Marco Alves

.Membro Ausente
  • Content Count

    172
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 :)

About Marco Alves

  • Rank
    Membro Júnior
  • Birthday 02/15/1980

Contact Methods

  • Website URL
    http://
  • ICQ
    0

Profile Information

  1. Marco Alves

    Marco Alves

  2. Boa noite, Fábio. Vou arriscar no Agassizi TEFE....
  3. Boa noite, Pessoal. Aqui, fica 2 fotos das crias de Apisto. Cumps.
  4. Bom dia, Paulo. Depende da espécie de Apistogramma, que queiras. Por exemplo, o A. trifasciata precisa de um aqua de 45x30. Aqui fica um link: http://www.seriouslyfish.com/species/apistogramma-trifasciata/
  5. Boa tarde, Pessoal. Venho apresentar o meu novo projecto, como alguns já sabem. Os aquarios, a que se destinam, ainda não estão montados, devido a alguns comtratempos. Deixando-me de tretas, aqui ficam algumas fotos das especies, em causa. Apistogramma Agassizii Flamenco Apistogramma Bitaeniata "Rio Ampiyacu" Especimes adquiridos à Aquoporto, na última encomenda. Espero que gostem, e opinem.
  6. Brancaman, Obrigado pelo comentário. Em relação aos leds, são espectáculo, dão um efeito muito fixe nos peixes, fazem o efeito sombra na água.
  7. Boa tarde, pessoal. Depois, de algum tempo, sem actualizar o tópico, aqui ficam algumas fotos do aqua. Geral Crias de Ap. Barlowi, com 7 semanas de natação livre. Um pequeno video deles Macho Apistogramma Barlowi Pterophyllum scalare sp. 'Rio Nanay' Um pequeno video Agora, um pequeno video com 2 Hyphessobrycon Erythrostigma, na dança. Espero que tenham gostado, opinem s.f.f.
  8. Boa tarde, pessoal. Aqui, fica algumas fotos dos Escalares. Uma foto geral do aquario Esta foto tirada, já com o upgrade feito na calha, passou de 72w em lâmpadas PLL, para 40w em High Power Leds. Aqui, fica uma foto da calha com os respectivos leds instalados. Espero que gostem. Cumps.
  9. Obrigado, Aires. Obrigado, rodasaquarium. Que tenha dado por ela, não e contei, ainda ontem, +/- 15.
  10. Boa noite, pessoal. Aqui, ficam as novidades, que aconteceram no aquário: - Entraram mais 4 Pterophyllum scalare sp. 'Rio Nanay', - As crias dos Apistogramma Barlowi continuam a desenvolver- se muito bem. Deixo aqui mais um pequeno video delas Offtopic: A calha vai sofrer um upgrade, vai passar de 72w em lâmpadas PLL, para 40w em leds de alta potência. Depois ponho fotos deste upgrade. Espero que gostem.
  11. Macho Femea com crias Biótopo: Sul Americano Nome espécie: Apistogramma Barlowi Classificador: ROMER & HAHN, 2008 Nome Comum: Apistogramma sp. Mountbrooder População: São encontrados em torno da "Tierra Típica",na Bacia do Rio Ampiyacu, a noroeste de Pebas, no norte do Peru. Existem duas conhecidas, uma das quais exibe marcas vermelhas na cabeça e um padrão de coloração mais escura geral (forma vermelho), enquanto o outro carece de marcas vermelhas e é geralmente mais pálida (forma branco). Caracteristicas das Agua: PH: 4.5 - 6.5 GH: 0-14 ºdGH Temperatura: 23-29º C Actualmente, mantenho-os com os seguintes parâmetros: ph: 5.5, gh: 0º e temperatura a 25ºC. Alimentação: Na natureza alimentam-se de larvas de insectos e pequenos vermes. No aquário deve-lhe ser fornecida comida congelada variada (artémia, dáphnias e larvas de mosquito brancas). Com alguma insistência é possível incluir no menu granulados, de pequena dimensão, próprios para ciclídeos anões. Quanto à alimentação à base de flocos, são peixes que dificilmente a aceitam, sendo normal observarem-se os peixes colocar o alimento na boca e expeli-lo pelas guelras, sinal de rejeição. Dimorfismo Sexual: Os machos são maiores, mais colorido e desenvolver barbatanas mais longos do que as fêmeas. As diferenças são muito óbvias, os machos adultos têm a barbatana caudal em forma de lira e esta por sua vez, é de duas cores, a metade inferior é amarelo, a metade superior é azul com pontos vermelhos, uma qualidade que diferencia rapidamente, a espécie de Apistogramma barlowi dos outros do género Apistogramma, a barbatana dorsal do macho é serrada, com raios maiores (da segunda para a quinta e sexta o eventualmente), então eles diminuir o comprimento dos raios e este último de novo são mais longos, a parte de trás da barbatana termina num ponto (termina geralmente para além da barbatana da cauda). As barbatanas ventrais são transparentes com azulada ou amarela, o anal também é azulado, tem pequenas barbatanas pélvicas em vez do anal e dorsal são especialmente longo. Enquanto as fêmeas são menores (entre um quarto a um quinto menor do que o macho), a barbatana caudal é arredondada ou truncada no caso de fêmeas adultas, este retalho não tem iridescência e é uma única cor: amarelo-limão, barbatana dorsal é serrada e não tem nenhuma extensão de filamentos na parte traseira, enquanto que as aletas ventrais são pretas. Tamanho Médio: Macho: 6.5cm, podendo chegar aos 9 cms. Fêmea: 4cm, podendo chegar aos 6 cms. Comportamento/Agressividade: Ciclídeo anão pequeno e geralmente pacífico que prefere viver em pares ou um harém, idealmente, não deve ser misturado com outros Apistogramma, excepto parecer coexistir simpaticamente com os Apistogramma agassizii . Reprodução: Esta é uma mouthbrooder, ou seja, é uma incubadora bocal, o que é incomum no gênero Apistogramma. Como os outros apistos, desovam em cavernas. Após o nascimento das crias, a fêmea mantém-os na sua boca até que façam natação livre. Tamanho mínimo do aquário: O aconselhável será um aquário a rondar os 60x30cm, litragem superior a 50 litros, isto só para um casal. Vídeos: Autor: Marco Alves Fotos: Marco Alves Videos: Marco Alves e Youtube Referências Aquarium Fish Experts Apisto.sites.no Seriousfish Encyclopedia Of Life Aquaesfera
  12. Obrigado, Brancaman. Sobre os tetras, eles tem esse nome, devido a terem uma mancha vermelha na direção do coração. As fotos é culpa do fotografo, que é fraco. hihihihihihihihi Sim, a tenellus está a dar-se muito bem. Cumps.
  13. Boas, pessoal. Deixo aqui um pequeno video que fiz da fêmea de Apistogramma, a tomar conta da prol. Espero que gostem. Cumps.
  14. Boa noite, pessoal. Aqui vai a actualização prometida. Dimensões: 120x40x50 Filtragem: Prodac Magic External Filter mod.2 1400 lts/h Iluminação: Calha Boyu PLB-120 4x36w (mas só está com 2x36w,que possívelmente, dará a um Diy de leds) Aquecimento: Termóstato Eheim Jager 200w, regulado a 25º. Substrato: Areia de filtro de piscina Jbl Aquabasis Plus Decoração: 1 Tronco Red Moor, 2 cocos, Folhas de amendoeira da índia Flora: 4 Echinodorus Bleheri, 5 Echinodorus Peruensis, 10 pés Echinodorus Tenellus, 2 Nympheas Lotus “ Zenkeri” Fauna: 2 Apistogramma Barlowi (Casal + crias) 12 Corydora Arcuatus 19 Hyphessobrycon erythrostigma (Tetra de Coração Sangrento) 1 L 204 Flash Pleco 4 Pterophyllum scalare sp. 'Rio Nanay' Alimentação: Hikari Micro Wafers (granulado) Hikari Mini Pellets (granulado) Hikari Algae Wafers (pastilhas) Tropical D-Allio plus (flocos) Tropical Discus Gran D-50 Plus (granulado) Ocean Nutrition Artémia Congelada Ruto Dáfnias Congelada Agora, o tão desejado, fotos..... :D Corydoras Arcuatus Hyphessobrycon erythrostigma (Tetra de Coração Sangrento) L 204 Pterophyllum scalare sp. 'Rio Nanay' Apistogramma sp. Barlowi Espero que tenham gostado. Cumps.
  15. Boa noite, pessoal. Aqui vai uma pequena actualização ao tópico, com algumas novidades. 1ª novidade Os Ap. Barlowi, já são papás (estão no côco, entre as plantas) (estão no côco, entre as plantas) (aqui com a mãe) ( esta mais próxima) 2ª novidade Os novos habitantes, Pterophyllum scalare sp. 'Rio Nanay', chegaram ontem. Por agora, é só. Amanhã, vou ver se consigo tirar mais e melhores fotos e colocar o setup actualizado. Cumps.