Recommended Posts

Boas!!

 

Ando ainda em peskisa a ver o k meto num akuario de 60cm....e tou indeciso!!

 

Sei que sugerem que num akuátrio deste tamanho os Conchiculas...mas será que é arriskar muito meter 2 Juliis????um casalinho....:wink:

 

Ou um casal de Brichardi???

 

Dos conchiculas nao desgosto dos similis...mas tava inclinado para estes se nao for arriscar muito. Ja agora os telmatochromis-???

 

Obrigado

Link to post
Share on other sites

Boas

 

Para Julies acho muito curto... para Brichardi ainda mais (100L é o minimo com uma frente de 80 no mínimo)

 

Por que não uns Meeli, que são muito interessantes, ou uns oceallatus? Também podes ir para uns americanos talvez

 

Abraço

Link to post
Share on other sites

Boas!!obrigado pela resposta!

 

Ja agora premite-me fazer uma pergunta...

 

No Cichlid Forum por exemplo o tamanha dos Brichardi nao e muito superior ao dos Meeli por exemplo... e sendo os melli um peixe de cardume...leca mais :D

 

MAs os que gostava mesmo de tentar era os Julis!! Alguem que ja tenha feito um experiencia com eles num akuario destas dimensoes ou konheça alguem k ja o tenha feito?

 

Obrogado

Link to post
Share on other sites

Penso que um aquário de 60cm pode ser utilizado para espécies pequenas e misteriosas como o papillo sunflower; outras xenotilapias podem tb ser utilizadas. Luz fraca, areia, excelente qualidade de água. Penso que pode ser decorado a gosto, mas eu preferiria um fundo inteiro imitando rocha com reflexos de silica, imitando os depósitos calcáreos do lago.

 

Abraços,

Link to post
Share on other sites

AS julias podem conviver até aos 6cm, mas passada essa dimensão tenderão a reproduzir a a afastar todas as outras para as bordas do aquário. Nessa altura se não retirares as julias em excesso acabarão mortas. Será fácil recolhe-las, pois quando se colocam verticalizadas nos arestas do aquário quase que pedem para as tirarem dali...

Link to post
Share on other sites

Boas

Podes dizer quantos litros leva esse aqua, qual o filtro que vais usar e se tens condições para fazer mudanças de agua pelo menos uma vez por semana de 20% da agua e repores já com agua afinada para eles?

Depois digo-te se podes ou não meteres um casal de julis, mas a pores teras de por uma das especies mais pequenas, ja tens alguma em mente?

Diz coisas

Link to post
Share on other sites
Penso que um aquário de 60cm pode ser utilizado para espécies pequenas e misteriosas como o papillo sunflower; outras xenotilapias podem também (palavra corrigida) ser utilizadas. Luz fraca, areia, excelente qualidade de água. Penso que pode ser decorado a gosto, mas eu preferiria um fundo inteiro imitando rocha com reflexos de silica, imitando os depósitos calcáreos do lago.

 

Tenho que discordar com esta sugestão. Um setup para xenotilapias deve ter no minimo 120cm de frente e muita areia livre, e o caso especifico das X. papilio ou das X. sp "papilio sunflower" são das mais agressivas e caras.

 

Para alem desse facto de só por si é auto-explicativo, as Xenos são peixes muito exigente e desaconselhadas para aquariofilista com pouca experiência, que me parece ser o caso.

 

Para concluir são caros e muito dificeis de obter.

 

Relativamente às julies, é um pouco como o aquaben diz, mas na minha opinião, com alguns cuidados e alguma experiência, é possivel manter um casal formado num aqua de 60cm.

Link to post
Share on other sites

oi Boas!! Obrigado pelas respostas

 

O aquario com a areia e a decoração deve levar uns 40 ou 45 litros. O filtro k tenho Eheim 2213. Disposição para mudar a a água tenho e condições...agora quando dizes repor a água com os parametris certos p eles nunca o fiz..talvez uma ajudinha....ajude:D

 

Se não puder optar por estes opatarei pelos sul americanos os Apistos...que tambem sao do meu agrado.

 

Obrigado pela atenção

Link to post
Share on other sites

A primeira coisa a saber relativamente à água são os parametros à saida da torneira. Testa a água acabada de sair da torneira, e depois de um periodo de repouso com forte oxigenação e depois coloca aqui.

 

Quer num caso quer noutro, vias ter sempre que preparar agua, se bem que no caso dos apistos o ph poderá ser mais fácil ajustar, já a dureza pode não ser tão simples.

Link to post
Share on other sites

boas!!

 

Vou demorar ainda algum tempo entao a colocar aqui os parametros pois alem de ainda tar a escolher que tipo de peixes vou colocar(entre os julia e os apistogrammas) ainda me faltam alguns testes de agua..e quero fazer as coisas em condiçoes!!

 

So uma questão...os julis sendo que gostam de tar sempre em grutas náo tornarão o aquário um pouco parado??

 

Ja agora e se nao for xatear muito...como por exemplo aumentar ou baixar a dureza da água ao prepara-la para o aquario?? e como aumentar ou baixar o PH sem produtos kimicos antes de colocar no aquario??

 

Abraço

Link to post
Share on other sites

Olá Ricardo, "underground", demais,

 

Tens razão no que toca a dificuldade de manutenção das xenotilapias, preço, e dificuldade em encontrá-las.

 

As que tive tinham apenas 6 cm e eram muito frágeis. Nunca imaginei que pudessem ser agressivas entre elas. Tenho um imenso fascínio por elas, mas o meu 600L é demasiado agreste para este tipo de peixes.

 

Tenho ideia de dirigir o 140L anexo para este nicho, mas para isso terei de arranjar casa para as 5 botias XXXXXL, 30 cm de pleco albino, frontosas e um(a) admiravel N. nicaraguensis.

 

Preparar água para as julias é facilimo, e eu mantiver-as muito tempo com reproduções com nitrato d 400ppm. São muito resistentes, e qualquer água para elas serve, bastando um pouco de bicarbonato de sódio para estabilizar o ph nos 8.2;

 

Logo, julias será uma boa opção.

 

Podem juntar a lista de conteúdos de pequenos aquários os admiráveis fluviais africanos. Foram muito populares ha 20 anos atrás, e pelo que tenho observado, algumas espécies e populações são de uma beleza incrível.

Link to post
Share on other sites

Não ha também uns sais para estabilizar o ph para a agua do tanganika?? Ou o bicarbonato e melhor??

 

 

mas continuo a querer saber tecnicas para aumentar ou baixar a dureza da água ao prepara-la para o aquario?? e como aumentar ou baixar o PH sem produtos kimicos antes de colocar no aquario?? :wink:

 

abraço

Link to post
Share on other sites

A mudança de parametros da água é uma escola que não se aprende de um dia para o outro. Infelizmente não tenho tempo para te transmitir o que aprendi ao longo dos últimos 10 anos.

 

Para as julias, bastará introduzir o bicarbonato de sódio; para se equiparar a nossa água às do lago é um filme!

 

Todos os produtos que existem no mercado são misturas que incluem bicarbonato de sódio, são normalmente caras, e não as utilizo pois teria de gastar cerca de 500 euros por ano.

 

Tive muito bons resultados com uma marca em particular, mas isso é irrelevante.

 

Mede o ph da água da torneira, ou diz onde vives, e segue sem medos!

Link to post
Share on other sites

Existem sais ou buffers comerciais que permitem obter valores de ph e em alguns casos também dureza (quando é para subir) necessários para um determinado tipo de água.

 

Todos os processos são fisico-quimicos, podem é ser através de produtos comerciais, caseiros, naturais ou através de equipamento especifico. Tudo depende do que se pretende, depois é escolher o caminho que melhor se adeque às nossas necessidades (e dos peixes) e à nossa carteira.

 

Para além dos produtos comerciais, existem os outros.

 

Para aumentar pH e dureza, vê receita em www.ciclideos.com

 

Para diminuir pH, podes faze-lo através da utilização de àgua de osmose (que também diminui a dureza), injeccção de CO2, utilização de turfa (que também diminui a dureza) e a utilização de troncos também ajuda a manter ph baixos ou a baixar.

 

Toda esta explicação está muito resumida, e recomendo que a aprofundes mais. Usa a função pesquisar, que vais encontrar todas as respostas às perguntas que colocaste.

 

Abraço,

Link to post
Share on other sites

Um aquário com esse tamanho aconselho vivamente usá-lo como um recipiente para fazer a sangria, e como estamos próximos do natal daria muito jeito! :twisted::lol::lol:

 

Em último caso, aconselharia quando muito um casalito de conchicolas pequenos ou uma pequena colónia de similis! :wink:

 

abraço

Link to post
Share on other sites

Boas Joao Magalhaes

 

Eu ponderei uns Telmatochromis mas...nao sei nao me preenchem. acho os Julis uns peixes muito bonitos e visto haver pessoas que os conseguiram manter e reproduzir em akuarios destas dimensões...gostaria de saber a tua opiniao e experiencia para eu nao seguir com ela :wink:

 

Quanto mais informaçao melhor :twisted:

 

Abraço

Link to post
Share on other sites

Axo mesmo que vou tentar porque fikei apaixonado por estes peixitos, as Juliazinhas...:wink::twisted:

 

A ver o que acontece..e como as informações que recolhi nao me parace descabido...vou apostar!!se me der mal talvez va para uns Telmatochromis ou uns Sul americanos (apistogrammas)

 

Abraço e obrigado

Link to post
Share on other sites

Boas

Mesmo achando que vais ter dores de cabeça ou pores Julis nesse agua, vou te passar a “minha” receita para agua dos Tangas, 2 colheres de sopa de Bicarbonato de sódio, 1 colher de sopa de sulfato de magnésio, 1 colher de sopa de Sal marinho não refinado das salinas de Tavira. Para completar areia de coral ou areia de calcário…

Bem se vais com essa ideia dos Julis para a frente o único conselho valido que te posso dar é este: tenta arranjar 4 a 5 Julis transkryptus ou ornatus, pequenas aí com 2 cm no máximo e deixa-as crescer até se formar um casal, (vai ser fácil de ver quando isso acontecer, pois os que estiverem a mais não te pedir para os tirares), pois se meteres um casal já formado num aqua desse tamanho, o mais certo é eles se separarem e um deles matar o outro…

Um abraço, até breve

Link to post
Share on other sites

Boas

Mesmo achando que vais ter dores de cabeça ou pores Julis nesse agua, vou te passar a “minha” receita para agua dos Tangas, 2 colheres de sopa de Bicarbonato de sódio, 1 colher de sopa de sulfato de magnésio, 1 colher de sopa de Sal marinho não refinado das salinas de Tavira. Para completar areia de coral ou areia de calcário…

Bem se vais com essa ideia dos Julis para a frente o único conselho valido que te posso dar é este: tenta arranjar 4 a 5 Julis transkryptus ou ornatus, pequenas aí com 2 cm no máximo e deixa-as crescer até se formar um casal, (vai ser fácil de ver quando isso acontecer, pois os que estiverem a mais não te pedir para os tirares), pois se meteres um casal já formado num aqua desse tamanho, o mais certo é eles se separarem e um deles matar o outro…

Um abraço, até breve

Link to post
Share on other sites

BOas Aquaben

 

Relativamente ao Buffer a usar acho (palavra corrigida) que vou optar por um comercial de inicio..depois logo veja..mas no futuro talvez te chatei para mais promenores sobre ess areceita Laughing

 

Quanto ao substracto eu tenho areia branca...comprei numa loja de bricolage porque ja a vi em aquários e fica um efeito bonito...a de coral presumo que deve ser bem mais cara não (palavra corrigida)?

Link to post
Share on other sites

Olá

O melhor é tirares já nota do que escrevi acima, pois o facto de ter escrito isto no teu tópico, foi só por estares a iniciar nos Tangas e neste fórum, pois esta já não foi a 1ª vez que menciono esta “receita” de preparação da agua para Tangas…

Existe uma facilidade aqui neste fórum que se chama “Pesquisa” é mais fácil a quem procura por algo fazer uma pesquisa primeiro do que eu e outros andares a responder ou mesmo assunto inúmeras vezes individualmente sempre que alguém se quer iniciar seja no que for…

Um abraço, até breve

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

boas

 

 

Tenho num aquário de 60 cm um casal de julidochromis marlieri a criar e tive varias posturas. Actualmente estão em crescimento uma ninhada de 20 com +- 3cm. São optimos progenitores. Mas quando chegam a determinada altura começam a afastar para começar a criar outra vez. Nesta altura é necessário retirar para não perder. De facto concordo com o que foi dito antes , torna-se uma aqua muito parado. Pessoalmente uso para criação. O meu casal para se formar levou muito tempo e a femea deu muita porrada no macho. Bem a minha femea é +- 2.5x maior que o macho e já os tenho à uns bons 2 a 3 anos.

 

Um abraço

 

Mário Santos

Link to post
Share on other sites