Aquecedor Natural de Lagos - SAN


Recommended Posts

Boa noite amigos tudo bem? (Por favor leia tudo se possível). Como muitos sabem é um sonho para muitos laguistas que moram na região sudeste e sul terem outros peixes no lago além de carpas e kinguios, por causa de o inverno por aqui ser muito rigoroso esse sonho acaba sendo praticamente sendo inviável porque fica muito caro aquecer essa litragem toda! Na época que criava carpas e kinguios em caixas d'águas fiz 2 filtros um biológico e outro mecânico, as vezes tinha que sifonar o fundo da caixa mas percebia que a água estava quente, mas como no inverno? A água ficava em torno dos 22°C, percebi que ao destampar os filtro para ver se estavam tudo bem, percebi um tipo de mofo branco no biológico e eles respirava via várias bolhas, e fui procurar e até hoje não sei o nome das bactérias, mas desde daquela época (por volta de 15 anos atrás), estou estudando mas sobre o ocorrido descobri que o processo de aquecer a água era a "Reação Exotérmica" (Uma reação exotérmica é uma reação química cuja energia é transferida de um meio interior para o meio exterior, assim aquecendo o ambiente. Ou seja, ocorre liberação de calor, sendo, portanto, a energia final dos produtos menor que a energia inicial dos reagentes. Disso se conclui que a variação de energia é negativa. Um exemplo disso é a reação de queima de produtos inflamáveis, como álcool ou a gasolina, que produzem muita energia não contida em seu meio.) e pela "Reação Endotérmica" (Uma reação endotérmica é uma reação química cuja energia total (entalpia) dos seus produtos é maior que a de seus reagentes, ou seja, ela absorve energia (na forma de calor). Um exemplo seria a decomposição da bauxita, para obtenção de alumínio, processo que exige grande quantidade de energia. Para estudantes e leigos nesta área, processos endotérmicos são aqueles que, para sofrerem ou não algum tipo de reação ou transformação necessitam ganhar energia... Quando há separação de um composto, energia deve ser fornecida a ele, sendo portanto uma reação endotérmica de entalpia), entendi que os fungos ao decompor a sujeira presente no filtro produzia calor e o gás que ia até a superfície era o metano "Endotérmico" e a água por circular no filtro se aquecia naturalmente "Exotérmico", então o filtro das carpas era suficiente para aquecer um caixa de 500L, então como já possuo um lago plantado de 2500L, estou estudando para fazer esse filtro que batizei de "SAN (Sistema de Aquecimento Natural), assim o SAN poderia aquecer o lago sem energia elétrica e/ou ajudar um aquecedor elétrico de manter a água aquecida, fiz uns teste em pequena escala e se mostrou muito bom, acredito que no inverno a água poderá ficar na casa dos 20/23°C e poderemos até ter o Peixe Discos :drool3::shock4: , mas para isso acontecer o SAN deve ter cerca de 1/3 do tamanho total do lago (quanto maior melhor), se o meu lago é de 2500L o SAN deve ter cerca de 900L, estou pesquisando quais materiais para usar em sua confecção, daí lembrei dos aquários "Plywood", que são os feitos de madeira muito bem impermeabilizada, eu pretendo fazer o mesmo para o SAN, vou documentar tudo muito bem detalhado com fotos, vídeos e quero ajuda de todos do grupo, assim vamos ajudar muita gente, então você topam me ajudar? Daniel Ribeiro

 

Pensei em fazer um caixotão de madeira impermeabilizar com Neutrol e aterrar ao lado do lago!

Edited by bugalooduff
  • Upvote 2
Link to comment
Share on other sites

Boas bugalooduff,

 

Parece bastante promissor e mal posso esperar para chegares a mais conclusões ;)

Realmente é uma pena ser necessario tanto espaço mas com certeza que vais aperfeiçoar isso!!

 

Vou sem duvida seguir atentamente

Boa sorte!

 

Abraço

Guilherme Martins

Link to comment
Share on other sites

  • 5 weeks later...

Essa tal reação exotérmica parece-me altamente duvidosa.

 

Qual é a equação quimica envolvida, aproveitando o metano?

 

Penso que para criar uma reação exotérmica a partir do metano teria que haver combustão e, mesmo havendo combustão, as quantidades metano necessárias para fazer variar a temperatura de alguns milhares de litros de água, nem que fosse um grau, estariam várias ordens de grandeza para lá das produzidas por um lago.

 

De facto, há uma forma simples de subir a temperatura dum lago de jardim, não um grau mais cinto ou seis graus: basta tapá-lo com um plástico transparente.

 

 

Miguel

Link to comment
Share on other sites