belita

Projecto para lago (Início da construção)

Recommended Posts

Belo lago.

 

Vi que ja o tens a uns anos, por acaso tens alguma tabela com os valores de temperatura que ele "sofre"?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não tenho uma tabela feita com toda a precisão, mas posso dizer que a temp. do lago tem oscilado entre os 24º máximo, no verão e o mínimo que registei até agora form 5º por volta das 6h numa fria manhã de inverno.

 

Tenho uma pequena pia de pedra, das utilizadas antigamente para alimentar os animais, ao lado do lago e a agua que lá tem chegou a congelar totalmente e o lago manteve-se nos 5º, por acaso fiquei surpreendida banana rock

 

Em relação às algas o filtro UV está a fazer o seu papel e coloquei redes a proteger as plantas dos ataques loucos das tartas. e com isto parece que estou a conseguir outro equilíbrio.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esta é o tal cesto que fiz por causa das tartas, nele coloquei os jacintos, encontra-se preso a uma pedra de modo a que os jacintos fiquem a boiar dentro dele e as folhas e raizes fiquem protegidas.

 

IMG_1120.jpg

 

Este é o filtro UV:

 

IMG_1118.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se quiser pôr peixes de água fria bonitos vá á lagoa azul e apanhe percas sol, e essas pode pode pôr junto com tartarugas, pois na lagoa azul elas coabitam com cágados e também tartarugas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Após vários anos a bombar, o lago está no seu máximo.

 

A fibra de vidro revelou ser o melhor investimento.

 

Depois de todo este tempo, penso que até os pássaros das redondezas já consideram o lago como elemento do se habitat e recorrem a ele com regularidade para beber e tomar banho.

 

A água vai alternando períodos em que está mais turva e outros em que fica límpida conforme a luz e a temperatura e o lago aguenta perfeitamente as baixas temperaturas mantendo um mínimo de 5ºC.

 

Os peixes vão-se reproduzindo e da mesma forma alimentando as tartarugas, as larvas de libelinha e provavelmente as tartarugas, desta forma os cardumes mantêm-se equilibrados.

 

Tirando o trabalho de limpeza do final de verão e início da primavera, não dá quase trabalho e este é compensado de forma soberba pelas tardes bem passadas a ouvir a água cair as rãs a cantar e o corrupio da natureza.

 

Para quem tenha dúvidas esta é sem dúvida uma excelente aposta.

 

IMG_3649.jpg

IMG_3509.jpgIMG_3494.jpgIMG_3512.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

A última é a pinheirinha, é muito fácil de arranjar, em qualquer regato. Tem um crecimento rápido e é boa oxigenadora.

 

A da flor azul... vou pesquisar, não me lembro do nome :oops:

Share this post


Link to post
Share on other sites

já aqui há tempos me tinha perguntado como estaria o teu lago :)

ficou fantastico!

nao tens fotos da fauna?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nunca acrescentei mais fauna ao lago desde a sua construção, com excepção de uma rã albina que andava a destruir um aquario. Só a título de curiosidade, as rãs verdes adoptaram-na com elemento da sua cominidade e chegam a agarrar-se a ela com carraças, parece que aproveitam a boleia à medida que esta se passeia pelo lago. Elas são de espécies totalmente diferentes e por isso é impensável pensar em reprodução de hibridos, certo??

 

IMG_8963.jpg

 

Aqui se mantém as tartarugas, corcundas do mississipi, que raramente vejo pois estão cada vez mais esquivas. Penso que isso faz parte do que é o comportamento normal das tartas em ambiente natural.

 

As rãs verdes são talvez as rainhas do lago. Coloquei 2 pedaços de cortiça onde elas aproveitam para apanhar longos banhos de sol e onde se escondem no meio de juncos, que entretanto começaram a crescer, para caçar insectos.

 

IMG_8279.jpg

 

 

Os peixes, penso que bogas portuguesas (não tenho a certeza) têm criado todos os anos e mantêm uma população estável.

 

IMG_9496.jpg

 

IMG_8277.jpg

 

 

IMG_8952.jpg

 

 

IMG_9501.jpg

 

 

IMG_9493.jpg

 

 

Já agora agradecia se alguém identificasse estes peixes, tenho alguma dúvida de que sejam efectivamente bogas portuguesas.

Edited by belita

Share this post


Link to post
Share on other sites

Adorei a forma como foi feito e tudo o que o envolve....Parabéns.....

Edited by João Cunha

Share this post


Link to post
Share on other sites

quanto as tartarugas que referes,tenho uma e também e muito esquiva ,tenho outra de face rosada que como cresceu desde pequena em aquaterrario é muito mansa ,agora a essa nem se ve.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá, belita!

Acho que são mesmo bogas portuguesas.

As rãs dão-se bem com os peixes?

Há tempos apareceu uma rã no meu lago, parecida com essas tinha era umas pintas vermelhas. Achei-a um bocado nojenta e tive algum receio, e corri com ela. Se calhar fiz mal!? Que achas?

Share this post


Link to post
Share on other sites

adorei o teu lago, so um pequeno aparte cuidado com essa menina que dizes ser albina, parece ser uma rã-de-unhas-africana, como é apenas uma nao te deve criar grandes problemas mas elas teem a tendencia a comer tudo o que lhes caiba na boca

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um lago muito interessante, a fibra de vidro é certamente um material a levar em consideração em alguns tipos de lagos.

 

Penso que a partir de uma base em betão armado se poderá aplicar algumas demãos de fibra de vidro, para impermeabilização. Como a fibra de vidro é relativamente flexível, nunca abrirá rachas, ao contrário do betão.

 

O grande problema é que esta técnica não é barata, a fibra e a resina são dispensiosas e, além disso, exige bastante trabalho.

 

 

Miguel

Share this post


Link to post
Share on other sites

o lago está muito bonito,

 

uma questão: o pinheirinho de água encontra-se em qualquer riacho, mas como é que se "planta" no lago?

eu plantei vários pés mas devo ter feito asneira, não morreram mas nunca cresceram

Share this post


Link to post
Share on other sites

Antes de mais parabens pelo lago, tá excelente...

 

o lago está muito bonito,

 

uma questão: o pinheirinho de água encontra-se em qualquer riacho, mas como é que se "planta" no lago?

eu plantei vários pés mas devo ter feito asneira, não morreram mas nunca cresceram

 

 

Tambem gostava de saber como se plantam as pinheirinhas, são boas oxigenadoras ou as elodeas são melhores?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite e obrigada a todos!

 

As rãs verdes estão no lago desde o início e nunca tive problemas, nem com os peixes nem com as tartas. De facto, posso dizer que neste momento o equilíbrios está perfeito já que entre as várias espécies vai havendo como que uma auto-gestão da população.

As rãs são capazes de percorrer longas distância à procura de novos territórios e companhias, pelo que é uma questão de tempo até encontrarem os nossos lagos e aí fazerem a sua nova morada. Parece-me que não lhes devemos "fechar a porta". Digo isto tendo tentado um lago o mais natural e português possível (excluindo as tartas que herdei) não sei se isto se aplica a quem tem carpas... :unsure:

 

 

 

Em relação à pinheirinha, eu plantei-a em vasos. Estes devem estar bem perfurados de formas a que haja uma circulação razoável, caso contrário criamos locais mortos, podres e cheios de bactérias anaeróbias. Utilizo vasos normais que perfuro bastante, coloco um pouco de gravilha no fundo, alguma terra e volto a colocar gravilha por cima. Isto impede que a terra se espalhe e fique a flutuar, a gravilha no fundo torna a terra menos compacta e aumenta a circulação. Faço isto com todas as plantas.

Nunca experimentei elódeas, penso que a pinheirinha se dá melhor com a temperatura do norte. Julgo que são ambas igualmente boas oxigenadoras.

 

De facto a fibra de vidro foi um excelente investimento, custou-me um pouco gastar o dinheiro na altura mas sem dúvida que ficou muito bom.

 

A rã albina morreu no dia seguinte a ter colocado estas fotos, não percebí porquê :cry:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá, parabéns pelo lago.

Sobre os peixes, parecem ser "ruivacos" (podem ter várias designações dependendo da região do país). Se assim for terão as barbatanas laterais avermelhadas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá, Belita!

Há dias o meu primo que mora aqui ao lago, quis dar-me uma tartaruga para o lago.

Qual a tua opinião, elas dão-se bem com os peixes e não fojem do lago?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ola Belita,

 

essa empresa que arranja lagos ainda existe ? Pode me dar os contactos por favor.

É que tenho um à ca. 15 anos e um bocado maior, mas esta perdendo agua e em vez de pintar com tinta de piscina gostei da solução de fibra de vidro.

 

M. Cmpts.

Aurelio

Share this post


Link to post
Share on other sites