Sign in to follow this  
Hugo RSF

Projecto do projecto do novo aquário

Recommended Posts

Ainda falta uns meses valentes para ter o novo aquário (a casa tem de ser construída primeiro:p)o que até é bom porque posso projectar (ou ir projectando) a coisa com calma e ouvir diversas opiniões.

 

Este tópico será, para já, para discutir o sistema em si e os fluxos da água e não equipamentos. Contudo mais lá para a frente entraremos nesse campo. Até porque ainda nem o tamanho dos aquários sei ao certo embora o principal esteja, até ver, projectado para ter 250 x 100 x 50(alt).

 

O que queria ouvir/ler eram críticas a este sistema, situações de segurança a ter em conta, aspectos práticos, pormenores, etc...

 

Aqui fica um esboço da coisa. (parece uma árvore de Natal mas é para se entender melhor :D)

 

sistemaaqurio4yv.jpg

 

Penso que a árvore de natal está suficientemente clara, vou apenas fazer referência ao fluxo vermelho com os controladores:

 

A idea é ter o depósito da água de osmose acima do nível do reactor para esta o alimentar, por gravidade. A bomba de mistura do reactor estará ligada a um controlador de nível (E1) e liga quando a água descer de um determinado ponto. A válvula (F) estará igualmente ligada a um controlador (E2) e liga da mesma forma. Os meus principais objectivos com esta situação são:

 

1º - Evitar o uso de uma bomba peristáltica.

2º - Fazer com que a bomba de mistura funcione apenas quando é preciso maximizando assim o seu uso e poupando energia.

 

O controlador ligado à bomba de mistura estará uns cm acima do outro controlador, assim é ligado primeiro e vai misturando o kalk. Poucas horas/minutos(???) (quanto tempo é preciso a bomba funcionar para misturar o kalk correctamente? :? ) depois mais água evapora e a válvula alimenta o reactor repondo a água evaporada com kalk.

 

O principal problema que vejo aqui, é se a válvula pára, antes da água atingir, na sump, o contrlador da bomba de mistura. Lá se ia um objectivo à vida... Será que dá ou vou ter sempre a bomba a trabalhar e assim não vale a pena colocar lá o controlador da bomba?

 

Se não der desta forma, que tal colocar o reactor a ser alimentado por uma bomba (não peristáltica mas de fluxo pequeno), estando esta bomba ligada ao controlador (E1) na mesma? A desvantagem que vejo é que terei de ter mais alguma segurança na sump, para o caso de ser inserida mais água que aquela que evapora.

 

Sugestões, críticas, ideias, são bem vindas, claro está :P

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hugo,

 

antes de mais paraéns pela decisão!!!

 

:arrow:

 

Um bervíssimo comentário.

 

Um sistema deste tamanho, se utilizar automatismos tem sempre de considerar redundânica e mecanismos de segurança por isso traça sempre os piores cenários (e se aquela bomba queimar, e se aquela boia colar, e se a valvula prender, etc...)

 

Quanto ao caso que expões eu penso que estás a ser excessivamente preciosista ao forçar a agitação do reactor de Nilsen pelo nível da sump.

 

Outra coisa: o teu sistema vai ter evaporação em barda e eu não hesitaria em (com boas soluções de segurança e redundância) ligar a RO/DI ao sistema a partir da água da companhia.

 

Finalmente: vou fazer uma "espécie de reactor de Nilsen" mais uma coisa tipo "Calcium dispenser" da Tunze que faz a mistura da kalk passivamente sem bomba. Não gosto muito da ideia de ter bombas a misturar uma solução saturada de CaOH. Sinceramente parece-me que com o dispensador vou ter igualmente uma kalkwasser saturada.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Hugo,  

 

antes de mais paraéns pela decisão!!!

Gracias :D !!!

 

Um sistema deste tamanho, se utilizar automatismos tem sempre de considerar redundânica e mecanismos de segurança por isso traça sempre os piores cenários (e se aquela bomba queimar, e se aquela boia colar, e se a valvula prender, etc...)
Sim, já pensei nessas coisas embora faltae solução para uma delas, ora vejamos:

 

BOMBAS

Em princípio só vou ter 3 bombas de fluxo:

- A que alimenta o refúgio.

- A que alimenta o surge device.

- A que alimenta o aquário.

 

Em relação às 2 primeiras, se deixarem de funcionar não tem qualquer problema (directo). O refúgio fica isolado assim com o Surge device.

Em relação à 3ª bomba, acontece o que normalmente acontece num sistema comum, ou seja, a sump fica isolada do aquário principal. O normal numa falta de luz, por exemplo.

 

BOIA DA BOMBA DE MISTURA do REACTOR DE KALK

Se esta boia deixar de funcionar o kalk não é misturado;

Se a bomba colar, o kalk está constantemente a ser misturado. Ou seja, nada de muito problemático.

 

BOIA DA VÁLVULA E VÁLVULA

Aqui está o problema principal, quanto a mim. Se deixar de funcionar não tem problema, não é reposta a água evaporada, agora se por qualquer motivo a boia colar ou a valvula prender, haverá inundação...

 

Uma solução seria que o depósito de osmose "coubesse" todo no sistema, o que está fora de questão, parece-me a mim.

 

A solução mais próxima que consegui até agora foi comprar um alarme de inundação (vendem-se no Lidl por 35€) e fazer/pedir-a-alguém-minimamente-entido-que-faça uma ligação desse sensor a uma tomada que cortaria a energia a todos os equipamentos na sump e ligaria uma torneira (electrónica, claro está) que esvaziaria a sump directamente para o esgoto. A sump tem com certeza capacidade para recolher toda a água do depósito da osmose.

 

Funcionará? Será a melhor maneira? Sinceramente não sei... :lol:

 

Quanto ao caso que expões eu penso que estás a ser excessivamente preciosista ao forçar a agitação do reactor de Nilsen pelo nível da sump.
Acho que tens razão; uma bomba fraquinha nem gasta assim tanto e posso só fazer a adição durante a noite, e como tal durante o dia não precisa de estar ligada. :arrow:

 

Outra coisa: o teu sistema vai ter evaporação em barda e eu não hesitaria em (com boas soluções de segurança e redundância) ligar a RO/DI ao sistema a partir da água da companhia.

Eu hesitaria e hesito!!! Pensei nisso inclusivé, mas a primeira água que sai da osmose não é de grande qualidade. Pode-se comprovar isto medindo a condutividade ou o TDS, pelo que "não me cheira" que vá usar tal sistema. Outro preciosismo? É possivel! :x:lol:

 

Finalmente: vou fazer uma "espécie de reactor de Nilsen" mais uma coisa tipo "Calcium dispenser" da Tunze que faz a mistura da kalk passivamente sem bomba. Não gosto muito da ideia de ter bombas a misturar uma solução saturada de CaOH. Sinceramente parece-me que com o dispensador vou ter igualmente uma kalkwasser saturada.
Então, depois disso estar pronto, ou no dia da montagem, faço-te uma visita e vemos isso a funcionar ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hugo grande projecto!!

aPenso que a árvore de natal está suficientemente clara, vou apenas fazer referência ao fluxo vermelho com os controladores:

 

A idea é ter o depósito da água de osmose acima do nível do reactor para esta o alimentar, por gravidade. A bomba de mistura do reactor estará ligada a um controlador de nível (E1) e liga quando a água descer de um determinado ponto. A válvula (F) estará igualmente ligada a um controlador (E2) e liga da mesma forma. Os meus principais objectivos com esta situação são:

 

1º - Evitar o uso de uma bomba peristáltica.

2º - Fazer com que a bomba de mistura funcione apenas quando é preciso maximizando assim o seu uso e poupando energia.

 

O controlador ligado à bomba de mistura estará uns cm acima do outro controlador, assim é ligado primeiro e vai misturando o kalk. Poucas horas/minutos(???) (quanto tempo é preciso a bomba funcionar para misturar o kalk correctamente? :D ) depois mais água evapora e a válvula alimenta o reactor repondo a água evaporada com kalk.

 

O principal problema que vejo aqui, é se a válvula pára, antes da água atingir, na sump, o contrlador da bomba de mistura. Lá se ia um objectivo à vida... Será que dá ou vou ter sempre a bomba a trabalhar e assim não vale a pena colocar lá o controlador da bomba?

 

Se não der desta forma, que tal colocar o reactor a ser alimentado por uma bomba (não peristáltica mas de fluxo pequeno), estando esta bomba ligada ao controlador (E1) na mesma? A desvantagem que vejo é que terei de ter mais alguma segurança na sump, para o caso de ser inserida mais água que aquela que evapora.

 

O controlador de nível ligado ao depósito de água de RO está correcto mas o que está ligado ao rector de KAlk é desnecessário porque a água irá subir, em circunstâncias normais, apenas até ao controlador que regula o depósito de água. Ou seja, o 2º controlador não serve para nada porque a água nunca o atinge e a bomba estará sempre a trabalhar. Eu uso 1 bomba de 500L/h e está impecável. A única coisa que convem fazer é lavá-la de 6 em 6 meses com vinagre ou outro ácido fraco, para eliminar os calcário acumulado.

 

O que podes é ligar os 2 controladores ao depósito de água de RO, pois se o 1º falhar tens o 2º para prevenir... :D

 

Outra ideia, como o Nuno referiu, é usar 2 bombas de retorno, pois se colocares os aquecedores na sump, de inverno é letal para o aquário principal se a bomba falhar. Podes é, em vez/para além da 2ª bomba de retorno colocar 1 dos aquecedores-termostato no refúgio(é o que vou fazer assim que o refúgio estiver pronto...

 

Embora seja cómodo, é perigoso ter a osmose ligada ao sistema, devido ao perigo do sensor de nível falhar.

Usando um depósito grande o suficiente para que o sistema permaneça autónomo durante as férias (muito importante!!) podes usar um escoamento(overflow) da sump para o esgoto. Fazes um furo no vidro traseiro da sump e colocas 1 joelho de 90º de forma a permitir o escoamento sem tranbordar a sump e acima do nível normal de água na sump. Vê este link http://oregonreef.com/sub_access.htm no ponto 3.

Apenas tens de usar um depósito de água não demasiado grande de forma a não descer muito a salinidade, no caso do regulador de nível falhar...

 

E se a casa está a ser feita agora podes assim colocar uma ligação ao esgoto debaixo do aquário, assim como o João Cotter fez. Vê o início do tópico do Diogo Lopes que falam nestas questões de segurança...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Outra ideia, como o Nuno referiu, é usar 2 bombas de retorno, pois se colocares os aquecedores na sump, de inverno é letal para o aquário principal se a bomba falhar. Podes é, em vez/para além da 2ª bomba de retorno colocar 1 dos aquecedores-termostato no refúgio(é o que vou fazer assim que o refúgio estiver pronto...

Parece-me bem, é um caso a estudar. Não gosto de grandes fluxos no retorno, muito pelo contrário, mas é um caso a pensar... :lol:

 

podes usar um escoamento(overflow) da sump para o esgoto. Fazes um furo no vidro traseiro da sump e colocas 1 joelho de 90º de forma a permitir o escoamento sem tranbordar a sump e acima do nível normal de água na sump

Claro!!! Que parvo que fui :D . É muito mais simples que a engenhoca que estava para al a engendrar... Obrigado. :D

 

Apenas tens de usar um depósito de água não demasiado grande de forma a não descer muito a salinidade, no caso do regulador de nível falhar...

Não percebi a ideia... :D

O depósito será, como referiste, o aior possível para ter a menor manutenção possível... Se o overflow estiver pouco acima do nivel normal, não haverá esse problema, certo?!...

 

E se a casa está a ser feita agora podes assim colocar uma ligação ao esgoto debaixo do aquário, assim como o João Cotter fez
Felizmente não precisarei disso. Será um aquário embutido na parede e portanto a casa das máquinas não precisa de ser bonita, apenas funcional. :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

 

Grande projecto que tens aí em mão.

 

Só umas perguntas :?: ...a circulação como vai ser feita? Apenas com a bomba e o Squid? Já tens ideia qual a bomba a utilizar?

 

A outra dúvida... é se tens experiência em alimentar o escumador por gravidade? Que escumador estás a pensar pôr?

 

Ah! É verdade... então estás a fazer um aquário de 250 x 100 x 50 e não queres gastar dinheiro numa peristaltica? :) Não era quase a mesma coisa (mais 50€ ou menos um bocadinho) comprares só uma boia e a peristaltica?

 

Sempre se confirma que esse aquário vai ser só para peixes?

 

Abraço,

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá Hugo

 

Queria perguntar-te algumas coisas sobre o teu novo projecto, uma deles e começado pelo principio do teu post é porque só 50 cm de altura?

Vais adicionar kalk durante o dia?

Para que serve o vidro na diagonal que está na sump do lado direito?

No aquário de quarentena porque que a saída para o esgoto está tão elevada em vez de estar no fundo ou na lateral mas o mais baixo possível?

O meu ponto de vista

Acho que tens falta de circulação para um aquário desse tamanho.

Não é necessário tantos vidros na sump par quebrar as bolhas de ar, como tens as bóias mais acima que o vidro mais baixo do quebra bolhas 2 vidros chegavam muito bem

Caso reactor de kalk seja para ser ligado sempre que o nível de água baixar não achas que durante o dia vais ter um PH altíssimo? A ausência de uma bomba peristáltica vai levar que tenhas um pico de Ph sempre que for necessário adicionar água ao aquário, a meu ver não é boa onda. Como estas a pensar em segurança acho que devias ter duas bóias só para a válvula, uma para o mínimo e outra de segurança para quando a primeira colar por alguma razão a segunda fechar a válvula.

Quanto a bóia que a bomba de mistura do reactor é uma boa ideia mas tens que a colocar a mesma altura que a bóia da válvula, assim sempre que o nível voltar ao normal a bomba desliga.

Agora não usar uma bomba peristáltica porque é cara quando se está a montar um sistema destes acho uma asneira das grandes.

 

Abraço

Pedro Pacheco

Share this post


Link to post
Share on other sites
Apenas tens de usar um depósito de água não demasiado grande de forma a não descer muito a salinidade' date=' no caso do regulador de nível falhar... [/quote']

Não percebi a ideia... :)

O depósito será, como referiste, o aior possível para ter a menor manutenção possível... Se o overflow estiver pouco acima do nivel normal, não haverá esse problema, certo?!...

 

Imagina que o depósito é enorme e o controlador de nível falha. Começa a entrar água na sump, apesar de escoar pelo overflow da sump, começa a fazer descer muito a salinidade. Neste caso se o depósito for MUITO grande a salinidade pode descer para níveis perigosos para os habitantes do aqua, pois não te esqueças que a(s) bomba(s) de retorno estará sempre ligada :D

 

Ah :!: e porquê só 50cm de altura??

Share this post


Link to post
Share on other sites

Desde já obrigado pela participação. Vamos lá então responder a cada caso. :D

 

 

 

Só umas perguntas  ...a circulação como vai ser feita? Apenas com a bomba e o Squid? Já tens ideia qual a bomba a utilizar?

Ainad não cheguei a essa fase, só penso nisso quando o tamanho do aquário estiver definido, de qualquer das formas, não será com a bobma de retorno, até porque não gosto de retornos com grande fluxo. em princípio terei o retorno 2 ou 3 Stream 6060 e o resto com closed loop ou outras bombas... A bomba de retorno será uma OR3500 que é a que tenho de momento. Eventualmente com uma outra de "backup" como foi sugerido pelos Nunos ;)

 

A outra dúvida... é se tens experiência em alimentar o escumador por gravidade? Que escumador estás a pensar pôr?
Não tenho experiência, neste momento tenho o escumador a ser alimentado por uma bomba. O escumador será o actual: DELTEC APF600.

 

Ah! É verdade... então estás a fazer um aquário de 250 x 100 x 50 e não queres gastar dinheiro numa peristaltica?  Não era quase a mesma coisa (mais 50€ ou menos um bocadinho) comprares só uma boia e a peristaltica?
lol. Não tem a ver com o dinheiro. É um bloqueio como o que tinha pelas osmoses e enquanto não passar, como passou o das osmoses, não quero comprar uma peristáltica. Eu já tenho os controladores. :wink:

 

Sempre se confirma que esse aquário vai ser só para peixes?
E moles e LPS's. Sim! Até ver, será isso!

 

Queria perguntar-te algumas coisas sobre o teu novo projecto, uma deles e começado pelo principio do teu post é porque só 50 cm de altura?
Porque tenho de chegar com o braço lá abaixo. Eventualmente terá 60, mais não. Mas isso ainda não pensei "a sério".

 

Vais adicionar kalk durante o dia?

Não pensei ainda nisso. Nem considero importante a não ser para a bomba de mistura do reactor de kalk não funcionar o dia todo. Considero um preciosismo adicionar kalk só à noite.

 

Para que serve o vidro na diagonal que está na sump do lado direito?
Para as partículas de "sujidade" ficarem depositadas no fundo desse compartimento e serem facilmente aspiradas.

 

No aquário de quarentena porque que a saída para o esgoto está tão elevada em vez de estar no fundo ou na lateral mas o mais baixo possível?
Totalmente bem visto. O aquário de quarentena não estará "normalmente" ligado ao sistema (embora ainda esteja a estudar essa possibilidade). Só será enchido quando for preciso. Para o esvaziar o furo terá de estar em baixo, claro. Obrigado! ;) Vou alterar o desenho!

 

Acho que tens falta de circulação para um aquário desse tamanho.
Como assim? Refereste à circulação total? Claro que não será só esta. Terei mais bombas. Como referi, este projecto é só do fluxo da água do sistema. Equipamentos será para mais tarde.

 

Não é necessário tantos vidros na sump par quebrar as bolhas de ar, como tens as bóias mais acima que o vidro mais baixo do quebra bolhas 2 vidros chegavam muito bem
Tens razão, mas a sump será a que tenho hoje e ela está feita assim... :wink:

 

Caso reactor de kalk seja para ser ligado sempre que o nível de água baixar não achas que durante o dia vais ter um PH altíssimo?

Não. Faço assim desde que tenho água salgada e nunca tive esse problema. E sempre sem controlador de nível...

 

A ausência de uma bomba peristáltica vai levar que tenhas um pico de Ph sempre que for necessário adicionar água ao aquário, a meu ver não é boa onda
Porquê? :)

 

Como estas a pensar em segurança acho que devias ter duas bóias só para a válvula, uma para o mínimo e outra de segurança para quando a primeira colar por alguma razão a segunda fechar a válvula.
É boa ideia, de qualquer das formas estou mais preocupado com a valvula colar (abrindo) do que propriamente a boia colar. Se a boia colar não é reposta água pela evaporação, nada de muito problemático, porque facilmente se percebe e se não houver reposição durante 2 ou 3 dias, também ninguém morre por isso...

 

Quanto a bóia que a bomba de mistura do reactor é uma boa ideia mas tens que a colocar a mesma altura que a bóia da válvula, assim sempre que o nível voltar ao normal a bomba desliga.
Acho que realmente é um preciosismo. Não vale a pena preocupar-me com essa boia.

 

Agora não usar uma bomba peristáltica porque é cara quando se está a montar um sistema destes acho uma asneira das grandes.
Lol. Que raio... Não tem nada a ver com o preço, já disse. Quem me conhece sabe bem que o preço não é o problema para a peristáltica. É um bloqueio que espero ultrapassar até à montagem.

 

Imagina que o depósito é enorme e o controlador de nível falha. Começa a entrar água na sump, apesar de escoar pelo overflow da sump, começa a fazer descer muito a salinidade. Neste caso se o depósito for MUITO grande a salinidade pode descer para níveis perigosos para os habitantes do aqua, pois não te esqueças que a(s) bomba(s) de retorno estará sempre ligada  
Percebi ;) Pode realmente ser uma preocupação, embora eu considere que se o escoamento estiver próximo da entrada da água de osmose, a maior parte sairá do sistema sem se "juntar" à água salgada. A água doce demora um certo tempo a "misturar-se" com a salgada... Preocupa-me mais a adição exagerada de kalk do que propriamente de água doce se esse problema ocorrer... :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quanto à altura do aqua: olha que tens de descontar a altura ainda mais reduzida por usares overflow, ou seja, tens sempre uns 7cm de aquário sem água... Assim com 60 de altura já de dá mais ou menos os 50cm de coluna de água que querias :lol:

 

Também uso um APF600 e está a ser alimentado por gravidade. Com o auxílio de torneiras para controlar o fluxo de água podes poupar uma bomba (e electricidade correspondente...). Mas ATENÇÃO esta solução NÃO é compatível com a utilização do surge device devido ao alterar da quantidade de água de escoamento :!: A não ser que coloques as bombas de alimentação do surge DENTRO do aquario principal...

Já agora, em que divisão da casa vais pôr o aquário? O barulho não é problema? É que o surge device, ao alterar o fluxo de escoamento não permite a regulação e diminuição do barulho pela utilização das torneiras no escoamento...

 

Não vais fazer refúgio na parte central da sump, pois não? Esse compartimento é excelente para a acumulação de detridos e assim é só aspirar...

 

Vai já começando a pensar na circulação pois num aquário desse tamanho é uma tarefa exigente. Vê este site http://oregonreef.com/ está excelente e tudo pensado ao promenor! A circulação, como não podia deixar de ser está muito bem pensada...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mais duas notas:

 

1 - Usa vidro extra-claro. A diferença é brutal!

 

2 - É facílimo defenderes-te dum acidente com a RO/DI e igualmente "descomplicado" fazeres um esquema para "deitar fora" a primeira água. Com tempo e paciência até se faz um sistema que alimente RO/DI pura durante o dia e kalk (via reactor de Nilsen) à noite.

 

Pensa só numa coisa: as máquinas de lavar roupa e louça têm ligações à água da companhia em pressão, e as respectivas entradas, são controladas por electroválvula.

 

Com duas electroválvulas em série, controladas por circuítos diferentes, tens uma solução de redundância excelente.

 

-------

Um alarme anti inundação por 35 EUR :lol: :D :shock:

 

Eu faço-te um por 3,5 EUR :wink: Basta um tweeter, uma pinça em crocodilo uma pilha e uma aspirina. A aspirina aguenta bem a humidade mas assim que entra em contacto com a água, desfaz-se e as pinças do crocodilo tocam-se, activando o alarme.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Eu faço-te um por 3,5 EUR  Basta um tweeter, uma pinça em crocodilo uma pilha e uma aspirina. A aspirina aguenta bem a humidade mas assim que entra em contacto com a água, desfaz-se e as pinças do crocodilo tocam-se, activando o alarme.

 

Dass... isto já parece cenas do Macgyver! :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Quanto à altura do aqua: olha que tens de descontar a altura ainda mais reduzida por usares overflow, ou seja, tens sempre uns 7cm de aquário sem água... Assim com 60 de altura já de dá mais ou menos os 50cm de coluna de água que querias

Quando digo 50 ou 60 cm, falo de espaço útil/visível/com água. ;) O aquário terá de ser mais alto, claro ;)

 

Também uso um APF600 e está a ser alimentado por gravidade. Com o auxílio de torneiras para controlar o fluxo de água podes poupar uma bomba (e electricidade correspondente...). Mas ATENÇÃO esta solução NÃO é compatível com a utilização do surge device devido ao alterar da quantidade de água de escoamento  A não ser que coloques as bombas de alimentação do surge DENTRO do aquario principal...
Não percebi bem, Nuno... :lol:

A bomba que alimenta o Surge, estará na coluna seca. e a recolha da água para o escumador, estará mais baixa que a recolha para a sump, sinceramente não estou a ver onde pode o surge, interferir significativamente com o escoamento. :roll:

 

Já agora, em que divisão da casa vais pôr o aquário? O barulho não é problema? É que o surge device, ao alterar o fluxo de escoamento não permite a regulação e diminuição do barulho pela utilização das torneiras no escoamento...
Sala. O barulho não é problema porque o aquário será na parede com uma "sala" de máquinas por trás. Para além disso a acsa será feita em aço leve pelo que o isolamento acústico é muuuuuuuuuuito melhor que uma casa em tijolo. :wink:

 

Continuo sem perceber onde o surge pode implicar significativamente com o escoamento para o escumador, de qualquer das formas, não me choca nada usar uma bomba para alimentar o escumador. Menos um furo no aquário, não tenho de fazer regulação alguma, menos tubos, menos torneiras, etc... Não me choca nada não ter o escumador alimentado por gravidade.

 

Não vais fazer refúgio na parte central da sump, pois não? Esse compartimento é excelente para a acumulação de detridos e assim é só aspirar...
Exactamente. É essa a ideia!!! :lol:

 

Vai já começando a pensar na circulação pois num aquário desse tamanho é uma tarefa exigente. Vê este site http://oregonreef.com/ está excelente e tudo pensado ao promenor! A circulação, como não podia deixar de ser está muito bem pensada...
Esse site já está nos meus favoritos há uns bons 2 anos quando comecei com a água salgada... 8)

 

1 - Usa vidro extra-claro. A diferença é brutal!

Não faço ideia nenhuma do que falas. :wink: Mas vou informar-me ;)

 

É facílimo defenderes-te dum acidente com a RO/DI e igualmente "descomplicado" fazeres um esquema para "deitar fora" a primeira água. Com tempo e paciência até se faz um sistema que alimente RO/DI pura durante o dia e kalk (via reactor de Nilsen) à noite.
Pois claro, e quem é que achas que eu vou chatear nessa altura? :wink:beer:wink:

 

Um alarme anti inundação por 35 EUR    

 

Eu faço-te um por 3,5 EUR  Basta um tweeter, uma pinça em crocodilo uma pilha e uma aspirina. A aspirina aguenta bem a humidade mas assim que entra em contacto com a água, desfaz-se e as pinças do crocodilo tocam-se, activando o alarme.

Mas isso és tu que és um artolas do camandro. Crocodilo... Um imperador e vamos lá ver, não quero chacinas no meu aquário. :P Para mim 35€ por uma coisa electrica está óptimo :roll:8)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Nãopercebi bem, Nuno... :roll:  

A bomba que alimenta o Surge, estará na coluna seca. e a recolha da água para o escumador, estará mais baixa que a recolha para a sump, sinceramente não estou a ver onde pode o surge, interferir significativamente com o escoamento. :roll:

 

Ok não tinha percebido que a entrada pró escumador ficava sempre completamente debaixo de água :wink:

Assim deves poder usar a alimentação por gravidade... Mas tens de pensar bem nisso porque pode haver complicações com as diferenças de caudal a entrar na sump e com a regulação do nível!!

 

Mas então o único escoamento de segurança que vais utilizar é o que vai para a sump? Não podes fazer mais um escoamento só de segurança? Talvez seja agora excesso de zelo mas é sempre melhor prevenir...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hugo, na minha opinião reforço a ideia de que a circulação terá de ser muito bem pensada, acho também que o escumador que tens actualmente é muito insuficiente para um aquário com cerca de 4500 litros de capacidade. Penso também que a tua sump poderia ser maior para aumentar a capacidade total do sistema e ajudar a melhorar a qualidade da água.

Um ponto também em relação ao retorno, referes que gostas de retornos reduzidos, mas parecia-me bem que essa OR3500 fosse pelo menos uma OR6500, num aquário de 4500 litros, um pouco mais do que a capacidade de água do aquário principal, ir à sump, por hora, parece-me um minimo aceitável. Eventualmente, distribuiria este retorno por mais do que duas saidas.

Conta também com uma iluminação dispendiosa, mesmo mantendo só LPSs e corais moles, esse metro de largura ajuda.

Tem especial atenção e pensa com antecedência, onde vais colocar uma peça que pesará cerca de 6 toneladas, referis-te que optás-te por um sistema construtivo em perfis de aço, muita atenção porque a construção de habitações em aço está dimensionada para cargas muito especificas, e o comportamento do aço nada tem em comum com o do betão. Mesmo colocado no R/C acho que deverias falar com o arquitecto e o engenheiro do projecto, para a hipotese de colocar sapatas tradicionais ou mesmo uma sapata contínua em betão armado, no local onde vais pousar o aquário.

Por fim pensa no problema da humidade, prevê a possibilidade do compartimento técnico ter abertura para o exterior, caso contrário e agravado pelo facto dos sistema de isolamentos térmicos e acústicos nas construções em perfis metálicos serem muito bons, terás graves problemas de humidade que se alastrará aos restantes espaços da tua casa.

 

 

Cumprimentos,

Paulo Marinheiro

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hugo considera o meu comentário feito em cima, sem efeito, visto ser notório que percebi mal as dimensões do teu aquário, é o que faz ler na diagonal às vezes :roll:

De qualquer maneira considera o último ponto, e talvez a questão do escumador, que me parece insuficiente na mesma.

A iluminação no entanto, continuará a ser dispendiosa.

 

 

Cumprimentos,

Paulo Marinheiro

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mas então o único escoamento de segurança que vais utilizar é o que vai para a sump? Não podes fazer mais um escoamento só de segurança? Talvez seja agora excesso de zelo mas é sempre melhor prevenir...
É uma ideia. Talvez um escoamento directamente na coluna seca... :roll:

 

Hugo considera o meu comentário feito em cima, sem efeito, visto ser notório que percebi mal as dimensões do teu aquário, é o que faz ler na diagonal às vezes  

De qualquer maneira considera o último ponto, e talvez a questão do escumador, que me parece insuficiente na mesma.  

A iluminação no entanto, continuará a ser dispendiosa.

Ok. O escumador vai servir durante muito tempo (Se não mesmo para sempre). Se resolver sobrelutar o aquário, penso em comprar outro.

 

A iluminação será feita, em princípio com 2x400W HQI + actínicas.

 

O fish room terá uma janela para o exterior, claro está! :roll:

Share this post


Link to post
Share on other sites

400W para corais moles?? não será excessivo???

Vais ver é que não consegues resistir muito tempo sem começares a introduzir uns SPS's :? Esses 400W sáo suspeitos... :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se fosse o primeiro aquário de água salgada diria o que diz um "iniciado":

"Ah, nem gosto muito de SPS's. Aquilo não mexe! Não tem piada nenhuma!"

 

Como já vou para o 3º a resposta será mais:

"Não tenho problemas nenhuns em colocar SPS's mas estou sinceramente preocupado com os problemas que tem havido ultimamente nos SPS's, cá em Portugal (Lisboa pelo menos)"

 

Os 400W, são sobretudo porque são mais baratos que 3 x 250W, por exemplo, para além do mais, tenho 100cm de profundidade. :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em que estado está este projecto mesmo? Já arrancou e tá noutro post que não vi ou está na gaveta ?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Qual gaveta, qual quê!!!

 

Ou melhor, se está na gaveta, está com a gaveta aberta. :lol:

 

 

O projecto de arquitectura está praticamente terminado. Conto para o 1º Trimestre começar com a obra... :lol:

 

O aquário será de 200x100, (com 2 frentes) e ainda não me decidi pela altura, mas deve ser entre 65 e 75.

 

De momento o melhor que tenho é o projecto em 3D que fiz. Aqui estão alguns SS:

 

Vista da Frente com 2 metros:

aqua1jk1.jpg

 

Vista da Frente com 1 metro:

aqua2ok1.jpg

 

Vista panorâmica da sala de estar e "casa das máquinas"(ainda sem porta :lol: ):

aqua3gn0.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ahhhhhhhh afinal sempre é para arrancar e parece que vai ser em grande.

 

Não te esqueças é da porta que ainda não há teleport :lol::lol::lol:

 

Parabéns... parece bem planeado e cá esperamos o arranque disso :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

O que eu penei para conseguir encontrar este tópico... :shock:

Mas parece que quase 3 anos após ter iniciado este tópico, finalmente a casa vai avançar e o aquário também, claro está!

 

Em termos de dimensões, mantem-se tudo, ou seja, 200x100 (a altura logo se vê). Vou ter uma pequena contrariedade que é o facto do fish room ter de ter um pilar, contudo julgo que consegui junto do engenheiro que continue a poder ter 100cm de profundidade. julgo que irá atrapalhar mais é a manutenção e a calha que irei fazer no tecto para "correr"/desviar a iluminação.

 

E a propósito de iluminação...

 

...e como estou há uns tempos um pouco fora disto dos aquários, queria saber a vossa opinião a cerca do tipo iluminação. O mercado continua dividido en tre T5 e HQI ou os leds já conseguiram entrar em força (pelo que tenho lido nem por isso...)?

 

 

P.S.: É bom estar de volta... :excl:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sign in to follow this