Grazielle Duelli

Kinguio manchas pretas

Recommended Posts

Boa noite pessoal!

Sou novata nesse negócio de fórum, então peço desculpas se tiver usando errado. 

Eu tenho um aquário de 50 litros e dois kinguios de 8 cm. Tenho eles há 2 anos. Estava tudo muito bem, tudo normal, aquario já estabilizado, aí um belo dia um dos peixes apareceu com ictio, aumentei a temperatura e comecei com o remédio. Passado uns quatro dias as nadadeiras de um deles apareceu esbranquiçadas e roidas, passei a utilizar o bacter por quatro dias junto com aqualife. Mas já tinha parado de usar o remédio de ictio. Parei com cinco dias. As nadadeiras voltaram a se recuperar. Cresceram onde estavam roidas e não apresentam mais a ponta esbranquiçada. Masssss justamente o peixe que deu ictio está com manchas pretas no alto da cabeça e alguns lugares das nadadeiras e cauda. Seus olhos escureceram também, mas ele nada normalmente. Gostaria de saber o que teria causado as manchas pretas no corpo e principalmente no olhos e como posso resolver isso. 

Agradecida. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá Grazielle,

Verifica este link, descarrega os ficheiros e confirma se algum sintoma é igual ao que está no peixe:

Cumps,

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
há 1 hora, Miguel Simões disse:

Olá Grazielle,

Verifica este link, descarrega os ficheiros e confirma se algum sintoma é igual ao que está no peixe:

Cumps,

 

Olá Miguel! Obrigada pela atenção!

Mas não encontrei o sintoma que está me deixando preocupada rs 

Como disse o peixe que apresentou ictio está com manchas pretas na pele, mas também esta com manchas pretas nos olhos. Não sei se isso prejudica a visão e gostaria de saber como resolver. 

Mas fico muito agradecida, se souber, me fale por gentileza.

Edited by Grazielle Duelli
  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá!

Parece-me claramente uma infestação bacteriana.

Carassius com ictio nunca vi. Será sintoma que o sistema imunitário do peixe está débil. Abre a porta para muitas doenças.

Os peixes, tal como nós, humanos, têm a sua individualidade. Pode estar tudo ok num aquário e um indivíduo adoece. Porque é mais velho, mais frágil, etc. Custa-nos, enquanto cuidadores, mas faz parte da Vida.

Na minha perspectiva, fizeste o que tinhas a fazer.

Se puderes isola-o num aquário enfermaria. Temperatura a 20° máximo e 17° mínimo. Sal de aquário. Pouca luz, ambiente calmo. Pouco alimento, dia sim, dia não. Antibacteriano, cumprindo as instruções sobre dosagem/volume de agua e TPA.

Por vezes, fazendo tudo certo, perdemos.

Faz parte. Faz o melhor possível.

Boa sorte!

Não desistas de tentar.

Cumprimentos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa tarde, a identificação dos problemas não te vou ajudar mais do que até aqui fizeram os restantes membros.
Agora quanto à origem do problema poderá estar no próprio aquário que é claramente insuficiente para a espécie.
Só para um precisarias de 100 a 150l (agora não me recordo do valor certo) e depois para cada peixe a mais outros 50l, para além de filtragem super eficiente porque são peixes que sujam muito.
Cumprimentos

Enviado do meu 6043D através do Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Amigos, se retiro todos os peixes do lago, o "ICTIO" resistirá lá por quanto tempo?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas NeIRA,

O tempo de duração do ciclo do protozoário (íctio) são de aproximadamente 18 dias no mínimo, sendo um lago não podes aumentar a temperatura para os 32º, assim sendo terás de jogar com as possibilidades que tens, ou seja, colocação de sal marinho, tentar tapar o lago se possível (redução ou corte da iluminação) e o aumento da corrente da água, isto porque o íctio só sobrevive em temperaturas baixas e correntes baixas ou nulas.

Este procedimento deverá manter-se no mínimo 18 dias (eu aconselharia 30 dias), neste periodo terás tempo para tratar da fauna que levará +/- o mesmo tempo.

Não sei onde vais colocar a fauna, mas se possível num sítio de pouca luz, corrente da água razoável, e opta por uma medicação adequada para o efeito sempre seguindo as indicações da bula.

Boa sorte 😉

PS.: Não sou expert em lagos, se houver aqui alguém com lagos e as melhores formas de tratamentos por experiência própria, estou certo que ajudará.

Cumps,

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 7 horas, Miguel Simões disse:

Boas NeIRA,

O tempo de duração do ciclo do protozoário (íctio) são de aproximadamente 18 dias no mínimo, sendo um lago não podes aumentar a temperatura para os 32º, assim sendo terás de jogar com as possibilidades que tens, ou seja, colocação de sal marinho, tentar tapar o lago se possível (redução ou corte da iluminação) e o aumento da corrente da água, isto porque o íctio só sobrevive em temperaturas baixas e correntes baixas ou nulas.

Este procedimento deverá manter-se no mínimo 18 dias (eu aconselharia 30 dias), neste periodo terás tempo para tratar da fauna que levará +/- o mesmo tempo.

Não sei onde vais colocar a fauna, mas se possível num sítio de pouca luz, corrente da água razoável, e opta por uma medicação adequada para o efeito sempre seguindo as indicações da bula.

Boa sorte 😉

PS.: Não sou expert em lagos, se houver aqui alguém com lagos e as melhores formas de tratamentos por experiência própria, estou certo que ajudará.

Cumps,

Miguel, obrigado por responder. De fato é bem difícil para manter a água aquecida da forma que ele está hoje. De pronto, aumentei o fluxo dentro do lago, pois realmente era quase nulo... Agora vou buscar diminuir a iluminação também.

Também não poderei tratar o lago com sal marinho, tenho um cascudo grande lá, que não se daria muito bem com isso. mas vou tentar tratar os demais isoladamente.

Grato mais uma vez!

Share this post


Link to post
Share on other sites