DIY Leds António Vitor (de novo???)


Recommended Posts

Consigo separar alguns canais não todos... Fiz por linha do pcb... Consigo separar os brancos os actinicos o resto estão meio espalhados... Lentes não vou meter, não gostei do resultado na anterior calha ( perda de intensidade luminosa). E penso que seria impossível com estes PCBs...muita densidade de LEDs e falta de espaço.

 

A maior perda de luz dá-se no acrilico que coloquei para evitar salpicos... Motivos de reflexão luminosa.

Edited by António Vitor
Link to comment
Share on other sites

Sim... Tens razão... No entanto para mim é meter tudo no máximo sempre, como usei pouca amperagem. Serveria apenas para o dimming de arranque e fecho do ciclo diário... O que seria importante.... Ando à procura dos arduinos aqui em casa e não os encontro as mudanças têm disto.

Link to comment
Share on other sites

É isso. A fórmula mais segura é fazer um ramp up e ramp down para aí de uma hora com os azuis ligeiramente diferenciados e de resto deixar bombar o máximo.

 

 

Cromisses como núvens, aletoriedade e processos de aumento/diminuição prolongados de certeza que acabam por não serem os melhores para os corais.

Link to comment
Share on other sites

Tenho já 2 cabeças da euphyllia a dividir... Reprodução assexuada... Estou deveras admirado com a velocidade disto.

O sal que estou a usar é um tal de sybon.

É chinoca pode existir variância nos lotes de sal... Do bom ao mau... Mas se o local onde tiram o sal tem na sua origem sal de qualidade... Será sempre um bom sal..

A mim parece-me um bom sal. Com os níveis óptimos de cálcio e magnésio bem como KH. Parece ser mesmo bom demais para ser verdade... Mas como eu estava a dizer tenho uma euphyllia já a dividir ...

 

O ciclo ainda não começou... 0 nitratos.

Mas não me parece ter amónia ou nitritos yet...

 

 

Olá António Vitor,

 

Continuo a acompanhar o teu novo aquário, como já acompanhei o anterior e aproveito para te alertar relativamente a esse sal, pois já tive uma má experiencia com ele.

 

Ao que parece há grandes variações de lote para lote, pelo que te aconselho a testares antes de usares cada novo lote; resultado de análise feita há algum tempo a lote de Sybon:

 

Kh= 75ppm/4,22dKh/1,51meq/l - Hanna Checker

Ca = 350 - Salifert; Mg = 1180 - Salifert

 

Fica atento, por vezes o barato sai caro.

 

Abraço

César Silvério

Edited by csi
  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Aqui obrigam aos corais a ter numero de CITES... Corais propagados à décadas pelos hobbyistas.

Se trazer os corais/frags no carro... E se estes vierem dos tais fragmentos com décadas... Sou para a policia daqui um alto criminoso ecológico ainda me retiram o carro. E uma multa escandalosa... Basta ter o numero do CITES do coral em questão

Mas julgo que o numero de CITES está relacionado com a importação ...ou seja todo e qualquer coral tem um Número único. Agora acho que nunca pensaram noa corais propagados à décadas.. Mas também não querem saber porque o lobby ecologista aqui é mais poderoso que os aquariofilistas... Como obter os tais números de CITES em corais antigos???

Edited by António Vitor
Link to comment
Share on other sites

Olá Antonio Vitor

estava longe de tal situação.

não há dúvida de que vivemos em dois mundos.

não faço ideia de como podes obter o tal número mas fico curioso

um abraço

 

afonso

Link to comment
Share on other sites