sc4rely

.Membro Ausente
  • Content Count

    129
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

Everything posted by sc4rely

  1. sc4rely

    sc4rely

  2. Obrigado pela dica! Realmente ele pôs o fértil por cima dos sacos! Acho que vou seguir o conselho
  3. Acho que ele não chegou a por nenhuma pedra por baixo, acho que foi só mesmo substrato! Também já tinha pensado nisso da areia em "sacos", mas como é que resolvias o problema do substrato fértil? P.s Obrigado pela resposta
  4. Então pessoal, ninguém tem sugestões?
  5. Boa tarde a todos Já há bastante tempo que ando desaparecido destas andanças, e como tal, já estou bastante enferrujado em alguns assuntos Como recentemente mudei de casa, vou aproveitar para voltar a montar o meu antigo Aquário e "aventurar-me" num novo layout! E aqui surgem as dúvidas... O layout que estou a imaginar irá ser algo como isto: Com a diferença que o meu aquário tem as medidas: 100x50x50 Se viram o video podem ver que ele utiliza duas pedras em baixo para suportar o substrato, para que possa por as pedras principais mais elevadas! Visto que para um layout deste tipo é essencial um grande volume de substrato para que tenha um declive acentuado, e como é o meu objectivo ter um tapete (Urticularia Gramnifola) vou precisar de um substrato fértil, a minha dúvida é a seguinte: O layering "normal" seria: 1- Substrato fértil , 2 - Substrato inerte. Mas neste caso, iria gastar uma autentica fortuna em fértil. Portanto, será possível fazer: 1 - Substrato inerte, 2 - Substrato fértil, 3 - Substrato Inerte? Tem alguma outra ideia/sugestão para conseguir fazer este layout?
  6. E depois deste vídeo, está explicado porque é que este tópico é só homens lololol
  7. O "dono" da casa tem que se comportar...lol e se fizesse algum comentário ia-me estragar a pouca credibilidade que consegui com a explicação ahaha Isso de não fertilizar logo de inicio é um tema para muita discussão...Há quem diga que não, que só vamos estar a alimentar algas, outros, argumentam que é na altura que as plantas estão em período de adaptação que se deve fertilizar para evitar um crescimento atrofiado ou com deficiências... Enfim, a conclusão a que chego é que há duas coisas certas na vida de um aquariofilista: mortes e algas!! Toutinho Por acaso, quando me comecei a interessar por este hobby, as minhas ideias passavam por um aqua de água salgada, mas como é óbvio, depois de ver o que era preciso saber e o investimento que era preciso, rapidamente me decidi em começar por água doce, e deixar o salgado para quando já for crescido lol E no meio desse meu estudo vi, exactamente esse fenómeno a que te referes! Portanto, acredito que seja o que se está a passar no meu caso...
  8. Gratzie! .png' alt=':biggn:'> Se a prática ainda não funciona, ao menos consigo aprender a teoria lol
  9. Acho que estás a confundir entre os diferentes métodos de fertilização e a maneira provada de como as plantas consomem nutrientes... Apesar desta explicação toda que te dei, eu apenas fertilizo com TPN+, uma vez por semana, e se fores ver os testes que fiz, consegues perceber que até tenho falta de nutrientes (PO4 e Fe). A causa das algas no meu aqua não está, na minha opinião. na fertilização, mas sim no facto de ainda estar a fazer a ciclagem (momento no qual existe um grande desequilibro de nutrientes, picos de amonia, picos de nitritos, etc). Parar com a fertilização, iria ser pior a emenda que o soneto...Seguindo a mesma lógica, mais desequilíbrios! Fez dia 9, duas semanas que tenho o aqua montado...E os testes de ontem (pág.10), indicam que o ciclo parece estar bem encaminhado! Em relação a meter fauna, não fossem os nitritos bastante elevados, provavelmente já o teria feito, para o aqua começar a ter um aspecto decente (acho que tenho algas para alimentar umas boas familias de Ottos lol) A verdade é esta, se funciona no teu aquário e estás feliz com os resultados, NÃO MUDES NADA! e por favor, trata-me por "tu"
  10. Obrigado Paul, deve ser influência do Tony lol A única questão que fica é: Se consigo perceber as vantagens e como funciona, por que raio é que não utilizo o método ?? Resposta: Porque sou parvo...
  11. Toutinho LOLOLOLOLOLOLOLOL Já não me ria assim há muito tempo!!!!!! Obrigado pelo elogio, btw... Abraços
  12. Antes demais, bem vinda! Colocas uma questão, se não A questão principal, em aquários plantados: Quanto fertilizar para ter uma flora saudável e sem algas?? O ideal, pelo que li, seria que a quantidade de nutrientes (Micros e Macros) que introduzíssemos no aquário fosse a mesma que a taxa máxima de absorção da flora! Imagina que te dão um prato com comida, com uma quantidade perfeita para ti...Tu comes tudo o que está no prato, sentes-te satisfeita, e não sobra nada para as moscas...Neste caso, tu sendo a planta, o prato de comida os nutrientes e as moscas as algas! Agora, imagina, que vais almoçar com uma amiga, e em vez de te trazerem pratos individuais com as quantidades perfeitas para cada uma, trazem-te uma travessa com uma dose para dois. Neste caso, o mais provável de acontecer é ficar comida na travessa, porque as vossas "necessidades" são diferentes. Ora, isto acontece com as plantas, nem todas as plantas têm a mesma taxa de absorção, e assim, é quase impossível de introduzir as quantidades certas para criar um equilíbrio perfeito. Para ainda te baralhar um pouco mais, existe uma lei chamada "Lei dos mínimos", que, em grosso modo, diz que as plantas só consomem o que a quantidade disponível do nutriente em menor quantidade permitir, ou seja, se tu tiveres um nutriente (p.e Nitratos) em falta a planta só vai consumir os outros nutrientes até que os nitratos se esgotem totalmente, e depois disso, para de consumir qualquer nutriente. E aí as algas atacam, porque conseguem aproveitar estes desequilíbrios de nutrientes melhores que o resto da flora... E aqui entra o método que o Paul estava a falar...Este método chama-se Método Estimativo de Fertilização (The Estimative Index of Dosing). Se forneceres por excesso os nutrientes, as plantas nunca vão estar limitadas pelos nutrientes. E voltas-me a perguntar: Mas se eu estou a dar nutrientes a mais, as algas não se vão aproveitar disso?? Voltamos a analogia. Volta a pensar na travessa de comida, para ti e para a tua amiga. Acabam de comer e sobrou comida. Agora, em vez de a travessa ficar na mesa e as moscas se aproveitarem, vem um empregado e tira-vos a travessa mal vocês acabem de comer. O método de estimativa, utiliza uma maneira muito simples de evitar estes erros: TPA's semanais de 50%. Ao fazeres a TPA, estás a fazer um reset no teu aquário, não dando tempo às algas para se aproveitarem do excedente. Mas lembra-te, a principal causa de algas, não é o excedente de nutrientes, mas sim os desequilibro entre eles... Visto que ainda sou um iniciado neste mundo, sou capaz de ter mandado umas bacoradas, se assim tiver sido, corrijam-me!!!! p.s Estás à vontade para vires cá quando quiseres, que isto realmente estava a pedir por uma perspectiva feminina
  13. E pa, no meio de tanta mensagem não tinha reparado na tua, as minhas desculpas...É verdade, não há igual a isto .png' alt=':biggn:'> ahaha vamos esperar que não percas a aposta... Lol Eu que não percebo nada disto, começo a chegar à conclusão que estou a fertilizar pouco...Sou capaz de, na próxima TPA, aumentar a dose de TPN+, e ver o que acontece... Tu nem digas isso a brincar lol já comprei este para não ter que me preocupar muito! É claro que o Tony é um caso à parte xD (coitado do homem, que está de férias e não pode responder, vamos todos fazer um minuto de silêncio) Poco yooooooo.... p.s As algas estão a gozar com a minha cara, já fazem pearling e tudo lol de vez em quando vejo uma bolha a soltar-se do substrato...
  14. Se daqui a um mês ainda tiver algas, estou à tua porta com mais uns amigos para me ajudarem a levar o aqua lolol Bem vamos lá... Actualizações O ataque das algas parte II Substrato: Depois de ter feito uma aspiração superficial do substrato a ver se travava o crescimento do tapete, o aspecto melhorou bastante, pelo menos até ao dia seguinte Ainda não voltou ao estado em que estava antes, mas para lá parece caminhar... Também na areia, começaram a aparecer pequenos tufos castanhos, que vou conseguindo remover à mão... Vidros: Como já tinha dito antes, Há dois/três dias também me começaram a aparecer algas no vidro da frente...Agora, tenho no da frente e no de trás... Plantas: As algas que estavam a a crescer nas blyxas, mal se vêem... No entanto, para compensar esta conquista, em algumas folhas das anubias, começaram a aparecer manchas acastanhadas que não se consegue tirar à mão...A única planta que parece resistir a qualquer ataque é o feto de java mini! Está-se a dar bastante bem, e não se ressentiu absolutamente nada, ao contrario do que estaria à espera... Rochas: Estão cobertas de manchas verdes...muito bonito de se ver...NOT Aqui vai a bateria de testes de ontem: Continuo a achar estranho os valores que tenho de PO4 e de Ferro...Tendo em conta que fertilizei dia 8, não deveria ter valores tão baixos de PO4 e nada de Fe E por enquanto é tudo... Logo mais à noite, a ver se consigo tirar umas fotos apesar de até ter vergonha em mostrar o aqua desta maneira... Abraços
  15. Sim, sim, não queria dizer com "super planta" que resistia a tudo, era só uma expressão .png' alt=':biggn:'> Até porque segundo o site da tropica ela está inserida nas plantas de média dificuldade...
  16. Obrigado Toutinho! HZ - a super planta lol p.s Se os meus nitritos não estivessem na casa dos 2,5 mg/L (amónia, já está a zero), acho que tinha saído hoje da aquaplante com uns otos para me limparem o aqua lol
  17. HZ...continuem lá com a conversa que isto interessa-me lol tou maluco para pôr estas plantas, são as que me faltam para completar o layout!! Mas a tropica só tem para distribuição daqui a 2 semanas... Pelo que sei, em relação à luz, se for intensa, a planta tem a tendência a ficar mais rasteira e mais densa (a divisão entre cada segmento de folhas é menor), se a intensidade for mais baixa, cresce mais para cima e mais espaçada... Em principio 0,6 watts/L devem ser suficientes. Apreciam bastante um substrato fértil (não me lembro se tens ou não), visto que retiram a maior parte dos nutrientes pela raiz...De resto, e como qualquer outra planta, gosta de Co2 com fartura - não te esqueças de ir ler outra vez ao meu tópico as desvantagens de sum sistema de Co2 lolol Abraços
  18. Boas mad&mor, Acho que qualquer ajuda/opinião são válidas, nem que seja para o caso de estarmos errados, alguém nos poder corrigir! Ainda no outro dia, li um artigo que dizia que alguns cientistas da área visitam regularmente os fóruns de aquariofilia, pois é muitas vezes pela experiência de outros que se podem tirar conclusões e encontrar novas resoluções de problemas! Respostas a Coisas a confirmar: - O aqua não apanha luz natural directa; - Por acaso já tinha pensado nisso...Não consigo dizer com precisão, porque não me lembro quando é que começou este surto de algas, mas tenho posto comida todos os dias, e em dois deles alterei de flocos para granulado, para (como digo cá em casa), dar mais variedade de alimentação aos meus peixes invisíveis lol Sim, a luz já foi reduzida, estou agora com 7h de fotoperíodo...Hoje estive a fazer uma aspiração para ver se travava um bocado o crescimento do meu "tapete". A ver o que acontece nos próximos dias...Amanhã é dia de bateria de testes, dia 9 vai fazer duas semanas que tenho o aqua a ciclar, mas com duas TPA's, fica mais difícil ver em que ponto está o ciclo... É um desafio que me comprometi a enfrentar! Não atiro a toalha lol Obrigado pela ajuda!! Abraços
  19. Nop..Sem ser no vidro da frente, mais na parte de baixo (perto da areia). quase que parecia o anuncio do algodão não engana! O mistério continua por resolver... Abraços
  20. A única coisa que me continua a parecer muito estranha, é o facto de estar maioritariamente no substrato! De todas as fotos e descrições que vi/li, ainda não consegui ver uma que conseguisse dizer: ahhh afinal é isto que tenho...Enfim, não há grande coisa a fazer...Amanhã a ver se dou uma aspiradela naquilo, não tanto por causa da estética mas para ver se desaparece mais rapidamente!
  21. É uma nova espécie, originária das águas tropicais do rio Tejo! Ainda não se conhece bem quais as condições ideais para mantê-la, mas por enquanto acho que estou a fazer um bom trabalho, parece gostar da minha água! O nome é Phodeuoaqua Dorafa! Muito rara! Se quiseres dou-te umas podas lol
  22. Nunca fiquei tão contente por saber que tenho algas!!! lol sabes o nome das algas? ou chamam-se mesmo algas verdes comuns? é só para ir pesquisar, já agora gostava de saber porque aparecem... Abraços
  23. Obviamente que mal li "...De qualquer das maneiras, se ja está a subir pelo vidro e não consegues tirar com o dedo ou esfregão (so com lâmina) é mesmo GSA...", fui experimentar.. Não sei se é porque ainda é muito recente (só apareceu hoje), mas consegui tirar com o dedo facilmente...Estou a ficar curioso...
  24. Boas Tony! Obrigado! Por acaso, as algas que estão na blyxa, quase que desapareceram por completo desde que pus o Co2! Anteontem via uns "cabelos" mais longos, hoje já só vejo uns muito pequenos, e só em algumas folhas! Pois, a GSA é que me está a estragar a pintura...Pode ser que melhore, agora que reduzi o fotoperiodo e estou a injectar o Co2...Será melhor parar com o TPN+ enquanto o ciclo não estiver estabilizado ou estarei a fazer pior? Ainda ontem estava a pensar nisso...Não penses que não adoptei os teus conselhos, acabei por chegar aos 200 km/h sem ter a noção! Supostamente só ia injectar com Co2, algum tempo depois de ter o aqua estabilizado (50 km/h), depois a blyxa começou-se a ressentir, toca a por TPN+ (100 km/h), mesmo assim não pareceu suficiente, pastilhas de Co2 (130 km/h), aparecimento de GSA e introdução de Co2 pressurizado, e quando reparei estava a 200....Enfim, uma pessoa entusiasma-se, e dá nisto! Ao menos estou num bentley lolol
  25. Boas pessoal, Hoje venho com actualizações divididas em duas partes: Parte Negativa: As algas parecem estar a ganhar terreno, como vão poder ver pelas fotos! A GSA alastrou um bocado pela areia e começa agora a aparecer no vidro frontal... Neste momento quase que parece que tenho um tapete lol eu sei que não devia fazer piadas sobre isto - as algas ainda ouvem e ainda podem atacar com mais força - mas chorar é que não me leva a lado nenhum, e o meu plano de ataque já foi posto em acção! Apareceram-me também uma espécie de algas tipo cabelo, nas blyxas... Parte Positiva: Acordei decidido a montar finalmente o sistema de Co2! Fui comprar o que me faltava e pus mãos à obra! Eu sei que prometi umas fotos para o "Sistema de Co2 para Totós", mas ao que parece, o meu sistema é demasiado diferente, e não dá para fazer a maioria dos passos. Por exemplo, a minha garrafa não tem torneira (rosca CGA, tipo paintball, ou seja, mal se enrosca o manometro os ponteiros saltam para as respectivas pressões), o meu sistema veio todo montado, logo não poderia fazer a montagem passo a passo, e o meu redutor não dá para ajustar a pressão, é fixa! Enfim, voltando à montagem, os passos que fiz foram: 1- Fechar a válvula de agulha 2 - Enroscar o redutor na botija à mão (O 1º manómetro saltou para os 70 bar e o 2º saltou para perto dos 4 bar, mas agora já esta em 2,5 bar) 3 - Com a ajuda de uma chave inglesa, dei as voltas finais 4 - Fiz um teste com limpa vidros em todas as conexões, para ver se tinha alguma fuga. 5 - Desenrosquei a porca que vinha na válvula de agulha, introduzi a mangueira de Co2 e voltei a apertar a rosca. 6 - Cortei a mangueira e pus a válvula anti-retorno (entretanto parti a de vidro , a sorte foi que o redutor vinha com uma de plástico, mas mal possa compro outra) 7 - Cortei 10 cm de mangueira e pus o conta gotas. 8 - Enchi o conta gotas com uma seringa 9 - Cortei o comprimento que me faltava para chegar ao fundo do aquário, e pus o difusor no final. 10- Pus o difusor no aquário, o mais em baixo que consegui, no lado da flauta. 11 - Liguei a válvula solenoide. 12 - Muito devagar abri a válvula de agulha, e esperei que saísse no difusor (quase instantâneo) 13 - Fiz mais um teste com limpa vidros. Tudo okay. 14 - Fui para a praia lol Neste momento, não consigo contar com precisão as bolhas que estou a injectar por segundo, mas deve andar à volta das 4/5! Tenho que comprar o drop checker para começar a controlar os níveis! Apesar de neste momento não saber se estou a injectar quantidade suficiente, a verdade, é que quando cheguei a casa estavam as plantas todas, menos as anubias nana, a fazer pearling (é engraçado de se ver algumas bolhas a soltarem-se de vez em quando), o que não acontecia quando usava o sistema de pastilhas da Sera! Segundo o que sei, é bom sinal! Outra coisa boa, consigo ver duas folhas novas em cada anubia... Chega de conversa, vamos às fotos: Microsorum peteropus mini - Pearling: Blyxa a fazer pearling e com algas: Anubia com nova folha (Por baixo da folha mais acima): Conta-Bolhas: Redutor, Solenoide e Agulha: Algas, algas e mais algas: Uma geral com GSA como actriz principal: And that's all folks!! Abraços