Jose Brito Puga

Membro
  • Posts

    24
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

Contact Methods

  • Mail
    josebritopuga@live.com.pt

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Concelho
    Lisboa (Lisboa)
  • Localização
    Lisboa

Recent Profile Visitors

121 profile views

Jose Brito Puga's Achievements

Explorer

Explorer (4/14)

  • Collaborator Rare
  • One Month Later Rare
  • Dedicated Rare
  • Reacting Well Rare
  • First Post Rare

Recent Badges

1

Reputation

  1. Tenho 6 corydoras (2 machos e 4 fêmeas). Habitualmente (em geral depois das TPA's), aparecem, presos nos vidros, bastantes ovos. Em princípio não me preocupo: os ancistrus comem-nos. Agora, porém, é diferente: depois de fazer a TPA, chamou-me a atenção algo pequeno a mover-se. Olhei melhor e vi um peixe, talvez com 2.5 centímetros, pouco depois, um de 6mm, o máximo. Se bem que, pelo que li, o mais provável seja o de serem comidos, há a hipótese de sobreviverem. Não faço criação, mas não mato! Venho pois perguntar: que cuidados especiais devo ter com eles? Desde já vos agradeço a atenção José Alberto Brito Puga
  2. Boa noite. O problema que eu tenho, é o seguinte: Notei um peixe, que vogava no aquario, abandonado à força do remoinho gerado ou pelas bolhas a subir ou pela água a sair do filtro (o Tetra Easy Crystal 300, tem uma saida de aí 5 a 6cm de largura). O certo é que vai abaixo e volta. Será só stress, cansado de lutar para sair do mesmo lugar? Ou alguma doença, que ignoro, mas de que duvido, já que os outros nada parecem ter? O peixe é um Patsy (ou nome parecido). Comprei 5 deles e 5 Mollies para substituir os Carassius Auratus. Só que houve um problema de que não me lembrei na altura: os parâmetros da água, muito diferentes dos das Corydoras e do Ancistrus. Mas, também nisso, não se parecem sentir e aparentam boa saúde - correm atrás uns dos outros (tenho 2 machos e 3 fêmeas em cada espécie) De qualquer modo, isto fez-me ver uma coisa: preciso, não só de um aquário hospital, como de um termostato para ele. Poderei assim isolar o que adoecer.
  3. Boa tarde! Vim expôr uma dúvida: Tenho um aquário de 57 litros, que teve, entre outros, 5 kinguius, que entretanto dei. Entrei na aquariofilia e logo quis um aquário maior, tendo comprado um de 125 litros. Vários factores fizeram com que me desfizesse dele (só teve algumas plantas e uns caracóis minúsculos, que vieram agarrados), indo agora comprar outro de capacidade semelhante. Ora, o problema é a litragem dos filtros: tenho um Eheim profissional + 350, pensado no de 125, com os Carassius Aurautus, tenho outro, um Eheim 250 classic, também pensado com eles! É que o numero de litros/ hora pode ser menor, demais deve fazer mal: tive 3 dias no de 57 litros um Fluval U3, cujo débito era tanto que encontrei o termómetro a marcar 21º, estando o termostato - marcado para 25º - ligado e a trabalhar . Pelo menos, julgo que foi do filtro - que já tirei e substitui - pois não achei que mais poderia ser. Agora já marca 25.3º. Tenho outro problema, mas diferente, motivo pelo qual nunca publiquei fotografias: diz só "inserir imagem a partir do link", mas não encontro nada que me permita carregar uma do PC. Li um tópico sobre o modo de o fazer, mas, lá havia um triângulo que permitia escolher outros modos. Será que me poderão dizer como o podeerei fazer? Obrigado.
  4. Não sei que é: Há 2-3 dias, apareceram-me, no aquário, o que penso serem ovos (principalmente agarrados ao vidro). No dia seguinte vi que saía deles uns bicos, da mesma cor branca-amarelada. Ontem cobria duas folhas, pelo menos e estava diferente: diria que parecem algodão doce, que tem proliferado no aquário: fiz de manhã uma TPA, tirando de cima de substrato os que pude (julgava serem ovos, conservei os que estavam sobre as folhas). Só sei, que, depois disso, vi uma camada delas (donde tirara outras). Voltei a tirá-las, não deixei aí nenhuma ou quase nenhuma. Voltei agora a olhar e vejo lá outra vez, outras. Acabei de compreendeer que são algas e deitei-lhe 15ml de Algol. Os parâmetros da água são: pH - 7.2 KH - 3ºd GH - entre 3ºd e 6ºd Nitritos - 1 Nitratos 25 a 50 (a cor da escala é quase igual) Cl2- 0 mg/l. Além disso, há flocos pequenos em suspensão (não sei se só) que me sujaram a água que até estava razoàvelmente boa. O filtro está limpo.Devo fazer outra TPA, tirando aí uns 50% de água? Como fiz hoje de manhã suponho que só amanhã ... além de que tenho mais 10 peixes (de 3/4cm) que vão substituir os 5 kinguius, cada com mais de 12cm. Só que tenho de perguntar o nome deles na loja. Esqueci-me....
  5. Não sei dizer, nem sei ver, mas é possível. Já tinham feito algo do género, mas durava pouco tempo, tinha contudo a ideia que um empurrava os outros, para ficar com mais espaço. Agora, foi muito pior: 2, perseguiam o outro, durante muito tempo, à volta do aquário. Pensei também que este pudesse ter sido "posto de lado" por eles.
  6. Os meus 3 Carassius Auratus começaram a perseguir-se mùtuamente. Já tinha visto, 2 ou 3 vezes, mas esporàdicamente. Hoje é de modo contínuo e já lá vai algum tempo. Que devo fazer?
  7. Encontrei, inesperadamente, colados à parede, quase à superfície, uma porção de esferas, com menos de 1mm de diâmetro. São amareladas, mas, creio que não podem ser ovos dos peixes: o único que anda (ou melhor, está quase parado) preso ao vidro é o ancistrus, mas, é macho, ainda por cima! Alguém me sabe dizer o que são? Obrigado!
  8. Obrigado pela sua resposta. Expliquei-me mal, sucede-me bastante: o aquário de 57 litros vai ser substituido por um maior, de 120 ou mais litros (o de 125 quis eu ter, mas foi mal colocado e nem chego ao filtro! Está já à venda, depois é que compro o de +120Litros. Por fim devo vender o de 57 Litros. É esse o meu plano. Quanto aos filtros, o que disse foi por ignorância: pensava que o de osmose reversa era um modo alternativo de filtragem. Quanto aos peixes, quereria pôr no tal aquário de 120 Litros (mais litros, preferìvelmente) uns peixes - talvez mais de uma espécie - com que interaja, mas também outros, de cardume, compatíveis, se possível.
  9. Compreendo isso: os 6 foram-me oferecidos e não tinha (nem tenho ainda) aquário para os meter. Enquanto pequenos, tudo bem, mas agora ultrapassam 12 cm. Já pensava havia muito dá-los, mas não sabia a quem. Já dei, contudo 2. O meu aquário, agora, já consegue estar com água transparente! Quero ver se dou os outros 3 (um, morreu). Depois, arranjar outros peixes! Mas quais? De cardume? Sem ser de cardume? Misturar? Tenho é de escolher compatíveis, depois tudo fica bem!
  10. Sim, tenho demais - já dei 2 kinguius e quero ainda dar os outros. Para já, o aquário ficou muitíssimo mais limpo, agora e já o estou a conseguir manter. A dúvida agora está: quais é que os irão substituir? Gostaria que interagissem comigo, como estes, (sem ser sujos). Sem ser de cardume, portanto. Misturaria outros, ou de cardume ou não. Coloridos e pequenos. Estava a pensar ter um cardume de uma cor e outro de outra, mas pode não ser possível! Além do aquário de 57 Litros, comprei um de 125. Não veio a meu gosto, estou a vendê-lo e depois vou comprar outro, talvez maior, em que usarei um filtro exterior ou então algo que faça a osmose reversa. Estes que tenho, (e os que vou agora comprar), só vão aguardar no aquário de 57 L até o grande chegar .
  11. Sei o que é o ciclo de Azoto, simplesmente, não sei porquê, começou a subir e, na altura, há mais de um mês, talvez (tenho o aquário montado há pouco mais de 2 meses). Os nitratos começaram a subir, não tão assustadoramente, os nitritos, também. Tentei baixar ambos, mas, pouco baixavam. Fiquei sem saber o que fazer, mas, depois de me morrer um peixe, retirei imensa água e os nitritos foram ao 0. Começaram outra vez a subir, at5é que hoje decidi fazer o mesmo e retirei perto de 50% de água. Talvez mais! Obtive resultados, para já. A água ficou substancialmente mais clara. Os nitratos passaram para metade e os nitritos estão a 5. Tenciono agora fazer outra TPA deste modo, e talvez uma outra ainda (ou seja, uma amanhã e outra depois de amanhã). Quanto ao meu aquário, foi iniciado com 6 carassius oferecidos. Passado tempos, somei-lhes 3 coridoras (embora saiba que só os carassius já superpovoavam o aquário. Queria,no entanto, limpa-fundos. Mais recentemente comprei 2 limpa vidros, mas o macho pouco fez, ainda - só dormir entre o vidro e o termostato, pràticamente. Plantas, comprei inicialmente, aquelas que me deram depois de as escolher sem saber o que deveria escolher. Algumas vieram com pedras. Perdi muito espaço - na altura, o meu filtro era um "Tetra Crystal", com uma pequena cascata e lugar para o termoestato. Ocupavam demasiado espaço. Tirei essas plantas e fui-as substituindo-as por plantas de crescimento rápido. O filtro, embora por outro motivo, foi mudado - julgava-o estragado, quando só não estava totalmente limpo. Mas, entretanto os carassius cresciam em tamanho e deixavam mais dejectos. Ontem, estive para os dar! Mas, eles interagem, não fui capaz, não sei que fazer, já não cabem no aquário! O Gh, está em >6º , o Kh talvez a 6ºd, mas, muitas vezes está a 3ºd. O Ph, está ácido: 6.8. não creio ser pouco (os carassius têm aguentado e as coridoras também). Dos limpa-vidros, não sei qual o valor que lhes convém, esqueci-me do que me foi dito, tal como do nome. Peço que, se eu estiver a fazer algo de errado, mo digam. Obrigado!
  12. Comprei hoje 2 peixes para ver se fico sem algas no aquário (tinha tido caracóis, mas morreram). Ao princípio, andaram pelo vidro, mas, quando me levantei para ir jantar, saindo de trás do computador, encontrei o maior (talvez com 7 cm, não medi, é a olho), que me disseram ser o macho, entre o vidro e o termostato, que mantenho a 23º , por causa dos carassius auratus: de noite, a água já me chegou a ir aos 18º. Tentei fazê-lo sair (movi o termostato), mas nada, ou andava aí um centímetro para o lado. Depois, voltava. Jantei e, já passou muito tempo e ele continua lá. A fêmea, nem por isso, só "de passagem", como se diz! A minha pergunta é, morrerão por ficar ali ao calor? * Quis subir uma foto, mas só dá para inserir um link, não dá para ir buscar ao computador, falta-lhe a seta e não passa. Sei como é, faço isso para comparar imagens, no google, p.exemplo
  13. Obrigado, Senhor Álvaro Silva! Parece que descobri parte: tinha a água turva e juntei outro filtro (um tetra com uma cascata). Foi pior: à turvação juntou-se qualquer coisa em suspenção. Assim que o notei, desliguei-o. Pareceu-me que melhorou. Infelizmente, à noite, momento em que fecho a luz, deveria ter trocado os fios e ficou ligado. A barra porosa, ficou, assim desligada. Hoje de manhã estava tudo outra vez sujo. A turvação inicial, parece nada ter a ver com isto. Serão as bactérias, possìvelmente. Agradecendo mais uma vez, envio os desejos de um Bom Ano.
  14. Encontrei, ontem, de manhã, um dos peixes morto e os 5 restantes a querer respirar, à superfície. Mudeio-os logo para outro lado, directamente, não podia ser de outro modo, mas eles não se ressentiram. Despejei aí 2/3 da água e tornei a metê-los lá dentro. Tudo parecia e parece ok, em relação a eles. Mas... a ãgua começou a turvar-se, à noite, já era bastante! Quando deito a água, faço-o sobre uma mão, para que não atinja o substrato nem as plantas. Pensei que isso se deveria a que parte da água de um dos garrafões tivesse atingido a água, directamente. Não me importei, assim, muito: em princípio, hoje estaria bom. Para auxiliar, acrescentei-lhe outro filtro. Hoje, de manhã, quando ia para lhes dar de comer, abri a porta da sala e não os consegui quase ver. Fiz-lhe então um novo tpa - substitui mais quase 1/2 aquário de água do aquário. Ficou melhor, mas ainda está bastante suja. Penso fazer ainda outro, mas não pode ser assim de repente. Encontrei também uma espuma (oleosa?) que cobria a superfície do aquário. Penso que isso não é problema ( no início, quando montei o aquário, também apareceu, depois desapareceu). Só a tirei, com uma medida. Contudo, parece ter começado - não dou a certeza - logo que meti o outro filtro, que não tem actualmente cerâmicas, pois achei mais importante pô-lo logo, a esponja reteria a sujidade, pensei. A minha pergunta é: estarei a fazer algo mal? Se sim, que devo fazer? E que devo fazer mais? Tenho também outra pergunta, outro assunto, mas faço aqui: desde há muito tempo que comecei a ver alguns grânulos brancos no fundo do aquário. Pensei que eram restos dos grânulos que deito como comida. Há alguns dias, porém, que tenho notado umas pedras, que chegam a atingir o tamanho de metade de uma unha, brancas e translúcidas. Já pensei em bocados de vidro, até, mas duvido... Quanto aos valores da água, tenho os nitritos a 0 e os nitratos muito lá perto, finalmente!