Plantar Glossostigma elatinoides


sergioveterano

Recommended Posts

Viva, Vou deixar aqui umas fotos que mostram como se deve plantar esta planta.

 

Primeiro passoretirar tudo dentro do vazo, basta apertar um pouco o vazo depois é retirar a lã que reveste as raizes da planta.

Pic_756_6.jpg

 

depois disso deve-se separar cada pé da planta o mais inteira possível.

Pic_756_7.jpg

 

Corta-se cada nó, basta haver uma folha por vezes, tem é que ter o caule e raiz em condições.

Pic_756_8.jpg

 

Em seguida usa-se uma pinça, pode ser mais pequena tem é que abrir bem quando a largamos.

Pic_756_9.jpg

 

A raiz de ir o mais fundo possível, para que forme raizes e se espalhe melhor. Apenas as folhas devem estar à vista.

Pic_756_10.jpg

 

Podem fazer sugestões e criticas sobre outros metodos que saibam.

26675160.img.jpg

Link to comment
Share on other sites

Boas Sérgio,

 

Obrigado pela demonstração, eu pessoalmente nunca tive Glossostigma elatinoides e como tal não saberia como a plantar. Agora já sei.

 

Seria até secalhar de se criar uma thread inamovivel onde os mais experientes com plantas poderiam postar uma espécie de "plante você mesmo"

 

Fica a ideia para o admin e moderadores

:wink:

PEACE !!!

 

barras.gif

Link to comment
Share on other sites

A ideia que quero transmitir é que um vaso se for bem usado dá para... sei lá 500L, as eleocharis tb são plantas que crescem por runner por isso deve-se dar espaço para que se possam “alastrar”, o que se passa é que nesse caso quase não percebemos onde acaba o caule e começa o rizoma.

 

Mas sim deves fazer deste modo.

 

o substrato é flora base da redsea.

26675160.img.jpg

Link to comment
Share on other sites

Boas!

Excelente topico!

Há sempre aquelas pequenas duvidas que temos e são esclarecidas graças a este tipo de iniciativa. Parabens.

 

 

Tenho apenas umas questoes que fogem um pouco ao tema em si...esse substrato não leva qualquer tipo de areao por cima?Qual é o seu preço por kg?

Essas pinças arranjam-se facilmente nas lojas?Tentei comprar umas numa loja online há pouco tempo e não encontrei lá nada à venda... :) ..não tenho tido muito tempo para ir a lojas...ficam um pouco longe efora de mao...

 

abraço

Link to comment
Share on other sites

só uma pergunta mas essas pinças não "mordem" os caules das plantas? ainda deve ter de se fazer um bocado de força para enterrar as plantas.

"I wander out where you can't see...

Inside my shell, I wait and bleed"

Link to comment
Share on other sites

  • 3 months later...

Sérgio,

 

Grande tópico! Parabéns ;)

 

Este método também pode ser usado para micranthemum? Já vi fotografias em que esta planta forma um tapete, mas a mim só cresce para cima...

 

Tiago Baptista

Link to comment
Share on other sites

Olá!

 

mas a mim só cresce para cima...

 

O problema resolve-se com podas regulares de maneira a manter uma altura de tapete... Desde que vi Rotala Rotundifolia a fazer um tapetezinho... ;)

 

Fica bem

Diogo Oliveira

Link to comment
Share on other sites

Olá

 

 

Só pra completar o que foi dito sobre a micranthemum fazer um tapete:

Plantas como a micranthemum umbrosum e a hemianthus micrantemoides crescem na horizontal formando carpetes só quando se encontram sob uma forte iluminação !

Minhas hemianhtus e micranthemus aqui crescem na horizontal naturalmente sem precisar de muitasa podas ,só que elas estão em um aquario com iluminação de 1,4w de luz por litro !

 

 

Abraço

Link to comment
Share on other sites

:):) Grande tópico! Mt bom mesmo.

 

Acho que deveria ser feito com outras plantas. Forma de poda, plantar, reprodução, etc.

 

Tá mesmo digno de ir para inamovivel

 

Mais uma vez, grande post, 5 *!!!

 

Obrigado por partilhares.

logo.jpg
Link to comment
Share on other sites

Olá a todos,

 

Muito obrigado pelas respostas. Vou mesmo aumentar a quantidade de luz.

Vou por o 72W, logo 1.33 W/L. Vamos ver como corre :)

 

Quanto a forma de plantar, vou experimentar re-plantar a micranthemum da forma explicada pelo Sérgio para a glosso. Depois digo como correu.

 

Abraco,

Tiago Baptista

Link to comment
Share on other sites

Boas!

Ao contrario do que o mini diogo disse eu acho, e apenas com base no que vejo e sem grande experiencia...que se podares menos vezes é mais facil plantas como a hemianthus crescerem na horizontal. Não a planta na totalidade, mas algumas ramificações.

Como é uma planta que ramifica muito (de um só pé obtens varios ramos) este acabam por abrir em forma de leque, e com uma boa luz (eu tenho pouco mais de 1 W por litro em HCI), o caule começa a ganhar raiz e a colar-se ao substrato. No entanto vejo isto como um problema...mistura-se com o tapete de glosso... :wink:

Se podares apenas teras caules de hemianthus muito pequenos e a crescer na vertical, não uma planta com crescimento horizontal.

 

Mais luz implica mais alimento e trabalho!!! Tenho dois plantados...um com mais de 1W por litro de HCI...que me dá muito trabalho! Em CO2, fertilizante, mudas, etc...e que ainda nem atingi o equilibrio...e tenho outro com 0.5W por litro de flurescente com 2cm de valisneria a cobrir tudo que está impecavel! E não tenho trabalho nenhum...a não ser acrescimo de agua da evaporação! Não faço mudas há 15dias e algas nem ve-las... trata-se de equilibrio e ver o que queres...plantas e disponibilidade... :wink:

 

abraço

Link to comment
Share on other sites

  • 8 months later...

Viva

 

Já que este tópico foi, e bem :wink: , agora recuperado, aproveito para colocar aqui um pedido. Eu sei que não é suposto este ser um post de "discos pedidos" :oops: , mas como acho que se enquadra, aqui vai:

 

Qual a melhor forma de fazer um tapete de riccia fluitans?

 

(Tenho andado a fazer umas pesquisas em diversos links de plantas e se, na maioria falam de atar a riccia com fio de nylon a pedra ou tronco :D , também já encontrei quem critique este metodo e fale em arranjar um suporte vivo(?) para a riccia, mas neste caso não consigo perceber exactamente do que se fala- ou seja, que outras plantas usar para suporte, como prender a riccia, neste caso o suporte não apoderece?)

 

Cumps

MJoão

Link to comment
Share on other sites

Esse metodo consiste em misturar várias plantas, por exemplo prender a riccia entre a glosso, claro em pequenas quantidades. Também se pode fazer com Eleocharis sp. A forma como a riccia fica presa consiste no crescimento da outra planta que serve de âncora para o musgo.

 

Neste metodo convém já ter a planta âncora estabelecida e enraizada.

 

O precesso com pedras é mais rápido.

26675160.img.jpg

Link to comment
Share on other sites

  • 1 year later...