Geophagus e Altuns


Recommended Posts

  • 2 weeks later...

Estão Enormes

Vou colocar videos das várias espécies, fazendo um pequeno ponto da situação:

Geophagus Brasiliensis, como podem ver está Enorme e tanto assim é que há cerca de duas semanas matou o outro macho, que estava a ficar um pouco mais pequeno. Quando me apercebi, já estava muito mal tratado e apesar de o isolar, não resistiu.

Geophagus Surinmensis

Continuam a crescer, tenho dois machos e uma fêma, mas tudo tranquilo.

 

Geophagus Altifrons

Tenho três, não sei se um deles não será Abalio, porque só tem pintas na cauda, continuam a crescer e a ganhar cor, mas ainda são juvenis,um deve ser macho.

 

Escalares

Como já disse não sei se serão altuns puros, pois não são muito grandes e alguns falta-lhes aquela "boquinha" pronunciada, mas o que eu sei é que são muito bonitos e eu gosto deles.

Também há uns dias dois deles foram sugados pelo filtro, quando a terminação de sucção da água do aquário se soltou... Tive muita pena, agora só tenho 18. Com menos frequência, mas continuam a fazer posturas regularmente.

 

Geophagus Orange Head

Não têm crescido muito, mas continuam ativos e às vezes ficm vermelhos na cabeça, mas nem sempre

 

Stanoperca Jurupari

Deu um salto de crescimento agora, mas já se atrasou relativamente aos surinamensis, que quando vieram eram todos do mesmo tamanho

 

Stanoperca Leucosticta

Depois de se adaptar ao aquário já exibe as suas cores azuladas, come bem e prefere as zonas de sombra do aquário.

Está a perder estatuto de "rei do aquário", porque os surinamensis e o brasiliensis estão praticamente do seu tamanho.

 

Agora um video geral onde se podem ver também um dos quatro geophagus gurupis, estão a crescer e já exibem os tons laranja e as pintas prateadas que tanto aprecio. Dá para ver a proporção dos peixes relativamente uns aos outros.

Plantas fraquinhas, como sempre, mas agora não vou procupar com isso, só quando vier de férias

Abraço

 

Paulo Fernandes

Edited by Paulo Fernandes
Link to comment
Share on other sites

São "boa boca".

Dou-lhes granulado da Sera discus, flocos da sera mais para os escalares, porque ficam mais à superficie e eles comem mais assim, porque a sera discus afunda rapidamente e os geophagus fazem muita agitação e impedem os outros de comer descansados e uma vez por xemana dou artémia ou larvas. Em suma não são peixes esquisitos quanto à alimentação.

Link to comment
Share on other sites

As minhas criações de escalares e de herotilápias.

Depois de uma doença que me dizimou os escalares, mudei-os para outro aquário e consegui salvar 50.

Estão bem, mas sem grande assistência.

 

Abraço

Paulo Fernandes

Link to comment
Share on other sites

Olá Paulo,

 

Os peixes estão mesmo a crescer bem! A Satanoperca quando entrou parecia gigante ao pé dos outros e agora já não se nota nada!

Quanto ao brasiliensis, toma atenção com o bicho... se ele ganha uma estatuto muito elevado no aquário pode fazer mais estragos (bem me parecia que tinhas 2 machos).

 

Mais uma vez, e desculpa bater sempre na mesma tecla, devias reduzir o número de peixes no aquário. Os escalares vão sofrer de stress à medida que os outros vão crescendo. Se fosse meu o aquário, e sabendo que gostas muito dos escalares, materia apenas uma espécie de geophagus - eventualmente arranjar mais de apenas uma espécia para tentar fazer um cardume e depois apenas espécies de peixes pequenos. Acho que estéticamente melhorava muito.

 

Quanto aos altifrons, tenho dúvidas que o sejam. Parecem-me já bastante grandes para ainda terem as pintas tão desenvolvidas. Não sei mesmo, se não serão todos abalios.

 

Abraço,

Diogo

Link to comment
Share on other sites

Obrigado Diogo.

Concordo com tudo o que dizes, mas realmente pondero mesmo é desfazer-me dos escalares.

Os Geos são muito ativos, coloridos e têm tudo o que aprecio nesta altura.

O brasiliensis não implica com os outros, mas se o fizer, tem que ir a mexer...

 

Abraço

 

Paulo Fernandes

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Más notícias, péssimas mesmo.

Cheguei ontem de viagem, depois de 7 dias de ausência e tinha o stanoperca leucosticta morto. Quando estive em casa a 18 e 19 de agosto, notei-o um pouco descolorido e tímido, mas comeu e continuou normal, por isso fiquei deveras triste e desconfiado.

Será que foi novamente o g. brasiliensis? É uma hipótese.

Abraço

 

PF

Link to comment
Share on other sites

Olá Paulo,

 

Que pena! De facto o brasiliensis não é pera doce, mas notavas que andava atrás do satanoperca?

Eu vou hoje para casa depois de 3 semanas de férias... até tenho medo de entrar em casa...!!!!

 

Abraço,
Diogo

Link to comment
Share on other sites

Olá

Fiquei bastante triste como é óbvio.

O Brasiliensis tem um comportamento belicoso e não especificamente sobre o stanoperca, é mais de bicar quem se encontra à frente, seja ele grande ou pequeno, especialmente na hora da comida.

O stanoperca estava um pouco menos azul e mais para o cinzento, escondido, mas veio comer e vi-o a comer umas quantas larvas de mosquito, embora sem grande vontade.

Enfim acontece

 

Paulo Fernandes

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Atualização

Podem ver os escalares, o Brasiliensis que é o peixe mais corpolento do aquário, os surinamensis, o jurupari, os gurupis, os altifros, os heckelli recentemente adquiridos e o casal de OH que parecem querer fazer uma postura.

Tudo calmo até ver.

https://www.youtube.com/watch?v=VzHsr1KVr-g

 

Abraço

 

Paulo Fernandes

Link to comment
Share on other sites

Olá

Embora sobre lotado os peixes ocupam todo o aquário e não interferem demasiado uns com os outros.

Um dos gurupis está com 5/6 cm e com umas cores muito bonitas, todos os outros estaão bastante ativos e com o as suas cores caracteristicas.

Abraço

 

Paulo Fernandes

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Depois da aclimatação dos casais heckelii e xingu, adqiridos ao Diogo Lopes, era este o ambiente que se vivia, calmo e sem grandes correrias

 

Entretanto cloquei o brasiliensis e o stanoperca à venda, porque é muita malta para pouco espaço.

 

Abraço

Paulo

Link to comment
Share on other sites

Olá Paulo,

 

Parece estar tudo em paz, mas o brasiliensis, ou muito me engano ou vai fazer a vida negra ao Heckelli! Tenho cá uma menina do tamanho dele que provavelmente o colocaria no lugar! Se quiseres podes colocar à venda em conjunto com esse (de certeza que se torna mais apetecível).

 

Abraço,

Diogo

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

http://m.youtube.com/watch?v=BosmJLEiKfg&feature=youtu.be

 

Parece que o mau tempo já passou e os peixes regressam lentamente à normalidade.

Mesmo assim morreram:casal de Argyrostictus Xingú, 1 OH, 1gurupi e 4 escalares.

Vamos lamber as feridas e continuar para a frente.

Abraço

PF

Link to comment
Share on other sites

Olá Paulo,

 


Parece que o mau tempo já passou e os peixes regressam lentamente à normalidade.
Mesmo assim morreram:casal de Argyrostictus Xingú, 1 OH, 1gurupi e 4 escalares.
Vamos lamber as feridas e continuar para a frente.

 

Foi de facto uma pena o que aconteceu aos Xingu! Eram peixes impressionantes e que aonda tinham muito para dar...! Fiquei contente quando me disseste que ficavas com eles, pois era uma oportunidade de continuar a ver a sua evolução.

 

Mas enfim, é como dizes, "lamber as feridas e continuar para a frente". Já tinha visto o vídeo, mas esqueci-me de te responder!!! O aquário está com muito bom aspecto e o movimento é impressionante.

 

Abraço e bom ano,
Diogo

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Olá

Começo a ficar mais satisfeito. Os peixes, só agora comem com vontade e matêm um nível de atividade, cores, comportamento igual aquele que tinham há 2 meses atrás.

Está a precisar de um upgrade do layout, mas por agora fica assim.

https://www.youtube.com/watch?v=71yPAX02yl0

Abraço

 

Paulo Fernandes

Edited by Paulo Fernandes
Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

a 27 de fevereiro os meus peixes estavam com um parasita externo como podem ver,

já tinham morrido dois heckelli de 8cm e um abalio de 10cm, uma pena porque estavam muito bonitos.

 

Depois de dois tratamentos de sal ao aquário (4kg/600l) , banhos de água salgada (30g/l) e dois tratamentos com Neoplex da Seachem, estamos assim:

 

Os heckelli e o stanoperca estão quase curados, mas dois surinamenses estão bastante atacados, hoje fiz mais uns banhos de sal e TPA.

estou esperançado que dê resultado.

Abraço

Paulo fernandes

Edited by Paulo Fernandes
Link to comment
Share on other sites