Nano "biótopo" de água fria


Recommended Posts

Boas,

 

Resolvi experimentar fazer qualquer coisa em água fria que não se limitasse aos normais Carassius auratus.

Procurei que funcionasse como um biótopo no sentido alargado da palavra - no caso, asiático, que tivesse bastante vegetação e que esta não fosse demasiado exigente, o aqua não teria aquecimento - pelo que a temperatura é um factor chave e definidor neste projecto, as espécies tanto animais como vegetais são todas escolhidas em função desse factor. Quanto aos peixes, por sorte alguns dos meus favoritos como os Tanichtys albonubes e os Oryzias latipes tinham o perfil indicado para este tipo de projecto, além deles penso ainda acrescentar um Beaufortia leverettii juvenil brevemente, que irei trocando para os aquas maiores ou dando à medida que atingirem o tamanho adulto. No que respeita às plantas, escolhi também das mais "banais", só a Utricullaria graminofolia é um pouco excepção a esta regra, no entanto no que toca ao resto das características enquadra-se perfeitamente no perfil adequado.

Para tanque utilizei um dos banais e "malfadados" Aquapor de 15 litros que tinha encostado, fiz umas pequenas adaptações para remover o caixilho superior, já que seria um aqua aberto, e aprimorar um pouco a estética do aqua.

 

Aqui fica o setup:

 

Substrato:

2 Kg de lavalite, diversos seixos médios de rio.

 

Equipamento:

Dymax Clip Lighting de 11 Watts.

Filtro de externo Jebo 501 Mini filter de 250 l/h, material filtrante de esponja e EHEIM Substract pro, com oxigenação por agitação.

Aquário de “água fria” sem termóstato.

Termómetro interno.

 

Flora:

Musgo de Java (Vesicularia dubyana)

Ceratophyllum demersum

Utricularia graminifolia

Eleocharis acicularis (à experiência)

1 Cladophora aegagropila

 

Fauna:

2 Medakas Japoneses, (Oryzias latipes),

5 Vairões de Montanha da Nuvem Branca (Tanichthys albonubes)

 

DSC00235.jpg

Um plano geral do aqua com 2 dias de montado.

 

DSC00237.jpg

Um plano de pormenor.

 

Neste projecto há também uma vontade tentar fazer um pouco pela "imagem" das espécies de águas temperadas, os normalmente chamados de água fria, que são tantas vezes olhados como os "parentes pobres" da aquariofilia. Tentei fazer um pequeno aqua que estivesse à altura do que se faz nos (neste caso nanos) tropicais.

Gostava de ouvir opiniões e sugestões para novos projectos dentro deste conceito! :oops:

 

Abraços.

Cumprimentos,

 

David de Jesus

 

http://peixedourado.blogspot.com/

Link to comment
Share on other sites

eu vou vender o peixe como me venderam...

 

' os medakas são peixes de cardume :shock: '

 

eu comprei 10... e não andam em cardume :wink:

 

 

mas prontos ao menos reproduziram-se..

 

tens um casal?

http://s8.bitefight.com.pt/c.php?uid=30563 Ao clicar, está a ajudar.
Link to comment
Share on other sites

Boas,

 

Eu sempre tive a ideia de que os Medakas são peixes sociais mas nunca os vi como de cardume... até estiveram durante muito tempo classificados como killis e os killis não são, regra geral, de cardume. Enfim, os dois que tenho no aqua andam todos contentes!

Se são casal ou não tou desconfiado que não, pelo menos não consigo observar nenhum dimorfismo, e já na loja também não consegui distinguir nenhum, e perguntar aos empregados da loja (nem me sabiam, numa ocasião, diferenciar o sexo dos Platys) foi coisa que nem considerei seriamente. Um destes dias vou tentar tirar o caso a limpo!

 

Abraços.

Cumprimentos,

 

David de Jesus

 

http://peixedourado.blogspot.com/

Link to comment
Share on other sites

Olá

 

 

É impressão minha ou os seus O. latipes são brancos? A variedade branca é a menos comum, ao que parece tinha alguns problemas geneticos, o mais provavel é os seus não os terem. Eu tenho a variedade gold, já me ofereceram selvagens mas eu não estava interessado.

Se os seus se reproduzirem eu estou interessado. Os ovos ficam agarrados em cacho ao ventre da fêmea durante algum tempo.

Abraços

 

Paulo José

Link to comment
Share on other sites

Boas,

 

São de facto os dois brancos, na loja onde comprei também existiam alguns dourados (estavam misturados), se não estou em erro a variedade dourada é obtida através de reprodução selectiva e a branca é mais próxima da forma selvagem, correcto?

Entretanto estou cada vez mais intrigado com a questão da definição do sexo dos exemplares que tenho, será que pela vossa experiência me poderiam dar algumas pistas? O modo que conheço é através do tamanho das barbatanas e de as femêas terem um corpo mais "cheio", mas nos exemplares que tenho por aí não consigo chegar lá. :lol:

Se eles se reproduzirem podes contar com alguns exemplares, no entanto se não quiseres esperar posso-te dar o contacto da loja onde os adquiri.

 

Quanto ao Limpa-vidros de água fria já está nos meus planos, é o Beaufortia leverettii que mencionei no post inicial! :lol: Tinhas alguma outra espécie em mente?

Cumprimentos,

 

David de Jesus

 

http://peixedourado.blogspot.com/

Link to comment
Share on other sites

Olá

 

 

A forma selvagem da O. latipes é cinzenta como aliás a maior parte das especies do genero. A forma branca é, como todas as formas coloridas da O. latipes, uma selecção de aquario. Pelo menos algumas estirpes dessa forma tinham genes semi letais.

Os machos são mais esguios e as fêmeas mais volumosas, é a unica diferença real e permanente. A reprodução deve ser feita como com Killis.

Sim, agradecia a morada dessa loja.

Abraços

 

Paulo José

Link to comment
Share on other sites

Boas,

 

Esse da foto é precisamento o Beaufortia leverettii, penso que a razão porque não encontraste nada no Google poderá ter sido por a maior parte das entradas estar grafada como "leveretti" e não "leverettii", enfim, preciosismos. :?

 

Já agora, tenho andado a pesquisar sobre a espécie com o propósito de elaborar uma ficha sobre ela e não consigo encontrar em lado nenhum informação sobre a média de vida dos O. latipes, será que me podem adiantar alguma informação sobre esse aspecto? :(

 

Quanto à loja, foi na Ornimundo da Gare do Oriente, no entanto também costumam haver na Ornimundo do Fórum Montijo que é capaz de ser mais perto de onde vives!

 

Abraços.

Cumprimentos,

 

David de Jesus

 

http://peixedourado.blogspot.com/

Link to comment
Share on other sites

E já agora também, se não remover os ovos para um aquário de criação, os pais têm tendência a comer os alevins? Ou seja, num aqua com espécies calminhas e pouco comilonas, ou num aqua apenas com Medakas será imprescindível retirar os ovos?

 

Obrigado!

Cumprimentos,

 

David de Jesus

 

http://peixedourado.blogspot.com/

Link to comment
Share on other sites

só sei que por vezes chego a ornimundo e vejo lá medakas bebez... eles andam com os pais.. mac duvido que não os comam... eles também tão no local onde teem plantas...

 

quanto ao tempo de vida... os meus duraram 3 anos... depois tive que os dar... e reproduziram-se... ia oferecendo... mas se comem os filhos nunca vi....

http://s8.bitefight.com.pt/c.php?uid=30563 Ao clicar, está a ajudar.
Link to comment
Share on other sites

Boas,

 

Publiquei uma primeira edição da ficha sobre o Medaka aqui no fórum! Podem ver em: http://www.aquariofilia.net/forum/viewtopi...p=297893#297893

 

Abraços.

Cumprimentos,

 

David de Jesus

 

http://peixedourado.blogspot.com/

Link to comment
Share on other sites

  • 2 years later...