Sign in to follow this  
David Cabete

Lâmpadas E Balastros.

Recommended Posts

Para tentar dissipar as muitas dúvidas da forma de ligação de uma ou várias lâmpadas, aqui ficam alguns esquemas.

 

Os esquemas seguintes são meramente exemplos, mas na maioria das marcas as ligações são idênticas. Tomei por base de referência a marca Vossloh Schwabe.

 

 

 

 

1 lâmpada fluorescente com balastro ferromagnético. Necessita arrancador. T5 ou T8.

 

012.jpg

 

 

 

2 lâmpadas fluorescentes com balastro ferromagnético. Necessita arrancador. T5 ou T8.

 

013.jpg

 

 

 

1 lâmpada fluorescente com balastro ferromagnético. Compacta 2 pinos.

 

005.jpg

 

 

 

2 lâmpadas fluorescentes com balastro ferromagnético. Compacta 2 pinos.

 

006.jpg

 

 

 

1 lâmpada com balastro electrónico. Compacta 4 pinos.

 

001.jpg

 

003.jpg

 

 

 

2 lâmpadas com balastro electrónico. Compacta 4 pinos.

 

002.jpg

 

004.jpg

 

 

 

2 lâmpadas com balastro electrónico. T5, T8 e Compacta 4 pinos.

 

007.jpg

 

008.jpg

 

 

 

 

3 lâmpadas com balastro electrónico. T5, T8 e Compacta 4 pinos.

 

009.jpg

 

010.jpg

 

 

 

4 lâmpadas com balastro electrónico. T5, T8 e Compacta 4 pinos.

 

011.jpg

 

 

 

 

Exemplo "prático":

 

015.jpg

 

Nesta "foto", podemos ver com maior pormenor alguns dos aspectos a ter em conta. Regra geral, nos balastros electrónicos, há uma serigrafia, desenho, ou tabela, exemplificativo dos tipos de lâmpada e da quantidade que se podem ligar. Normalmente também há um esquema simples das ligações propriamente ditas.

No caso da "foto" acima, podemos ver que este tipo de balastro dá para duas lâmpadas desde 18 Watts até aos 42 Watts. É uma das vantagens dos balastros electrónicos, em relação aos ferro magnéticos. Os electrónicos "regulam" a potência de saída, de acordo com as lâmpadas que se ligam.

Como também podem verificar, há um asterisco entre os pinos "1" e "2". Conforme legenda na parte de baixo, o comprimento destes fios deve ser o mais curto possível, na ordem dos 20 cms. Os restantes fios devem ser também curto, na medida do possível.

O fio a utilizar deve ser unifilar, e de secção na ordem dos 0,5mm. Abaixo desse valor pode provocar aquecimento do fio, e acima dele, pode perder-se eficácia.

 

 

 

 

 

Tabela com o tipo mais comum de lâmpadas, casquilhos, potência e medidas.

 

014.jpg

 

014.1.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this