Olhos do Lince

.Membro Ausente
  • Content Count

    49
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

Community Reputation

0 :)

About Olhos do Lince

  • Rank
    Super Recém Chegado
  • Birthday 01/11/1971
  • Age 50

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Concelho
    Montijo (Setúbal)
  • Localização
    Península de Setúbal
  1. Olhos do Lince

    Olhos do Lince

  2. Olá Ferreira não te enganaste quando pensas-te que me quero dedicar à reprodução. Quero! A questão é que pelo espaço que possuo, posso perfeitamente ter mais do que um casal, era isso que queria dizer! Obviamente se poder desse grupo inicial fazer desde logo mais do que um casal, seria optimo. Portanto obviamente que tudo o que me disseste foi e vai ser bastante útil. Tomei nota! Diz-me é a partir de um ano de idade que começa a haver sinais de se quererem reproduzir? Que tipo de layout me aconselhas para isso? Já agora que tamanho mínimo de aquário consideras necessário para cada casal reprod
  3. Olá Ferreira! Desde já te agradeço o conselho. Mas há algo que fiquei em dúvida naquilo que disseste. "Mas se quiseres mesmo entrar no campo da reprodução de Oscares, o meu conselho é comprares pelos menos uma dezena deles e deixá-los escolher, tendo sempre presente que no fim ficarás APENAS com dois." Ora aqui está a minha duvida é que se ficarei só com 2 porque o casal se formou e me desfiz dos outros ou porque simplesmente este casal "desfaz" por ele próprio dos outros Oscares se é que me faço entender?! Porque como disse antes penso realmente adquirir mais para ter a certeza de que pelo me
  4. Olá caros amigos aquáriofilitas! Muito obrigado pelas dicas, foram úteis e sem duvida que terei atenção a todas as vossas advertências e conselhos. Pensando bem vou mesmo mandar vir mais 2 oscares brancos e mais 4 de outra variedade! É muito?! É sim sr. mas os malucos é assim não se podem contrariar. É que seguindo o conselho da Nádia vou tentar adquirir-los até ao fim do mês por forma a não haver grandes stresses no cardume. Depois rezar para que saiam de ali uns casais. Se sair tudo tou aquilo que tecnicamente se chama de lixado. Vou ter que puxar dos cordões à bolsa e toca de p
  5. Resolvi comprar aquilo que me parece ser um casal de Oscar brancos. Parece-me disse bem, porque na realidade não sei se o são! São os dois sensivelmente do mesmo tamanho só que um tem uma dorsal muito mais desenvolvida e a caudal também, enfim todo ele me parece um macho. Mal os vi apaixonei-me por eles e desejei como quem tá seguro de que está com a certeza de tar a comprar um casal! De qualquer forma não me importo que não o sejam porque em ultimo caso comprarei mais alguns para lhes juntar e fazer 1, 2 ou 3 casais de Oscar se assim acabar por acontecer. Mas antes de o fazer gostaria de s
  6. Adquiri um casal de Ciclídeos Limão. Pequeno problema não consigo descobrir a que espécie pertence esse casal. Quem me os vendeu apesar de já ter tirado criação com esse casal e de ter todos os parâmetros correctos em relação aos Ciclídeos Limão não me sabe precisar qual das duas espécies se trata. Neolamprologus leleupi leleupi ou Neolamprologus leleupi longior. Gostava de ajuda para conseguir ficar elucidado, dado que já procurei pela net e não consigo fotos elucidativas, nem informação que me esclareça das diferenças que apresentam. Portanto toda a informação que me poderem fornecer será
  7. Olá a todos! O Flagyl consegue-se sem receita médica? Só existe em comprimidos? Qual o preço? Obrigado desde já pelas vossas respostas!! Pedro
  8. Infelizmente Portugal não é igual de Norte a Sul e do Litoral ao Interior e ainda menos igual é se falar-mos dos Arquipélagos dos Açores ou Madeira! Desde que decidi vir morar para os Açores a determinados níveis é muito difícil encontrar a tempo e horas o que queremos e precisamos. Quando há uma coisa a seguir falta outra, ás vezes é de dar em maluco! A nível da aquariófilia é de loucos e moro eu na principal e maior cidade dos Açores, Ponta Delgada que fica na maior e mais populosa ilha São Miguel. Nunca há o que se precisa. Se falar-mos de medicamentos ou produtos de gama superior é uma des
  9. Infelizmente Portugal não é igual de Norte a Sul e do Litoral ao Interior e ainda menos igual é se falar-mos dos Arquipélagos dos Açores ou Madeira! Desde que decidi vir morar para os Açores a determinados níveis é muito difícil encontrar a tempo e horas o que queremos e precisamos. Quando há uma coisa a seguir falta outra, ás vezes é de dar em maluco! A nível da aquariófilia é de loucos e moro eu na principal e maior cidade dos Açores, Ponta Delgada que fica na maior e mais populosa ilha São Miguel. Nunca há o que se precisa. Se falar-mos de medicamentos ou produtos de gama superior é uma des
  10. Infelizmente Portugal não é igual de Norte a Sul e do Litoral ao Interior e ainda menos igual é se falar-mos dos Arquipélagos dos Açores ou Madeira! Desde que decidi vir morar para os Açores a determinados níveis é muito difícil encontrar a tempo e horas o que queremos e precisamos. Quando há uma coisa a seguir falta outra, ás vezes é de dar em maluco! A nível da aquariófilia é de loucos e moro eu na principal e maior cidade dos Açores, Ponta Delgada que fica na maior e mais populosa ilha São Miguel. Nunca há o que se precisa. Se falar-mos de medicamentos ou produtos de gama superior é uma des
  11. Infelizmente Portugal não é igual de Norte a Sul e do Litoral ao Interior e ainda menos igual é se falar-mos dos Arquipélagos dos Açores ou Madeira! Desde que decidi vir morar para os Açores a determinados níveis é muito difícil encontrar a tempo e horas o que queremos e precisamos. Quando há uma coisa a seguir falta outra, ás vezes é de dar em maluco! A nível da aquariófilia é de loucos e moro eu na principal e maior cidade dos Açores, Ponta Delgada que fica na maior e mais populosa ilha São Miguel. Nunca há o que se precisa. Se falar-mos de medicamentos ou produtos de gama superior é uma des
  12. Obrigadissimo Isménio! Aprendi algo, infelizmente já foi é tarde, as lesões estavam avançadas apesar de não parecer e ela morreu horas depois do começo do tratamento. Tenho que descobrir uma forma de encomendar produtos da Sera e de outras marcas pela net. O comércio nos Açores é uma tristeza, se não falta uma coisa, falta outra, é de uma pessoa se passar e estou em Ponta Delgada que é a maior cidade Açoreana porque noutras cidades ou outras ilhas fora de S. Miguel é bem pior. Uma pessoa procura algo que não haja, manda vir por eles, as Pet Shops e no fim de contas ainda é pior a emenda que o
  13. Desde há sensivelmente uma semana que esta oranda me apareceu com um pequeno espaço entre os quistos da cabeça (uma espécie de buraco que noto estar um pouco mais aberto) e que tem à volta por dentro tudo muito avermelhado e umas pequenas pustulas brancas no centro de tudo. Preciso com urgência de respostas e soluções para isto!!! Vejam as fotos e digam o que acham e que deverei fazer para solucionar este problema! Ao lado do olho mais atrás percebe-se um "buraco" com umas pustulas brancas dentro. As pustulas brancas dentro da cavidade que se abriu. Não liguem aos pontinhos
  14. Esta Oranda é uma das joias dos meus peixes de água fria. Quero verdadeiramente resolver isto o mais rápido e pelo seguro. Cumprimentos Pedro
  15. Os pontos brancos são do reflexo da fotografia e não ictio como possa parecer, o que interessa é o buraco que ele tem no meio dos quistos normais da cabeça das orandas e as pustulas brancas que ele tem lá dentro que se vêm perfeitamente nas fotos. Quanto aos rios vermelhos na cauda são naturais. Aquela parte da cauda é branca e aquilo não são mais que as veias ali aparecem bem translucidas. De qualquer forma obrigada pela dica mas preciso que me digam exactamente pensam que seja esta doença e o tratamento adequado. Cumprimentos Pedro