Sign in to follow this  
Sabuguense

Up-grade de iluminação para PLL no interior de aquario

Recommended Posts

Ler com bastante atenção antes de iniciar a leitura do post propriamente dito

 

Este post refere-se á adaptação de equipamento eléctrico numa tampa de aquario, ficando este equipamento no seu interior exposto á condesação de água que normalmente se evapora no interior de um aquario, esta adaptação é de caracter bastante rudimentar e ao não usar casquilhos estanques não cumpre com os requesitos de segurança,

este equipamento funciona ligado á rede publica de abastecimento eléctrico de 220volts, logo o mau uso ou acidente com o mesmo poderá costituir perigo para a saude Humana e animal incluindo perigo de morte, por este motivo desaconselho vivamente a ser executado por pessoas legalmente menores ou a pessoas que não tenham um conhecimento aprofundado sobre equipamentos eléctricos,ficando ao critério de cada um a execusão ou não deste projecto portanto desde já discarto a responsabilidade sobre qualquer consequência adevente do bom ou mau uso deste projecto, cabendo essa reponsabilidade ao executante ou pessoa legalmente responsavel caso se trate de um menor.

Caso não concorde com o que foi escrito anteriormente não execute de forma alguma, parcial ou totalmente o referido projecto se mesmo assim o fizer será á sua reponsabilidade.

 

venho aqui mostra o up-gade que fiz á iluminação do meu aquario Aquapor space junior 60cm compact, que de origem trazia lampada de casquilho de rosca económica de 15W ainda consegui encontrar uma lampada de 25w que serviu para manter plantas pouco exigentes mas insuficiente para a remodelação que pretendia fazer no aqua e por plantas exigentes tais como "rosifolias" e "cuba", como também tinha quer comprar outro aqua para dividir os demasiados peixes que tinha o orçamento estava curto e não podia comprar uma regua 2X24w T5-L8 então esta foi a solução que encontrei, adaptar uma PLL 55W ao interior da tampa do aquario,

 

 

então vamos lá ao projecto,

 

o material:

CIMG1730.jpg

-tampa de aquario

-lampada PLL 55W 6400k

-casquilho PLL

-balastro PLL 55W / 80W

-reflector

-suportes PLL(para fixar o reflector á tampa e a lampada ao reflector)

-cabo de alimentação do balastro (neste caso uma estenção que ficou mais barato que cabo e ficha em separado)

-quatro fios para ligação da lampada ao balastro(previamente colocados dentro de manga retractil para melhor aspecto)

-pistola de silicone com silicone ecológico

-tesoura e faca

-broca de 4mm

-ferro de soldar e estanho

 

1º o recorte para o casquilho e os rasgos para os suporte no reflector(com cuidado para nao fazer rasgos muito grandes para não cair o reflector)

CIMG1732.jpg

 

2º ensaio do reflector e marcação dos furos do casquilho e suportes

CIMG1735.jpg

 

promenor do corte do reflector para o casquilho( este material corta-se muito bem com tesoura e faca)

CIMG1736.jpg

 

ensaio do conjunto da lampada reflector casquilho e suportes

CIMG1737.jpg

 

3º execução dos furos do casquilho e suportes

CIMG1740.jpg

 

 

passamos ás ligações do balastro

CIMG1742.jpg

 

 

cortei fora a tomada da extenção e estanhei as pontas pois o balastro só aceita fios rigidos e o multifiliar da extenção não ia ficar bem seguro fiz também a ligação dos fios que iram para a lampada

CIMG1746.jpg

 

como não sei porque a extenção preta custava o dobro da branca trouxe a branca e tornei-a preta enfiando-a em manga retractil ficando apenas a ficha branca

CIMG1747.jpg

 

para proteger as ligações do balastro contra salpicos estas foram protegidas com silicone preto já com o parafusos de fixação montados

CIMG1748.jpg

 

depois foi pintado de preto, por precausão tirei uma foto aos diseres do balastro para futura referencia mas tal foi desnecessario pois as letras tem relevo e consegue-se ler mesmo pintado (a borradela foi posteriomente lixada e repintada e não se nota)

CIMG1750.jpg

 

o balastro já no sitio definitivo (faltou as fotos aos furos de fixação e buraco de passagem dos fios das lampadas para o interior)

CIMG1752.jpg

 

agora já com o fio passado para o interior foi só cortar á medida e ligar ao casquilho

CIMG1751.jpg

 

agora a parte mais delicada, o isolamento da lampada e do casquilho e também dos parafusos de fixação do balastro (a dourado na imagem) pois estes fazer massa com o chassi do mesmo e poderia fazer uma descarga para o interior do aquario

CIMG1753.jpg

 

o isolamento foi feito da seguinte forma todo o casquilho foi coberto abundantemente com silicone com especial insidência nas ligaçãoes dos fios e união com a lampada a própria base lampada foi coberta e a união dos tubos com a mesma por forma a que não haja infiltraçãoes de agua não só no casquilho como na própria lampada

CIMG1754.jpg

 

este silicone tem a particularidade de se aplicar branco mas quando seca fica trasparente, aqui um promenor bastante importante depois de isolado a lampada só será separada do casquilho para muda-la por isso teve que ser isolada já com os parafusos e porcas montadas pois seria impossivel aceder ás mesma depois e seria também impossivel isolar convenientemente depois do casquilho estar montado, por isso fiz assim isolei com os parafusos montados e quando o silicone secou retirei-os e as porcas ficaram no sitio depois foi só aparafusar na tampa pois os parafusos bateram certo com as porcas, o mesmo principio foi aplicado na montagem do balastro

CIMG1761.jpg

 

 

como o aro do aqua tinha muitos plásticos que criavam muita sombra decidi reduzi-lo e disto

CIMG1821.jpg

 

 

passou a isto apenas mantive um rebordo interior suficiente para apoiar a tampa e os rasgos de fixação das dobradiças da mesma

CIMG1822.jpg

 

 

e este foi o resultado final,

luz á farta

CIMG1766.jpg

 

 

por fim fica aqui também um antes

CIMG1591.jpg

 

e um depois

CIMG1769.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

como um bom portugues toca a desenrascar para o orcamento nao esticar. ta mt bom

 

so uma pergunta a tampa nao aquece? devias fazer uns furos na lateral para ventilar um pouco.

 

parabem

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu ainda pensei em meter silicone na alteração que fiz no meu aqua dos sulawesi mas desisti porque me ia dar montes de trabalho quando fosse para mudar a lâmpada.

Como as calhas têm uma capa de plástico curva, preferi deixar assim, mesmo sabendo que perco intensidade de luz.

 

De resto, ficou 5 estrelas!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,antes demais obrigado pelos elogios

 

bem Antero por acaso não aquece significativamente tanto que o aqua não passa dos 29ºC, tenho outro na mesma divisão a 30ºC, nem a tampa flecte mas também o balastro está quase por cima da lampada o que confere resistencia á tampa,

 

 

Paulo, não acho boa ideia não pores silicone a isolar, o trabalho é apenas uma vez por ano não acho que seja tamta trabalheira assim faço votos para que não tenhas nenhum disabor

 

cumprimentos

Share this post


Link to post
Share on other sites

muito bom trabalho

 

tenho um aqua igual e acho que vou "tentar" fazer uma coisa assim

 

cumps

Share this post


Link to post
Share on other sites

boas

como se estao as portar as plantas? nao tens algas?

 

abraço

 

boas Antero,

lamento não ter respondido mais cedo mas a verdadeira aquariofilia tem me mantido um pouco afastado do site,

 

em termos de integridade do equipamento não tenho nada a apontar continua estanque, sem sobreaquecimento quer da lampada quer do balastro, nem qualquer tipo de deformação do plastico da tampa, o unico componente do aqua que sofreu foi, uma barra de leds do "chinês" que fazia de moonlight em que o plastico que a revestia ficou ressequido e avariou por infiltração.

 

Algas? sim é muito facil de haver um bloom de algas é so prciso discuidar um pouco, 55w para este aqua é muito estou a pensar na muda de lampada fazer down-grade para 36w e complementar com alguns grupos de leds de alto rendimento, para variar a iluminação ao longo do fotoperiodo,

 

as plantas ficaram formidáveis, as rosifolias exuberantes, uma lotus red-tiger explendida, um tapete de cuba cerrado com 1cm/1,5cm,

por outro lado wiping moos não vingou e o christmas sobreviveu com muita dificuldade , a staurogyne apenas éra bonita nas zonas em que estáva á sombra,

 

as plantas apenas foram bonitas, com exepção da lotus, até ao dia em que uma femea de ramiezis a reproduzir decidiu pensar que a bolhinhas de co2 eram os seus alvins e tentar abocanha-las todas, resultado peixa quase morta no fundo, este comportamento manteve-se mesmo fora da reprocriação, o que me levou a erradicar o co2, a cuba foi-se e as rosifolias coiadas.

 

Bem pelo menos continuo a ter um casal de ramirezis bem fértil

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sign in to follow this