turtle765

.Membro Ausente
  • Content Count

    42
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 :)

About turtle765

  • Rank
    Super Recém Chegado
  • Birthday 11/18/1986

Contact Methods

  • MSN
    turtlerout@hotmail.com
  • ICQ
    0

Profile Information

  • Sexo
    Feminino
  • Localização
    Póvoa Sta Iria
  1. turtle765

    turtle765

  2. bom, o vinagre é das melhores coisas, para alem de ser natural. nao tens com que te preocupar. deixa alguns minutos a fervilhar... e depois com uma esponja vais tirando. voltas a por mais vinagre uns minutos para almolecer. e trata de meter peixes nisso
  3. Bom, o problema é que a cor nao sai neutra. sai amarela... e de amarela nao passa. mas nao deve ser possivel estar com os fosfatos a zero. porque tenho um boom incrivel de algas. nao sei o que fazer. tenho de tirar as filamentosas verdes e pretas todos os dias do musgo.- e as valisnerias ja nem crescem como deve ser. que hei-de fazer, tirando de parte os algicidas?
  4. Boa tarde a todos Tenho um nano de 30 litros com 4pés de cabomba, uns 20 de valisnerias, um tronco com musgo de java, e dois pés de uma planta com folha roxa em baixo e verde em cima. Ha um mes mudei a calha, e neste momento tenho 40 w de luz, (duas lampadas economicas de 20w cada). Ha umas 2 ou 3 semanas começaram a crescer algas... inicialmente alguns pes de valisnerias começaram a crescer castanhos com pintinhas mais escuras, mas sempre a crescer muito, apesar de ser inestético. depois as filamentosas vieram e têm-se apoderado do musgo e das valisnérias (excepto dos pés que estão castanhos ) Entretanto li umas coisas aki no fórum, tudo um bocado complicado pra mim, mas o que retive foi que era preciso fazer o teste dos fosfatos e nao te-los a 0. Hoje arranjei tempo pra ir comprar o teste da nutrafin. aquilo tem 3 reagentes, sendo que o ultimo é amarelo. Era suposto a agua ficar transparente=0 ou azul=5. mas o teste nao mudou do amarelo, mesmo depois de ter esperado os dois minutos, e ate mais alguns. tenhu de ir a loja saber se o teste está em condiçoes, mas antes de mais queria saber se alguem conhece. E já agora... que é que eu hei-de fazer pra acabar com as filamentosas que estao a comer o meu musgo? ah, o aquário nao é novo... tem anos ja. obrigada
  5. Agora com a luz nova o musgo renasceu e voltou à quantidade inicial. No então, tal como previsto, as filamentosas vieram em força. Tenho pesquisado sobre o assunto e já percebi que tenho de investir em alguns testes, e fertilização de macros. Parece-me que os fosfatos sao indispensáveis. Entretanto tenho alguns pés de valisnérias castanhos e com pintinhas castanhas ao longo de toda a folha. Parece uma espécie diferente. Outros têm folhas a crescer muito largas (2cm) e amarelas, quase transparentes. Optei por podá-las com corte na diagonal. Para tratar disto terei de fertilizar com potássio, certo? Cortei também algumas com filamentosas. Já agora, fiquei sem equipa de limpeza, e os vidros estão cobertos com nevoeiro verde. Passo todos os dias a esponja de velcro, daquelas com iman dentro e fora. Só tenho uma família de caracóis pequenos e um camarão takashi amano. O segundo desapareceu. A minha fauna está resumida a 2 guppy femea, 3 alevins, 3 neons. Que peixes me aconselham?
  6. Olá. Obrigada pela dica. Fiz uma experiência com a receita de co2 num cubo vodafone. so la tenho duas valisnerias um pedaço de musgo. a luz é natural. As bolhas saiam regularmente, cerca de uma bolha a cada 5 segundos. Tentei utilizar um filtro de cigarro na ponta do tubo, mas parece-me que o co2 acabava por sair pela rolha. Desinteressei-me um bocado, deitei fora a garrafa e a mistura, e o cano está pendurado à espera de uma nova tentativa. No entanto em relaçao aos vivos tenho um certo receio. Como não tenho teste de co2 nao podia medir os niveis e seria mais um tiro no escuro. Quando estiver um pouco mais liberta do meu estágio, a ver se me empenho mais. A dúvida está no difusor. Pelo que tenho lido é dificil encontrar uma coisa barata que funcione com a receita caseira. Obrigada
  7. O temporizador já cá existe desde o 1º ano do aquário. No início havia dias que me esquecia de ligar a luz quando saia de casa ou coisa do género. Assim não há esquecimentos. Por enquanto vou vendo como se dão as plantas. Aquelas que têm algas apresentam muitas bolhinhas ainda, desconfio que sejam as próprias das algas a respirar. Ou então a definhar. isso é que era bom
  8. Obrigada pelo apoio, Mocho. Ajudou-me a perceber que isso é aquilo que vem em todas as lâmpadas. Quanto à ideia das lampadas dos chineses, nao fazia ideia que havia luzes mais brancas com o mesmo casquilho. Ia-me dar jeito agora que deu tanto trabalho alterar a calha. Ainda hei-de pôr o resultado na secção de DIY. Em relação aos lumens andei a pesquisar ontem sobre isso. Mas era demasiado descritivo, e acabei por ficar na mesma. Realmente voces explicam melhor. Os lumens que vêm indicados na embalagem é de 1300. Já os outros valores de IRC e Kelvins nao consegui encontrar na embalagem nem nas lâmpadas. Há lá uns serial numbers mas nada mais. Quando aquilo arrefecer desatarracho para ver melhor. As algas realmente vão largando umas bolhinhas, o que significam que estão a ganhar vida. A luz permanece ligada durante 10 horas. Devo alterar a duração de tempo?
  9. Hoje o meu padrasto esteve finalmente a dar a tal ajuda. Encontrámos duas lâmpadas de 20 w cada. Talvez seja demais visto ter aumentado de repente para mais do dobro. E para saber isso que aqui estou. As lâmpadas sao daquelas económicas e a informação constante no papelinho era E27, 220-240v~ 50/60Hz E isto tudo quer dizer o quê? Será que é luz a mais para os 30 litros? Os peixes e as plantas vao ressentir-se com isso? E quanto à temperatura da luz, nao faço ideia. Não consta na embalagem, e a luz é muito amarela, não tem nada a ver com a luz das flurescentes
  10. Bom, isso quer dizer que tenho de alterar a calha, nao é? Isto é, o meu aqua é um pequeno nano em kit. Ja vinha com a calha e o balaustro so aguenta parece que sao 15 wats, nao estou muito certa. Teria de alterar para umas lampadas PLL, nao era? Tenho de voltar a pesquisar e pedir ao meu padrasto que me dê uma maozinha nisso. Obrigada
  11. Não. A última coisa que aconteceu foi o musgo ficar acastanhado e estar a morrer, bem como as cabombas, que estao acastanhadas. De resto não houve peixe nenhum introduzido. Os nitritos estao a 0. Só uma coisa. As minhas duas guppies tiveram "ninhada" esta semana. Só consegui aoanhar dois e mete-los em maternidade. Os restantes não sei se foram papados, mortos, ou ainda estao nos resquícios do musgo. Mas se o pleco estivesse a sofrer com o nascimento dos alevins, os pais e os neons nao haviam de sofrer também?
  12. Não, ainda não está morto. Mexe-se muito pouco. Não foge quando é tocado. Parece estar a ventilar e a morrer. Dado que não se vê nenhum aspecto exterior que indique doença e os outros peixes (guppies, neons) estarem bem, o que poderá ter ocorrido?
  13. Parece-me bem. E quanto ao facto de a cambomba estar acastanhada também? o que hei-de fazer?
  14. Bom, já agora alguém sabe a esperança média de vida desse bicho? Tenho um há coisa de 4 anos, e agora de um momento para o outro deixou de se mexer mesmo quando lhe toco. Os outros peixes já andam de volta dele. Não sei o que poderá ter acontecido.
  15. Obrigada pelas dicas. Faço fertilizaçao líquida. Utilizo um líquido da astra e coloco o numero de gotas indicadas a cada tpa. Dado que o aqua é de 30 litros, e o balaustro nao possibilita mais, tenho 14 wats de luz. Agora a cabomba também está a ficar acastanhada. A planta vermelha por baixo e verde por cima está com uns buraquinhos pequenos numa das folhas. Em contrapartida as valisnerias estão optimas. Só me dá pena ver o musgo a soltar-se tanto e a ficar tao castanho. Ja vejo o tronco que antes nao via. Então agora devo aumentar a quntidade de fertilizante? ah, a luz está ligada 10 horas por dia, das 12 às 22:00