Consumo de Fe e PO4


Recommended Posts

Boas,

 

Tenho um aqua com o seguinte setup

 

Hardware:

Aqua: Dimensões 190 x 60 x 50 com sump (550L uteis)

Iluminação: 4 x T8 de 58W (1 par ligado das 13h00 as 24h00, outro para das 13h30 as 23h30)

Substrato: Akadama (Não tenho substrato fertil)

Bomba retorno: Eheim compact + 3000 3000L hora

Bomba circulação: Maxijet 350L hora

Aquecimento: 2 x Jager 300W

Sistema CO2: CO2 complete set 2Kg da Aquaristic.net (Ligado das 13h30 as 23h30)

 

Paramentros da agua:

 

PH: 6,9 antes de ligar as luzes, 6,5 ao fim de 12h de luz

NO3: entre 20 e 40 ppm

Fe: entre 0 e 0,2 ppm

NH4: 0

PO4: entre 0,25 e 2

NO2: 0

GH: 3

KH: 1

Temp: 28º

 

Fauna:

 

5 x Botia palhaço

2 x Escalare

15 x Cardinal

15 x Bebados

5 x Corydora Julie

Futuramente 6 discus

 

Flora:

 

Limnophila sessiliflora

Pogostemon stellata (Eusteralis)

Vallisneria spiralis 'Tiger'

Ludwigia repens 'Rubin'

Bacopa australis

Blixa Japonica

Heteranthera zosterifolia

 

Fetilizantes:

 

PO4 Liquido da Horizonte Aquatico

KCL Liquido da Horizonte Aquatico

Fe Liquido da Seachem

Micros Liquido da Seachem

 

Ora aqui as questões:

 

O consumo de Fe e PO4 e algo incrivel neste aqua ou seja, meto o Fe a 0,2 ppm e o PO4 a 1 ppm as 23h30 (pouco antes de desligar a luz). No dia seguinte as 15h00 (2 horas de ligar a luz) 15h30 horas depois tenho 13h30 das quais sem luz o Fe esta 0ppm e o PO4 a 0,5ppm. Isto será normal ou algo aqui que não bate certo?

 

Outra questão é em relação ao PH, que acham do PH ter uma variação de cerca de 0,5 PH entre o "dia" e a "noite"?

Link to post
Share on other sites
Outra questão é em relação ao PH, que acham do PH ter uma variação de cerca de 0,5 PH entre o "dia" e a "noite"?

 

Perfeitamente normal, já que injectas CO2 durante o fotoperíodo. O CO2 baixa o pH.

 

Qto às outras questões não te sei responder ao certo, só mandar bitaites, portanto o melhor é esperares pelos especialistas.

 

abx

Link to post
Share on other sites
Perfeitamente normal, já que injectas CO2 durante o fotoperíodo. O CO2 baixa o pH.

 

abx

 

 

Sim, é normal por essa razão, mas atenção que os Discus não vão gostar de variações de 0,5 no PH.

Link to post
Share on other sites
Sim, é normal por essa razão, mas atenção que os Discus não vão gostar de variações de 0,5 no PH.

 

Pois, normalmente a fauna não gosta destas variações...

 

Mário, já experimentaste deixar ligado 24h? Tens de ter atenção se durante a noite o pH não baixa muito (mede antes das lâmpadas ligarem), pode ser preferível a desligar o CO2.

 

No meu caso tenho de deixar ligado 24h, já fiz a experiência de desligar à noite e o pH subiu de 7 para 7,5 sem CO2.

Experimenta e vê qual a melhor maneira. Podes ter de arranjar um controlador de pH para manteres isso estável...

 

Já agora, usas CO2 para quê? Para as plantas, para baixar pH, ou ambos?

 

abx

Link to post
Share on other sites
Sim, é normal por essa razão, mas atenção que os Discus não vão gostar de variações de 0,5 no PH.

 

 

No meu aqua é isto deve ser generalizado o PH mexe durante o dia. E normalmente com a mudança do fotoperiodo com ou sem CO2. Nos nao damos por isso pq normalmente usamos os testes para medir. Mas desde que tenho o controlador de PH é facil verificar esse efeito.

Link to post
Share on other sites
Pois, normalmente a fauna não gosta destas variações...

 

Mário, já experimentaste deixar ligado 24h? Tens de ter atenção se durante a noite o pH não baixa muito (mede antes das lâmpadas ligarem), pode ser preferível a desligar o CO2.

 

No meu caso tenho de deixar ligado 24h, já fiz a experiência de desligar à noite e o pH subiu de 7 para 7,5 sem CO2.

Experimenta e vê qual a melhor maneira. Podes ter de arranjar um controlador de pH para manteres isso estável...

 

Já agora, usas CO2 para quê? Para as plantas, para baixar pH, ou ambos?

 

abx

 

Ja tenho controlador. E como disse com o sem injecção de CO2 o PH vai variado ao longo do dia. O CO2 é para as plantas.

Link to post
Share on other sites

Olá Mário.

 

Com essa luz toda, é bem provável que sejam as plantas a consumirem-te isso tudo...

 

Já agora, porque também podes estar a fazer isso, não sei... nunca fertilizes o PO4 e o Fe juntos. Ou seja, fertiliza primeiro um, e só depois de garantir que o primeiro está completamente diluído pela água toda, é que deves fertilizar com o segundo. Isto porque o Fosfato de Ferro é bastante insolúvel, e se misturares dois fertilizantes, um de fosfato e outro de ferro, regra geral vais obter fosfato de ferro, e as plantas não o vão conseguir utilizar.

 

Cumprimentos

Luís Fortunato

Link to post
Share on other sites

Boas Luis,

 

Mas para 500L de Agua nao deveria ter 500W de luz???

 

Por acaso meto o Fe e PO4 juntos, ou seja espaçado para ai 10 min. Mas meto dentro do compartimento da bomba de retorno da sump, ou seja após 2 min aquela agua não é a mesma. embora que depois se junte tudo dentro do aqua. Esterei a fazer bem? Ou o que sugerias para fertelizar o meu aqua? Fe num dia e PO4 noutro?

Link to post
Share on other sites

Por este site http://www.fitchfamily.com/lighting.html para 500 Litros deves ter 214w.

 

Penso que seja pouco mas é uma referência.

Link to post
Share on other sites

Olá a todos!!!

 

Tenho um aqua com os parâmetros da água praticamente iguais aos do Mário e uso os mesmos fertilizantes líquidos.

 

No entanto esses são consumidos no total ainda em menos tempo.

Quanto mais luz, mais consumo de nutrientes existirá. No entanto não deixa de ser uma exorbitância.

Não és o único, neste momento fertilizo 2 vezes por dia com ferro espaçado de 12h.

 

Cumps

Link to post
Share on other sites

O ferro da seachem é especialmente propenso a precipitação com fosfatos, 1 dia fertiliza com fosfatos no outro com ferro. as plantas conseguem fazer reservas.

Link to post
Share on other sites
Olá Mário.

 

Com essa luz toda, é bem provável que sejam as plantas a consumirem-te isso tudo...

 

Já agora, porque também podes estar a fazer isso, não sei... nunca fertilizes o PO4 e o Fe juntos. Ou seja, fertiliza primeiro um, e só depois de garantir que o primeiro está completamente diluído pela água toda, é que deves fertilizar com o segundo. Isto porque o Fosfato de Ferro é bastante insolúvel, e se misturares dois fertilizantes, um de fosfato e outro de ferro, regra geral vais obter fosfato de ferro, e as plantas não o vão conseguir utilizar.

 

Cumprimentos

Luís Fortunato

 

 

E quanto a misturar potássio e ferro?

É que eu por conveniência adicionei ferro e micros à solução que eu preparo de cloreto de potássio, há algum problema químico com esta mistura?

O inconveniente é não poder fertilizar indivuualmente, mas foi de propósito que o fiz.

 

abx

Link to post
Share on other sites

Boas Mário

 

Quanto ao pH é normalissimo que ele desça após iniciares a injecção de cO2, quanto aos Nutrientes, o que posso dizer? ao fim de 2 anos de usar fertilizações levadas a rigor ainda continua á cabeçada com os parâmetros.

 

O que aconselho mas isso já tu sabes, é ires doseando e medindo

ex: estás caso necessário 1-2 dias sem fertilizar para teres N e P a zero, depois vais seguindo a dose de fertilização que tens planeada:

 

-fertilizas hoje dia 1 assim que as luzes acenderem

-no dia 2 á mesma hora medes e verificas o que as plantas andam a consumir, mas nunca esquecer que tens de fertilizar na mesma proporção os 3 Macros primários N-P-K, só assim vais tirando conclusões, ah e nunca esqueceres o cruzamento do pH com o Kh para verificares a quantidade de cO2 na água.

 

Quanto á iluminação e ao contrário de que o Luis disse, não acha nada excessiva

 

não faças é como eu, que, como estive 3 dias(esta semana) sem fertilizar, carreguei na adubação, excedendo-me com os fosfatos mesmo sabendo o que estava a fazer mas nunca pensando que no dia seguinte me iria deparar com os Neritinas Natalensis todos ou quase todos (ainda não os encontrei todos) mortos e alguns Caridinas Japónicas :x-mas: , assim que vi aquele espectáculo agarrei-me logo aos testes, resultado - 5mg/l de fosfatos, f...-se

 

Espero ajudar "iluminar" o tópico e conseguir acompanhar, pois ás vezes esqueço-me de vir ver as ultimas intervenções (mas á oferta nunca esqueço :P )

Link to post
Share on other sites
Boas Luis,

 

Mas para 500L de Agua nao deveria ter 500W de luz???

 

Por acaso meto o Fe e PO4 juntos, ou seja espaçado para ai 10 min. Mas meto dentro do compartimento da bomba de retorno da sump, ou seja após 2 min aquela agua não é a mesma. embora que depois se junte tudo dentro do aqua. Esterei a fazer bem? Ou o que sugerias para fertelizar o meu aqua? Fe num dia e PO4 noutro?

 

Aqui está a aplicação directa de se passar a vida a dizer 1Watt/litro.

 

Não mário, não precisas de tanta luz. Ou achavas que o aqua do amano de 4 ou 5 mil litros tinha 4 ou 5 mil watts? 8)

 

Mete os fertilizantes em separado.

 

Por este site http://www.fitchfamily.com/lighting.html para 500 Litros deves ter 214w.

 

Penso que seja pouco mas é uma referência.

 

 

Não é pouco. Se leres a página toda, verificas como se chegou à curva.

Link to post
Share on other sites

A luz não depende do volume, mas sim do que nele é mantido.

 

A curva é um ajuste linear a um logaritmos, e quando são usados logaritmos a dispersão dos dados perde-se.

 

Por isso dizer que nao precisa de tanta luz, apenas com o volume é tambem um erro.

 

se repararem existem

-2 tanques com pouco menos de 700l , um deles usa 375W o outro tem 600W

-4 tanques com sensivelmente a mesma litragem abaixo dos 200l- 1 deles tem 475W- outro tem menos de 100W, e 3 deles andam entre os 225 e os 325.

 

se dizer que todos precisam de 1W/L é mau, dizer que 1W/L é luz a mais tambem esta errado. A luz tipicamente não deve ser função do volume. Olhando matematicamente para as coisas, é mais uma função da area do que uma função do volume do aquario.

 

Na realidade é muito mais uma questão de acerto em relação ao que se pretende do aquario, que tipo de plantas e sua distribuição no mesmo.

 

exemplo:

 

tanque de 1000L apenas com anubias e fetos

tanque de 1000L com plantas vermelhas, de tapete, etc

 

tanque de 1000L dimensões: 4m x0.5x0.5

tanque de 1000L dimensões: 1mx1mx1m

 

analizando entre os 2 tanques de cima , os dois necessitam de iluminações diferentes. O mesmo acontece para os 2 tanques de baixo

 

e juntando os 4, temos 4 possibilidades distintas cada uma delas a necessitar de uma iluminação diferente

 

 

assim por exemplo, o aquario em casa do amano com cerca de 9000L tem 2720W de luz artificial mais 4 claraboias, é no entanto um aquario dominado por especies de poucos requisitos luminosos.

 

o mesmo aquario com especies mais exigentes teria sido instalado com outro tipo de iluminação sem qualquer sombra de duvida.

 

isto tudo para dizer que a curva é tão válida como dizer 1W/l.

 

que é basicamente a conclusão do artigo:

 

Finally, I don't suggest for a moment that Takashi Amano follows any such calculation. in determining the lighting intensity he uses for his tanks. One look at the scatter plot of Figure 1 shows considerable variance in data points for identically sized tanks. More likely, intuition and experience have been his guides. Nevertheless, I hope you agree that the exercise was worth the effort, if only to dispel earlier notions of lighting requirements.

Link to post
Share on other sites

epah Pedro!!! desculpa, desculpa,desculpa :crazyeyes:

 

Obviamente que estás certissimo, mas isto é tudo muito bonito, pouca luz, muita luz, ok, mas já que o Mário tem o que tem, vamos tentar ajudar no que realmente ele nos pede e tentar-mos entre todos desvendar os "mistérios", é isso que é engraçado, acompanhar os Aquas dos outros com os nossos bitaites :2gunfire:.gif' class='bbc_emoticon' alt=':lol:' />

 

Sabes também que isto é tudo muito bonito: iluminação, fertilizantes, co2, fotoperiodo, tpa´s, mas o que é certo é que eu por muito que estude os vários factores influentes a um Aqua de Sucesso, não o consigo ter, ou até posso dizer que quase tenho, mas um quase muito distante.

Link to post
Share on other sites
O ferro da seachem é especialmente propenso a precipitação com fosfatos, 1 dia fertiliza com fosfatos no outro com ferro. as plantas conseguem fazer reservas.

 

Já agora fertilizando os macros e micros em dias diferentes, quer dizer que pela logica duplicamos a sua dosagem???

 

P ex: P04= 1ppm diário logo seria 2ppm dia sim, dia não!

Link to post
Share on other sites
epah Pedro!!! desculpa, desculpa,desculpa :x-mas:

 

Obviamente que estás certissimo, mas isto é tudo muito bonito, pouca luz, muita luz, ok, mas já que o Mário tem o que tem, vamos tentar ajudar no que realmente ele nos pede e tentar-mos entre todos desvendar os "mistérios", é isso que é engraçado, acompanhar os Aquas dos outros com os nossos bitaites :).gif' class='bbc_emoticon' alt=':wink:' />

 

Sabes também que isto é tudo muito bonito: iluminação, fertilizantes, co2, fotoperiodo, tpa´s, mas o que é certo é que eu por muito que estude os vários factores influentes a um Aqua de Sucesso, não o consigo ter, ou até posso dizer que quase tenho, mas um quase muito distante.

Eu penso que devemos encarar os nossos aquários de 2 maneiras diferentes,a matemática e a sensitiva.Quero dizer com isto que não chega ter mil testes e utiliza-los muitas vezes para ver se o aquário chega a um ritmo compassado cronometicamente.Porque o aquário tem vida dentro e a vida é muito mais que matemática.Por isso eu confio mais nos meus sentidos no que toca a doses de fertilizações,quantidade de luz a colocar,e noutros aspectos como quantidade de peixes por litro,filtragem adequada,etc.

 

Não digo que não se deva usar testes,é claro que devemos,mas se nos entregar-mos unicamente aos numeros poderemos perder a sensibilidade de ver e tocar no aquário e isso é sem dúvida essencial. Também porque, por vezes, com os numeros podemos fazer generalizações que estão institucionalizadas e não se adequam ao nosso aquário,que é único, singular.Cada aqua tem os seus próprios numeros,a sua própria lógica e só o olho humano aliado à matemática consegue detectar.

 

O teu problema Mário é quanto a mim um bom problema,se as tuas plantas estão a consumir bem,fixe! biggrin Quanto a mim deves é avaliar quanto Fe e PO4 é que elas realmente precisam,e não começares a aumentar estes valores só porque elas os consomem,ou seja deves achar o ritmo do teu aqua.

Link to post
Share on other sites

Olá,

 

Quanto ao PO4 e ao Fe, não sei responder pq sou novato, mas quanto à luz é normal, tenho uma variação de 0,2 ph no meu.

Durante o dia há produção de O2 o que faz aumentar o pH.

Link to post
Share on other sites

Voltando ao PH, se tens controlador, é simples....

 

Em vez de ligares e desligares o CO2 a certas horas, mete o controlador a desligar com um PH de 6.5, por exemplo.

 

Assim, ele liga e desliga sozinho, independentemente se é de dia ou de noite.

 

É assim que eu tenho o meu, e notei os Discos mais calmos.

 

Abraço

Link to post
Share on other sites