boliveira2010

.Membro Ausente
  • Content Count

    10
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 :)

About boliveira2010

  • Rank
    Recém Chegado
  • Birthday 01/14/1977

Contact Methods

  • MSN
    bruno__oliveira@hotmail.com
  • Website URL
    http://
  • ICQ
    0

Profile Information

  • Localização
    Porto/Valongo
  1. boliveira2010

    boliveira2010

  2. Azoto, o Ferro é um micronutriente consumido pelas plantas mas não sei se um prego dissolve o seu Ferro na água em tempo útil e de maneira adequada. Da forma que descreves as folhas ("...as folhas estam com a ponta amaralecida..."), desconfio que seja de falta elementos azotados, Amónia NH3, Nitritos NO2 ou Nitratos NO3, no caso de haver buracos nas folhas talvez Potássio (K). Atenção ao ciclo do Azoto (N) no caso de ser este o caso, e por alguma razão a Amónia não estar a ser quebrada para nitritos com o ph 8 esta pode se transformar em amoníaco, toxico para peixes. Corrijam-me pf se estiver errado. De qualquer das formas deixo-te um link com um post bastante elucidativo com os elementos necessários e os efeitos no caso de carência ou excesso. http://www.aquariofilia.online.pt/forum/viewtopic.php?t=3027 Cumpts, Bruno
  3. Neste caso, é para mim mais adequado este caracól, visto que o aqua destino não tem dimensões para fauna >= 10cm. http://www.aquariofilia.online.pt/default....amp;id_peixe=65 Só para confirmar, aconselham alguma espécie em particular dentro das Ampularias? Não pretendo que se reproduzam, já me bastam as Molies Os parâmetros da água do aqua são: PH 7-7,5 dKH 4º dGH 12º Temp ©. 25º/26º Desde já obrigado.
  4. Sim. Pois parece dramático assim. Eu aconcelho até que coloque plantas das mais resistentes (com vaso) para que não morram. A minha sugestão é baseada no principio que as plantas num ponto de desiquilibrio vão começar por deixar "cair" umas folhitas, isto não quer dizer que logo a seguir não nasçam novas folhas, e assim que as bactérias detectem a matéria em decomposição (inicio de uma folha em decomposição) estas vão começar a fazer o seu trabalho. Com isto, acho, que se inicia o aqua de uma forma mais gradual e equilibrada, permitindo a existência de outros micro-organismos que vêm junto com a planta. Cmpts, Bruno
  5. Tania, em vez de colocares comida todos os dias coloca algumas plantas, elas de forma natural ajudaram a iniciação do teu aqua.
  6. Comprei um tronco para aquário e coloquei-o num aquario de testes para não tingir o aquário destino. Na mesma altura comprei um saco de areão que está tb nas fotos. O tronco parece ser de videira, mas não tenho certeza porque não perguntei... A água do aqua inicialmente foi aquecida a 26º e agora desliguei o termostato. A água é da companhia e vai directa para o aquário visto que só tem o tronco e areão. Deixei os dois a marinar neste aqua de testes e fui mudando a água à medida que ficava completamente tingida (escurecida). Ao fim de alguns dias reparei nesta coisa branca em volta do tronco. As minhas questões são: O que é esta coisa branca em torno do tronco? Isto é um fungo ou algo infecioso? Vou ter de desinfectar o areão também? Método apropriado para a erradicação desta coisa branca? Imagem 1: Imagem 2: Imagem 3:
  7. Eu vou tentar defender a teoria de que o problema pode vir de uma peturbação na população das bactérias: Sendo o aqua de 200L um aqua muito maior ajuda a diluir eventuais problemas e não afectar de modo fatal os peixes. O sistema de filtragem que usa para o de 60L não ajuda a população de bactérias, um filtro biológico seria o ideal. Segundo percebi, aspira parte do areão do aqua de 60L? Com esse sistema de filtragem eu não revolveria o fundo para não perturbar as bactérias que lá se encontrem e por sua vez evitar picos de nitritos. Num post anterior não vi a leitura dos nitratos, estes ao longo do tempo tendem a concentrar em qualquer aqua, embora os peixes sejam resistentes a grandes concentrações, já as bactérias ficam de certo modo "infelizes" pois estarão a nadar nos seus detritos. Em relação à fauna "resistente" penso que seja mesmo por aí, são mesmo mais resistentes, por si só. Mas o problema está lá.
  8. boliveira2010

    co2

    Sim, é preciso adicionar fertilizante para as plantas, sob o areão, ou para quem não tenha deve usar fertilizante em pastilhas para as raizes e liquido para as folhas. Qual é a dimensão do teu aqua? Que plantas tens? Quanto mais informação deres melhor.
  9. boliveira2010

    co2

    Quando as luzes estão acessas pela fotossíntese, as plantas consomem mais CO2 do que liberam e produzem oxigénio, à noite é consumido oxigénio e liberado CO2. O CO2 presente no ar também é diluido na água com a simples e moderada agitação à superfície da água. Se existir CO2 suficiente na água, não há necessidade de o injectar, elementar. Mas para os que pretendem das plantas, um crescimento mais rápido e mais oxigénio, têm uma boa razão para injectar CO2. Para os que pretendem das plantas, um ritmo menos acelerado não é preciso...se acha que as suas plantas não crescem e tem dúvidas em relação à quantidade de CO2 no seu aqua pode comprar um teste de CO2. Para além disto é quase uma questão religiosa, há os que defendem um estilo com metodologias o mais naturais possíveis e há os que têm toda e qualquer engenhoca para recriar o ambiente pretendido. Cmpts, Bruno
  10. Eu acho que as TPA são muitas vezes a última coisa a entrar na lista de suspeitas, pois acabamos por criar uma certa rotina que nos pode levar uma falsa sensação de segurança e descuidar certos pormenores. Quanto maior for a % de água mudada maior é o choque com os elementos presentes no aqua. Se a água não for previamente tratada quanto mais água mais cloro. Se a água nova tiver parâmetros muito dispares dos do aqua, pode matar, quer peixes quer as bactérias que são tão importantes para o ciclo do azoto. Uma vez que a população de bactérias seja perturbada, está instalado um cenário de alta instabilidade...seja por causa das TPA ou não. Como é introduzida a nova água no aqua? Se há instabilidade, há que fazer testes em periodos curtos (2 dias) para determinar o que está a causar as mortes, parâmetros da água, doença ou outros. Cmtps, Bruno
  11. Porque é que estás a fazer a ciclagem com comida? Suponho que ainda não tenhas colocado os peixes, logo a comida vai simplesmente acumular no fundo acumulando fosfatos... Água da companhia sem o tratamento anti-cloro...é natural que tenha cloro cujo cheiro se sente melhor quando a água é aquecida. Em relação ao que o guia diz tens de ter presente que o teu aquário acabou de ser montado, provavelmente ainda não tem as bactérias para fazer o ciclo do azoto (não confundir com o periodo de ciclagem). Tens por isso o teu aqua num estado instável, em constante mudança (periodo de ciclagem 1 mês), estando os elementos presentes no aqua a reagir entre si, o que torna complicado fazer diagnósticos durante este periodo de ciclagem. Deves ir fazendo testes ao longo deste período para ver se os parâmetros da água estão a movimentar-se em direcção ao que pretendes, ou melhor, em direcção ao necessário para a fauna que pretendes introduzir.