? se ele me continuasse a chatear por mais um minuto, ainda o trazia pa panela!!!

 

pois é, fiquei contente de ver este post... pensava que os animais "moles" da nossa costa eram dificeis de manter... tenho de pensar seriamente num aqua de polvo de modo a apanhar uns carangueijos po gaju mamar

Link to comment
Share on other sites