Fisherman

Membro
  • Content Count

    72
  • Joined

  • Last visited

  • Country

    Portugal

Community Reputation

0 :)

About Fisherman

  • Rank
    Hiper Recém Chegado
  • Birthday 02/23/1993
  • Age 28

Contact Methods

  • MSN
    alfrsa@gmail.com
  • Website URL
    http://
  • ICQ
    0

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Concelho
    Sintra (Lisboa)
  • Localização
    Queluz/Massamá
  1. Fisherman

    Fisherman

  2. Olá, Lembrei-me de deixar aqui este artigo que fala da cor laranja: Orange Parasite
  3. Boa noite, Um amigo aconselhou-me a usar elementos traço para discus, pois disse-me que usa já há muito tempo e que está satisfeito com os resultados. Mantenho muitos red cherry num aquário de 200 L com discus; o cobre no dito produto é perigoso para os camarões? A concentração é de 0.032mg/g, e a diluição aconselhada do líquido é de 5ml por cada 80 litros, uma a duas vezes por semana. Há problema com os camarões, ou posso usar o aditivo? Talvez seja como o cobre de alguns fertilizantes, que não está acessível a invertebrados (duvido, pois como incorporariam os discus o cobre?)?
  4. Olá, Então é melhor não ter julies? Acho que conseguiria dar fim aos pequenos, mas se são assim tão prolíficos... Bom, então precisava de alguns números; - Se enveredar por occelatus e cypris/paracypris, quais são as populações óptimas? E já agora, se aumentar a altura da coluna de água para os 50 centímetros (fica mais caro, mas... ), posso ter mais algum "espaço de manobra" considerável, quanto às populações/espécies a manter? E para este aquário de 40/50 centímetros de altura, qual é a iluminação ideal (não pretendo manter plantas, a menos que seja necessário ao bem est
  5. Obrigado pelas respostas! Posso então optar por manter como "conchícula principal" os occelatus, e um casal de brevis (ou outro conchícula que tenha territórios muito pequenos) a um canto do aquário, com algumas rochas para que os occelatus não os vejam? Se escolher ter julidochromis, qual seria a população aconselhável para um aquário destas dimensões? Pelo que aqui foi dito e pelo que pesquisei, o aquário seria muito curto para os cyprichromis viverem com a qualidade de vida que eles necessitam, e em cardume, certo?
  6. Olá, Depois de ter visto as opções para manter um número razoável de conchículas num só aquário, decidi-me por um aquário de 100 comp x 50 larg x 40 alt, em centímetros. Será que, num aquário destas dimensões, seria possível manter Lamprologus ocellatus com outros ciclídeos? Pelo que pesquisei, Julidochromis e Cyprichromis são os mais aconselhados, mas qual seria o tamanho das populações que o aquário podia comportar? E se houverem outros peixes que se podem manter com conchículas, quais são? Desculpem pelo "brainstorming"!
  7. Ena pá, reparei agora que tenho vindo a usar "figueira" em vez de "amendoeira". Peço desculpa pela confusão que isto possa ter causado. Agora, quanto a saber se faz bem ao não, vai demorar mais tempo. Mas vou começar com folhas de amendoeira no aquário de discus (que estão a recuperar de parasitas intestinais), e vou tentar mudar para chá (para ver se também tem os efeitos da amendoeira). A parte de saber se acarreta benefícios vai demorar alguns anos, mas por alguma pesquisa que fiz em fóruns estrangeiros, acho que há algum consenso no "sim".
  8. Olá! Peço desde já desculpa por ter estado tanto tempo sem dar notícias, mas fui passar o carnaval fora, com a família. Godlike, estou a tentar usar o chá para escurecer a água (como as folhas de amendoeira da índia, mas mais viável em termos de preço), mas também a testar alguns benefícios que possa partilhar com os (supostos) da folha de figueira. Hoje decidi ir em frente a "todo o brio", agora que sei que o chá não é tóxico para os reds; deixei lá uma saqueta (ainda lá está), e vou verificar qual é o tom que a a´gua adquire com uma saqueta. Qual não é a minha surpresa quando,
  9. Boa noite, Usei hoje uma saqueta de chá no aquário dos reds, que tem ~ 15 litros. Demorou algum tempo até diluir, mas deu uma boa tonalidade à água. Os camarões não se incomodam. Preparei também algum chá, aquecido em água. Esperei que arrefecesse à temperatura ambiente e misturei com a água da TPA. Dá, realmente, uma boa cor. A seguir às férias do carnaval hei de experimentar com chá preto, que tem uma cor mais escura. De seguida, tentarei também deixar a saqueta de chá no filtro (para ver a duração das folhas, e a tonalidade máxima que a água obtém). Cumprimentos!
  10. Boa tarde, Os dois red cherry que coloquei num pequeno recipiente aquecido (parcialmente imerso num aquário) não pareceram sofrer qualquer malefício do efeito de chá verde em saco (um minuto de diluição em cerca de um litro de água). Vou experimentar no aquário todo. A tonalidade dada à agua é em tudo semelhante à da amendoeira-da-índia.
  11. Olá, Já tinha pensado em avançar com essa ideia, mas depois lembrei-me que é preciso ter cuidado com a seiva das plantas (mesmo que estejam secas, suponho eu). Portanto, vou começar com doses muito pequenas no meu aquário de camarões, porque só tenho dois aquários (de momento ) e não queria fazer grandes experiências com os meus discus, que ainda são pequeninos. Dito isto, vou começar pelo chá verde num aquário com 15 litros, ocupado por reds. Vou actualizando, mas tenho alguns testes da escola que me vão ocupar muito tempo com estudo. E obrigado pela informação!
  12. Olá, Peço desculpa se me expliquei mal, mas ao dizer chá, queria dizer chá de beber (como chá verde, chá preto, branco, etc...). Acham que também terá os mesmos efeitos?
  13. Boa noite, Já tenho vindo a pensar nisto há algum tempo e, mesmo que possa parecer estúpido, cá vai: Há alguma razão pela qual as folhas de chá não possam servir para o mesmo propósito que as folhas de amendoeira-da-índia? Penso que causa nos humanos os mesmos benificios que causam as folhas de amendoeira nos peixes, ou estou errado? P.s.: Os edits ao longo deste tópico devem-se à substituição do termo "figueira da índia" por "amendoeira da índia".
  14. Obrigado pelas vossas respostas! Areia, decidi usar a da praia; sempre ajuda a manter o pH, e sai mais barata. Mandei fazer uns orçamentos para o aquário, calha e móvel, e pelas minhas contas e ajuda da família nas festas, daqui a um ano (no máximo dois), terei tudo pronto (isto de não se ter dinheiro obriga à calma...). Quanto aos peixes em si, depois de ter o aquário pronto e ciclado, procura-los-hei em Portugal. Se não os encontrar ao fim de uns meses, terei de encomendar. Eu sei que sai caro, mas tenho esperança de encontrar por cá. (Em último recurso, posso enveredar por ou
  15. Que areia pensam ser melhor para conchículas? De sílica, da praia, ou outras?