O meu aqua de Ciclideos


Marco Monteiro

Recommended Posts

Olá pessoal, tudo bem?

 

Aqui está o link para poderem visualizar o meu aqua de ciclideos. Sei que nao deveria ter um casal de nigrofasciatum e um meeki, no entanto foram oferecidos e irei montar um aqua para ciclideos americanos para onde serão transferidos.

 

 

Um abração,

 

Marco Monteiro

Marco D'Oliveira Monteiro

APC #195

 

Meu Blog

Link to comment
Share on other sites

Obrigado Miguel. Olha de facto não te consigo responder a essa questão, estou inclusivé à espera da ajuda do pessoal pois até ao momento ninguém me soube dizer qual a espécie. Foi-me oferecido como ciclideo africano, e quanto a isso penso que não existe dúvida, no entanto já lhe atribuiram vários nomes, desde Socolofi (que penso que nao seja mesmo) até sei lá mais o que...

Olha fico a aguardar :wink:

Adorei o teu aquário, está um espectáculo, adoro ver essas plantas, parabéns!

 

Um abraço,

 

Marco

Marco D'Oliveira Monteiro

APC #195

 

Meu Blog

Link to comment
Share on other sites

Viva, não gosto da mistura de xistos com rochas calcárias e pedras vulcânicas, assim torna o aquário muito artificial. Bem como aquela pedra no lado direito em cima das rochas furadas... não gosto...

 

E depois está completamente árido, não colocas umas plantas???

 

Tens potencialidade, um bom aquário, mas tens de trabalhar mais a decoração.

 

um abraço

Link to comment
Share on other sites

Sim Miguel, as plantas dão realmente um ar completamente diferente, mas serão a fase seguinte, com calma, pois isto de montar um aqua ainda nos leva algum pilim $$$ :wink:

 

Um abraço,

 

Marco

Marco D'Oliveira Monteiro

APC #195

 

Meu Blog

Link to comment
Share on other sites

Aqui vao o Setup do meu aqua:

 

Tamanho: 120x45x55 (Aquatlantis Evasion)

 

Substrato: Areia da praia + alguns pedaços de coral

 

Decoração: Rochas calcárias; 1 rocha vulcânica; placas de xisto

 

Filtro: JBL CristalProfi 500 (exterior) + AquaClear 400 (filtro e circulação)

 

Aquecedor: Jäger para 300 litros

 

Iluminação: Duas lâmpadas de 30W, (Power-Glow e Marine-Glow)

 

PH: 8.2

 

Níveis de Amónia/Nitritos e Nitratos controlados

 

Trocas semanais de água (cerca de 25%) e aspiração do substrato

 

Alimentação: Granulado Ciclídeos Africanos; Spirulina Grano; Larvas de Mosquito Vermelho Congeladas; Artémia Congelada; Comida Caseira

 

População:

 

1 casal de Labidochromis Caeruleus

 

1 casal de Pseudotropheus Zebra (um amarelo e outro laranja)

 

1 Melanochromis Auratus

 

1 Melanochromis Johannii

 

1 casal de Cyrtocaras Moorii

 

1 Copadichromis Azureus

 

1 Cyphotilapia Frontosa

 

1 Julidochromis

 

1 Ciclideo Africano não identificado

 

1 Synodontis eupterus

 

1 Pimelodus pictus

 

Mais tarde talvez introduza algumas plantas: Valisnérias

Marco D'Oliveira Monteiro

APC #195

 

Meu Blog

Link to comment
Share on other sites

População:

 

1 casal de Labidochromis Caeruleus

 

1 casal de Pseudotropheus Zebra (um amarelo e outro laranja)

 

1 Melanochromis Auratus

 

1 Melanochromis Johannii

 

1 casal de Cyrtocaras Moorii

 

1 Copadichromis Azureus

 

1 Cyphotilapia Frontosa

 

1 Julidochromis

 

1 Ciclideo Africano não identificado

 

1 Synodontis eupterus

 

1 Pimelodus pictus

 

Esta é a mistura explosiva n.º 1 - É uma diversidade muito complexa de exigências de todos os níveis - alimentação incompatível, hábitos sociais e territoriais que tornam deteminadas espécies incompatíveis entre si, um aqua inadequado para Frontosas, que nem devem ser mantidas individualmente, etc, etc, etc. A médio prazo, nunca poderá resultar... :wink:

 

 

Alimentação: Granulado Ciclídeos Africanos; Spirulina Grano; Larvas de Mosquito Vermelho Congeladas; Artémia Congelada; Comida Caseira

 

População:

 

1 casal de Labidochromis Caeruleus

 

1 casal de Pseudotropheus Zebra (um amarelo e outro laranja)

 

1 Melanochromis Auratus

 

1 Melanochromis Johannii

 

Esta é a mistura explosiva n.º 2 vegetarianos. E digo quase, porque a solução passa por ou alimentares toda a população com base vegetariana - spirulina, ou, o que seria mais indicado, manteres peixes compatíveis, com exigências idênticas... De qualquer forma, este é o meu conselho, a decisão será sempre tua... :?

apc_bar.png
Link to comment
Share on other sites

Tudo o que te vou dizer será no pressuposto de que queres definitivamente manter ciclideos africanos, ok? :wink:

 

Em primeiro, começava pela situação mais "grave" - o Pimelodus Pictus, que é um catfish sul-americano de águas ácidas, ao contrário dos restantes.

 

Depois, tens que fazer um introspecção, no sentido de optares por um dos biótopos: ou Malawi ou Tanganyika.

 

Escolhido o biótopo, retiras os outros e tentas, com ou sem a nossa ajuda, seleccionar a população final, considerando as afinidades e incompatibilidades entre as várias espécies... Mas aqui, o ponto de partida será o teu gosto pessoal... :?

apc_bar.png
Link to comment
Share on other sites

Neste caso, e optando pelo lago Malawi, tirava apenas a Frontosa, o Julidochromis e o Pimelodus Pictus (k comprei na Aquaplante ontem, estava misturado com ciclideos do Malawi e a senhora "tão simpática" que lá está não me informou de nada, mesmo quando questionei), certo?

Ficando so com ciclideos do Malawi à partida não deve haver crise, mesmo havendo mistura de mbunas com non-mbunas, certo?

 

Um abraço,

 

MM

Marco D'Oliveira Monteiro

APC #195

 

Meu Blog

Link to comment
Share on other sites

...e o Pimelodus Pictus (k comprei na Aquaplante ontem, estava misturado com ciclideos do Malawi e a senhora "tão simpática" que lá está não me informou de nada, mesmo quando questionei), certo?

 

:wink: (a não ser que não seja um Pimelodus Pictus :? )

 

...Ficando so com ciclideos do Malawi à partida não deve haver crise, mesmo havendo mistura de mbunas com non-mbunas, certo?

 

Ora bem, segunda fase, e falando só das espécies que manténs: Os teus Mbunas (os melanochromis, labidochromis e pseudotropheus) são em muitas coisas diferentes dos teus Haplos (as cyrtocaras e copadichromis), principalmente ao nível da aliementação. Os Mbunas continuam a ser vegetarianos, ao contrário dos teus Haplos. Portanto,

 

Deves decidir assim manter os Mbunas (aos quais podes juntar uma(s) Protomelas - atenção aos tamanhos em adulto - se gostares mesmo de Haplos), ou então em alternativa manter os Haplos "carnívoros" e juntar-lhes mais uns companheiros.

apc_bar.png
Link to comment
Share on other sites

É que segundo aquilo que tenho lido e pesquisado, os Haplos (caso das cyrtocaras e dos Copadichromis) são omnivoros, seja, comem tanto compostos animais como vegetais, pelo que julguei não haver problema em mantê-los com os Mbunas. Dái ter optado por incluir a spirulina na alimentação do aqua. Mas rever melhor essa questão e, possivemente, so irei retirar os ciclideos do Tanganika. Depois logo vejo qual será o resultado.

 

 

Um abraço,

 

MM

Marco D'Oliveira Monteiro

APC #195

 

Meu Blog

Link to comment
Share on other sites

oi Marco M.!

Parece que já começas andar no bom caminho , e andar aqui no forum já começa á dar frutos?

Eu antigamente tinha tambem uma salada russa, como podes ver no "MBUNAS sobral de abelheira@pt" agora não têm nada a ver.Eu agora é só mbunas. E cada vez gosto mais dele.

UM ABRAÇO:

MIGUEL MARTINS

# APC 175 #

MBUNAS

Link to comment
Share on other sites

Já atrás referia que, ainda não sendo o mais ajustado, os assim chamados "omnivoros" :shock: podem ser alimentados com uma base exclusivamente vegetal (claro, em prejuizo dos indices de crescimento e longevidade, creio...). O contrário é que não pode nunca acontecer, pois tal poderá ser fatal...

 

Vou dar-te a minha opinião mais sincera: escolhe um só género, ou Mbunas, ou Haplos, ou outro qualquer. Certamente, ficará um aquário bem mais equilibrado.

apc_bar.png
Link to comment
Share on other sites

ok, agradeço os teus conselhos Sérgio. Como é óbvio prefiro ter um aquário equilibrado do que, como diz o Miguel e bem, uma autêntica salada russa :shock:

Vou optar por retirar os Haplo's e tambem os ciclideos do Tanganika. Penso que o resultado será bom!

Só mais uma pergunta, achas boa ideia colocar umas Valisnérias no aqua?

Uma vez mais obrigado e desculpa este bombardeamento todo, mas sabes como são os principiantes. Além do mais, considero este fórum uma mais valia, pois tenho aprendido muita coisa...

 

Um abração,

 

MM

Marco D'Oliveira Monteiro

APC #195

 

Meu Blog

Link to comment
Share on other sites

oi Marco M.

O nosso objectivo é ajudar e aprofundar melhor os conhecimentos de cada um .E é de bom agrado que tu também gostes,porque a ultima opinião é sempre tua.Salada russa :shock::wink: acontece porque gostamos de todos ,e queres-mos todos no nosso aquario,não é?

Mas ao pouco vamos que estamos a projudicar o eco sistema de cada um.

mas com o tempo vamos lá. depois manda fotos.

UM ABRAÇO:

MIGUEL MARTINS

# APC 175 #

MBUNAS

Link to comment
Share on other sites

Isso é verdade Miguel, são todos fascinantes :wink:

 

Bom, por agora vou ter de arranjar alguém que queira trocar os Haplo's e os Tanganika por Mbunas :shock:

 

Depois mando fotos.

 

Um abração,

 

MM

Marco D'Oliveira Monteiro

APC #195

 

Meu Blog

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

A mistura dos alcalinos é possivel porem não indicada, penso que o maior problema é super popular o aquario, com relação a ph e dureza se os peixes não forem selvagens eles ficaram bem, a alimentação a base de spirulina é regra, porem as outras racões para ciclideos também são equilibradas, mesmo não sendo exclusivamente vegetal nunca tive problemas e são desenvovidas para atender a peixes com habitos alimentares diferentes.

Eu tenho 8 tangs, 3 aulonocaras e 4 mbunas...

admin@ciclideos.com.br

Link to comment
Share on other sites

Actualização do setup do meu aqua:

 

Tamanho: 120x45x55 (Aquatlantis Evasion)

 

Substrato: Areia da praia + alguns pedaços de coral

 

Decoração: Rochas calcárias; 1 rocha vulcânica; placas de xisto

 

Filtro: JBL CristalProfi 500 (exterior) + AquaClear 400 (filtro e circulação)

 

Aquecedor: Jäger para 300 litros

 

Iluminação: Duas lâmpadas de 30W, (Power-Glow e Marine-Glow)

 

PH: 8.2

 

Níveis de Amónia/Nitritos e Nitratos controlados

 

Trocas semanais de água (cerca de 25%) e aspiração do substrato

 

Alimentação: Granulado Ciclídeos Africanos; Spirulina Grano; Larvas de Mosquito Vermelho Congeladas; Artémia Congelada; Comida Caseira

 

População:

 

1 casal de Labidochromis Caeruleus

 

1 casal de Pseudotropheus Zebra (um amarelo e outro laranja)

 

1 casal Pseudotropheus Greshakei

 

2 Cynotilapias afra Cobue orange back

 

1 Copadichromis Azureus

 

1 Ciclideo Africano não identificado

 

1 Synodontis eupterus

 

3 Valisnérias Spiralis

 

Um abraço,

 

Marco Monteiro

Marco D'Oliveira Monteiro

APC #195

 

Meu Blog

Link to comment
Share on other sites