Dúvida: T5 Coral Light Fiji Purple


Recommended Posts

Boas,

 

Será que este tipo de iluminação (Fiji Purple) aumenta a probabilidade de termos algas no aquário? Disseram que as cores Purple eram mais indicadas para aquários plantados.

 

Tenho uma HQI de 150 W, 1 T5 Actinica e 1 T5 Coral Light Fiji Purple.

 

A HQI está ligada cerca de 6 Horas e as T5 12 horas.

 

Obrigado,

Alberto Magalhães

Link to comment
Share on other sites

A Fiji Purple não é parecida com outras lâmpadas que apostam unicamente na área do vermelho para potenciar a fotossíntese.

 

Elas têm habitualmente um espectro muito semelhante às lâmpadas T5 brancas mas sem a parte do espectro verde... dando uma tonalidade mais arroxeada (azul + vermelho).

Conta com a fiji purple como uma T5 branca normal sem a parte verde do espectro... por isso elas podem desenvolver algas como as brancas também podem.

Link to comment
Share on other sites

É preciso não esquecer que todo o ecossistema dentro de um aquário está dependente de algas e do seu equilíbrio... as zooxantelas que dão cor a muito corais

 

Nós precisamos delas... quanto mais completo for o espectro de luz (como colocar um aqua com luz solar directa) ou com uma cor menos fria (abaixo dos 10000ºK) parece existir mais tendência para o desenvolvimento de algas... mas o grande factor de limitação são mesmo os nutrientes, a não ser que as luzes se mantenham desligadas.

 

Quanto mais azulado for o espectro melhor para os corais e bem estar do aquário... mas isso não quer dizer que as algas não se desenvolvam. E também não quer dizer que agora se passe a utilizar apenas actinicas e azuis, porque os corais vão detestar isso porque não conseguem manter as zooxantelas para lhes darem nutrientes.

 

Conclusão: Evitar luzes com espectro no verde e vermelho muito intenso (mas hoje em dia a maioria das lâmpadas que se vendem para reef já cumprem esse requisito) e optar por uma coloração global acima dos 10000ºK

Link to comment
Share on other sites