Recommended Posts

Boas

 

Nao sei ao certo qual é a especie da minha salamandra, embora pense que seja ilegal mante-la por muitos dos comentaris que ja vi neste forum acerca de ser proibido manter qualquer especie autocune de portugal em casa, mas esta tem uma historia senao provavelemnte eu nao a tinha.

Sempre fui uma pessoa fascinada por este tipo de animais, por tanto andava a " monotorizar" um sitio ( o unico que conhecia aqui nas caldas) que tinha cerca de 20 a 25 salamandras, entre adultas a jovens, era ao pe de uma sminas de agua amas onde elas se encontravam nao tinha qualquer agua apenas terra humida.

Era um sitio com bastante vegetaçao a volta , e pelo que sei elas alimentao-se de insectos embora nao sejam um bicho muito rapido nem a andar nem em reaçao.

Tudo começou quando passei nesse sitio e vi que toda a vegetaçao em redor destas minas tinha sido cortada, a razao não sei mas a verdade é que tinha sido cortada, fui ve-las e estava tudo bem ok.

Passado uma semana reparei numa diminuiçao da populaçao mas pensei para mim que so deveriam ter mudado de sitio ou entao estado enterradas mais fundo, na outra semana começo a ver a á pouca populaçao existente a ficar super magrinha com os ossos todos a mostra e quase sem movimento nenhum.

Chamei um amigo que tambem gostava bastante disto e decidimos levar 1 cada um para casa das que estivessem em pior estado para devolver quando a vegetaçao do sitio estivesse maior, pois a minha ideia é que ao cortar a vegetaçao todo os insectos ou grande parte foram-se embora..

Agora vou mostrar a minha salamandra 1 mes de pois de a ter como é que ela está e se o terrario está em condiçoes, espero opinioes de pessoal do forum que sabe.

Por favor nao digam que isto é proibido de manter em casa e bah bah bah que eu já sei, apenas foi para a tentar recuperar....

 

 

DSC06268.jpg

DSC06276.jpg

DSC06273.jpg

Link to post
Share on other sites

Boas,

como tu próprio disseste, é ilegal de manter...mas parece-meque foi pela melhor das razões... ;)

Tenta não habituar muito a ti, nem á comida dada com pinça....solta-os e isso...se é que já não faças assim.

 

E quando a fores a soltar, alguns ias antes, procura um sítio que te pareça ter comida mais abundante, mas que o sítio seja parecido ao outro....porque pelo que parece, ela no outro iria acabar po morrer....

 

Cump, e as melhores das sortes para a bicha :juggle:

Link to post
Share on other sites

Como o Limede disse, a intenção foi realmente a melhor, mas se queres uma opinião, eu faria exactamente o mesmo.

Podes sempre recuperar a população, ou o maior numero que conseguires, desde que as devolvas novamente à natureza.

Ficar com elas é que não.

 

Podes fazer como disse o limede, encontrar outro sítio parecido onde as possas libertar.

Link to post
Share on other sites

POis eu nao sei é onde, pois nositio onde elas estao eu ei-de tirar fotos para aqui por, é tipo um poço com 1 metro de profundidade so que la em baixo é tarre com cavidades laterais nas paredes ue me parecem ir dar dentro das minas, provavelemtne para se reproduzirem ou algo do genero vão para lá...

Vou vr se consigo ir la buscar mais algumas neste estado se nao tiverem já morrido todas...

Link to post
Share on other sites
  • 3 months later...
  • 3 weeks later...

Alcaide,

Esta espécie de salamandra (salamandra salamandra, com várias subespécies por toda a Europa) é ilgal de manter por ser umas espéci "nativa" todas as espécies de Portugal são ilegais de manter....e colher animais do seu estado directamente parece-me a mim, uma grande falta de respeito visto poder-se, hoje em dia, comprar muitas espécies em CB (captive breed).

 

Cump :)

Link to post
Share on other sites
Boas

 

Nao sei ao certo qual é a especie da minha salamandra, embora pense que seja ilegal mante-la por muitos dos comentaris que ja vi neste forum acerca de ser proibido manter qualquer especie autocune de portugal em casa, mas esta tem uma historia senao provavelemnte eu nao a tinha.

Sempre fui uma pessoa fascinada por este tipo de animais, por tanto andava a " monotorizar" um sitio ( o unico que conhecia aqui nas caldas) que tinha cerca de 20 a 25 salamandras, entre adultas a jovens, era ao pe de uma sminas de agua amas onde elas se encontravam nao tinha qualquer agua apenas terra humida.

Era um sitio com bastante vegetaçao a volta , e pelo que sei elas alimentao-se de insectos embora nao sejam um bicho muito rapido nem a andar nem em reaçao.

Tudo começou quando passei nesse sitio e vi que toda a vegetaçao em redor destas minas tinha sido cortada, a razao não sei mas a verdade é que tinha sido cortada, fui ve-las e estava tudo bem ok.

Passado uma semana reparei numa diminuiçao da populaçao mas pensei para mim que so deveriam ter mudado de sitio ou entao estado enterradas mais fundo, na outra semana começo a ver a á pouca populaçao existente a ficar super magrinha com os ossos todos a mostra e quase sem movimento nenhum.

Chamei um amigo que tambem gostava bastante disto e decidimos levar 1 cada um para casa das que estivessem em pior estado para devolver quando a vegetaçao do sitio estivesse maior, pois a minha ideia é que ao cortar a vegetaçao todo os insectos ou grande parte foram-se embora..

Agora vou mostrar a minha salamandra 1 mes de pois de a ter como é que ela está e se o terrario está em condiçoes, espero opinioes de pessoal do forum que sabe.

Por favor nao digam que isto é proibido de manter em casa e bah bah bah que eu já sei, apenas foi para a tentar recuperar....

 

 

DSC06268.jpg

DSC06276.jpg

DSC06273.jpg

boas nao sou nenhum expert na materia mas com pouca pesquisa axei isto:

 

Salamandra de fogo

 

Nome científico: Salamandra salamandra terrestris

Classe: Amphibia

Ordem: Caudatas

Família: Salamandridae

Habitat: Regiões arborizadas

Hábitos: Noturnos

Nome popular: Salamandra de fogo

 

 

Características: As lavas são aquáticas e se tornam terrestres quando adultas. Sua pele tem coloração preta e amarela. Medem entre 140 e 200 milímetros.

Possui glândulas excretoras na parte de trás da cabeça e seu veneno é altamente tóxico.

A reprodução ocorre na primavera. Os ovos se desenvolvem no órgão genital da fêmea e nascem dentro d’água. Na fase adulta, as salamandras perdem a capacidade de viver dentro da água.

Existem várias subespécies de salamandras que se diferem entre cores e tamanhos. Vivem principalmente na Europa e norte da África.

Link to post
Share on other sites
Este tópico tem mais de 6 meses de antiguidade... Se fizer sentido, por favor considere criar um novo tópico em vez de reactivar este. Obrigado!

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.