Dúvidas co2


JoãoPedro1992

Recommended Posts

Boas, estou a pensar fazer um sistema de difusão co2 diy bem simples, para um aquário de 30l +/-, a minha dúvida é como é que sei quanto co2 injectar por dia? Desculpem a ignorância é o meu 1º aquário. Em relação ás garrafas de co2 elas costumam durar quanto tempo aproximadamente? Obrigado cumps.

Link to comment
Share on other sites

Olá João,

 

Obviamente dependerá das plantas (quantidade e género), da luz e da fertilização.

Por exemplo, plantas de tapete e de folha fina/pequena precisam de mais CO2. Por exemplo a 'Cuba.'

 

Ter um drop checker devidamente calibrado é essencial. Este deverá apresentar um tom verde.

 

Eu diria que numa utilização intermédia, uma botija de 500grs dá-te para uns 5 meses.

Eu recarrego a minha por 12 Euros.

 

Cumps.

 

José

Link to comment
Share on other sites

Ok. Resultado de 3 dias com Co2 caseiro: dois guppys mortos.

Do primeiro dia para para o segundo o Ph desceu dos 7.0 para os 6.5. Achei normal visto o Co2 baixar os níveis de ph. Achei que ia ficar por ali porque os níveis de CO2 libertos eram reduzidos apesar de serem constantes. Hoje dei por falta de um guppy e vi outro a boiar. Fiz o teste e reparei que o PH desceu para os 6.

Fiz um TPA, acrescentei um pouco de bicarbonato de sódio e liguei a bomba de O2 para ver se estabilizo o PH nos 7...

E agora? Qual o ponto de equilíbrio entre CO2 e PH?

 

Enviado do meu LG-H420 através de Tapatalk

Link to comment
Share on other sites

Ok. Resultado de 3 dias com Co2 caseiro: dois guppys mortos.

Do primeiro dia para para o segundo o Ph desceu dos 7.0 para os 6.5. Achei normal visto o Co2 baixar os níveis de ph. Achei que ia ficar por ali porque os níveis de CO2 libertos eram reduzidos apesar de serem constantes. Hoje dei por falta de um guppy e vi outro a boiar. Fiz o teste e reparei que o PH desceu para os 6.

Fiz um TPA, acrescentei um pouco de bicarbonato de sódio e liguei a bomba de O2 para ver se estabilizo o PH nos 7...

E agora? Qual o ponto de equilíbrio entre CO2 e PH?

 

Enviado do meu LG-H420 através de Tapatalk

Boa sorte, então e se deres co2 só durante o dia, isto dia sim e dia não? As plantas também beneficiariam e havia menos risco para os peixes, é só uma ideia ainda não começei a testar cá em casa tou a espera de uma encomenda.

  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

Co2 dia sim dia não não é nada boa ideia.

 

Tapatalking

Porquê? Tenho estado a ler, li que era bom desligar durante a noite o co2 em relação ao dia sim dia não não sei pensei que desse tempo do co2 ser utilizado e assim não se acumulava mas foi só uma ideia, só estou a começar isto tudo agora.

Cumps.

Link to comment
Share on other sites

O CO2 é desligado durante a noite porque as plantas consomem-no quando a luz está acesa (processo de fotossíntese) e libertam-no de noite.

Se o CO2 não for desligado de noite, poderá haver demasiada concentração, baixando demais o PH baixando a percentagem de oxigénio disponìvel para os animais.

 

Desligar o CO2 dia sim dia não, poderá causar surgimento de algas.

O que é necessário é ter uma ideia aproximada da dose diária necessária. Este cálculo é ajudado pelo drop checker e pela observação do comportamento das plantas, nomeadamente as de tapete. Mesmo com drop checker,convém testar o PH de vez em quando. Não esquecer que o lìquido do drop checker também tem de ser mudado.

Claro que devemos de estar atentos ao comportamento dos bichos, pois são um precioso barómetro do que se passa no aquário.

 

Cumps.

 

José

  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

Porquê? Tenho estado a ler, li que era bom desligar durante a noite o co2 em relação ao dia sim dia não não sei pensei que desse tempo do co2 ser utilizado e assim não se acumulava mas foi só uma ideia, só estou a começar isto tudo agora.

Cumps.

 

O bringer já respondeu...

  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

O CO2 é desligado durante a noite porque as plantas consomem-no quando a luz está acesa (processo de fotossíntese) e libertam-no de noite.

Se o CO2 não for desligado de noite, poderá haver demasiada concentração, baixando demais o PH baixando a percentagem de oxigénio disponìvel para os animais.

 

Desligar o CO2 dia sim dia não, poderá causar surgimento de algas.

O que é necessário é ter uma ideia aproximada da dose diária necessária. Este cálculo é ajudado pelo drop checker e pela observação do comportamento das plantas, nomeadamente as de tapete. Mesmo com drop checker,convém testar o PH de vez em quando. Não esquecer que o lìquido do drop checker também tem de ser mudado.

Claro que devemos de estar atentos ao comportamento dos bichos, pois são um precioso barómetro do que se passa no aquário.

 

Cumps.

 

José

 

Obrigado sim estou a ver, o cálculo é mais dificil com um sistema todo diy...

Edited by JoãoPedro1992
Link to comment
Share on other sites

Tens uma solução para um sistema DIY.

Compras um sensor de PH que controla uma eléctroválvula (válvula solenoide) e fazes para a tubagem por essa válvula.

Por sua vez, acho que terás de ter uma válvula de escape para que o gás fabricado possa ser libertado para a atmosfera e não rebentar nenhum frasco se a electroválvula fechar o circuito.

 

Acho que seria mais ou menos isto :)

Link to comment
Share on other sites

pois amigo Bringer,

 

não sei a diferença dos dois...

visto que tenho um extintor de 5 Kgs, gostava de o usar para o efeito.

e não não sei a composição dos dois gases, dai a minha questão.

vou experimentar, mediante observação e testes á agua com mais regularidade.

obrigado Bringer, até mesmo já tinha falado deste assunto contigo, e mais uma vez obrigado

 

cumprimentos

Link to comment
Share on other sites

Normalmente a diferença está na cor da garrafa. Eu encho o meu, como a maior parte das pessoas, em casas de extintores. Sinceramente não vejo motivos para existir mistura até porque o co2 é barato para eles.

  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

Boas,

 

Assim como o ignace e como todos os colegas destas andanças que conheço, as minhas garrafas são carregadas em casas de extintores, e sem problemas ;)

 

O CO2 para uso alimentar, como na imperial ou outras bebidas, como é para consumo humano obedece a certas normas, mas creio que o CO2 carregado para extintores para combater incêndios também obedece.

 

Cumprimentos

Pedro Bernardo 

 

Link to comment
Share on other sites

Claro que há. Tudo vai de testes. Por isso que amanhã o segundo aquário vai entrar em funcionamento..

 

Enviado do meu LG-H420 através de Tapatalk

Não vai de testes

Vai de controlo .e com sistema diy não tens controlo nenhum ...basta pensar um pouco !! Consegues parar a produção das bactérias ??? É essa de desligar dia sim dia não foi excelente ..... estude lá bem o ph , co2 e a ligação entre eles e Beja a barbaridade que disse.

 

Um sistema seguro de co2 não fica assim tão caro ..

 

Eu próprio usei durante anos co2 caseiro com várias misturas desde gelatina até ao ácido muriatico. ...

  • Upvote 2
Link to comment
Share on other sites

Não vai de testes

Vai de controlo .e com sistema diy não tens controlo nenhum ...basta pensar um pouco !! Consegues parar a produção das bactérias ??? É essa de desligar dia sim dia não foi excelente ..... estude lá bem o ph , co2 e a ligação entre eles e Beja a barbaridade que disse.

 

Um sistema seguro de co2 não fica assim tão caro ..

 

Eu próprio usei durante anos co2 caseiro com várias misturas desde gelatina até ao ácido muriatico. ...

 

 

Não vale a pena falar nem alertar. Já o fiz e não quiseram saber.

Deixa.. vão descobrir a polvora.

Com tantos foruns e tópicos a abordar esta coisa do caseiro bastava fazerem umas filtragens e ficavam esclarecidos mas pronto...

Paulo Soares

AQUA "SUSSOA" - Paulo Soares

Aquario Sussoa - 2Copy

 

Link to comment
Share on other sites

Ok. Vamos colocar a seguinte questão que gostava de saber.

Vamos supor que em vez do Co2 das garrafas caseiras de coca cola eu injeto Co2 dos mini kits da fluval ou outra marca qualquer, na mesma sem o dropcheker e sem medidor de Kh. Onde está a diferença em controlar o Co2 injetado no aquário da forma caseira ou de um kit???

Co2 é sempre Co2, seja de garrafa, de kits, de gelatina ou fermento. Estou errado? Corrijam caso não esteja.

Edited by Kundstregan
Link to comment
Share on other sites

O Kit ou sistema desde que tenha a capacidade de regular o débito e de desligar este com solenoide ou manualmente, será uma grande diferença, pois de resto será igual e não consegues saber a dose que estás a adicionar sem variações.

 

Eu por exemplo levo a dosagem muito a sério para não por em risco a fauna mas tirar o máximo partido do CO2, neste momento devo de andar na ordem dos 25 ppm.

 

Em abstrato percebo a tua ideia dos testes, mas os teste são práticos para afinar algo passível de ser afinado, e com CO2 proveniente de fermentação nunca o terás.

 

Sinceramente, gosto dos desafios e de tudo o que seja DIY, mas estamos a falar de algo que se quer constante para evitar algas, ter plantas saudáveis e sem riscos para a preciosa fauna.

 

E o investimento não necessita ser grande ;)

 

É a minha opinião, é apenas isso.

 

Abraço

  • Upvote 1

 

Cumprimentos

Pedro Bernardo 

 

Link to comment
Share on other sites

Ah. Ok assim já falamos a mesma língua. O problema não está no Co2 que injetamos mas sim do sistema e regularidade que o injetamos. ☺

Respeito a tua opinião como a de todos. Por isso que gosto de debater. Todos ficam a ganhar com as dúvidas esclarecidas.

Abraços

 

 

Enviado do meu LG-H420 através de Tapatalk

Link to comment
Share on other sites

Desculpem o Off Topic, mas acho que me parece pertinente...

 

Só uma achega...

 

Ok. Resultado de 3 dias com Co2 caseiro: dois guppys mortos.

Do primeiro dia para para o segundo o Ph desceu dos 7.0 para os 6.5. Achei normal visto o Co2 baixar os níveis de ph. Achei que ia ficar por ali porque os níveis de CO2 libertos eram reduzidos apesar de serem constantes. Hoje dei por falta de um guppy e vi outro a boiar. Fiz o teste e reparei que o PH desceu para os 6.

Fiz um TPA, acrescentei um pouco de bicarbonato de sódio e liguei a bomba de O2 para ver se estabilizo o PH nos 7...

E agora? Qual o ponto de equilíbrio entre CO2 e PH?

 

Enviado do meu LG-H420 através de Tapatalk

 

 

Tiveste dos piores exemplos do que pode correr mal com o CO2 caseiro, ou com qualquer outra forma que não permite a regulação do débito e o shut dow do mesmo.

 

Sabes qual é o KH desse aquário?

 

Questionas sobre o equilibrio entre o CO2 e o pH, mas tens de perceber a relação entre pH, KH e CO2, ao saberes o KH e pH sabes o valor de CO2

 

CO2_Graph_zps9c124ef0.gif

 

Pelo que relatas, na minha opinião a morte da fauna não ocorreu pela descida do PH, mas sim pelo que levou a essa descida e foi o aumento do CO2...

 

Deixo uma referência, que me parece excelente sobre o processo de respiração e que melhor permite perceber

 

FONTE

 

(...)

Como mata o CO2

 

As trocas gasosas nas guelras e pulmões, fazem-se por gradientes.

 

Assim ao inspirar(ou passar agua nova na guelras) está-se a introduzir um fluido com X de O2 e Y de CO2.

 

O sangue que chega ás guelras (ou pulmões) encontra-se num estado em que a cocentração de O2 é X+a e de CO2 e Y+b, e portanto a hemoglobina vai libertar Co2 por diferença de gradientes e adquirir O2.

 

Num aquario com CO2 a mais, o que acontece é que o valor de CO2 na agua é tal que a hemoglobina não consegue libertar mais CO2 para a agua e portanto se não liberta o CO2, não consegue adquirir O2. Assim a hemoglobina que vai ás celulas (estatisticamente) é muito pobre em O2 e portanto as celulas teem um abastecimento deficiente de O2 e acabam por começar primeiro a fazer reacções anaerobicas com libertação de ácidos, o pH no sangue desce bastante e estas duas condições matam o peixe( ou o animal).

 

Claro que tambem pode acontecer por deficiencia de O2 na agua, não vou explicar este mecanismo porque é intuitivo.

 

(...)

 

 

 

 

 

Mas eu já respondi como acho que podes controlar a entrada no aquário do CO2 de fabrico caseiro.

Eu nunca experimentei, mas na minha cabeça resulta. :)

 

Como? Assim ?

 

Tens uma solução para um sistema DIY.

Compras um sensor de PH que controla uma eléctroválvula (válvula solenoide) e fazes para a tubagem por essa válvula.

Por sua vez, acho que terás de ter uma válvula de escape para que o gás fabricado possa ser libertado para a atmosfera e não rebentar nenhum frasco se a electroválvula fechar o circuito.

 

Acho que seria mais ou menos isto :)

 

Sabes quando custa um controlador de CO2? Comprar um motor de um Ferrari para montar num carro de mão? Mas vale comprar um renault que funcione bem ;)

 

Agora se disseres, compra uma solenoide e liga a um T no tubo que fornece o CO2 ao aquário, ligada a um relógio, que irá abrir a noite e permitir que o CO2 saia para a atmosfera em vez de ir para o aquário... Talvez...

 

Mas... Já mui muito a cabeça com isto, e fico-me pelo sistema que me deixa dormir descansado ;)

Edited by Pedro Bernardo
  • Upvote 1

 

Cumprimentos

Pedro Bernardo 

 

Link to comment
Share on other sites