[Ficha] L -14 Scobinancistrus aureatus


Jacinto Silva

Recommended Posts

Pic_776_40.jpg

 

Pic_1258_30.jpg

 

Nome Científico: Scobinancistrus aureatus

 

Nome Comum: L-14;“Goldy Pleco”; “Sunshine Pleco”.

 

Distribuição Geográfica e/ou Localização Típica: Rio Xingú, região de Altamira (Brasil).

 

Tamanho: 30 - 45cm

 

Dimorfismo Sexual: Os machos são maiores do que as fêmeas e apresentam um colorido mais acentuado e um brilho mais intenso;

Os machos adultos apresentam no primeiro raio da barbatana peitoral “odontodes” (semelhantes a pequenos “picos” ou “pelos”) bem desenvolvidos, ao contrário da fêmea.

 

Temperatura: 25 - 29ºC

 

pH: 5,8 – 7,0

 

Outros Parâmetros da Água: Límpida, transparente, macia, muito oxigenada e preferencialmente com muitas correntes.

 

”Decoração”: Fundo do aquário com areia ou areão fino e grupos de pedras arredondadas (de preferência) colocadas de forma a criarem grutas, utilizar troncos e poucas plantas ou nenhumas;

 

 

Alimentação: Omnívoro - deverá ser fornecida uma alimentação variada;

Aceita bem os alimentos secos, especialmente as pastilhas concebidas para loricarideos, devendo também serem fornecidos, larvas de mosquito (com pouca frequência), artémia salina, miolo de camarão, peixe, mexilhão e amêijoas, rodelas de pepino ou de batata, ervilhas descascadas e esmagadas e couve;

À semelhança de outros loricarideos alimenta-se também de madeira que retira dos troncos;

É necessário ter o cuidado de remover diariamente os restos de alimento sobretudo a carne, os vegetais e os legumes que tenderão a alterar as condições da água (deverão ser colocados os alimentos ao cair da noite e retirados de manhã cedo, dado que são animais de hábitos nocturnos).

 

Compatibilidade: Não é agressivo, sendo fácil de manter em aquário comunitário.

Se estiverem juntos com outros loricarideos de tamanhos idênticos, proporcione-lhes muitos esconderijos e providencie vários locais para alimentação, de forma a mantê-los dispersos.

 

Reprodução: Ovíparo, procura grutas no fundo para colocar os ovos;

A reprodução em cativeiro constitui um bom desafio, na medida em que as grandes dimensões que atinge no estado adulto exigem condições de espaço especiais.

 

Outras Notas: Existem algumas variedades do L-14 (Scobinancistrus aureatus), o que torna a sua identificação por vezes mais difícil;

Algumas variações do L-14 apresentam, em vez de pontos redondos, um desenho padrão tipo “mosaico”;

A coloração dos juvenis é mais intensa e vai diminuindo com o crescimento até ao estado adulto, embora mantenham sempre cores vistosas.

Link to comment
Share on other sites