Sign in to follow this  
rwcl

Novo projecto RWCL

Recommended Posts

Boas, é bom dividiu-se, é assim que as Anemonas desmultiplicam-se. ;)

 

 

Cumps.

 

Desmultiplicação de anémonas será o quê? :ph34r:

 

Explicando melhor uma vez que amanhã já havia bastante sono, andam por aí várias teorias que não sei até que ponto estarão comprovadas.

 

Uma delas diz que alterações no meio podem levar a que uma anémona se divida. O objectivo é aumentar a probabilidade de sobrevivência.

Neste caso poderia ser alteração menos favorável de algum dos parâmetros da água.

 

Se está tudo normal poderá ter sido uma divisão saudável como foi dito.

 

Abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas, sim já estava com sono. lol

 

Também se dividem quando há algum corte Anemona.

 

Cumps.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Desmultiplicação de anémonas será o quê? :ph34r:

 

Explicando melhor uma vez que amanhã já havia bastante sono, andam por aí várias teorias que não sei até que ponto estarão comprovadas.

 

Uma delas diz que alterações no meio podem levar a que uma anémona se divida. O objectivo é aumentar a probabilidade de sobrevivência.

Neste caso poderia ser alteração menos favorável de algum dos parâmetros da água.

 

Se está tudo normal poderá ter sido uma divisão saudável como foi dito.

 

Abraço!

 

Boas Gonçalo

 

Faz hoje uma semana que a anemona dividiu-se e elas estão em optimo aspecto... vamos aguardar mais um tempo para confirmar se é bom ou não, estou atento as meninas biggrin

 

Cump

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas!

 

Partilha então esse momento! Não são só os maus...;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas pessoal

 

Só para fazer um pequena atualização. Bem em relação as anemonas estão em óptimas estado.

 

Agora a parte da chatice é que estou com uma praga de algas verdes. Tirei as rochas todas e escovei-as com a agua da tpa que fiz de 100 litros do aquário e aspirei o maior do areão, com isto tudo ganhei uma enorme dor de costas. Uma semana passada parece que esta a voltar :mad: .

 

Agora uma das coisas que me desanimou e muito foi a morte do meu acanthurus lineatus durou um mês e meio :angry: e tudo por causa do meu zebrasoma flavescens tava sempre a picar nele visto ele ser mais pequeno. Ao fim do dia quando cheguei a casa la estava o lineatus morto, tava com vários golpes de lado parece que foi esfaqueado varias vezes e aposto como foi o zebrasoma só me deu vontade de o :2gunfire: ... Enfim é o pior deste hobby...

 

Cump a todos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa tarde

 

Ao fim de 4 meses a minha praga continua de algas verdes e cianos. Nota-se que em relação as verdes ta melhor mas em relação as cianos cada vez ta pior, por mais que aspiro as rochas e o areao volta tudo e ainda com mais força :cry4: . Ja mudei a disposição de algumas rochas para ver se a circulação melhor como também as bombas de circulação mas sem sucesso. Deixo aqui algumas fotos para ver o péssimo que esta...

 

imgp4406w.jpg

 

Como podem ver o até nos vidros está...

 

imgp4411q.jpg

 

Agora algumas das rochas cheias de bolhas de oxigenio debaixo das cianos...

 

imgp4427.jpg

 

imgp4428n.jpg

 

imgp4431s.jpg

 

imgp4432.jpg

 

o meu holoturia é um calão e o stromb também...

 

imgp4429k.jpg

 

Fazia as minha mudas com agua do cabo raso de 15 em 15 dias de 60 litros em media. Nestes 2 últimos meses fiz as tpa com red sea coral pro para ver se isto melhorava, visto que fiz uns teste da agua natural e dava-me amonia e fosfato.

 

Hoje fiz os teste do PO4 e NO3.

- da sera deu zero: imgp4425z.jpg

 

da jbl tambem deu o mesmo:imgp4434vw.jpg

 

NO3 da jbl: imgp4435.jpg

 

 

Vivos que tenho no aquario:

1 zebrassoma

1 hepatus

1 peixe folha

1 chromis

3 ocellaris

1 bi-color nao sei o nome

1 holoturia

1 estrela vermelha

1 stromb

2 sarco

1 euphylia

1 anemona

 

Agora peço ajuda e dicas de como resolver isto, ja estou a fica desanimado com o aquario...

 

Cump a todos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá rwcl,

 

Antes de mais, algumas questões:

 

- qual é a proveniência da rocha?

- quantas horas de luz tem o aquário?

- como é que o escumador está nivelado ( escumação mais seca, mais molhada)?

- só tens o teste da Sera para o PO4?

- que tipo de alimentação dás aos peixes e com que frequência?

- usas carvão activado?

 

 

Abraço,

André

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ola André

 

 


- qual é a proveniência da rocha?

 

A rocha comprei com o meu 1 aquário foi um kit completo, aquário calha, bombas, escumador, rocha, etc... ela estava morta. A rocha tem praí 2 anos e meio...

 

 

- quantas horas de luz tem o aquário?

 

 

8 horas diarias, as primeiras acendem as 23h ate as 7h da manha as restantes acendem a meia noite e apaga as 6h da manha... sao 6x54w lampadas da ati, faço assim devido a ter o bi-horario.

 

 

- como é que o escumador está nivelado ( escumação mais seca, mais molhada)?

 

 

Bubble magus C9 e tenho a trabalhar a 26cm acho que esta bem, deixo te umas fotos...

 

imgp4418j.jpg

 

imgp4416q.jpg

 

 

- só tens o teste da Sera para o PO4?

 

 

Nao fiz tambem com o teste da jbl que comprei na aquahobby a semana passada e tambem me da zero, podes ver no meu post anterior esta la a foto.

 

 

- que tipo de alimentação dás aos peixes e com que frequência?

 

 

Só os alimento uma vez por dia com spirulina, flocos verdes, e umas bolinhas pequenas da Elos svm2, e nori agarado na mola por vezes. Ao fim de semana dou congelado mysis e brineshrimp com alho...

 

 

- usas carvão activado?

 

 

Não uso nada, ja usei anti fosfato da ATI a uns meses atras.

 

Cump

abraço

Edited by rwcl

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas

 

Eu tinha cuidado com a anemona com o aquário nesse condição. Está sujeito a morrer e a matar tudo aí dentro.

Quanto as cyanos, eu alem de tentar baixar os nitratos baixava também os fosfatos, como eu já disse e muitos outros aqui no forum os testes podem dar zero por as algas e cyanos estarem a consumir os fosfatos muito rapidamente.

Usa agua de osmose? Se sim como estão as resinas e a membrana, isto é quanto tempo de uso têm?

 

cumprimentos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá rwcl,

 

Em relação ao teste de PO4, tens razão, não tinha associado.

 

Na minha opinião, baixar NO3 é das coisas mais fáceis de fazer. Bastaria aplicar qualquer método que adicionasse carbono ao aquário para promover um aumento do número e actividade das bactérias nitrificantes/desnitrificantes, até porque não acredito na sensibilidade dos testes em questão no que toca ao PO4 (o PO4 nunca está a zero). O problema é quando temos bactérias concorrentes que queremos irradicar ou controlar e que também vão beneficiar desses nutrientes, como é o caso das cianobactérias.

 

Dito isto, talvez a melhor maneira para controlar NO3, no teu caso, seja enveredar por métodos mais naturais, nomeadamente pela continuação das TPA´s, adição de carvão activo (convém ser um carvão de qualidade, com substituição mensal) e colocação de macroalgas (Caulerpa, Chaetomorpha) para entrarem em competição directa com as cianobactérias.

 

Isso resolve o problema no que toca a exportação do NO3 mas antes disso, é preciso perceber qual a fonte do mesmo.

 

Agora:

 

1) Será realmente das TPA´s (eu também vou buscar água ao Cabo Raso e não tenho NO3 alto; anda à volta de 1ppm; como disse no meu tópico, ainda há pouco tempo fizemos testes no local e deu zero)?

 

2) Será da rocha e areia que acumularam e continuam a acumular detritos que são degradados e transformados em nutrientes inorgânicos como é o caso do NO3 (passar uma bomba de 1000l/h ou perto disso pela rocha toda para apenas libertar eventuais detritos aprisionados de modo a que estes sejam encaminhados para a Sump para serem escumados/aspirados durante a TPA é um bom princípio)?

 

3) Será da quase total ausência de organismos que consumam NO3, nomeadamente, corais moles, comparativamente à quantidade de peixes que existem a produzir carga orgânica (os corais, principalmente os corais moles são óptimas esponjas de nutrientes; podemos até fazer a analogia com as plantas em aquários plantados e com a relação que existe entre quantidade de luz/nutrientes/massa vegetal para competir com as algas e evitar a sua proliferação)?

 

 

No que toca às perguntas que fiz, parece-me tudo bem, à excepção da ausência de uso de carvão (que já sugeri acima) e do facto da rocha ter sido morta e já ter 2 anos e meio de aquário ( a rocha torna-se uma esponja de detritos e nutrientes senão for regularmente bombardeada com água e se esses mesmos detritos não forem exportados do sistema).

 

 

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas rjpf

 

 

Eu tinha cuidado com a anemona com o aquário nesse condição

 

 

Estou de olho nela e tem-se portado muito bem, não tem sinal de mau aspecto, alias fica bem gordinha e boas cores quando ta com a luz ligada...

 

 

Usa agua de osmose? Se sim como estão as resinas e a membrana, isto é quanto tempo de uso têm?

 

 

Sim uso osmose para reposição e fazer a agua para as tpa, tenho um sistema de 5 elementos, visto que me chamaste a atenção sobre isso fui ver a data de quando tenho de mudar os filtros e a membrana e calha no mês de junho, vai fazer 1 ano. Vou ter de mudar

 

 

Viva André Silvestre

 

Desde já quero te agradecer pelas explicações e pela paciência que tas a ter para me ajudar a resolver esta embrulhada em que estou metido.

 

 

Dito isto, talvez a melhor maneira para controlar NO3, no teu caso, seja enveredar por métodos mais naturais, nomeadamente pela continuação das TPA´s, adição de carvão activo (convém ser um carvão de qualidade, com substituição mensal) e colocação de macroalgas (Caulerpa, Chaetomorpha) para entrarem em competição directa com as cianobactérias.

 

 

Vou seguir os teu conselhos este fim de semana vou então fazer um uma boa tpa, isto é, a totalidade da minha sump que são quase 100 litros com osmose e sal red sea coral pro. Vou então também comprar carvão activo "tens ideia de um de qualidade que aconselha?"

 

 

2) Será da rocha e areia que acumularam e continuam a acumular detritos que são degradados e transformados em nutrientes inorgânicos como é o caso do NO3 (passar uma bomba de 1000l/h ou perto disso pela rocha toda para apenas libertar eventuais detritos aprisionados de modo a que estes sejam encaminhados para a Sump para serem escumados/aspirados durante a TPA é um bom princípio)?

 

 

A rocha ate acredito porque já vem do aquário antigo mas a areia foi toda nova não aproveitei nada do outro. Quando falas de passar uma bomba pela rocha é dentro do aquário ou é retira-la de dentro e fazer a parte???

 

André mais uma vez agradeço te as explicações e a paciência que tens :thumbup3:

 

Cump

Abraço

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá.

 

Esta questão é mais direccionada ao André, mas todos os outros estão à vontade para responder...

 

Quando falas em baixar/controlar nitratos com carvão activado, podes ser um bocado mais específico na explicação? É que não faço a mínima ideia de como é que um adsorvente apolar vai retirar iões nitrato da água, pura e simplesmente.

 

Obrigado desde já.

 

Abraço

Luís Fortunato

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas

 

Eu tenho a mesma dúvida que o Luís. Penso que o carvão não vai fazer nada, pelo menos não tenho conhecimento que baixe nitratos.

Com o carvão é preciso ter cuidado pois com o tempo eles acabam por largar fosfatos. Há os ditos de longa duração mas eu tenho sempre as minhas dúvidas.

Em relação a osmose o melhor seria testar a água. A membrana por norma dura muito, o mal é quando o resto das resinas ficam gastas e não as trocamos(que estas duram bem menos), que vão deixar passar tudo para a membrana que acaba por estragar mas rapidamente. Isto falando das resinas que estão antes da membrana claro. E claro a água de entrada conta muito.

 

cumprimentos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá.

 

Esta questão é mais direccionada ao André, mas todos os outros estão à vontade para responder...

 

Quando falas em baixar/controlar nitratos com carvão activado, podes ser um bocado mais específico na explicação? É que não faço a mínima ideia de como é que um adsorvente apolar vai retirar iões nitrato da água, pura e simplesmente.

 

Obrigado desde já.

 

Abraço

Luís Fortunato

 

Nem tudo tem que ter uma causa/efeito directo e, certamente, o que eu disse acima, em nada significa que o carvão retira iões inorgânicos da água como o NO3.

 

A adição de carvão activado ao sistema para controlo de NO3 tem como função promover a adsorção de compostos orgânicos que têm na sua constituição (entre muitos outros), Azoto, antes de serem degradados por actividade bacteriana em NO3. Acaba por haver um controlo dos compostos azotados antes destes passarem ao estado inorgânico, à semelhança do que é removido via escumador.

 

Boas

 

Eu tenho a mesma dúvida que o Luís. Penso que o carvão não vai fazer nada, pelo menos não tenho conhecimento que baixe nitratos.

Com o carvão é preciso ter cuidado pois com o tempo eles acabam por largar fosfatos. Há os ditos de longa duração mas eu tenho sempre as minhas dúvidas.

Em relação a osmose o melhor seria testar a água. A membrana por norma dura muito, o mal é quando o resto das resinas ficam gastas e não as trocamos(que estas duram bem menos), que vão deixar passar tudo para a membrana que acaba por estragar mas rapidamente. Isto falando das resinas que estão antes da membrana claro. E claro a água de entrada conta muito.

 

cumprimentos

 

Não é a solução mas acaba por ser um meio auxiliar de grande importância, principalmente nestes casos em que há um aumento descontrolado de NO3 e não se consegue perceber qual a causa do mesmo.

 

Quanto à afirmação de que o carvão liberta fosfatos com o tempo, é preciso ter cuidado como se enquadra isso numa discussão e em que tipo de grandeza isso acontece. Há carvão activado e carvão activado (não é à toa que falo em carvão de qualidade) e mesmo que haja libertação de fosfatos, a sua quantidade é irrisória, tendo em conta o quanto se usa de carvão e o quanto se dilui de fosfatos em dezenas/centenas litros de água. Estudos indicam que até é possível haver libertação dos compostos adsorvidos quando o carvão chega ao ponto de saturação, estando este último dependente da quantidade inicial de orgânicos, do tipo de escumador que se tem, da quantidade de água a "tratar", do tempo de permanência do carvão, etc. Apesar dos inúmeros factores e do que a literatura sugere em ensaios experimentais, a experiência acaba por ter alguma relevância e parece haver um consenso fora dos ensaios laboratoriais de que o uso de carvão activado deve ficar, no máximo, limitado a 1 mês para se poder tirar o máximo partido do mesmo sem correr o risco de haver libertação do que foi adsorvido. No entanto, ainda há muita gente a usar carvão na Sump por 2 meses, 3 meses ou mais e é nesses casos que o carvão pode trazer mais problemas do que benefícios, não pelo carvão em si mas pela ignorância/negligência do utilizador ou induzidos por marcas que advogam que os seus produtos desta natureza duram 4-6 meses quando, na verdade, não só não fazem o que defendem como ao fim desse tempo, tudo o que adsorveram já foi libertado...

 

 

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Nem tudo tem que ter uma causa/efeito directo e, certamente, o que eu disse acima, em nada significa que o carvão retira iões inorgânicos da água como o NO3.

 

A adição de carvão activado ao sistema para controlo de NO3 tem como função promover a adsorção de compostos orgânicos que têm na sua constituição (entre muitos outros), Azoto, antes de serem degradados por actividade bacteriana em NO3. Acaba por haver um controlo dos compostos azotados antes destes passarem ao estado inorgânico, à semelhança do que é removido via escumador.

 

 

Não é a solução mas acaba por ser um meio auxiliar de grande importância, principalmente nestes casos em que há um aumento descontrolado de NO3 e não se consegue perceber qual a causa do mesmo.

 

Quanto à afirmação de que o carvão liberta fosfatos com o tempo, é preciso ter cuidado como se enquadra isso numa discussão e em que tipo de grandeza isso acontece. Há carvão activado e carvão activado (não é à toa que falo em carvão de qualidade) e mesmo que haja libertação de fosfatos, a sua quantidade é irrisória, tendo em conta o quanto se usa de carvão e o quanto se dilui de fosfatos em dezenas/centenas litros de água. Estudos indicam que até é possível haver libertação dos compostos adsorvidos quando o carvão chega ao ponto de saturação, estando este último dependente da quantidade inicial de orgânicos, do tipo de escumador que se tem, da quantidade de água a "tratar", do tempo de permanência do carvão, etc. Apesar dos inúmeros factores e do que a literatura sugere em ensaios experimentais, a experiência acaba por ter alguma relevância e parece haver um consenso fora dos ensaios laboratoriais de que o uso de carvão activado deve ficar, no máximo, limitado a 1 mês para se poder tirar o máximo partido do mesmo sem correr o risco de haver libertação do que foi adsorvido. No entanto, ainda há muita gente a usar carvão na Sump por 2 meses, 3 meses ou mais e é nesses casos que o carvão pode trazer mais problemas do que benefícios, não pelo carvão em si mas pela ignorância/negligência do utilizador ou induzidos por marcas que advogam que os seus produtos desta natureza duram 4-6 meses quando, na verdade, não só não fazem o que defendem como ao fim desse tempo, tudo o que adsorveram já foi libertado...

 

 

Abraço

 

Boas

 

Sei que já vai a algum tempo mas vou responder na mesma.

 

De certa forma concordo com o que dizes mas mesmo que o carvão liberte poucos fosfatos, ou mesmo quase nenhum acho que quando se está com um problema é mais benéfico não usar. Digo isto tendo em conta que cyanos usam fosfatos como alimento de eleição.

De qualquer forma sendo a ideia de usar o carvão para baixar nitratos, acho que faz mais sentido descobrir a causa de nitratos tão altos e eliminar de raiz o problema do que gastar dinheiro em carvão.

Não tenho qualquer conhecimento nem estudo feito, falo pelo que leio e pelo que já passei. Há quem defenda o uso continuo do carvão há quem diga que só em casos esporádicos se deve usar.

 

Em relação as marcas, e isto é um a parte, cada vez acredito mais que por vezes mudam-se os rótulos mas o conteúdo é o mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this