Sign in to follow this  
FAAO

240l Plantado Vs Discus - 2008.01.04

Novo Aquário 130x50x60  

147 members have voted

  1. 1. Tipo de Layout

    • Landscape
      18
    • Holandês
      19
    • Nature
      59
    • Biótipo
      45
    • Apenas peixes e vidro
      1
    • Indiferente
      5
  2. 2. Fórum - Partilha

    • Novo tópico
      100
    • Mesmo tópico do 240L
      39
    • BLOG
      14
    • Não partilhar... não tem interesse!
      6
  3. 3. Plantas

    • Echinodorus
      58
    • Musgos
      75
    • Anubias
      51
    • Fetos
      46
    • Vallisnerias
      43
    • Cryptocorynes
      36
    • Rotalas
      46
    • Ludwigias
      38
    • Hygrophilas
      30
    • Outras
      63


Recommended Posts

Boas Filipe,

 

Isto está a ficar um espetaculo, até os discus já se mostram.

 

Até calha bem teres assim tantas algas, assim obriga-te a fazer tpa's diarias e os discus crescem mais rapidamente. Quando mais depressa crescerem, mais depressa vou ai roubar 2 :oops: .

 

Boa sorte

 

Abraço

Jorge Carvalho

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá FAOO, os teus estão a comer ?

Estiveram quanto tempo sem comer? ...começaram logo?

O que lhes estas a dar e com que frequencia?

 

Estas perguntas são porque tb tenho irmãos dos teus meninos e já estão à uma semana e 2 dias no aquario e ainda nem se fizeram ao comer 8) !!!!

 

Estou a ficar muito preocupado pois todos os outros discos estão a comer bem, inclusivé um que me deram depois, e eles nada 8)

 

Aquaben :shock: , que dizes amigo?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas

Digo que algo não está nada bem, mas esse assunto não vou tentar decifrar aqui no tópico do FAAO, manda-me MP com parametros da agua, tipo de comida e se possivel uma foto do aqua...Sabes qual é a origem dos outros discus, se for asiatica faz já uma desparasitação com "formol"

Um abraço, até breve

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

Olá FAOO, os teus estão a comer ?

Estiveram quanto tempo sem comer? ...começaram logo?

O que lhes estas a dar e com que frequencia?

Comem desde a 1ª hora em que os meti no áqua. Assim que os ambientei ao áqua meti comida, como usualmente faço sempre que adiciono novos peixes. Reduz a agressividade entre eles e os antigos habitantes nem dão pela existência dos novos.

Dou-lhes de comer 2 a 3 vezes ao dia. De manhã entre as 07:45 e 08:15, depois quando chego a casa por volta das 19h e às 22h depois de uma TPA.

Comem granulado ELOS para peixes pequenos, Nutron Discus da Prodac e folhas moidas para os peixes de cardume. A 1ª escolha passa pelas folhas (para peixes normais) de preferência brancas!!! Depois quando não existe mais nada, passam ao granulado. e andam durante todo o tempo a "bicar" o substrato.

Com uma semana, pode até ser impressão minha... mas acho que eles estão a crescer e bem.

Quanto ao engorda, acaba por ser equivalente ao crescimento.

 

Estas perguntas são porque também (palavra corrigida) tenho irmãos dos teus meninos e já estão à uma semana e 2 dias no aquario e ainda nem se fizeram ao comer :? !!!!

É estranho, mesmo com os Apistos a cercarem os Discos e andarem a toda a hora a chatear, eles comiam na mesma! Assim que retirei os apistos, os discos começaram a andam sem stress em todo o áqua e sempre a pedir comida... até algas comem :)

Já experimentaste dar à noite assim que as luzes se desligam?

 

Digo que algo não está nada bem, mas esse assunto não vou tentar decifrar aqui no tópico do FAAO, manda-me MP...

Aquaben, gostaria que quando fosse decifrado o problema referisses aqui o motivo. Estás à vontade para intervires neste tópico sempre que achares necessário.

 

Abraço,

 

Filipe Oliveira

Share this post


Link to post
Share on other sites

então? novidades??? acho que está muita gente em pulgas para ver a evolução..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

Novidades não há muitas....falo das agradáveis!!!

 

Algas, muitas algas... Ainda por cima são as que me faltavam na colecção!!! Cianobactérias... estas malditas que me fazem perder a paciência! Mudas de água são o "Pão nosso de cada dia..."

Ontem e hoje aventurei-me a umas TPA's mais radicais... 2 x 50 % em cada dia. Uma de manhã e outra ao final do dia.

Comecei a fertilizar com potássio e mantive os fosfátos a 1.5ppm. As plantas continuam a crescer, embora com um ligeiro atraso devido à forte quantidade destas algas.

Não sei de onde apareceram, mas que elas vão ter de ir embora... lá isso vai ter de ser!!!

 

Abraço,

 

Filipe Oliveira

Share this post


Link to post
Share on other sites

tiveste um pico de nitratos e comido dos discus no aquário e voila, a natureza faz logo aparecer algo para equilibrar os excessos. É assim que elas apareceram.

 

Não te adianta muito andares a fazer grandes mudas de agua, continua a fertilizar de forma correcta e aspira das gajas todos os dias e acima de tudo paciência, elas acabam por desaparecer. Se conseguires reduzir o alimento as discus, ou seja evitar desperdícios, pelo menos durante uns dias também ia fazer bem.

 

Vai actualizando FAAO.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tenho notado uma certa coincidência no aparecimento de Cianobactérias e o uso de comida congelada.

Quem sabe não poderá ser disso?

 

Eu resolvi o problema despejando uns comprimidos de Dimicina (Sim... é aquilo que por vezes se usa nas diarreias :arrow: ) para dentro do aqua de 800L em 3 dias.

Se quiseres mais pormenores contacta-me pelo MSN.

 

Quanto ao aquário em si, está com a qualidade com que nos habituaste, e desta vez com a novidade dos discus.

Sinceramente não acho que vá resultar, mas isso não me impede de torcer por ti para que tenhas sucesso. Este é daqueles casos em que não me importo nada de não ter razão.

Força aí!

 

Abraço,

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá!

 

Tenho notado uma certa coincidência no aparecimento de Cianobactérias e o uso de comida congelada.  

Quem sabe não poderá ser disso?

 

Uso comida congelada à bastante tempo e nunca tive esse problema, tenho-o tido no de ciclideos africanos e parece-me que é por valores elevados de nitratos (tpa 1x mes :arrow: ). No entanto, tenho bastante cuidado para não haver sobras para o aquário. Habituei os peixes a irem comer dentro de um passador e assim pouco ou nada vai parar ao fundo. com discus talvez seja um pouco dificil de inicio, mas depois se habituarem é um mimo, os Ramirezi também são peixes bastante desconfiados e timidos, agora assim que vêem o passador ficam loucos :arrow:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

tiveste um pico de nitratos e comido dos discus no aquário e voila, a natureza faz logo aparecer algo para equilibrar os excessos. É assim que elas apareceram.

Pode até ter acontecido devido à quantidade da comida, mas tenho algumas dúvidas!

Isto porque ainda não tinha os Discos e já me tinham aparecido, de uma forma muito timida mas já estavam lá na 1ª semana!

Suspeito da falta de limpeza do filtro e do próprio ciclo do áqua.

Isto porque estive para limpar o filtro após a montagem, acabei por não o fazer devido à introdução dos Discus na semana seguinte. Adiei e continuei a adiar a limpeza até que quando o fiz, já tinha as algas numa fase mais adiantada.

 

Não te adianta muito andares a fazer grandes mudas de agua, continua a fertilizar de forma correcta e aspira das gajas todos os dias e acima de tudo paciência, elas acabam por desaparecer. Se conseguires reduzir o alimento as discus, ou seja evitar desperdícios, pelo menos durante uns dias também ia fazer bem.

Picos de nitratos nops!!! Tenhos os nitratos em 15ppm... nada de muito exagerado! Imagina se não fizesse TPAs...

A solução das Tpas de 2 x 50% durante este fim de semana, passou pela renovação quase total da água. Escoando todo o excesso de nutrientes e começar um novo ciclo, desta vez com fertilização mais coerente com um plantado. Embora não possa dizer que a fertilização anterior estivesse errada... apenas tivesse alguma carência de potássio.

Se tinha os nitratos a 15ppm e fosfatos a 1.5ppm, Co2 quanto baste... apenas podia estar a falhar 2 factores: Falta de luz (160watts por 9h + 140w Hqi apenas 2h dia) ou equilibrio no potassio.

Acredito mais na falta de potássio!!! Todavia vou fazer um teste, pode piorar ou resultar... Aumentei o periodo de 2h para 4h nas HQI's e aumentei nas doses do potassio. Tpas apenas vou fazer de 2 em 2 dias e ver como isto se desenvolve.

Tenho tempo, muito tempo para desenvolver o áqua...

 

Tenho notado uma certa coincidência no aparecimento de Cianobactérias e o uso de comida congelada.  

Quem sabe não poderá ser disso?

Não lhes dei ainda comida congelada, estão a comer granulado da Prodac Nutron Discus e folhas. Os Discus preferem as folhas que dou ao cardume em vez do granulado... Só quando não existe mais, passam ao granulado.

 

Eu resolvi o problema despejando uns comprimidos de Dimicina (Sim... é aquilo que por vezes se usa nas diarreias  :lol: ) para dentro do aqua de 800L em 3 dias.

Se quiseres mais pormenores contacta-me pelo MSN.

Se resolver é sempre mais uma hipotese caso este tratamento piore... Pelo sim pelo não vou falar este assunto contigo por MSN.

 

Sinceramente não acho que vá resultar, mas isso não me impede de torcer por ti para que tenhas sucesso. Este é daqueles casos em que não me importo nada de não ter razão.

Ricardão eu ainda continuo a achar que plantado e discos não combinam, mas já me conheces... sou mais teimoso que uma "mula" e sem tentar tudo que há para tentar, não posso dizer o contrário :D

Mas que para já a experiência não tem corrido bem... lá isso não! Mas é apenas um pequeno problema no percurso, lá para Fev07 voltamos a falar :lol: sobre a tal compatibilidade :wink:

Espero bem que não tenhas razão!!! :lol:

 

Foto de 26 de Outubro de 2006

20061026b.jpg

 

Foto de 29 de Outubro de 2006

Podei a Eleocharis e removi algum musgo que estava carregado de algas (cianos). Com a poda da eleocharis pretendo fazer com que cresça mais uniforme e permita aos Discos aproveitar melhor a comida.

20061029b.jpg

 

E é tudo... até uma próxima :wink:

 

Abraço,

 

Filipe Oliveira

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

Pelo sim pelo não fui fazer uns testes para saber se as TPAS tinham equilibrado alguma coisa... Após a última TAP de 50% às 16h de hoje, fertilizei com peso e medida :wink: a "olho" como sempre fiz.

Nunca segui qualquer plano de fertilização, cada áqua é um áqua e requer parâmetros e doseamentos diferentes.

 

Aqui vão os parâmetros ao fim de 6h:

 

pH: 6.8

PO4: 1.5ppm

NO3: 10ppm

NH3: 0.05 ppm (sexta estava em 0.5ppm)

 

Concluo que o ciclo esteja agora feito ou as TPAs regularizaram os parâmetros da água.

Acho que agora é uma questão de tempo para que as plantas consumam os nutrientes reduzindo as algas à sua insignificância.

Contudo sabendo de todos os riscos que possa correr, aumentei para 4h as HQIs para que as plantas possam esgotar os nutrientes da coluna de água e possam usufruir de uma dosagem de 2b/s de Co2.

No pior dos cenários... vou ter um layout de algas!!!

 

Vamos esperar para ver :wink:

 

Abraço,

 

Filipe Oliveira

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas Filipe...

 

Não sei se é impressão ou não mas entre o curto periodo de tempo entre as fotos noto crescimentos nos discus :S :S :S será possivel...?

 

Parabéns pelo aqua e boa sorte com essa salgas manhosas...

 

Cumprimentos... :wink:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas Alexandre,

 

Não sei se é impressão ou não mas entre o curto periodo de tempo entre as fotos noto crescimentos nos discus :S :S :S será possivel...?

 

Em 3 dias não se deve notar grande coisa. Tenho alguns maiores que os outros e devem ter trocada nas fotos :wink:

Agora se analisares com as mais antigas, aí posso-te dizer que nota-se alguma diferença. Em 15 dias cresceram um pouco, mas nada de exagerado... acho eu!!!

 

Acho que as TPAS diárias têm ajudado no crescimento :wink:

 

Abraço,

 

Filipe Oliveira

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

Antes de comentar o layout propriamente dito vou tentar "opinar" sobre o surgimento das cianobactérias. :wink:

Por experiência própria posso dizer que elas surgem por vários motivos, um dos quais já aqui referidos, mas não o mais usual, o excesso de nitratos.

Neste teu caso não me parece que seja disso, mas sim do motivo mais comum, corrente fraca em determinados locais. Esta corrente fraca irá originar o acumular de detritos em locais específicos, sendo assim um "starter" de bactérias. Estas podem-se desenvolver em vários tipos de algas, mas as mais infestantes são as cianobactérias. Esta pouca corrente aliada à iluminação abundante, CO2 dísponivel e nutrientes irá potenciar o seu crescimento.

 

Eu resolvi estas algas com aspirações sobre as ditas, para evitar a sua propagação (que é rápida como tudo) e trocas de água mais frequentes, assim como a eliminação de óbstáculos perceptiveis à circulação da água e também um reajustamento da direcção da saída do filtro de forma a percorrer melhor o aquário.

No teu caso, como tens um filtro de fraca potência de output para a coluna de água disponivel, aponto mais neste caso referido acima.

 

Para além do medicamento que o Ricardo referiu, também me foi aconcelhado outro que é barato e passível de ser adquirido na farmácia : ESE-500, principio activo eritromicina.

 

 

Em relação ao layout acho que está dentro do teu estilo ao qual nos habituaste, e penso que irá permitir aos discus uma área de natação livre muito interessante de se ver.... :lol:

As sombras que tantos dizem necessárias para os discus irão depender das tuas podas.... :wink:

 

Espero ver novidades em breve.

 

Abraço,

Tiago

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

Por experiência própria posso dizer que elas surgem por vários motivos, um dos quais já aqui referidos, mas não o mais usual, o excesso de nitratos.

Não digo que não possa ter existido um pico de nitratos... apenas acho dificil devido às TPAs diárias de 20% a 30% da água.

Daí ter descartado essa hipotese e apontar mais para o filtro bastante sujo.

No teu caso, como tens um filtro de fraca potência de output para a coluna de água disponivel, aponto mais neste caso referido acima.

Algum tempo atrás coloquei uma powerhead no áqua para que houvesse uma maior circulação de água e se espalhasse melhor o CO2.

Está colocada no outro extremo do áqua e faz com que a água circule melhor, auxiliando o filtro a sugar os detritos. Nunca tive destas algas neste áqua, quer sem powerhead ou outro tipo de filtragem. Sempre usei este filtro embora não desse tanta comida...

Pode ter acontecido que tivesse dado comida aos Discus na 1ª semana e esta não tivesse sido ingerida (90%) devido ao stress causado pelos Apistos. Eles têm comido cada vez melhor e as cianos têm estabilizado devido às sinfonagens constantes do fundo com um tubo de silicone (tubo igual ao utilizado em sistemas de CO2). Assim consigo remover uma grande parte das cianos mas como é lógico não são removidas totalmente, originando a sua propagação com o decorrer do tempo.

Não me preocupa as cianos no substrato mas sim as que ficam nas plantas de caule, essas sim preocupam-me! Além de prejudicar as plantas, retirando-lhes luz e absorvendo os nutrientes; algumas delas acabam mesmo por apodrecer nos caules...

 

Para além do medicamento que o Ricardo referiu, também me foi aconcelhado outro que é barato e passível de ser adquirido na farmácia : ESE-500, principio activo eritromicina.

Acho que vou optar por uma dessas soluções para resolver o problema o quanto antes... antes que pouco se aproveite das plantas!

 

As sombras que tantos dizem necessárias para os discus irão depender das tuas podas.... :D

As sombras vão ser criadas pelos troncos e não pelas plantas. O musgo encarregar-se-á de dar as sombras que eles tanto gostam. As plantas que estão atrás dos troncos apenas servirão para dar algum verde e volume às laterais do áqua.

 

Abraço,

 

Filipe Oliveira

Share this post


Link to post
Share on other sites

boas.

 

tenho seguido o teu post e fico a saber que estas com um problema... :lol::lol:"cianobacterias"...

 

já tive essas malditas algas e resolvi seguindo estes passos mais injeccão de h2o2 directamente sobre a ciano...

 

tenta seguir este link é deveras importante.

talvez te possa ajudar...

e boa sorte.:roll: :D

 

http://www.aquariofilia.net/forum/viewtopi...=cianobacterias

 

sem mais

cumps

Manu33

_____________________________

testeaquanc4.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas Filipe,

 

Duas notas:

 

1. Cuidado com o medicamento Ese 500 (pastilhas) ou 1000 (saquetas em pó). Já agora, preço do Ese 1000 é de 10 euros +- e como tenho em casa posso arranjar-te, pois vais precisar de receita médica caso o queiras comprar.

Segundo instruções que me deram, a dose diária é um mg por litro.

Após um dia notei algum desgaste nas ciano.

Continuei a dosear, e no final do segundo dia as ciano já estavam muito fracas.

Tão fracas que apenas agitando a água perto delas era suficiente para as colocar em suspensão. E julgo que foi este o meu problema.

Começei a agitar agua nas stellata e mais algumas que tinham ciano.

Reparei que a água ficou com algumas partículas/ciano em suspensão, mortas ou quase.

Um dia depois, um peixe morto e restante comandita com insuficiencia respiratória. Odor a água choca.

TPA de 30% (é um aqua de 400 litros) imediatamente.

Após meia hora, peixes revelaram melhoria substancial.

Escusado será dizer que não apliquei mais o medicamento.

No dia seguinte, peixes novamente ofegantes.

Nova TPA de 20%.

Peixes recuperaram e até hoje (há 3 semanas) estão saudaveis.

Cianobactérias, nem ve-las. Graça a Deus né!

Conclusão: o Ese actua bem, talvez demasiado rapidamente, e o tratamento tem de ser bem acompanhado, se possível com injecção de oxigénio.

 

2.

Essa calha da Ellos, é impressão minha ou os casquilhos T5 não são estanques?

Nem têm ip 6...

 

Continua o bom trabalho...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

Afim de combater o "alguedo" comecei a dosear com um pouco de dimicina como sugerido pelo Ricardo Pinto.

A dose que usei foi de apenas meia pastilha para 200L. A ideia não é exterminar radicalmente a alga, mais sim evitar maiores propagações. Se conseguir com um uso regular deste antibiótico ir reduzindo as cianos sem afectar drasticamente o equilíbrio do áqua, acredito que com o crescimento da flora e uma normalização no consumo de nutrientes, as cianos acabem por desaparecer.

A Dimicina é um produto que pode ser comprado em farmácias sem receita médica e custa apenas 3€ (20 pastilhas). Não fiquem admirados se vos perguntarem se estão mesmo aflitos com a "diarreia", porque este produto é usado mesmo em último recurso :x

 

Continuo a fertilizar com potássio e fosfatos; Nota-se um ligeiro acréscimo no desenvolvimento de algumas plantas e dá-me impressão que o antibiótico mais o factor luz e nutrientes começam a dar alguns resultados. As algas mantêm-se, mas não se desenvolveram, aliás começam a soltar-se das plantas muito timidamente! Vou continuar a fertilizar e só farei uma TPA assim que os parâmetros de nitratos ou amónia subirem.

Não pretendo adicionar mais dimicina durante estes 3 dias. Se o uso de meio comprimido resultar acho que o problema de muito boa gente será resolvido sem grande stress! Não notei nenhum comportamento esquisito por parte dos peixes, os Discos ficaram ainda com mais apetite e algo mais activos. Passaram de parados a lentos, não demonstram sinais de stress e nadam mais livremente.

Não me afectou os invertebrados, continuam lá calminhos e a fazer aquilo que lhes compete... limpar!

 

nfdc: Obrigado pelas dicas mas não faço intenção de usar Eritromicina para já! Não pretendo correr riscos de forma alguma... Se tiver que aguentar com as cianos por mais 2 meses, prefiro a correr riscos desnecessários. Com o tempo o áqua vai ao sitio! Desde que as plantas cresçam e não haja um surto exagerado de algas (mais algas que plantas) vou deixar andar até que elas desapareçam.

 

De acordo com o tópico do André Silvestre, ele eliminou as algas pretas com potássio e como também essas já me começam a aparecer... acredito que tenho de reforçar ainda mais as dosagens afim de matar o alguedo suplementar :wink:

 

Quanto à calha da ELOS e o facto de não ter casquilhos estanques, não é de todo necessário. As fotos que vês neste tópico na altura em que coloco as HQIs, a calha não tinha o vidro de protecção. Na foto que tirei por baixo da calha é visível que o vidro tapa todas as ligações eléctricas e casquilhos.

 

Abraço,

 

Filipe Oliveira

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

Olha quem está de volta :?

 

20061103b.jpg

 

Ainda com algumas alguitas... mas o pior já era! Espero eu :?

 

Abraço,

 

Filipe Oliveira

Share this post


Link to post
Share on other sites

:wink:

 

Sim cenoura.

Espero que não precises de usar Eritromicina, mas se precisares já sabes.

Share this post


Link to post
Share on other sites

isso ta complicado de crescer mas ta la a andar devagarinho mas ta a andar! gosto bastante do layout mas ainda esta muito maduro como da para ver! vamos ver o que sai dai! Tenhu a certeza que vai ficar estrondoso!

 

 

 

abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

 

Acho que o aquário está lindo e a pedra da esquerda, que a meu ver não ficava aí muito bem, começa a enquadrar com o reto do aquário. A única parte que acho que não fica muito bem no aquário é aquele tronco da esquerda que vem mais para o centro mas suponho que quando as plantas de caule lá de trás crescerem vai se notar menos.

A eleocharis não está a demorar muito tempo a compactar?

 

Mais uma vez, o aquário está fantástico,

 

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá.

 

A eleocharis não está a demorar muito tempo a compactar?

Eu não acho... o aquário foi montado há cerca de 1 mês, e tal como o Filipe já aqui mencionou, andou uns tempos com a eleocharis atacada com cianobactérias.

 

Se comparares a foto inicial com a mais actualizada, verás que a eleocharis já cresceu. Não muito, mas também não se pode esperar milagres. Sem contar, que não sei se o Filipe lhe deu/tem dado umas podas para a incentivar a crescer.

 

My two cents... o Filipe que confirme ou desminta.

 

Cumprimentos

Luís Fortunato

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

Espero que não precises de usar Eritromicina, mas se precisares já sabes.

Acho que não vai ser preciso, a não ser que o tratamento não funcione. Pelo que tenho analisado tem resultado bem, mas ainda resta lá qualquer coisa... Vou continuar por mais uns dias o tratamento e tirar as minhas conclusões.

 

O tratamento que usei foi o seguinte:

 

1º Dia 30.10.2006

Aspiração de fundo e plantas

TPA de 50%

1/2 Pastilha de Dimicina

Fertilização de PO4 e K (15mml - receita ajustada por mim para manter os parâmetros nos valores pretendidos)

Parâmetro de fosfatos após fertilizar - 1.5ppm

 

2º Dia 31.10.2006

Aspiração de fundo e plantas

TPA de 50%

1 Pastilha de Dimicina

Fertilização de PO4 e K

Parâmetros da água:

PO4 - 2ppm

NO3 - 15ppm

 

3º Dia 01.11.2006

Aspiração de fundo e plantas

TPA de 50%

2 Pastilhas de Dimicina

Fertilização de PO4 e K

Parâmetros da água:

PO4 - 2ppm

NO3 - 10ppm

 

4º Dia 02.11.2006

Aspiração de fundo e plantas

TPA de 50%

2 Pastilhas de Dimicina

Fertilização de PO4 e K

Parâmetros da água:

PO4 - 2ppm

NO3 - 10ppm

 

5º Dia 03.11.2006

Aspiração de fundo e plantas

TPA de 50%

2 Pastilhas de Dimicina

Fertilização de PO4, K e NO3

Parâmetros da água:

PO4 - 2ppm

NO3 - 15ppm

 

No dia 03.11.2006 foi notório o tratamento, as algas estavam mesmo muito fracas e de fácil aspiração. Hoje dia 04.11.2006 nada a assinalar... Pelas dúvidas continuo o tratamento de 7 dias com a dosagem de 2 pastilhas de dimicina, não vá isto piorar!!!

 

Durante esta fase não notei comportamentos estranhos dos peixes, continuaram a comer e nunca apresentaram sintomas de falta de ar ou incomodados com o tratamento.

 

Qualquer das formas, obrigado pela ajuda ;)

 

isso ta complicado de crescer mas ta la a andar devagarinho mas ta a andar!

Achas que está a crescer devagar?

 

05.10.2006 - Dia da montagem

20061005b.jpg

 

03.11.2006 - 1 Mês

20061103b.jpg

 

15 dias após o Setup podei as plantas de caule e alguns dias mais tarde a Eleocharis. Com a poda da Eleocharis, pretendia acelerar o seu crescimento e para que me fosse mais fácil de aspirar as algas (cianobacterias).

Para quem desconhece o que as cianos fazem eu posso explicar. Não são como as normais algas que se acumulam nas plantas e que esteticamente ficam mal... estas inibem as plantas de respirar e retiram-lhes os nutrientes. Assim que ganham proporções maiores, as plantas recebem pouca luz e podem mesmo apodrecer, como aconteceu com alguma da minha Didiplis e algumas rotalas. Diria que preferia outro tipo de algas às cianos, embora o ideal é mesmo não ter :wink:

Ainda não sei como apareceram e espero que da mesma forma que apareceram se ponham a andar!!!

 

Concluindo... o crescimento é notável tendo em conta as condicionantes!

 

gosto bastante do layout mas ainda esta muito maduro como da para ver! vamos ver o que sai dai!  tenho (palavra corrigida) a certeza que vai ficar estrondoso!

Maduro? Isso queria eu... talvez daqui a uns meses! Acho que querias dizer "verde"... ainda na fase inicial. :D

 

A única parte que acho que não fica muito bem no aquário é aquele tronco da esquerda que vem mais para o centro mas suponho que quando as plantas de caule lá de trás crescerem vai se notar menos.

As plantas mesmo que não tapem e disfarcem o tronco não tem qualquer problema. A ideia é mesmo dar alguma sombra aos discos... mas irei arranjar forma de não se destacar tanto como está no momento.

 

A eleocharis não está a demorar muito tempo a compactar?

Já conseguiste compactar ou fazer um tapete de eleocharis em 30 dias?

Se usasse 40 vasos, neste momento já deveria de estar. :D

 

Eu não acho... o aquário foi montado há cerca de 1 mês, e tal como o Filipe já aqui mencionou, andou uns tempos com a eleocharis atacada com cianobactérias.

Confirmo!

 

Se comparares a foto inicial com a mais actualizada, verás que a eleocharis já cresceu. Não muito, mas também não se pode esperar milagres. Sem contar, que não sei se o Filipe lhe deu/tem dado umas podas para a incentivar a crescer.

Apenas podei 1 vez ao fim de 15 dias, depois disto tem sido uma batalha e uma trabalheira na aspiração do substrato... Mas mesmo com as cianos ela nunca deixou de crescer, só não cresceu como estava a crescer!

 

Abraço,

 

Filipe Oliveira

Edited by FAAO

Share this post


Link to post
Share on other sites
A eleocharis não está a demorar muito tempo a compactar?

Já conseguiste compactar ou fazer um tapete de eleocharis em 30 dias?

 

 

Eu não mas também não me posso comparar a ti :lol::lol: . Mas realmente tens razão passou pouco tempo desde que o montaste embora pareça que passou mais ;) .

 

Fica bem

Share this post


Link to post
Share on other sites
Este tópico tem mais de 6 meses de antiguidade... Se fizer sentido, por favor considere criar um novo tópico em vez de reactivar este. Obrigado!

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this