Jose Brito Puga

Membro
  • Posts

    30
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

Contact Methods

  • Mail
    josebritopuga@live.com.pt

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Concelho
    Lisboa (Lisboa)
  • Localização
    Lisboa

Recent Profile Visitors

154 profile views

Jose Brito Puga's Achievements

Contributor

Contributor (5/14)

  • Collaborator Rare
  • One Month Later Rare
  • Dedicated Rare
  • Reacting Well Rare
  • First Post Rare

Recent Badges

1

Reputation

  1. Encontrei há uns dias uma das minhas Corydoras, a nadar de um lado para o outro, a uma velocidade estonteante e também, por vezes, lambendo o vidro. Pensei na altura: "é louca!" e fui à minha vida. Só no outro dia, como continuava na mesma, me aproximei e vi que não tinha bigodes e o focinho parecia comido. Lembrei-me, então, que tinha visto uma a sair, com dificuldade, debaixo de um ancistrus. Contudo, continuava viva. Depois, deixou de andar assim, mas pareceu-me ter ficado "fora da comunidade", ocupando um amplo lugar sem nada, ao contrário, das outras, escondidas entre as plantas. Nadava também a meia altura, raramente estava no chão. Sem os bigodes e com o "focinho" assim, poderia comer? Em suma, morreria de fome? Ou foi algo de outro? ---- Outro assunto: já não se pode entrar pela Microsoft? Parece que agora é só pelo Google e pelo e-mail!
  2. Obrigado pela resposta. Esperemos que seja isso! Mas, notei hoje uma coisa. Nunca tinha reparado, mas o ancistrus está a apresentar uma cor amarelada no focinho e, até à cintura,mais escuro, deixando ver algumas manchas. Será assim e eu é que não tinha reparado? Lembra-me de ver algo assim nos platties (se não me engano).
  3. Boa tarde! Quando estava, de manhã, atrás do computador, comecei a ouvir uns barulhos fortes vindos do aquário. Prestei mais atenção e vi o meu ancistrus macho a "investir" contra o filtro, um Tetra EasyCrystal FilterBox 600. Não sei se era contra a caixa do filtro ou se estava a aproveitar a débil corrente que ele lançava pela boca. Nunca o vi assim - foi mesmo a primeira vez que vi um nadar à superfície! Não deve ser normal. Se não, que hei-de fazer? Outro assunto: reparei que a fêmea, uma ancistrus albina, tinha a cauda e possìvelmente as barbatanas roídas. Ela tem-se dado aparentemente bem com o macho, mas ùltimamente já a vi bem perto, contudo vi o macho persegui-la. Que devo fazer? Agradecendo, desde já a atenção dispensada José Alberto Moedas de Brito Puga
  4. Bom dia! Quando, hoje de manhã, fui alimentar os meus peixes deparei com uma corydora de barriga para o ar. Em princípio, penso na doença da bexiga natatória. Poderá ser outra? Tirei-o de dentro do aquário e meti-o num balde, com umas pedras para poder ter algo em que descanse, se puder. Só é difícil manter a temperatura. Agora, porém, que devo fazer? Não sei e estou desorientado. Agradeço que me elucidem. Obrigado!
  5. Peço desculpa, mas esqueci-me dizer que estou para comprar um aquário de 120 L, pelo menos. Deve importar, não me limita aos 57 L, superpovoado. Talvez arrange um maior, mesmo, a conselho. Este é um novo tópico - é que estou sem saber o que devo fazer: actualmente, tenho 7 coridoras (3, nascidas no aquário) e 2 ancistrus. Quando os comprei, não sabia que os primeiros aguentam até 24ºC - 25ºC e os segundos, desta temperatura até 28º. Consegui manter a 24 - 25 graus, mas, não sei como, começou a subir (o termostato está bem regulado) e, quando agora cheguei a casa, marcava 27, 4ºC. Imagino durante a tarde, muito mais quente! Já pus uma garrafa de água gelada, a boiar, já atirei gelo, mas nada! É, que, segundo o que vi, até para os ancistrus, está quente! Que posso fazer, eu?
  6. Tinha, até há uns tempos atrás, 5 carassius auratus no meu aquário de 57 litros. Por causa da sujidade que provocam, acabei por os dar. Fiquei com 6 Corydoras (8 agora) e 1 ancistrus (2 agora), contudo, está longe de ser a mesma coisa, para mim. Venho assim perguntar se há outros tão interactivos como eles, de que tenho bastantes saudades mas que não quero mais, por causa da porcaria que fazem e que me provocavam alterações nos parâmetros da água frequentemente. Agradecido, desde já, Atentamente José Alberto Moedas de Brito Puga
  7. Tenho 6 corydoras (2 machos e 4 fêmeas). Habitualmente (em geral depois das TPA's), aparecem, presos nos vidros, bastantes ovos. Em princípio não me preocupo: os ancistrus comem-nos. Agora, porém, é diferente: depois de fazer a TPA, chamou-me a atenção algo pequeno a mover-se. Olhei melhor e vi um peixe, talvez com 2.5 centímetros, pouco depois, um de 6mm, o máximo. Se bem que, pelo que li, o mais provável seja o de serem comidos, há a hipótese de sobreviverem. Não faço criação, mas não mato! Venho pois perguntar: que cuidados especiais devo ter com eles? Desde já vos agradeço a atenção José Alberto Brito Puga
  8. Boa noite. O problema que eu tenho, é o seguinte: Notei um peixe, que vogava no aquario, abandonado à força do remoinho gerado ou pelas bolhas a subir ou pela água a sair do filtro (o Tetra Easy Crystal 300, tem uma saida de aí 5 a 6cm de largura). O certo é que vai abaixo e volta. Será só stress, cansado de lutar para sair do mesmo lugar? Ou alguma doença, que ignoro, mas de que duvido, já que os outros nada parecem ter? O peixe é um Patsy (ou nome parecido). Comprei 5 deles e 5 Mollies para substituir os Carassius Auratus. Só que houve um problema de que não me lembrei na altura: os parâmetros da água, muito diferentes dos das Corydoras e do Ancistrus. Mas, também nisso, não se parecem sentir e aparentam boa saúde - correm atrás uns dos outros (tenho 2 machos e 3 fêmeas em cada espécie) De qualquer modo, isto fez-me ver uma coisa: preciso, não só de um aquário hospital, como de um termostato para ele. Poderei assim isolar o que adoecer.
  9. Boa tarde! Vim expôr uma dúvida: Tenho um aquário de 57 litros, que teve, entre outros, 5 kinguius, que entretanto dei. Entrei na aquariofilia e logo quis um aquário maior, tendo comprado um de 125 litros. Vários factores fizeram com que me desfizesse dele (só teve algumas plantas e uns caracóis minúsculos, que vieram agarrados), indo agora comprar outro de capacidade semelhante. Ora, o problema é a litragem dos filtros: tenho um Eheim profissional + 350, pensado no de 125, com os Carassius Aurautus, tenho outro, um Eheim 250 classic, também pensado com eles! É que o numero de litros/ hora pode ser menor, demais deve fazer mal: tive 3 dias no de 57 litros um Fluval U3, cujo débito era tanto que encontrei o termómetro a marcar 21º, estando o termostato - marcado para 25º - ligado e a trabalhar . Pelo menos, julgo que foi do filtro - que já tirei e substitui - pois não achei que mais poderia ser. Agora já marca 25.3º. Tenho outro problema, mas diferente, motivo pelo qual nunca publiquei fotografias: diz só "inserir imagem a partir do link", mas não encontro nada que me permita carregar uma do PC. Li um tópico sobre o modo de o fazer, mas, lá havia um triângulo que permitia escolher outros modos. Será que me poderão dizer como o podeerei fazer? Obrigado.
  10. Não sei que é: Há 2-3 dias, apareceram-me, no aquário, o que penso serem ovos (principalmente agarrados ao vidro). No dia seguinte vi que saía deles uns bicos, da mesma cor branca-amarelada. Ontem cobria duas folhas, pelo menos e estava diferente: diria que parecem algodão doce, que tem proliferado no aquário: fiz de manhã uma TPA, tirando de cima de substrato os que pude (julgava serem ovos, conservei os que estavam sobre as folhas). Só sei, que, depois disso, vi uma camada delas (donde tirara outras). Voltei a tirá-las, não deixei aí nenhuma ou quase nenhuma. Voltei agora a olhar e vejo lá outra vez, outras. Acabei de compreendeer que são algas e deitei-lhe 15ml de Algol. Os parâmetros da água são: pH - 7.2 KH - 3ºd GH - entre 3ºd e 6ºd Nitritos - 1 Nitratos 25 a 50 (a cor da escala é quase igual) Cl2- 0 mg/l. Além disso, há flocos pequenos em suspensão (não sei se só) que me sujaram a água que até estava razoàvelmente boa. O filtro está limpo.Devo fazer outra TPA, tirando aí uns 50% de água? Como fiz hoje de manhã suponho que só amanhã ... além de que tenho mais 10 peixes (de 3/4cm) que vão substituir os 5 kinguius, cada com mais de 12cm. Só que tenho de perguntar o nome deles na loja. Esqueci-me....
  11. Não sei dizer, nem sei ver, mas é possível. Já tinham feito algo do género, mas durava pouco tempo, tinha contudo a ideia que um empurrava os outros, para ficar com mais espaço. Agora, foi muito pior: 2, perseguiam o outro, durante muito tempo, à volta do aquário. Pensei também que este pudesse ter sido "posto de lado" por eles.
  12. Os meus 3 Carassius Auratus começaram a perseguir-se mùtuamente. Já tinha visto, 2 ou 3 vezes, mas esporàdicamente. Hoje é de modo contínuo e já lá vai algum tempo. Que devo fazer?
  13. Encontrei, inesperadamente, colados à parede, quase à superfície, uma porção de esferas, com menos de 1mm de diâmetro. São amareladas, mas, creio que não podem ser ovos dos peixes: o único que anda (ou melhor, está quase parado) preso ao vidro é o ancistrus, mas, é macho, ainda por cima! Alguém me sabe dizer o que são? Obrigado!
  14. Obrigado pela sua resposta. Expliquei-me mal, sucede-me bastante: o aquário de 57 litros vai ser substituido por um maior, de 120 ou mais litros (o de 125 quis eu ter, mas foi mal colocado e nem chego ao filtro! Está já à venda, depois é que compro o de +120Litros. Por fim devo vender o de 57 Litros. É esse o meu plano. Quanto aos filtros, o que disse foi por ignorância: pensava que o de osmose reversa era um modo alternativo de filtragem. Quanto aos peixes, quereria pôr no tal aquário de 120 Litros (mais litros, preferìvelmente) uns peixes - talvez mais de uma espécie - com que interaja, mas também outros, de cardume, compatíveis, se possível.
  15. Compreendo isso: os 6 foram-me oferecidos e não tinha (nem tenho ainda) aquário para os meter. Enquanto pequenos, tudo bem, mas agora ultrapassam 12 cm. Já pensava havia muito dá-los, mas não sabia a quem. Já dei, contudo 2. O meu aquário, agora, já consegue estar com água transparente! Quero ver se dou os outros 3 (um, morreu). Depois, arranjar outros peixes! Mas quais? De cardume? Sem ser de cardume? Misturar? Tenho é de escolher compatíveis, depois tudo fica bem!