MiguelAnice Silva

Membro
  • Posts

    16
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Brazil

About MiguelAnice Silva

  • Birthday 06/21/1979
  • Age 43

Contact Methods

  • Mail
    masilva1502@gmail.com

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Concelho
    Vila Franca de Xira (Lisboa)
  • Localização
    Povoa Santa Iria

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

MiguelAnice Silva's Achievements

Newbie

Newbie (1/14)

  • Collaborator Rare
  • First Post Rare
  • Week One Done Rare
  • One Month Later Rare
  • One Year In Rare

Recent Badges

4

Reputation

  1. Ainda assim RicardoG86 Aconselho-te vivamente a procederes a essa alteração senão um dia destes acordas e tens os Bettas de pança cheia e o resto tudo morto. O Betta em aquários com peixes bonitos como é o caso do Guppy pode fazer isso num ápice e nem dás por nada. Acredita que já vi isso acontecer várias vezes. apesar de estarem isolados isso é muito provável que aconteça.
  2. Pois é RicardoG86 tens de ficar muito atento a essa questão do rácio de machos fêmeas 1M / 2F porque senão as fêmeas acabam por entrar em estado de stress porque são poucas e os machos passam o tempo a lutar pela mesma. Foi impressão minha ou meteste 2 Machos Bettas no teu aquários??? Cuidado que não deves juntar dois machos à solta no aquário porque eles matam-se uns aos outros porque querem ser sempre o peixe mais bonito do aquário.qualquer coisa mete uma maternidade ou noutro lugar isolado um deles. Eu suspeito que não tenha sido o guppy macho mas sim umdos bettas que são muito mais corpulentos que os guppys. Como são dois duplica os sarilhos.
  3. RicardoG86 se notou uma mudança da cor e aspecto turvo da água aconselharia a fazer uma limpeza adequada do fundo do aquário com o sifão, trocando uma parte da água para evitar que ela fique tóxica por causa dos restos de comida acumulados no fundo do aquário e acrescentar umas choridoras que são uma excelente opção para ajudar na limpeza do fundo. Quanto aos peixes que tem no seu aquário como é o caso dos Guppys, aconselho vivamente a ter muita atenção na questão do ciclo como já foi dito. Estamos todos aqui para ajudamos o máximo possível e aprender com quem sabe e que pode ajudar. O Guppy é um peixe extremamente fácil de adaptar-se mas é bom ter em atenção a questão às temperaturas e PH da água. A temperatura ideal para o Guppy é de 26º Celsius, se bem que ele suporta um bocado menos e tolera até aos 27º Celsius.
  4. Quanto a essa pergunta Ruben Abel os alevins deverão ficar na maternidade o tempo suficiente apenas para que não possam ser comidos directamente por peixes adultos mais esfomeados, mas se tiverem apenas Guppies no aquário acredito que com uns 20 dias se estiverem bem alimentados já estarão com tamanho suficiente para serem soltos no aquário comunitário juntamente com os outros peixes. Não parece muito boa ideia ter a fêmea num aquário à solta simultaneamente com os Alevins porque ela pode desatar a persegui-los até os comer todos. Como sabem os Guppies gostam de alimentos vivos: Artémia , Tubifex, vermes e outras comidas vivas e as crias(Alevins) podem ser facilmente confundidas com comida viva e já sabem qual é o resultado esperado depois disso. Não deve sobrar ninguém para contar a história. Aquilo que aconselho a fazerem é ser pacientes e esperar a fêmea ter os Alevins na maternidade de plástico e depois retirar a fêmea após dar a luz e transferir os Alevins para uma maternidade de Rede mais larga para deixá-los com espaço para circular e com a maternidade de rede é mais fácil o ar circular e evitar depósitos de fezes e restos de comida no fundo poluindo a água e matar as crias. Boa Noite e boa semana!!!
  5. Boa Tarde a todos do fórum. Gostaria de dar a minha modesta opinião sobre a questão de um crescimento saudável. Do meu ponto de vista há 3 factores importantíssimos para que o crescimento seja realmente proporcional em todos os peixes criados no aquário. 1º A Alimentação dos Peixes: Artémia Viva , Figado de Boi, Flocos Secos, etc. Se variarmos um bocado na alimentação dos peixes isso proporciona um crescimento salutar deles e evita canibalismo dos adultos esfomeados a comer os Alevins do aquário. Tenham em atenção que o figado de boi triturado é muito rico em proteína e ferro para os Guppies, mas em excesso pode deixar a água um bocado turva e suja e por isso mesmo a pasta de figado deve ser fornecida com cautela. Artémia ou outros alimentos vivos também proporcionam um bom desenvolvimento do peixe. Se tiverem pouco tempo para dedicar inicialmente aos peixes tentem criar um sistema de alimentação automatizado para poupar-vos algum tempo. Se quiserem podem optar por ter um sistema automático que solta pequenas porções de comida no aquário, apenas o suficiente para que possa ser comido de imediato pelos peixes. Para quem usa maternidades para os peixinhos aconselho vivamente a esperarem as fêmeas terem os alevins todos e retirar imediatamente a fêmea de dentro dela. O passo seguinte seria adequado passar os alevins para uma maternidade feita de rede que impede depósitos de comida desperdiçada se acumularem no fundo e se for de rede facilita a circulação de água no aquário e impede a comida de sujar a maternidade. Para quem gosta de proporcionar um habitat mais tranquilo de crescimento dos alevins podem optar por usar uma geleira de esferovite pequena com uma bomba de oxigenação para o ar circular tranquilamente. Bom Domingo a todos.
  6. Boa Tarde vanvairos!!! Tens as fêmeas Guppy dentro das maternidades de plastico 2 a 2 naquelas maternidades de 2 compartimentos ou estão a nadar a vontade dentro do teu aquário ??? As fêmeas Guppy durante a fase de dar a luz normalmente costumam ficar num grande grau de Stress. Evita te-las num ambiente muito movimentado com outros peixes atras delas e isola-as num outro ambiente mais sossegado onde possam dar a luz os alevins. Varias coisas podem causar esse problema nas tuas fêmeas Guppy: o Stress, alteração brusca do PH da Água,Temperatura com oscilações. Tenta Separar as tuas fêmeas para um outro aquário a parte para tratares possíveis doenças que podem contaminar todo o ecossistema do teu aquário. Fica atento as condições de temperatura, PH desejado, qualidade da água do ambiente. Não te esqueças de fazer trocas parciais de água para evitar fungos, doenças e melhorar a qualidade da água do aquário e evitar acumulação de detritos das fezes dos peixes e restos de comida não digeridos. Tenta dar uma boa porção de Vitamina C as tuas fêmeas Guppy porque os Guppies não conseguem absorve-la com facilidade e ajuda a evitar esse problema de Stress que falei anteriormente. Tenta equilibrar a alimentação com diversos tipos de alimentos : Larvas de mosquito, Tubifex, Pasta de Figado e outros. Boa Sorte e Novidades avisa ok.
  7. obrigado Toze Nunes pelo acolhimento no Fórum. realmente a Aquariofilia é um Hobby extremamente interessante e e anti-stress que ajuda a descontrair depois de um dia cansativo de trabalho. Nunca tive muito tempo para me embrenhar muito a fundo sobre a questão da criação do Guppy propriamente mas achei bastante interessante a forma como os guppys foram aparecendo com tons muito coloridos e com caracteristicas das barbatanas completamente diferenciadas. Cauda em Lira, Espada Superior, Espada Inferior,etc. Confesso que ainda tenho muita coisa para aprender sobre a arte de criar o guppy usando as técnicas adequadas. Em Portugal neste momento quantos criadores de matrizes puras são conhecidos realmente?? Eu percebi que vai ser extremamente interessante para mim recomeçar o Hobby com práticas com base em genética controlada. Vi alguns aspectos bem curiosos como a alimentação com cistos, e artémia viva.
  8. Olá Boa Noite a todos!! Sou o Luís Miguel Silva, tenho 39 anos de idade, sou Licenciado em Engenharia Informática desde Dezembro de 2013 pela UAL ( Universidade Autónoma de Lisboa). Sou um fã enorme da Aquariofilia , em especial curioso e entusiasta na criação do Guppy. Comecei há muitos anos atrás quando comprei o meu primeiro aquário de 30 L . A minha grande curiosidade levou-me a ir a uma Loja de Animais onde moro e para meu espanto um dos peixes que mais chamou a atenção foi o Guppy pelas cores lindissimas. Com o passar do tempo fui começando a investigar a genética e a origem real dele o que causou grande espanto porque o Guppy no ambiente natural é cor prata completamente sem pigmentos de cor. O Guppy e realmente um animal fascinante e que causa muita curiosidade a quem quer começar com o Hobby da Aquariofilia. Facilmente adaptável, sociável, tudo o que podemos de um peixe. o mais interessante de tudo e a genética e a forma como foi gerada a cor na pigmentação das barbatanas e no corpo.