Sign in to follow this  
Windrider

A Casa Dos Discus

Recommended Posts

:crazyeyes: É a loucura este Aqua ao vivo, para limpar já estou como Nuno 8) , só de fato de mergulho. Agora a sério, o áqua ao vivo é qualquer coisa de fantástico. PARABENS Pedro.

banana rock Qdo for grande também queroum aqua assim grande. Aquela planta tipo stelatta tá com umas cores lindas.

 

Bem o aqua é lindo por todo mesmo. Mas com os vidros limpos ainda mais lindo fica :D :lol:bowdownbowdownbowdownbowdownbowdownbowdownbowdownbowdownbowdownbowdownbowdownbowdownbowdownbowdown

 

Abraço Pedro

 

Carlos Dourado

Share this post


Link to post
Share on other sites
depois vais-te queixar que n crescem...banana rock

 

Olha, William, esta questão que o Hugo levanta não é coisa que não me tenha já passado pela cabeça.

De onde raio saem os parasitas e porque é que parecem resistir a tudo quanto é tratamento?

Olha que pode muito bem ser da artémia salina congelada.

É o denominador comum a toda a gente que tem problemas com parasitas e que não consegue erradicá-los com praziquantel ou metrodinazol.

Por exemplo, eu e o Nuno temos peixes da mesma proveniência (são "filhos" do Duarte), que vinham absoluta e irrepreensivelmente impecáveis, com fezes castanhas normais.

Já tenho dois ou três com fezes brancas.

O Nuno também tem pelo menos um.

No meu caso, já tive problemas com parasitas, pelo que a infestação pode resultar de contacto.

No caso do Nuno, creio que os peixes não tiveram qualquer contacto com peixes anteriormente infectados.

Nos duas siituações, quer o metrodinazol, quer o praziquantel não surtem efeito .

Tanto eu como o Nuno dá-mos artémia congelada aos bichos.

Eu experimental Flagyl, Tremazol, Azoo Endoparasites, Metrodinazol da Seachem (este melhorou temporariamente os bichos)

Deviam dar resultado.

Logo, é legtíma a conclusãor que é possível que a infestação tenha causa externa e que seja esta a causar recidiva.

Tratas, matas a bicheza que existe, mas continunas a introduzi-los pela alimentação.

Tanto eu como o Nuno dá-mos artémia congelada aos bichos.

Será que é disto?

Que vos parece um tópico tipo inquérito, acerca deste problema, no sentido de ver se se consegue definir um padrão?

A sugestão do Hugo de passar a dar só granulado durante uns tempos, a ver o que acontece, parece-me bastante sensata.

Digam coisas.

Abraços

P.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Olha, William, esta questão que o Hugo levanta não é coisa que não me tenha já passado pela cabeça.

De onde raio saem os parasitas e porque é que parecem resistir a tudo quanto é tratamento?

Olha que pode muito bem ser da artémia salina congelada.

É o denominador comum a toda a gente que tem problemas com parasitas e que não consegue erradicá-los com praziquantel ou metrodinazol.

Por exemplo, eu e o Nuno temos peixes da mesma proveniência (são "filhos" do Duarte), que vinham absoluta e irrepreensivelmente impecáveis, com fezes castanhas normais.

Já tenho dois ou três com fezes brancas.

O Nuno também tem pelo menos um.

No meu caso, já tive problemas com parasitas, pelo que a infestação pode resultar de contacto.

No caso do Nuno, creio que os peixes não tiveram qualquer contacto com peixes anteriormente infectados.

Nos duas siituações, quer o metrodinazol, quer o praziquantel não surtem efeito .

Tanto eu como o Nuno dá-mos artémia congelada aos bichos.

Eu experimental Flagyl, Tremazol, Azoo Endoparasites, Metrodinazol da Seachem (este melhorou temporariamente os bichos)

Deviam dar resultado.

Logo, é legtíma a conclusãor que é possível que a infestação tenha causa externa e que seja esta a causar recidiva.

Tratas, matas a bicheza que existe, mas continunas a introduzi-los pela alimentação.

Tanto eu como o Nuno dá-mos artémia congelada aos bichos.

Será que é disto?

Que vos parece um tópico tipo inquérito, acerca deste problema, no sentido de ver se se consegue definir um padrão?

A sugestão do Hugo de passar a dar só granulado durante uns tempos, a ver o que acontece, parece-me bastante sensata.

Digam coisas.

Abraços

P.

 

 

Acho que já foi tudo dito aqui pelo Pedro...

 

De onde surgem os parasitas, é a questão que se põe:

 

Na minha opinião, ou vêm da artémia congelada ou da papa caseira, que no meu caso também dou.

 

Estou mesmo tentado a dar-lhes flocos e granulado durante uma temporada para ver como reagem...

 

Não dá gozo nenhum ter Discus sempre doentes sem comer banana rock

 

Também já os experimentei desparasitar com Flágil e Tremazol e nada feito... 8)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas

eu so posso falar do meu caso , dou exclusivamente papa caseira aos meus ,com desparasitações regulares , minimo de 6 em 6 semanas e as vezes de 4 em 4 , uma semaninha com flagyl na comida , o que é certo é que eu ja n me lembro da ultima vez que tive um discu doente(ha mais de 2 anos seguramente) , têm cores optimas e estao sempre dispostos a comer! banana rock

o pessoal a quem vendi os meus que diga como foram daqui.

claro que com discus juvenis os cuidados têm que ser redobrados e as tpa's regulares sao fundamentais.

Outra coisa muito importante nos discus é que prevenir é tao importante como tratar! é um erro esperar que apresentem sintomas para serem desparasitados.

 

abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas

 

Aquarios como este são sem duvida um isco para futuros aquarofilistas, está espectacular. Parabens

Share this post


Link to post
Share on other sites
Boas

eu so posso falar do meu caso , dou exclusivamente papa caseira aos meus ,com desparasitações regulares , minimo de 6 em 6 semanas e as vezes de 4 em 4 , uma semaninha com flagyl na comida , o que é certo é que eu ja n me lembro da ultima vez que tive um discu doente(ha mais de 2 anos seguramente) , têm cores optimas e estao sempre dispostos a comer! :(

o pessoal a quem vendi os meus que diga como foram daqui.

claro que com discus juvenis os cuidados têm que ser redobrados e as tpa's regulares sao fundamentais.

Outra coisa muito importante nos discus é que prevenir é tao importante como tratar! é um erro esperar que apresentem sintomas para serem desparasitados.

 

abraço

 

William, tens de me dar então a tua "receita" de sucesso, vou-te chatear com uma MP :(

 

Abraços.

Share this post


Link to post
Share on other sites

da artemia nao pode ser pois ja li algures que os parasitas nao pegam la.

Share this post


Link to post
Share on other sites
da artemia nao pode ser pois ja li algures que os parasitas nao pegam la.

O que falta saber é se é mesmo assim.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas a todos!

Levantas-te aqui uma questão bem pertinente Pedro.

Será que pode ser da artémia?

Os meus comem todos os dias um bocadinho.

Não estou a dar papa caseira.

 

A única alimentação que eles fazem é flocos da Ocean Nutrition e Artémia congelada.

Não consigo perceber de onde vieram os parasitas.

Tenho a certeza de que vinham limpos ( como já referiste) e o peixe que já tinha parece imune.

 

Será que podem haver individuos imúnes?

Estou-me a referir ao Turquesa Vermelho maior que aparece nas minhas fotos.

Já esteve em contacto com 3 outros peixes que morreram por este motivo e a única alteração que podemos notar nele é um atrofiamento do desenvolvimento, devido a tantos tratamentos, penso eu.

 

Abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

Se me permitem vou dar o meu bitaite quanto á alimentação dos Discos...

 

Como sabem tive alguns percalços com os Discos inicialmente, mas nada que não resolvesse com alguma experiência e/ou chamemos-lhe sorte!

No início tentei dar granulado mas sem sucesso... mesmo habituados a comer granulado em casa do criador (Bentes), quando chegaram a minha casa nunca lhe pegaram! Não sei se o problema persiste na cor do substrato que se confunde com a comida e alguma timidez inicial dos discos, mas perante esta situação optei por dar flocos da Tetra (Tetra PRO, para Discos e ciclideos anões).

 

Um certo dia optei por fazer comida caseira, através de uma receita simples sem grandes variedades usando apenas os ingredientes básicos e necessários para a sua alimentação e crescimento. Desde que comecei a alimentá-los com essa comida, único problema que tive foi o excesso de nutrientes na coluna de água e nada mais!!! Não uso krill, artémia, larvas nem qualquer tipo de comida congelada vendida em lojas... simplesmente não me inspiram confiança, isto porque uma vez depois de tanto recomendarem uma comida especial de uma tal loja especialista em Discos, morreram-me alguns com parasitas! Estaria a comida fora do prazo ou terá sido coincidência? Conheço algumas pessoas que continuam a dar dessa comida... e sem qualquer problema!

 

Prefiro fazer a minha papa e ir alternando a alimentação dos discos com flocos da Tetra. Nunca mais tive qualquer problema... ao fim de uns meses e apenas por prevenção lá faço o flagyl; e isto sem haver sintomas que assim o exijam!

Não tenho qualquer cuidado com a água das TPAS, sai do áqua para o terraço... e é reposta directamente da torneira!

 

Resumindo e concluindo... Qualquer tipo de comida caseira em que se use apenas os ingredientes necessários e não se ande a inventar como por ex: alimentar os discos com guloseimas, não fazer os tratamentos á risca (deixar tratamentos a meio... lá porque o disco melhorou, logo não é necessário continuar o tratamento, está totalmente errado!!! Um disco não curado totalmente pode contagiar os restantes!), não fazer tpas regulares, inexistência de plantas para filtrarem a água, adicionarem peixes constantemente e excesso de acondicionadores de água; são os principais culpados pelos parasitas num aquário com Discos!!!!

 

Abraço,

 

Filipe Oliveira

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pois...

A única coisa que tu fazes e eu não é mesmo a artémia.

De resto...

Não uso acondicionadores e sigo o esquema de TPAs à risca.

Vamos ver no que isto dá.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Boas,

 

Se me permitem vou dar o meu bitaite quanto á alimentação dos Discos...

 

Como sabem tive alguns percalços com os Discos inicialmente, mas nada que não resolvesse com alguma experiência e/ou chamemos-lhe sorte!

No início tentei dar granulado mas sem sucesso... mesmo habituados a comer granulado em casa do criador (Bentes), quando chegaram a minha casa nunca lhe pegaram! Não sei se o problema persiste na cor do substrato que se confunde com a comida e alguma timidez inicial dos discos, mas perante esta situação optei por dar flocos da Tetra (Tetra PRO, para Discos e ciclideos anões).

 

Um certo dia optei por fazer comida caseira, através de uma receita simples sem grandes variedades usando apenas os ingredientes básicos e necessários para a sua alimentação e crescimento. Desde que comecei a alimentá-los com essa comida, único problema que tive foi o excesso de nutrientes na coluna de água e nada mais!!! Não uso krill, artémia, larvas nem qualquer tipo de comida congelada vendida em lojas... simplesmente não me inspiram confiança, isto porque uma vez depois de tanto recomendarem uma comida especial de uma tal loja especialista em Discos, morreram-me alguns com parasitas! Estaria a comida fora do prazo ou terá sido coincidência? Conheço algumas pessoas que continuam a dar dessa comida... e sem qualquer problema!

 

Prefiro fazer a minha papa e ir alternando a alimentação dos discos com flocos da Tetra. Nunca mais tive qualquer problema... ao fim de uns meses e apenas por prevenção lá faço o flagyl; e isto sem haver sintomas que assim o exijam!

Não tenho qualquer cuidado com a água das TPAS, sai do áqua para o terraço... e é reposta directamente da torneira!

 

Resumindo e concluindo... Qualquer tipo de comida caseira em que se use apenas os ingredientes necessários e não se ande a inventar como por ex: alimentar os discos com guloseimas, não fazer os tratamentos á risca (deixar tratamentos a meio... lá porque o disco melhorou, logo não é necessário continuar o tratamento, está totalmente errado!!! Um disco não curado totalmente pode contagiar os restantes!), não fazer tpas regulares, inexistência de plantas para filtrarem a água, adicionarem peixes constantemente e excesso de acondicionadores de água; são os principais culpados pelos parasitas num aquário com Discos!!!!

 

Abraço,

 

Filipe Oliveira

 

 

Obrigado pela ajuda, Filipe.

 

Pois parece que a artémia congelada gera parasitas...

 

Não é claro que tal seja, mas é o factor comum a alguns membros que aqui se queixaram de Parasitas Internos nos seus Discus...

 

Pelo sim, pelo não vou parar de lhes dar artémia congelada e vou passar a dar apenas papa caseira e granulado de sera...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Boas,

 

Se me permitem vou dar o meu bitaite quanto á alimentação dos Discos...

 

Como sabem tive alguns percalços com os Discos inicialmente, mas nada que não resolvesse com alguma experiência e/ou chamemos-lhe sorte!

No início tentei dar granulado mas sem sucesso... mesmo habituados a comer granulado em casa do criador (Bentes), quando chegaram a minha casa nunca lhe pegaram! Não sei se o problema persiste na cor do substrato que se confunde com a comida e alguma timidez inicial dos discos, mas perante esta situação optei por dar flocos da Tetra (Tetra PRO, para Discos e ciclideos anões).

 

Um certo dia optei por fazer comida caseira, através de uma receita simples sem grandes variedades usando apenas os ingredientes básicos e necessários para a sua alimentação e crescimento. Desde que comecei a alimentá-los com essa comida, único problema que tive foi o excesso de nutrientes na coluna de água e nada mais!!! Não uso krill, artémia, larvas nem qualquer tipo de comida congelada vendida em lojas... simplesmente não me inspiram confiança, isto porque uma vez depois de tanto recomendarem uma comida especial de uma tal loja especialista em Discos, morreram-me alguns com parasitas! Estaria a comida fora do prazo ou terá sido coincidência? Conheço algumas pessoas que continuam a dar dessa comida... e sem qualquer problema!

 

Prefiro fazer a minha papa e ir alternando a alimentação dos discos com flocos da Tetra. Nunca mais tive qualquer problema... ao fim de uns meses e apenas por prevenção lá faço o flagyl; e isto sem haver sintomas que assim o exijam!

Não tenho qualquer cuidado com a água das TPAS, sai do áqua para o terraço... e é reposta directamente da torneira!

 

Resumindo e concluindo... Qualquer tipo de comida caseira em que se use apenas os ingredientes necessários e não se ande a inventar como por ex: alimentar os discos com guloseimas, não fazer os tratamentos á risca (deixar tratamentos a meio... lá porque o disco melhorou, logo não é necessário continuar o tratamento, está totalmente errado!!! Um disco não curado totalmente pode contagiar os restantes!), não fazer tpas regulares, inexistência de plantas para filtrarem a água, adicionarem peixes constantemente e excesso de acondicionadores de água; são os principais culpados pelos parasitas num aquário com Discos!!!!

 

Abraço,

 

Filipe Oliveira

 

 

Obrigado pela ajuda, Filipe.

 

Pois parece que a artémia congelada gera parasitas...

 

Não é claro que tal seja, mas é o factor comum a alguns membros que aqui se queixaram de Parasitas Internos nos seus Discus...

 

Pelo sim, pelo não vou parar de lhes dar artémia congelada e vou passar a dar apenas papa caseira e granulado de sera...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

Pessoal como é que é possivel que eles apanhem parasitas através da artémia, se esta so procria em água salgada??

 

 

abraço

Edited by AntraX

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas

 

Da pouca experiência que tenho, posso dizer que depois que deixei de dar artémia congelada aos meus discus também deixei de ter parasitas internos, coincidência ou não? não posso precisar mas... também não voltei a usá-la...

Ainda continuo a fornecer aos meus discus Krill, até ao momento sem problemas..., nunca experimentei comida caseira, complemento a alimentação com granulado para discus(sera e tetra) Flocos tropical para discus(com alho), e granulado semiflutuante para ciclideos da JBL...

 

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá.

Venho pedir o favor da vossa ajuda para um problema com que me tenho vindo a debater e que não consigo ultrapassar, apesar das múltiplas tentativas.

Faz tempo que tenho o aqua com água turva, com partículas em suspensão de cor branca, o que dá à agua um aspecto quase leitoso.

Tenho feito inúmeros tratamentos no aqua principal nos últimos meses (Flagyl, Tremazol, Azooendoparasites, Fluverval, Esha 2000) e, a princípio, atribuí o problema ao uso dos medicamentos.

Sucede, porém, que nos últimos 15 dias - quase - não fiz qualquer tratamento.

Usei os seguintes métodos para tentar limpar a água:

1. TPA diária de 20% durante 10 dias.

2. Carvão activado (2 litros) durante 8 dias.

3. UV, com lâmpada nova, 11w, acoplada a filtro com 1050h/hora, 24/7.

4. Reforço de lã de vidro nos filtros.

Todos os filtros (2*2080 e 1*Xp2) foram mantido recentemente e todas as tubagens foram limpas faz uma semana.

Perguntas:

1.O que estará a turvar a água?

2. O que fazer para resolver isto?

Obrigado desde já.

Um abraço.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

Acho que com tantos tratamentos deste cabo da colónia de bactérias do filtro...

Liga a UV durante o fotoperiodo e apenas por despiste, porque acho que não deves ter micro algas mas sim problema bacteriano.

Como limpaste tubos, filtros (os 2 ao mesmo tempo?) é bem normal que uma má lavagem tenha originado tal situação.

 

Desde que os peixes estejam bem, isso volta á normalidade... pode demorar mas volta!

 

Abraço,

 

Filipe Oliveira

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá Pedro.

O Fluvermal limpou os gajos ou nem por isso?

Mandaste os "#%& :x-mas: dos parasitas embora de vez?

Abraço.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Acho que com tantos tratamentos deste cabo da colónia de bactérias do filtro...

Pouco provável.

Se fossem bactérias em suspensão, a UV a trabalhar 24 horas por dia, já tinha dado conta do recado.

 

Como limpaste tubos, filtros (os 2 ao mesmo tempo?) é bem normal que uma má lavagem tenha originado tal situação.

Impossível. O problema já existia antes da limpeza dos filtros e tubagens.

E não, não limpei ao mesmo tempo, mas com 15 dias de intervalo.

Não sou peixe ;)

 

isso volta á normalidade... pode demorar mas volta!

Pois, mas chateia-me assistir a coisas que não percebo.

Palavra de honra, que isto me está a irritar solenemente.

 

O Fluvermal limpou os gajos ou nem por isso?

Mandaste os "#%& dos parasitas embora de vez?

Ora bem, como disse no tópico do Fluvermal, os pequenos estão a fazer castanho e a comer que nem bestas.

Ficou-me a impressão que aquilo funciona em casos ligeiros, se se for logo no princípio.

Vou continuar a fazer mensalmente, intercalado com o metrodinazol.

O grande que tinha infestado, está na mesma.

Escuro, apático, magro, sem comer.

Se não melhorar na próxima semana, vai para o hospital, a niprofurinol, a ver se dá algum resultado.

Mas não tenho grandes esperanças com ele.

 

Abraços a ambos.

 

P.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Olá.

Venho pedir o favor da vossa ajuda para um problema com que me tenho vindo a debater e que não consigo ultrapassar, apesar das múltiplas tentativas.

Faz tempo que tenho o aqua com água turva, com partículas em suspensão de cor branca, o que dá à agua um aspecto quase leitoso.

Tenho feito inúmeros tratamentos no aqua principal nos últimos meses (Flagyl, Tremazol, Azooendoparasites, Fluverval, Esha 2000) e, a princípio, atribuí o problema ao uso dos medicamentos.

Sucede, porém, que nos últimos 15 dias - quase - não fiz qualquer tratamento.

Usei os seguintes métodos para tentar limpar a água:

1. TPA diária de 20% durante 10 dias.

2. Carvão activado (2 litros) durante 8 dias.

3. UV, com lâmpada nova, 11w, acoplada a filtro com 1050h/hora, 24/7.

4. Reforço de lã de vidro nos filtros.

Todos os filtros (2*2080 e 1*Xp2) foram mantido recentemente e todas as tubagens foram limpas faz uma semana.

Perguntas:

1.O que estará a turvar a água?

2. O que fazer para resolver isto?

Obrigado desde já.

Um abraço.

 

 

Boas Pedro, mediste os valores da agua da torneira para vers e alguma coisa se alterou?

acho que estou com o Filipe, tanto medicamento a colonia de bactérias foi à vida....

 

 

abraço e boa sorte!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas Pedro,

 

Uma coisa que não percebo... para quê que usaste tantos medicamentos diferentes?

Sabes que o que não mata... moi e se não morrem da doença, morrem da cura!

 

Eu uso apenas 2 produtos para tratar os meus Discos e digamos que já passaram por um bocado de tudo, infelizmente!

Tremazol e flagyl chega e sobra para os tratar e o resto é paciência.

Uma má dosagem do produto ou um mau tratamento, pode fazer com que os parasitas ganhem defesas e depois torna-se ainda mais difícil de os eliminar. Uma vez que comeces um tratamento não deves interromper e deves espaçar vários tratamentos afim de evitares problemas para os discos.

 

Acho que a água "leitosa" é um problema bacteriano e não é solucionado pela UV, mas com o decorrer do tempo e uma vez que estabilizes o áqua isso vai desaparecer. Haja paciência... quem opta por discos sabe perfeitamente que as coisas são mesmo assim!!!!

 

Abraço,

 

Filipe Oliveira

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em relação aos tratamentos, concordo em parte com o Filipe, mas quando um gajo começa a ver as semanas, meses a passar e os gajos sem comer... Também já dei fluvermal e nada... o que parece que os animou um pouco (pelo menos o mais pequeno e enfezado) foi o tremazol. O grande estava com uma infecção bacteriana e dei-lhe 3 dias de Esha 2000.... agora já parece melhor. Veremos se come.

 

Agora vão descansar até ao Natal e no fim de semana de 22/Dez estou a pensar iniciar o tratamento com flagyl diluido na papa caseira, como me foi aconselhado pelo grande William.

 

Veremos...

 

De resto, mais uma vez: Aquário fantástico!!! :smile2:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Uma coisa que não percebo... para quê que usaste tantos medicamentos diferentes?

Porque, de há uns meses para cá, os meus peixes começam a fazer branco, a deixar de comer, a emagrecer e a morrer.

E eu seja cão se não vou arranjar uma maneira de combater isto.

Filipe, se te começarem a morrer peixes uns atrás dos outros sempre com os mesmos sintomas, vais ver que experimentas tudo.

 

Acho que a água "leitosa" é um problema bacteriano e não é solucionado pela UV, mas com o decorrer do tempo e uma vez que estabilizes o áqua isso vai desaparecer. Haja paciência... quem opta por discos sabe perfeitamente que as coisas são mesmo assim!!!!

Tenho o aqua branco vai para mais de um mês.

É muito original.

O único problema é que não se vê pevide lá para dentro.

Mas fora isso, está um espectáculo.

Já fez três semanas que não meto um mililitro de químicos no aqua.

Se fossem bactérias, os filtros já tinham tido mais do que tempo para estabilizar novamente.

São 25 litros de Substract Pro para 600 litros de água, bolas.

Agora, para ajudar à festa, agravou-se o problema e surge também uma lindíssima espuma de cor amarelada à superfície, nas zonas de contacto com o vidro.

Um primor.

A seguir, vou experimentar deixar de fazer fertilizações e cortar o CO2, a ver o que acontece.

Pode ser que tenha alguma coisa a ver com isso.

É o acrónimo do meu nome: Problem-Based Learning.

 

 

(esqueceu-me: desde a semana passada tenho para venda uns centos de umas pulguinhas brancas de que não sei o nome, com cerca de 1mm, que os discos papam com sofreguidão. Muito boa comida vida)

(que mais me irá acontecer?)

(Livra!)

Edited by Windrider

Share this post


Link to post
Share on other sites
Este tópico tem mais de 6 meses de antiguidade... Se fizer sentido, por favor considere criar um novo tópico em vez de reactivar este. Obrigado!

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this