Pires

.Membro Ausente
  • Content Count

    379
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 :)

4 Followers

About Pires

  • Rank
    Hiper Membro Júnior

Profile Information

  • Localização
    Porto
  1. Pires

    Pires

  2. A qualidade da água é fundamental. Tens de mudar muita água mas mantendo os parâmetros estáveis. Já li aqui no fórum (podes pesquisar isto) que existem algumas pessoas que usam um pouco de azul de metileno.
  3. Pode não ser muito facil baixar o ph da água da torneira. Toda a água oferece uma certa resistência que depende da sua dureza. O mais facil é comprares uma bomba de osmose e usares desta água para amaciar a outra. Depois podes usar turfa no filtro.
  4. Eu uso água da torneira directamente no aquário. Tens de ter atenção que esta tem cloro que mata os peixes. Mas o cloro é volátil e desaparece em 24h. Podes fazer uma de duas coisas: - Mudar pouca água de cada vez (10%). - Deixar a água repousar 24h e só depois meteres no aquário. O ph da água del'cano pode mudar um pouco mas é sempre superior a 7. Isto é imposto por razões de segurança devido a existirem ainda canalizações antigas com chumbo.
  5. Pires

    Desova

    As crias vão procurar uma superfície escura para se colarem. Eu quando fiz criação tive de criar uma divisória no aquário. Os filhotes morriam de fome ao fim de 3 ou 4 dias porque colavam-se ao filtro e não aos pais.... Tenta colocar o filtro deitado no fundo do aquário. TPAs todos os dias pelo menos 1/3 mas é importante manter os parâmetros da água constantes. O difusor de ar não é necessário.
  6. Existem 2 tipos de cerâmicas: filtragem mecânica, filtragem biológica. O que as destinge é a porosidade. Deves usar cerâmicas porosas (siporax por exemplo). A vantagem é que vão criar colónias de bactérias que te vão ajudar com a amónia. A esponja vai fazer a filtragem mecânica e deves ter o cuidado de a lavar regularmente com água do aquário. Os nitratos controlas isto com TPAs (trocas parciais de água) ou com muitas plantas.
  7. O JM ensinou-me isto: Colocas num moinho de pimenta granulado para discus e tentas pulverizar os pais com o granulado moído. Os pequenotes vão comer o que ficar agarrado aos pais..
  8. Nos salgados isto é usado. Mas tenho algumas duvidas na sua real utilidade nos Discus. Oxigenação, penso que não há nada melhor que a coluna seco/humido com biobolas. Redução de nutrientes, nitrados acho que funcionará, eu prefiro fazer muitas TPA. Estabilização de ph, por absorção de CO2, irá evitar quedas de ph no periodo nocturno.
  9. Tens topicos sobre o assunto, basta fazer uma pesquisa...mas Vais à Farmacia e dizes que é para os peixes. Pede a formol a 37%. A dose são 2ml por cada 40 litros de água durante 3 dias ao fim do qual fazes uma valente muda de água. Repouso de 4 dias e repetes tudo!
  10. Eu não sou sócio da APK, nunca tive Killis, mas gostava de conhecer melhor estes peixes. Não é possivel receber uma versão em PDF do manual...? Cump.
  11. Pires

    Ajuda Com Discus

    Concordo com o colega anterior. Com 80 litros podes ter um discu, mas eles são animais de cardume, o bicho vai stressar. Se estiveres disposto a mudar mais de 20 litros de água por dia podes ter um casal num aquário só com vidro, um filtro e aquecedor. E assim que eu faço para os meus casais procriarem! Podes fazer o seguinte: compras 5 discus pequenos, mudas muita água todos os dias. Até ao Verão tens de montar um aquário maior pelo menos 300 litros. Com sorte daqui a um ano tens um casal formado e então usas o aquário de 80 litros para fazeres unas criações. 25 litros por disco eu acho pouco, eu faço contas para pelo memos 50. Os discus vivem na amazonia a água é muito escura e eles não vivem na superficie, estão a alguns metros de profundidade. Eles vivem com muito pouca luz!
  12. Os aquários são habitats muito pequenos e superlotados. Todos os dias quando alimentamos os peixes introduzimos nutrientes que ficam no sistema. Apesar de termos filtros existem elementos que dificilmente saem como os nitrados (absorvidos pelas plantas ou eliminados pelas bactérias desnitrificadoras que só vivem em locais sem oxigénio), os fosfatos existentes em todos os organismos vivos (que são absorvidos pelas plantas ou algas), ... etc. No caso dos discus é sabido que em fase de crescimento quanto mais água mudamos mais eles crescem. Pensa-se que os maiores e mais fortes segregam uma hormona que inibe o crescimento dos restantes. As trocas parciais de água são uma forma simples e segura de retiramos do sistema este resíduos.
  13. Viva, acho que as plantas não vão aguentar muito. Plantas não é a minha especialidade, mas: - tens pouca luz, só podes ter plantas pouco exigentes como o musgo de Java e anubias. - só tens arreia no substrato, o que significa que tens de ter um bom plano de adubação.
  14. Parece-me Cloro... Queima as guelras e eles não conseguwm respirar. Da próxima deixa a água repousar 24h antes de meteres no aquário.