• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Sign in to follow this  
Tomás Mendes

[ficha] Danio Rerio

Recommended Posts

DANIO RERIO

 

Brachydanio_rerio.jpg

 

Bastante comuns como primeiros peixes, são fáceis de manter e até de reproduzir, formam lindos e activos cardumes.

 

Classe: Actinopterygii

 

Ordem: Cyprinodontiformes

 

Família: Cyprinidae

 

Género: Danio

 

Espécie: Danio rerio Hamilton, 1822

 

Nome comum: danio zebra, zebrinha, zebrafish

 

Origem: Paquistão, Índia, Bangladesh e Nepal (Ásia).

 

pH: 6 a 8

 

dH: 5 a 19

 

Temperatura: 18ºC a 26ºC

 

Comprimento máximo: 4 cm

 

Hábitos alimentares: os danio zebras são omnívoros, alimentam-se de praticamente tudo o que lhes é oferecido. No entanto, apreciam comidas vivas e congeladas, pequenas o suficiente para que as consigam meter na boca.

 

Zebrafisch.jpg

 

Reprodução: apesar de não se tratar de algo tão simples como reproduzir vivíparos, também não é uma tarefa muito complicada. Recomenda-se a utilização de um aquário não muito fundo (15 cm de profundidade) com um areão grosso para que os ovos se depositem entre os seus grãos e assim fiquem protegidos dos adultos. Algumas plantas são também aconselháveis. A temperatura ideal para a desova é 26ºC. Mas, se não ocorrer a esta temperatura, experimente baixar um pouco. Pode ser que assim consiga estimular a reprodução. Serão depositados entre 300 a 500 ovos no fundo e nas plantas. Deve retirar os pais do aquário para que estes não se alimentem dos filhotes. Os ovos eclodirão dois dias depois da desova, originando larvas muito frágeis. Nos primeiros dias das suas vidas, é necessário bastante cuidado para que não se verifiquem grandes mudanças na qualidade da água. Segundo o que os mais experientes na matéria dizem, os pequenos podem ser alimentados com flocos para alevins.

 

Comportamento social: são peixes pacíficos. É recomendável que possua um grupo de, no mínimo, 6 indivíduos. Passarão os dias entretidos, sempre alegres, não parando quietos nem um bocadinho. São peixes ideais para um aquário comunitário, não só pela sua sociabilidade, como também pela sua tolerância em relação aos parâmetros da água.

 

Image:Danio_rerio.png

 

Dimensões mínimas do aquário: 40 litros.

 

Disposição do aquário: apenas necessitam de espaço à superfície, onde passam a maior parte das suas vidas, para nadarem livremente.

 

Recomendações: Danio rerio e Brachydanio rerio são diferentes nomes da mesma espécie. A primeira é a designação científica válida para este peixe.

 

Texto

Tomás Mendes

Fotografias

Primeira: Marrabio2 (pertence ao domínio público)

Segunda: não possui copyright por vontade do autor

Terceira: imagem licensiada pela Creative Commons Attribution 2.5

 

Este artigo resulta de um acordo feito entre o Fórum de Aquariofilia e a revista bioaquaria. Está inserido no Programa para a Divulgação da Bioaquaria

logo.gif

Bioaquaria - a sua revista de aquariofilia

Edited by Tomás Mendes
  • Upvote 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas

Tomás eu não sei se este artigo já saiu na revista “Bioaquario”, ou se ainda vai sair, num próximo nº, mas se ainda não saiu acho que deves emendar um pequeno erro, é que no range da temperatura tens entre 18 e os 24ºC e depois na parte da reprodução mencionas a temperatura ideal como sendo os 26ºC…

Caso ainda não tenha ido para impressão e queira acrescentar mais alguns pormenores na sua reprodução avisa que de bom gosto te digo a minha “receita”…

Um abraço, até breve

Share this post


Link to post
Share on other sites

Havia aí à uns tempos um tópico a dizer que para se reproduzir estes peixes era preciso simular relâmpagos porque era na altura das chuvas que eles se reproduziam. :crazyeyes:

 

 

Achei fantastico.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Havia aí à uns tempos um tópico a dizer que para se reproduzir estes peixes era preciso simular relâmpagos porque era na altura das chuvas que eles se reproduziam. :crazyeyes:

 

 

Achei fantastico.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Havia aí à uns tempos um tópico a dizer que para se reproduzir estes peixes era preciso simular relâmpagos porque era na altura das chuvas que eles se reproduziam. :crazyeyes:

 

 

Achei fantastico.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguem sabe se há problema em juntar Red Cherries e Danio zebra??

Avisem-me antes que eu faça alguma desgraça! help

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

Não este artigo foi feito exclusivo para o fórum. Todos os artigos que forem publicados na bioaquaria serão originais, ou seja, nunca publicados antes.

 

Red cherries com danios não há nenhum problema.

 

Quanto aos relâmpagos, não sei. Mas não será que ouviste isso em relação à reprodução de neons?

 

Abraço.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Permites-me que complete o artigo?

 

Dimorfismo sexual: As fêmeas sexualmente maduras são mais cheias e largas, com mais cores mais suaves. A cor de fundo do seu corpo é branco prateado. No macho a cor de fundo do corpo é mais para o amarelo ouro com finas linhas vermelhas entre as linhas longitudinais azuis (sendo, assim, mais coloridos).

 

 

É que falaste em reprodução mas não disseste como distinguir o macho da fêmea ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Faltou dizer que são ovíparos.

Que a esperança de vida é de 3/5 anos

Que atingem a maturidade aos 23mm +/-

Que são peixes de cimo e que devem viver em grupos de 6ou+.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sign in to follow this