Nelson Pena

.Membro Ausente
  • Content Count

    88
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 :)

1 Follower

About Nelson Pena

  • Rank
    Recém Chegado Pro
  • Birthday 01/04/1985

Contact Methods

  • MSN
    kalkttt@hotmail.com
  • Website URL
    http://h2oplusomething.blogspot.com/
  • ICQ
    0

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • Localização
    Vila De conde

Recent Profile Visitors

902 profile views
  1. Nelson Pena

    Nelson Pena

  2. Boas O sunny reflecte um pouco o novo aquarista. Pensa em controlo e sustentabilidade e partilho muito das suas crenças. Contudo todo este novo processo de filtragem por bactérias vive um pouco no escuro, podendo mesmo ser considerado fantasioso ainda. Um estudo na universidade de são francisco revelam que as supostas bactérias encontradas no zeobak eram inexistentes e que toda a composição era baseada em glicose. Fazer uma selecção de bactérias e maximiza-las com uma fonte de carbono faz pleno sentido mas ainda não me convencem totalmente. No meu caso pessoal utilizei como fonte de bactérias o biodigest, em que se encontra SUPOSTAMENTE bactérias desnitrificantes (nitrosomas, nitrobacter) e aparentemente são eficazes nesse aspecto, contudo no meu entender o nitrato não é o problema nos sistemas mas sim o fosfato e para esse a acção bacteriana é limitada. Acredito mais numa politica de racionalização de imputs de fosfato nas diferentes formas (alimentação, redução da carga de peixes, melhoria da filtragem/fonte de água doce) e o uso periódico de uma mídia de fosfato tenha melhores resultados no controlo dos nutrientes, sem nunca esquecer circulação/escumador. André parece-me que entraste com o pé certo e realmente tens sido criterioso nas escolhas que tens feito, considera sempre as adições que faças (peixes/corais) e tem em conta todas as condicionantes como a proveniência dos corais e o número de peixes. Eu mesmo tenho tido problemas a cerca de 5 meses com predadores de corais e pessoalmente gosto de alertar toda a gente pois foi e é para mim a coisa mais chata que enfrentei nos aquários. Tens um aquário que revela bom gosto e com óptimas potencialidades, parabéns Cumprimentos, N.Pena
  3. senhor pedro pacheco pouco oportuno esse comentario dado q o pedro n colectava agua em matosinhos... o caso do pedro é outro , alias julgo q ele ja n fazia trocas com agua do mar porque tinha notado algo de estranho na ultima troca com agua natural. estou a falar do meu amigo jorge ferreira. muito obrigado
  4. alexandre ele fez a troca de manha, xegou a noite do trabalho estava todo morto...ligou me o senhor todo preocupado...la fui eu ver o q se passava... hugo tens noção dos equilibrios dos sais neste momento?quimicos n percebi essa tua parte... são frequentes as noticias na televisão da aparição de peixes mortos na costa... a agua natural tem muitas vantagens, entre elas o poupar de $ mas tem a enorme desvantagem de quando algo corre mal, muita coisa pode morrer. eu com o $ que tenho no meu aquario n arrisco a usar agua do mar, são opções ou até convicções...
  5. explica me entao como consegues descortinar quando vais ao guincho ou outro sitio qq se a agua tem quimicos ou nao :s ?
  6. só queria referir q existiu uma pessoa aqui em matosinhos q utilizou agua do mar e que pelos vistos ja o tinha feito com sucesso anteriormente, e que mantinha com regularidade essa pratica sem fazer testes a agua. julgo que neste momento so tem duas dozelas e 1 palhaço. morreram mais de 20 corais e 10 peixes. gostaria de saber se alguem me consegue explicar? será defacto bom aconselhar as pessoas a usarem agua do mar? sem fazer testes? relembro que muitas das vezes existe quimicos nas aguas que n podemos identificar com a pacata mala de testes.
  7. só mais um ponto , a tropical marine center utiliza o logotipo conhecido da tropic marin porque a tropic marin esteve intimamente ligada a tropical marine center na sua projecção e contrução.
  8. caro gonçalo estas a trocar o nome TMC com Tropic Marin. São empresas completamente distintas , uma é centrada em londres a qual da-mos o nome de Tropical Marine center que é apreciada como centro de aclimatação e revenda de peixes, a outra é tropic marin sediada na alemanha e tida como a unica empresa do mundo que fabrica o sal sob supervisão cientifica e que tem um pormenor que destaca-se de todos os outros , os elementos são todos solúveis e este método previne as frequentes precipitações de alguns elementos traços, ou seja ao contrario da generalidade dos marcas de sais que misturam os elementos marinhos, todo o grão de sal da empresa tropic marin´contem os 70 elementos conhecidos no mar. mas isto n é publicidade eu próprio por vezes misturo diferentes sais a fim de conseguir melhores resultados. Aprecio reef crystals e tropic marin pro-reef
  9. marco e todos q usam agua natural a partida vocês conseguem alimentar os corais através de microalimentos oriundos do mar, o que a meu ver aumenta-vos os niveis de crescimento bem como minoriza os problemas de baixo recurso calcareo (calcio). julgo que se usassem reactor de calcio e com isto elevar os niveis de KH e calcio os niveis de crescimento seriam ainda maiores.
  10. hugo...não existe ciência exacta porque se existisse deixavamos tudo no mar...percebes? a questão é que pôs uma foto de um aquario com 1 metro de altura com acroporas e tridacnas na parte mais profunda. tamos a falar de um dos melhores aquarios q alguma vez vi juntamente com bernd Mohr que tambem usa t5. e se agora queres saber mais as quintas de propagação de corais duros neste momento usam t5 na maioria tendo tido um crescimento na taxa de crerscimento dos corais.o kevin gaines da euroreef (maior centro de propagação do mundo) utiliza t5 a 4 anos... agora se gostas de ondinhas na agua .....
  11. ........................vamos la entao As T5 tem menos da metade da espessura, com apenas 16mm de diâmetro. Uma FQT5 da OSRAM tem 145cm de comprimeiro, consome 80W e produz 7000 lumens. No meu aquário eu conseguiria colocar 30 dessas lâmpadas lado a lado, perfazendo um total de 1600W e 210 mil lumens. Mesmo q eu utilizasse menos lâmpadas, igualando o caso acima para ficar tb c/ 600W, seriam produzidos 52 mil lumens. Ou seja, as T5 são mais eficientes q as lâmpadas comuns (q totalizaram 40 mil lumens) e mais eficientes q as HQIs . Um ponto a ser observado é o refletor. Numa HQI instalada correctamente a imensa maior parte da luz produzida q não iria diretamente para o aquário é refletida para ele. Numa fluorescente isso não acontece com tanta intensidade já q raramente são usados bons refletores com elas. E no caso de preencher toda a área da tampa com fluorescentes esse valor diminui ainda muito mais. Encostando uma lâmpada na outra o ângulo útil da lâmpada q será "visível" ao aquário será de apenas 120 graus (se alguem quiser depois eu explico o cálculo). Ou seja, apenas um terço da luminosidade produzida pela lâmpada vai directamente para o aquário. Os outros 2/3 vão para a tampa ou para outra lâmpada. Claro q parte disso acaba voltando para o aquário, mas acredito q a perda seja grande. Levando isso em consideração, dependendo da configuração de refletor, pode ser q as HQIs continuem sendo mais eficientes até mesmo q as T5. Mas na minah recente visita a alemanha conheci os novos reflectores desenvolvidos pela ATI e phillips que resolvem na totalidade o problema reflectindo na totalidade a intensidade luminosa. A HQI tem uma característica interessante. A formação de ondulações luminosas no aquário, q costuma ser um efeito muito apreciado pelos aquaristas. Esse tipo de ondulação se dá por causa das ondas na superfície, q focam a luz das HQIs, criando áreas mais claras e áreas mais escuras, assim como as ondas focam a luz do sol no fundo do mar. Mas esse tipo de efeito só ocorre em gde intensidadade com fontes de luz pontuais (como o sol ou a HQI) e não em fontes contínuas, como as fluorescentes. Resumindo, qto menor a área q emitir luz, maior será o efeito. Assim uma "placa" formada de T5, emitindo luz em toda a sua extensão, não produzirá nada disso. Agora essa desvantagem trás uma outra característica tb: Menor atenuação luminosa em relação a distância da fonte. No caso de fontes pontuais a atenuação se dá em função do quadrado da distância. Ou seja, se vc dobra a distância, terá 4 vezes menos luz. Se triplica a distância, 9 vezes menos luz. No caso de uma fonte luminosa com área contínua a atenuação pela distância simplesmente não existe! Podemos considerar a mesma intensidade tanto na parte superior do aquário qto na parte inferior. Claro q isso é num caso ideal e tb sempre haverá perda por causa da turbidez da água, etc... Mas a atenuação será ínfima se comparada a atenuação de uma HQI. Se alguém quiser depois eu coloco os cálculos tb. As HQIs permitem pontos com altíssima intensidade e pontos com iluminação bem moderada. As T5, não. Haverá uma iluminação média em todo o aquário. Aí vai de cada um qual sistema se adequa melhor as suas necessidades. E qto a durabilidade? as T5 aguentam se 1 ano com intensidade quase plena !lampadas de 14000 k de HQI ao fim de 3 meses perde uma intensidade exorbitante. Neste momento tenho as minhas BLV de 400 watts 4 horas por dia ligadas e as minhas T5 ligadas 12 horas havendo dias que n ligo as HQi e tendo uma abertura por parte dos sps encrivel.tenho taxas de crescimento de sps muito grandes neste momento e comparado com os dias em q usava apenas as BLV com pcs as diferenças sao enormes. esta questao ja tinha sido lançada por mim num outro site. neste momento estou pensando seriamente usar apenas t5 como estes dois aquarios (um deles será apresentado no proximo livro de julian sprung que confidenciou a bernd Mohr ser o maior dos maiores) ambas as fotos foram tiradas por mim na minha recente viagem a alemanha joe Buschner tem 1 metro de altura e tem acroporas na parte mais funda do aquario Bernd Mohr trata-se de 1 senhor de mais de 60 anos q tenho o prazer de conhecer, tem as mais belas acroporas como echinata e cardus.
  12. beleza... um aquario com futuro , não só pela qualidade de idealização e construção mas também pela pessoa e pela sensibilidade do paulo para os aquarios. ja vi q tens uma "ameijoazinha grande" !!!
  13. depende de quanto queres gastar . o setup do manklit é muito bom mas dispendioso mas garante uma qualidade muito boa em termos de circulação e de filtragem. opta por rocha viva indonesia e n precisas de areia viva dada a multiplicidade de vida contida na rocha viva da indonesia. é so uma maneira de gastares mais dinheiro nessa treta da areia viva é verdade que a argamax é mas bonita do que a areia de coral normal mas tb muito mais cara. 3 hqi 250 watts (dada a altura) BLV 10000 K se possivel.