carpas em lago exterior probs de algas....


Recommended Posts

Viva!!!

 

tenho á cerca de 5 anos um logo exterior com carpas tamanho entre os 10 e 15 cm, tenho é tipo alguns problemas em relação á grande quantidade de algas que se depositam nas paredes do mesmo.

 

Sei que existem ums peixes chamados de "limpa fundos" mas não sei qual o seu tipo de alimentação e se iria ajudar a remover as algas, outra coisa é, será que iria adaptar-se as temperaturas mais baixas do lago ??

 

 

Agradeço desde já a resposta.

 

Portem-se.

Portem-se.

 

Sérgio Oliveira.

Link to comment
Share on other sites

Olás,

 

tenho á cerca de 5 anos um logo exterior com carpas tamanho entre os 10 e 15 cm, tenho é tipo alguns problemas em relação á grande quantidade de algas que se depositam nas paredes do mesmo.

 

Caso o problema seja apenas nas paredes, é impossível solucionar sem recorrer a filtragem extremamente forte e a um aumento nos custos de manutenção do lago. Algumas algas na parede são saudáveis, até porque servem de alimento aos peixes e a outros seres que habitem no lago. Se o problema é água verde e suja...aí já muda tudo de figura.

 

Se o problema começou a aparecer agora, a causa mais provável tem a ver com o aumento de tamanho dos peixes...com o consequente aumento das quantidades de alimento fornecido.

Aumento na alimentação = aumento de nitratos/fosfatos = mais algas.

 

Se o problema sempre existiu, tem a ver, da mesma forma, com excesso de alimentação (com consequente produção de fosfatos/nitratos) ou de população...aliado a fraca filtragem ou, na ausência desta, a uma plantação do lago muito fraca ou inexistente.

Caso o lago apanhe muito sol, deixa-o apanhar e não sigas o conselho que por vezes se dá de tentar diminuir esta "iluminação" extra pois, ao contrário do que se pensa, não é o sol que provoca a chamada "água verde" nos lagos, mas sim os factores que referi acima...embora ajude muito caso haja um excesso de nitratos/fosfatos. :lol:

 

Assim, as soluções poderão ser:

- Dar menos alimento.

- Diminuir a população de peixes.

- Aumentar a flora existente no lago, para que esta vá competir com as algas pelos nutrientes.

- Aumentar a filtragem do lago, adicionando um filtro UV por exemplo.

 

Sei que existem ums peixes chamados de "limpa fundos" mas não sei qual o seu tipo de alimentação e se iria ajudar a remover as algas, outra coisa é, será que iria adaptar-se as temperaturas mais baixas do lago ??

 

Mesmo que existisse alguma espécie de "limpa-fundos" (ou "limpa-vidros"...) que aguentasse as temperaturas baixas do inverno, este nunca iria solucionar o problema das algas.

Trata de diminuir a alimentação dos peixes e plantar o lago fortemente (nenúfares e elódeas são uma excelente opção).

 

Cumps,

Nuno Reis

Diesel_Car....Vrummmmmmm!

18_3_103.gif

Link to comment
Share on other sites

Viva!!

 

Desde já obrigado pelas dicas....

 

Vamos lá então mais aos pormenores....

 

O lago é redondo, foi feito com um anel dum poço deverá ter..... cerca 80 cm de altura e 1.5. de diâmetro.... asssim muito a olhómetro... depois tiro medidas certas.

 

Realmente o lago tem pastilha por ele todo, não tenho nenhum filtro, mas faço trocas parciais de água semanalmente.

 

Em relação ás algas elas estão nos lados e no fundo, sempre teve, mas agora está pior.

 

Tenho então que plantar o aqua certo?? algum tuturial pra isso ? preciso dumas orientaçoes.

 

Em relação ao tal Limpa fundos, poderá ser um complemento ás plantas?

 

 

Portem-se.

Portem-se.

 

Sérgio Oliveira.

Link to comment
Share on other sites

Olás,

 

Em relação ás algas elas estão nos lados e no fundo, sempre teve, mas agora está pior.

 

Como já referi antes, o lago piorou devido ao aumento do tamanho dos peixes...mais alimentação..blah blah...

 

Se o lago tem algas nas paredes e "lodo" no fundo, ainda bem. Significa que, no lodo, há uma grande quantidade de bactérias que realizam a "filtragem" da água, isto é, o lixo dos peixes é decomposto em substâncias menos prejudiciais. Quimicamente falando, há uma transformação da amónia (muito tóxica) e outros compostos azotados em nitritos e, estes, em nitratos (pouco tóxicos). Provavelmente, se a camada de lodo fôr muito grande, tens os nitratos a desaparecer...o que é ainda melhor.

Quanto ás algas na parede, há pouco a fazer. São excelentes no lago pois, tal como no lodo, albergam uma fauna muito rica em termos de larvas de insectos, insectos propriamente ditos, moluscos e crustáceos...que são um bom complemento á alimentação dos peixes.

Se a água continua limpa, então não te preocupes com as algas.

 

Tenho então que plantar o aqua certo?? algum tuturial pra isso ? preciso dumas orientaçoes.

 

Vais a uma loja de jardinagem e procuras por "plantas flutuantes" (salvinia, lemna, alface-de-água, jacintos-de-água ou nenúfares). De seguida, vais a uma loja de animais e pedes "Elodeas" (Egeria densa - se passares um dia em Queluz arranjo-te um saco cheio :lol: ).

Colocas estas plantas no lago e já está.

É provável que, durante o outono, pouco cresçam...mas na primavera vão encher o lago.

 

Em relação ao tal Limpa fundos, poderá ser um complemento ás plantas?

 

Não. Tanto quanto sei, não existem comedores de algas (para além das carpas) que realizem um trabalho eficiente em água fria. Não compres nenhum "limpa-fundos" ou "limpa-vidros"...vão acabar por morrer no inverno.

 

Cumps,

Nuno Reis

Diesel_Car....Vrummmmmmm!

18_3_103.gif

Link to comment
Share on other sites

Olá a todos,

 

Gostei muito ( como sempre ) das intervenções do Nuno Reis mas há detalhes que devem ser “ limados “, embora uns sejam insignificantes outros nem tanto.

Começando por uma questão pouco importante e citando o Nuno « se o problema é água verde e suja... ».

Alguns lagos têm mesmo que ter água verde, caso contrário há espécies que não se reproduzem mesmo e ponto final.

Em aquacultura não é raro adubarem-se os lagos de certas espécies para produção de água verde... o que não quer dizer que esteja suja.

As carpas, Cyprinus carpio só vivem felizes em água turva, de preferência verde, mas nós como gostamos dela transparente...

Outra situação a comentar : « Mesmo que existisse alguma espécie de "limpa-fundos" (ou "limpa-vidros"...) que aguentasse as temperaturas baixas do inverno, este nunca iria solucionar o problema das algas ».

Existem sim e bem bonitas !!!

Todas as espécies que provenham do Sul do Brasil, Sul do Paraguai, Argentina ( grande parte ), e Uruguai, suportam o nosso Inverno e são tão eficazes como as Asiáticas a fazerem esse trabalho.

Peixes com bocas próprias para rasparem algas de rochas são os ideais, o problema é que muitos deles resistem ao nosso clima mas também gostam de água com muita corrente e altos níveis de oxigénio.

Noutras partes do mundo com climas idênticos ao nosso em termos de regime térmico há possibilidades que não sendo tão evidentes e também faziam um óptimo serviço bastando às vezes dois ou três exemplares apenas.

Como “ limpa-fundos “ podemos encontrar nos nossos ecossistemas algumas espécies autócnes outras introduzidas.

Mais um comentário : « Vais a uma loja de jardinagem e procuras por "plantas flutuantes" ( salvinia, lemna, alface-de-água, jacintos-de-água ou nenúfares) ».

Atenção amigos porque os jacintos de água não podem ser libertados na natureza sob nenhuma justificação.

Há várias espécies de plantas flutuantes que podem ser facilmente colhidas na natureza em Portugal e não morrem no Inverno como as tropicais referidas no exemplo ( a Alface de água é das piores em termos de resistência ao frio ).

E finalmente : « Não. Tanto quanto sei, não existem comedores de algas ( para além das carpas ) que realizem um trabalho eficiente em água fria. Não compres nenhum "limpa-fundos" ou "limpa-vidros"...vão acabar por morrer no inverno ».

Querem uma lista ?

Com peixes da nossa fauna ou exóticos ?

Com as minhas melhores saudações

 

Miguel Andrade

 

http://www.viviparos.com

Link to comment
Share on other sites