H. Alves

.Membro Ausente
  • Content Count

    4
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

Community Reputation

3 :)

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Concelho
    Braga (Braga)
  • Localização
    Braga

Recent Profile Visitors

52 profile views
  1. H. Alves

    My 60P

    Pequeno update. O aquário tem vindo a desenvolver bastante bem. Efectuei uma reorganização das plantas, tendo retirado sobretudo alguns pés de AR mini e mudei as S. repens de sitio. No fundo do lado direito adicionei: Ludwigia inclinata var. pantanal Bacopa sp. colorata. Ludwigia white (uma poda) Nesaea pedicellata golden (uma poda) Provavelmente as duas últimas não irão sobreviver porque ficaram demasiado tempo em transito e chegaram num estado lastimável. Adicionei há 1 semana 8 neons (estou a pensar aumentar para 12) e (5) 4 Iriatherina werneri (vou aumentar para 6). Os neons não me parecem todos saudáveis (alguns com a cor vermelha esbatida e um com manchas brancas na barbatana dorsal e anal, por isso já iniciei tratamento com paraguard. Infelizmente de momento não tinha aquário de quarentena, por isso, espero que a coisa não corra mal. Retirei do aquário 7 crias que penso ser de C. margaritatus, que se encontram a crescer muito bem na maternidade. Ainda terei de dar uso ao fissidens que se encontra a crescer na rede... talvez seja para colocar na rocha frontal (com algum musgo verde) e no tronco diagonal... Ainda tenho de pensar qual será a melhor maneira de a adicionar ao aquascape. Ficam então algumas fotos:
  2. H. Alves

    My 60P

    Pequeno update. Quanvee instalado e zero bolhas. Até ver parece funcionar direito, no entanto com a mesma quantidade de CO2 tenho o indicador (verde) enquanto que com o difusor NEO o indicador estava verde/amarelado por isso algures devo estar a perder CO2. Fotoperiodo reduzido para 6h, e fertilização mais esporádica (nesta e próxima semana) dado estar ausente de casa. Para a semana deve haver algumas alterações em termos de plantas. Reparei que as myriophilum crescem muito mais rápido que as pogostemon erectus e HRa (que estão atrás) por isso já tiveram de levar um corte. O mesmo para a rotala macrandra. Por restrições de tempo, apenas transferir 3 otos e uma neritina de outro aqua, e ainda não tive oportunidade de comprar mais amanos.
  3. H. Alves

    My 60P

    Obrigado pela resposta. Em relação ao Quanvee tinha lido boas reviews e já o tenho aqui em casa mas ainda tenho de trocar as mangueiras por lisas. Ainda não experimentei. Pois a ideia seria ser mais discreto mas a visão de virar 7up não me agrada muito. A ver vamos como fica. Neste momento tenho o difusor da Neo. Sim as GSA neste caso apareceram praticamente sem fertilização e com tpa frequentes. Fiquei com a ideia que talvez tivessem surgido após usar o flourish advance (dose recomendada) e vem apoiar a ideia que discuti com o Mario Rui que excessos de micros possam ter aqui um papel importante. Agora com o inicio da fertilização vamos ver se as plantas respondem bem, e se as algas desaparecem. Vou reduzir o fotoperiodo como sugeriste a ver se ajuda a, pelo menos, não agravar. Em relação à segunda calha, acho que vai ter de ser mesmo isso. Terei de aumentar o fotoperiodo progressivamente e depois adicionar a outra tb progressivamente caso seja necessário.
  4. H. Alves

    My 60P

    Data de Montagem: 30/04/2019 Aquário: ADA 60P 60x30x36 (~60L) Iluminação: Twinstar 600EA 100% 8h/dia (a equacionar adicionar uma 450EA que já possuo) Filtragem: Fluval 106, lily pipes com skimmer (O filtro já estava devidamente ciclado e adicionei diariamente Seachem stability). Fertilização/Co2: Difusor NEO e botija ISTA -> a trocar por Qanvee M2 inline. Vou iniciar fertilização liquida DIY (PPS-PRO). Coloquei algumas cápsulas Tropica nas traseiras. Aquecimento: JBL pro 50W -> a trocar por inline EH-300. Extras: Chihiros doctor 3rd. Hardscape: Pedras e madeiras colhidas localmente. Substrato: Tropica Soil Fauna (adicionada 1 semanas após o arranque): 4 Hyphessobrycon amandae, 4 Celestichthys margaritatus, 7 Borara brigittae; 1 Trignostima hengeli, 1 Otocinclus affinis; 4 Caridina multidentata (Amanos), muitos camarões Neocaridina davidi var. yellow neon/fire?, e 1 Neritina natalensis. (A fauna já tinha de outro aquário e irá sofrer atualizações sobretudo para colmatar a falta de especimens de algumas das espécies acima). A grande parte dos especimens em falta (ao longo dos meses foram, aos poucos, saltando do aquário). Queria adicionar uma espécie de destaque mas ainda não sei bem qual. Flora: Eleocharis acicularis “mini” Micranthemum “Monte carlo” Lilliopsis brasiliensis (apontamentos) Alternanthera reineckii mini Ludwigia repens “mini super red” Ammania sp. Bonsai Nymphea zankeri lotus Staurogyne repens Myriophillum matogrossense green Myriophillum tuberculatum Rotala Vietnam Hra Pogostemon erectus Rotala macrandra Hemianthus micrantemoides Microsorum pteropus trident Anubia nana/petit? Bucephalandra red mini Vesicularia montagnei (Christmas moss) Riccia Fluitans Fissidens fontanus Monossolenium tenerum (Pelia moss) Heteranthera zoterifolia Pogostemon helferi Hygrophila pinnatifida TPA: Primeira e segunda semanas 33% dia sim, dia não. Seguidamente 33% de 3 em 3 dias. Parâmetros: Tenho de medir novamente mas a água aqui é muito macia (kH 1-1.5; gH 4-5, salvo erro) Parâmetros entidade fornecedora (Dezembro): Cloro residual total: 0.01 - 1.87 mg/L NH4: 0 - <0.1 Condutividade (µS/cm, a 20ºC): 48 - 192 pH (Escala de Sörensen): 6.7 - 8 Nitratos (mg/L NO3): <2.2 - 16.2 Nitritos (mg/L NO2): 0 - <0.04 Cálcio (mg/L Ca): 7.9 Dureza Total (mg/L CaCO3): 42 Praticamente não fiz fertilização nas primeiras 2 semanas, apenas adicionei 1 ou 2 vezes seachem flourish advanced. Notei nos últimos dias o aparecimento de algumas algas verdes nas rochas e agora a começar a aparecer nas S. repens. Provavelmente a duração da luz é demasiado prolongada. Deveria ter começado, eventualmente, apenas com 6 horas. Vou iniciar hoje a fertilização liquida -> PPS-Pro (para 1ppm NO3, 0.1 ppm PO4; 1.33 ppm K; 0.1 ppm Mg; 0.05 ppm Fe). Ainda em relação à luz, se tivesse de comprar de raiz teria optado por uma 600S mas, como ja tinha aqui uma 600EA e uma 450EA, optei por colocar inicialmente apenas a 600EA. Não me parece que tenha muita luz para realçar bem os vermelhos e fazer com que o Monte carlo fique com folhas pequenas. No entanto receei que ao juntar as duas (600EA e 450EA) fosse luz a mais, sobretudo nesta fase inicial em que as plantas ainda estão a arrancar/ganhar raiz. Sugestões? Devo manter apenas a 600EA ou beneficiaria em adicionar a 450EA? E a adicionar quando o deveria fazer? Sugestões para combater estas algas verdes (GSA?) sobretudo nas rochas? Já iniciei a fertilização e vou continuar com TPAs frequentes. Ajudaria aumentar a dose de fosfato? dado que li que eventualmente ajudaria a combater as GSA? A película do fundo também é provisória e estou a equacionar usar apenas uma branca (opaca) ou preta brilhante. A que tenho é demasiado mate e esteticamente não me agrada. Em relação à fauna irei reforçar a equipa de limpeza (+ amanos e otocinclus). Como disse anteriormente gostava de adicionar uma espécie de destaque (a ponderar entre Iriatherina werneri ou P. simulans). De preferencia escolher uma espécie menos tímida, com contraste de cor e que, sobretudo, não faça das neocaridinas um petisco. O problema das iriatherinas é que supostamente não apreciam muita luz e isso pode vir a ser um problema. Eventualmente poderia colmatar isso adicionando plantas flutuantes (ex: Limnobium laevigatum) mas só depois do tapete estar preenchido. Sugestões?
  5. H. Alves

    H. Alves