Sign in to follow this  
André Silvestre

112L - Colorful Paradise

Recommended Posts

Essas Ricordias estão como as tridacnas do Pedro Conceição...fazem-me cá uma inveja eheheh

Os meus parabens, está a ficar com um aspecto muito bom mesmo :alberteinstein:

 

Cumprimentos

Paulo Conceição

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

Hugo, estas são só para ti mas o melhor mesmo é vires cá a casa beber o cafézinho da ordem e ver o penico ao vivo que isto por aqui anda muito parado. :)

 

20f5474f.jpg

 

dcffbe00.jpg

 

8f6d1b77.jpg

 

8046815f.jpg

 

272b1755.jpg

 

69c4e253.jpg

 

33bfd78d.jpg

 

efc724c4.jpg

 

 

Paulo, obrigado. A colecção de Ricordeas vai aumentar. Notícias para breve... :whocares:

 

 

Abraço,

André

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os teus aquarios cada vez deixam-me com mais água na boca isso juntando a tua qualidade fotográfica é de ficar a olhar para as fotos um bom tempo.

 

Parabens por mais um magnifico aqua André

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

Tiago, obrigado. " Ouvi" dizer que vais voltar aos salgados... Vê lá se partilhas o novo projecto com a malta.

 

Um mês depois, deixo mais umas fotos da poça:

 

f58a6b1a.jpg

 

bbf427f3.jpg

 

799bf769.jpg

 

92c38046.jpg

 

a05b0c92.jpg

 

038627a8.jpg

 

51a39808.jpg

 

0d5b9aa5.jpg

 

 

Abraço,

André

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas, está um espectáculo!!!

 

Essas fotos são sempre demais, quando vens cá a casa tirar umas fotos dessas?!

 

Cumps.

Share this post


Link to post
Share on other sites
f58a6b1a.jpg

Olá André,

 

Desde que vi um gobie igual a este no aquário do Judicibus, fiquei apaixonado... só que é tão caro. :? Vai ter de esperar, que as prioridades agora são outras.

 

Quanto ao resto, fantástico como sempre! :P

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas Jorge,

 

São diferentes. O que eu tinha era um stonogobiops dracula e o do André é um Stonogobiops nematodes.

 

Prefiro o nematodes, e há-de ser o próximo a entrar tb no meu.

 

Então e André, novidades ??

Share this post


Link to post
Share on other sites
São diferentes. O que eu tinha era um stonogobiops dracula e o do André é um Stonogobiops nematodes.

 

Prefiro o nematodes, e há-de ser o próximo a entrar tb no meu.

Obrigado João pela correcção, realmente são muito parecidos. Estive a ver fotos dos dois e também acho que sou capaz de gostar mais do nematoides, com a vantagem de ser substancialmente mais barato. Pronto, já está na lista. :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Realmente esses peixinhos são LINDOS...também quero!! :)

 

André, esse aquário está cada vez mais bonito, faltou a geral!

 

PS - Ontem baldaste-te :)

 

Abraço,

Rui Feliciano

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

... quando vens cá a casa tirar umas fotos dessas?!

 

Bruno, é combinar quando tiveres isso um pouco mais recheado de vivos. Para já deixa-te estar que vais muito bem. Com calma é que se chega lá.

 

Estive a ver fotos dos dois e também acho que sou capaz de gostar mais do nematoides, com a vantagem de ser substancialmente mais barato.

 

Jorge, tal como o João disse, confere que não é um draculoides mas antes um nematoides que é bem mais baratoides que o primeiroides. :doofywave::)

Ainda assim, nenhum bate o Yasha, IMO. Bota também na lista.

 

Então e André, novidades ??

 

Novidades, há... ;)

 

... faltou a geral!

 

PS - Ontem baldaste-te :)

 

Pois faltou, estou à espera que as novidades assentem.

Os sacanas dos Pterois não páram quietos com a fome. Sempre a perseguir os Copépodes. Os Pods já se fizeram ouvir em tom de protesto com a entrada dos novos habitantes que se isto continua assim, para não contar com eles para a fotinha de turma. Estou num dilema... :split:

 

Pois, infelizmente. Era mesmo para ter lá dado um pulo mas já estava tarde e ainda tinha de ir queimar pestanas. Estou naquela altura do mês... :lol:

 

a5868cf2.jpg

 

a5cfc6ca.jpg

 

O Gang! Se encostarem o ouvido às colunas, ainda os ouvem a abocanhar em seco dentro dos sacos. Bicho faminto!

 

 

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas, não sei se foi o Stonogobiops Dracula ou um Stonogobiops Nematodes que vinha no meio da rocha viva já falecido. :thumbup3:

 

Tanto como um como o outro remexem no areão como um por exemplo um Gobiidae?

 

Abraço, cumps.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

Bruno, Gobiidae é a família deste tipo de peixes e como tal, é uma classificação demasiado abrangente pois dentro dela tens espécies com predação exclusivamente de fundo e outras com predação exclusivamente da coluna de água. Entre ambas há muita coisa. Do Género Stonogobiops conheço apenas três espécies e nenhuma delas tem por hábito remexer o areão em busca de comida; todas fazem predação da coluna de água, da rocha ou eventualmente de alguma bicharada ou alimento morto que se aproxime da toca através da areia. Peixes que remexem constantemente o areão são peixes do Género Valenciennea, Signigobius, etc.

 

Gerais:

 

28113053.jpg

 

8c702c39.jpg

 

f6ebe204.jpg

 

44db06bd.jpg

 

0ef7d877.jpg

 

6438d86f.jpg

 

310f2e4b.jpg

 

b6c3799f.jpg

 

6939bfe3.jpg

 

 

Abraço,

André

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas

 

Tive a sorte de ver este aquario ao vivo, quando fui buscar os meus frags, e é uma autentica perdição. As cores são fantásticas, e demonstra claramente tanto o amor que dás ao aquario como o conhecimento e a paciência que tens.

 

Continuação de boa sorte, e continua a por essas fotos magnificas :)

 

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas, André obrigado pela explicação, vou ver o que escolho para por no meu.

 

Esses corais tipo árvore, são considerados duros?

 

Cumps.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

Paulo, obrigado pelas simpáticas palavras e já sabes que a porta está sempre aberta.

 

Bruno, os corais a que te referes são Gorgónias e não, não são considerados corais duros apesar de possuírem um esqueleto semi-rígido ( o coral é maleável e abana ao sabor da corrente) formado por uma proteína que incorpora cálcio na sua constituição mas que difere dos esqueletos de carbonato de cálcio dos SPS e LPS. Estes últimos é que são considerados corais duros.

 

 

Abraço,

André

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas André,

 

Não há aí uma única peça que não seja lindissima. Tens muito bom gosto na escolha dos vivos e na sua colocação de forma a produzir um conjunto harmonioso. Essas gorgónias vieram dar um toque muito bonito ao aquário.

Não te admires se o resultado da tua escolha de vivos servir de inspiração a outras pessoas cof, cof, eu, cof, cof, considera isso como um elogio :character0050:

 

Abraço,

Rui Feliciano

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas Rui,

 

Obrigado pelo comentário. Estás obviamente à vontade para tirar ideias do que quiseres mas tem atenção que as Gorgónias e as Dendronephtyeas que vês são corais não-fotossintéticos o que quer dizer que para os manter, tenho que os alimentar com frequência várias vezes ao dia e com certo tipo de comida de modo a que os pólipos consigam captar e ingerir a mesma. Como deves calcular, isto traz um grande problema que é a exagerada entrada de carga orgânica derivada sobretudo das comidas congeladas e do Fito e Zooplankton que misturo. E isto não é metade daquilo que lhes tenciono dar no futuro para os manter felizes e a crescer, uma vez que estou à espera de nutrição mais especializada para este tipo de corais.

 

Se pretendes manter este tipo de corais, aconselho-te vivamente a ler mais sobre eles porque são corais bastante exigentes a nível de nutrição e parâmetros da água e conjugar ambos não é nada fácil. :)

 

Hoje levaram um mimo de larvas de Lysmata amboinensis acabadinhas de saírem dos pleópodes da mãe que decidiu desovar exactamente quando acendi as luzes do aquário. :(

 

Deixo mais uma do Darkside:

 

323310bf.jpg

 

 

Abraço,

André

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ola.

 

André tens peças fabulosas, mas não gosto de ver o sitio das gorgónias da um aspecto de artificial ha coisa. Tens conhecimentos para as colocares noutros sítios, por isso não te vou dizer se e mais para a esquerda ou direita.

 

Ja se nota uns crescimentos nas fotos, eles que cresçam existe por ai 2 poças que devem estar a aparecer..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas Hugo,

 

As Gorgónias têm de estar ali pela dimensão e crescimento que têm, bem como pelo máximo aproveitamento da corrente criada pelas bombas e pela necessidade desta varrer totalmente os corais. São corais que necessitam de tanta ou mais circulação que os SPS porque sem ela não há transporte de alimento até aos pólipos, não há reacção do coral à presença de alimento na água e como tal, não há extensão de pólipos. Senão há extensão de pólipos, não há alimentação e trocas gasosas eficientes e sem estes, os corais definham. Ainda hoje mudei a posição de uma Dendro para uma zona com mais circulação porque desde que a coloquei no aquário, tem estado sempre mirrada, ao contrário das outras duas que como apanham com bastante circulação, têm-se mantido inchadas e bonitas.

 

O que te deve estar a fazer confusão é o facto de ainda haver ali algum espaço vazio na zona das Gorgónias, faltando algo mais e aí confesso que sinto o mesmo. Faltam mais alguns corais e crescimentos e com estes vêm as formas e as cores. É preciso é ver o quadro a longo prazo mas antes de adicionar mais corais, tenho de primeiro conseguir manter estes saudáveis e para isso há que encontrar a alimentação correcta a nível de composição e dosagens por dia. Noto que já se mantêm abertos durante mais tempo, mesmo durante o dia, e as Gorgónias já têm algum crescimento mas ainda não cheguei ao estado ideal. E depois há a questão do aumento da carga orgânica que já se fez sentir e que me obrigou a reformular a manutenção do aquário... Mas, como disse, há uma resposta positiva dos corais devido à alimentação e agora é preciso ir com calma. ;)

 

Mais dois penicos? Isso é que se quer! Mas é para 2010 ou só para 2012? É que segundo os Maias, em 2012 já não vale a pena...

 

Mais umas:

 

ad4dcad8.jpg

 

8d107da7.jpg

 

 

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Master André ;)

 

Gorgónias? Essa não estava à espera :character0050: Como estão? são difíceis de alimentar. Notas algum crescimento?

 

Já agora, porque não experimentas Esponjas?

 

Gosto da colecção dos Zoanthus ;) Que cores brutais!

 

Um abraço,

Fernando

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas Fernando,

 

É verdade. Estou a tentar fazer uma mistura de corais fotossintéticos com não-fotossintéticos, baseando-me no heterotrofismo que é comum a ambos. Descobri recentemente a beleza dos não-fotossintéticos e o desafio que é mantê-los mas penso que é possível conjugar ambos se conseguir achar a alimentação ideal e fazer a exportação de orgânicos eficientemente. Para já, não posso adiantar grande coisa do estado de saúde delas. Do que tenho lido, as Gorgónias são corais muito resistentes que podem aguentar meses até morrerem mas durante esse tempo, mostram sinais de carências alimentares ( retracção dos pólipos, esqueleto sub-nutrido, crescimento inibido, etc). O oposto desses sinais são indicadores que se está no bom caminho e, como já disse, notei que as pontas da Gorgónia azul tiveram crescimento ( já chegam à linha de água na TPA) e a Gorgónia amarela já começou a encrustar na rocha. No entanto, ainda não consigo fazer com que todos os pólipos estejam abertos 24h/24h o que quer dizer que a alimentação ainda não é suficiente. As algas parecem ter uma opinião diferente...

 

Também considerei as esponjas mas essas são ainda mais difíceis de manter, para além de que há espécies que libertam toxinas quando morrem e isso seria mais um factor de preocupação. Ainda assim, há uma esponja que espero tentar manter quando tiver sucesso com as Gorgónias e Dendronephtyas ( estas últimas são outro problema para alimentar porque consomem comida ainda mais pequena que as Gorgónias tal como phytoplankton, bactérias, muco de corais, embora estudos mais recentes mostrem que se possam alimentar do zooplankton mais pequeno).

 

A esponja em causa seria esta:

 

1-3373d.jpg

 

 

A esponja propriamente dita é o esqueleto ( vermelho) e os pólipos são parazoanthus ( brancos) que pensa-se serem simbiontes da esponja, apesar da haver experiências em que a esponja morre e os parazoanthus continuam vivos... Será algo a experimentar se tiver sucesso com os NPS que já mantenho.

 

 

Abraço,

André

 

P.S.: esse avatar já roça o Psycho. :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

UAU :D

muito lindo e muito bem cuidado!!

parabéns :D

abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hey hey Master André!

 

Que tipo de alimentação andas a experimentar? Náuplios de Artémia? Ovas de lagosta?

 

E tubastreas? Contas colocar algum?

 

(offtopic: o Avatar é do Naruto :animal_fish: o Darthvader já cansava um bocado :P)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas André,

 

Não sei como classificar este aqua. Sinceramente, a este nível não vou dizer nada, pois já não sei o que dizer :alberteinstein:

Não usas reactor de kalk, nem de calcio. Só fazes reposiçao de agua com água de osmose, certo??...como funcionam as tuas fertilizações?

Eu cá ando, a ler aqui e ali, para tentar sempre aprender mais um bocadinho deste mundo. Aconselhas-me algum livro, ou também aprendeste pelos foruns?

 

 

cumps e continuação do teu exelente trabalho;)

Edited by Luis Romão

Share this post


Link to post
Share on other sites

André também introduzi uma gorgonia castanha no meu reef quase ao mesmo tempo que tu (coincidência), a alimentação que tenho dado é gamma nutraplus da TMC, adiciono com a seringa que vem na embalagem, sempre com escumador desligado e bomba de circulação desligada, embora ande a experimentar com o escumador ligado...

 

Adiciono sempre muito pouco, espalhando sempre o máximo possível pelos pólipos todos, até agora tenho adicionado de semana a semana e os pólipos encontram-se abertos 24 by 24H.

 

já agora, tanto o amboinensis lysmata como os peixes palhaços vão sempre a "correr" ter com a ponta da seringa de maneira a calhar algo para eles.

 

cumps

Share this post


Link to post
Share on other sites
Este tópico tem mais de 6 meses de antiguidade... Se fizer sentido, por favor considere criar um novo tópico em vez de reactivar este. Obrigado!

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this