O Rei morreu… Viva o Rei!...


C Mocho

Recommended Posts

Com layout ou sem layout, com algas naturalmente, dúvidas e ansiedades... Isto é bonito de observar ao fim do dia!

large.Pearling-2023-12-05.jpg

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

9 hours ago, C Mocho said:

Com layout ou sem layout, com algas naturalmente, dúvidas e ansiedades... Isto é bonito de observar ao fim do dia!

É bonito, sim, Mocho! Riccardia? Espero um dia ter alguma coisa semelhante para mostrar... o meu musgo anda um bocado tímido 🙂 .

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Boas!...

Por aqui tudo vai andando tranquilamente, mais alga menos alga, mas sem stress. Nesta fase, julgo que temos as plantas todas necessárias. (daqui a uns tempos logo se verá)

Acabei por cortar todas as folhas velhas do feto, pois verifiquei que as novas não eram tão sujeitas às algas. Recoloquei as Buces mini sp. 'Red' e as needle leaf. Desisti da 'Bukit Kelam' porque me pareceu que seria desnecessária e fiquei na dúvida se daqui a uns tempos não estaria com folhas demasiado grandes para esta montagem... Acrescentei um vasito de Crypto parva e alguns apontamentos de Fissidens, que ainda mal se notam. Até agora não noto nenhum derretimento, mas como ainda só cá estão há 5 dias, ainda temos tempo para comprovar se é desta ou não.

Agora também já era tempo de começar a ver movimento com algo mais que os invertebrados. Introduzi uns Microdevario Kubotai e devo dizer que estou maravilhado com eles. Hesitei porque a cor me parecia pouco "destacável". No meio daquele verde todo tive as minhas dúvidas, mas afinal eles são lindos. Muito pequeninos, para não me assustarem os camarões, mas têm uma cor que é formidável e são suficientemente corajosos para não passarem o tempo escondidos, sem serem histericamente movimentados. Estou completamente rendido!

Mais tarde, pretendo ainda acrescentar uns Celestichthys Margaritatus e talvez uns Yunnanilus sp. Rosy, mas ainda tenho algumas dúvidas em relação a estes últimos, pois como bótias que são, temo que gostem de abrir buracos no substrato e comer uns camarões bebés, contudo o tamanho deles leva-me a pensar que o risco é diminuto. Gosto da ideia de ter apenas peixes do Myanmar, embora tenha plantas de muitos sítios diferentes. Quem sabe se com o tempo isto não pode acabar por ser um biótipo... LOL (Não! Estou a brincar, o biótipo fica para outras águas...).

Não tirei foto dos Kubotai, porque afinal eles são mesmo como aparecem nas fotos comerciais. Ainda pensei que só assumiriam a coloração se estivessem muito bem condicionados e iluminados, mas não, eles são mesmo muito bonitinhos!

No entanto aqui vos deixo as fotos de comparação entre o dia da montagem e o dia de hoje (com 2 meses e 3 ou 4 dias). A Guyana continua lá atrás, mas sem se ver. A Willisii foi podada à pouco tempo e só agora começa a espreitar por detrás dos troncos (possivelmente terei de podá-la logo a seguir ao Natal, que isto cresce que se desalma). A Super Red foi podada hoje, pois já tinha uns raminhos a tocar na superfície. A deccanensis já pede para ser podada, mas como o seu crescimento é lento, vou esperar pelo Natal (para impressionar as visitas) e depois meto-lhe tesoura!

Amadureceu um bocadinho, mas ainda tem de se equilibrar:

14 set 2023 large.O-rei-morreu!2023-10-14.jpg

18 nov 2023 large.O-rei-morreu!2023-12-18.jpg

Boas Festas para vocês e para as vossas famílias!...

 

PS: consegui recuperar a foto inicial que tinha uma luz assustadora, no entanto acabei por colocá-la 3 vezes no álbum e agora não consigo apagar. Se houver forma de fazer isso, agradeço a ajuda!

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Quem sabe, sabe, Mocho! Gosto bastante daquilo em que este aquário se está a transformar. Admiro principalmente a estética muito natural, e o jogo entre os espaços ocupados e vazios. A escolha das plantas também me agrada muito... acho que vou tirar daqui umas ideias para o meu tanque 😛 . Estou mesmo apaixonado... é uma das melhores montagens que tenho visto por aqui ultimamente. Parabéns... e Boas Festas!!!

Link to comment
Share on other sites

Obrigado @JoseCarlosMarques. É simpático ouvir isso, mas não sei não! Estou permanentemente a aprender e a relembrar coisas que já esqueci!...

O facto de apenas fazer apenas uma montagem de vez em quando, faz-me esquecer muita coisa que deveria já ter claro e obriga-me repetir alguns erros do passado, por outro lado, ter aquários há muitos anos, também me faz saber muita coisa que por mais que se leia é difícil de assimilar. Por exemplo, planeamento e calma é algo que nos primeiros tempos é muito difícil de alcançar. Sobretudo hoje em dia, quando nós passamos o tempo a correr para ficarmos no mesmo sítio! Tudo é efémero, por isso em vez de correr para chegar a qualquer lado, tento disfrutar o caminho.

É um facto que nunca tinha trabalhado com a maioria das espécies de plantas que utilizei desta vez, contudo já conheci muitas outras que me deram uma ideia razoável de como estas se poderiam desenvolver. Porém, adicionar Buces num aquário acabadinho de montar com o aquasoil da ADA foi um erro desnecessário. As Crypto já eu previa que iriam derreter e previa também que depois acabariam por recuperar. Afinal derreteram menos do que eu esperava, perderam folhas sobretudo porque eu as sacrifiquei em detrimento das algas, mas as Buces foi um erro absurdo e não foi por serem in vitro ou emersas, pois todas derreteram apesar das TPAs muito frequentes!

Mesmo lendo e planeando, sem conhecer bem o comportamento de uma planta, por vezes somos completamente surpreendidos... A Wallichii, que supostamente é uma planta delicada e moderadamente exigente, não derreteu e cresce muito mais rapidamente do que eu gostaria, por outro lado, a Guyana, que aparentemente deveria ser um pouco menos complicada, não só derreteu toda (suponho que devido à Amónia do solo), como cresce a um ritmo muito mais lento. Até a Ludwigia, que teoricamente é uma planta fácil acabou por derreter na base, obrigando a uma poda inversa!

Eu também acho que isto está com uma combinação de plantas que parece bastante natural. Ao vivo está ainda mais giro, pois o objetivo não foi montar para uma foto (pese embora as fotos sejam uma ferramenta muito útil para observarmos coisas que ao vivo quase passam despercebidas). Agora não sei é como irei ser capaz de controlar a coisa quando chegar o momento de fazer uma poda invertida em algumas delas. Acho que irei chamar muitos nomes a mim mesmo!... LOL

Enfim, se a tal estivermos dispostos, estamos sempre a aprender coisas novas! Temos é de ser perseverantes e andar ao nosso ritmo!

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

A última frase diz tudo, mas sabe sempre muito bem ler os textos que escreves. Mais do que isso, são testemunhos que ficam, e aos quais podemos sempre voltar para aprender mais um bocadinho. Tens uma maneira de explicar as coisas muito directa... quem estiver atento a todas as tuas palavras, percebe que nenhuma está no texto por acaso, e que pode aprender muito com elas. Só como exemplo... "adicionar Buces num aquário acabadinho de montar com o aquasoil da ADA foi um erro desnecessário"... está aqui muita informação! És um dos mestres deste fórum. Parabéns.

Link to comment
Share on other sites

Pois é mais ou menos isto que eu pretendia. Não fossem as "filamentosas" que me continuam a atormentar (o que se vê bem pelas manchas esbranquiçadas resultantes da adição pontual de Excel)... Agora será tempo de tentar manter o que tenho, esperar para que o equilíbrio natural se estabeleça mais eficazmente e adicionar mais peixinhos! Isso agora é só o tempo o permitirá, por enquanto tenho apenas uma montagem "bebé". O tempo e a minha vigilância serão determinantes para que isto não descambe, mas é natural que alguma coisa me surpreenda.

Se o único objetivo fosse simplesmente ter um plantado, iria inevitavelmente adicionar mais "fauna de limpeza". Seguramente mais uns Amano, uns Otos e um ou dois SAE, iriam substituir a adição de Excel com muito mais eficácia. Mas eu sou teimoso e gosto de pensar que o meu aquário se deve equilibrar para suprir as minhas aspirações... e para mim um aquário é basicamente um "contentor de peixes" (coisas da "velha escola", muito velha mesmo!). Não será então a fauna que ele pede, mas a que eu desejo! Só terei de não perder o norte, para manter a coisa no rumo que pretendo!

14 set 2023 large.O-rei-morreu!2023-10-14.jpg

23 dez 2023 large.O-rei-morreu!2023-12-23.jpg

Após o Natal e antes do Ano Novo terei de fazer uma poda radical... mas é inevitável.

Boas Festas!...

Edited by C Mocho
  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

  • 3 months later...

Boas, pessoal.

Há muito tempo que eu andava para vos apresentar uma foto deste aquário. O meu problema é que não consigo que as plantas estejam nas condições que eu quero, em simultâneo!

Ou é a Blyxa que cresce demais, ou é a ‘deccanensis’ que paralisa, ou a 'Super Red' que não está com “aquela cor da semana passada”, ou a ‘wallichii’ que resolveu ficar a dormir numa semana e entrou em completa histeria de crescimento numa outra!... Enfim, nunca está tudo como nós gostaríamos, por isso, há que agradecer por não estar como nós não queríamos. LOL

Neste momento já tenho há algum tempo a fauna que pretendia para esta montagem e estou muito contente com o equilíbrio alcançado. Primeiro entraram os Amano e os Clithon, depois vieram as Neocaridinas e os Kubotai, passado um tempo adicionei os Galaxy e por último os Yunnanilus. Todos juntos interagem uns com os outros e ocupam todos os níveis do tanque, sendo rara a zona em que não há um bicharoco engraçado para observar.

A minha luta com as filamentosas terminou com a ajuda do Rui Alves (Aquaeden), que depois de me ouvir descrever toda a montagem e a rotina de fertilização, me fez acreditar que o problema era falta de nitratos! Sim, com menos de 4 meses, e sistema de solo da ADA, efetivamente estava com falta de nitratos! Já tinha desconfiado disso quando me apareceram umas tímidas ciano que erradiquei com nitrogénio, mas não previa que a minha montagem requeresse tanto nitrato, tão cedo!

A Montevidensis desapareceu (estava num local com pouca luz, e os Juncus comeram-na). A Guyana não vingou, ainda para ali anda um pezito ou dois, mas não têm expressão nenhuma (é pena porque tem um efeito visual muito bonito). Desisti das Buces ‘needle leaf’, pois se as primeiras morreram supostamente devido à amónia do substrato, as segundas devem ter morrido “afogadas”… LOL! No lugar delas acabei por colocar a pimatifida, embora seja uma angústia mantê-la com um tamanho apropriado para o local. A Ricardia foi quase toda arrancada, devido às filamentosas, ficaram as partes que estavam efetivamente fixadas nos trocos e seguramente acabará por voltar a fazer jus à sua extraordinária beleza… Inicialmente punha a Salvinia e a Limnobium na sanita, mas depois descobri que as minhas galinhas gostavam muito delas!...

large.O-rei-morreu!-2024-04-02.jpg

Globalmente estou satisfeito, não está muito longe do que imaginei, mas ainda está a dar luta! Continuo a ter a ambição de um dia ter um holandês, mas com a minha incapacidade de controlar o ritmo de crescimento de cada uma das plantas, acho que irá ser uma humilhação!

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Que aconteceu ao musgo, Mocho?

Essa questão de manter todas as plantas em condições a todo o tempo é uma das que me dá mais dores de cabeça também. Nitratos para acabar com as filamentosas e as Ciano... mais uma lição! Obrigado pelas tuas extensas descrições... são sempre muito bem vindas.

Link to comment
Share on other sites

Posted (edited)
há 6 horas, JoseCarlosMarques disse:

Que aconteceu ao musgo, Mocho?

Está escrito acima: A Ricardia foi quase toda arrancada, devido às filamentosas, ficaram as partes que estavam efetivamente fixadas nos trocos e seguramente acabará por voltar a fazer jus à sua extraordinária beleza…

Isso, aliado à adição de Fixlite, fez com que ela reduzisse bastante (o fixlite tem uma forma de atuar diferente dos outros produtos que eu conhecia... o impacto e o efeito parece-me muito mais prolongado. Felizmente o Fissidens escapou!

Edited by C Mocho
Link to comment
Share on other sites

1 hour ago, C Mocho said:

Está escrito acima: A Ricardia foi quase toda arrancada, devido às filamentosas, ficaram as partes que estavam efetivamente fixadas nos trocos e seguramente acabará por voltar a fazer jus à sua extraordinária beleza…

Isso, aliado à adição de Fixlite, fez com que ela reduzisse bastante (o fixlite tem uma forma de atuar diferente dos outros produtos que eu conhecia... o impacto e o efeito parece-me muito mais prolongado. Felizmente o Fissidens escapou!

Burrice minha. Em vez de Riccardia, li Blyxa! Estou a ficar velho... já confundo tudo. Desculpa.

Mas depois de ler isso, fico com algum medo... a minha também está a ganhar filamentosas, e não queria nada que lhe acontecesse o mesmo 😞 .

Link to comment
Share on other sites

há 19 minutos, JoseCarlosMarques disse:

a minha também está a ganhar filamentosas, e não queria nada que lhe acontecesse o mesmo

Olha @JoseCarlosMarques, tanto quanto me apercebi, o Fixlite é um bom produto se tiveres algum cuidado na aplicação do mesmo:

1º - Não encostes o doseador (conta gotas) excessivamente ao musgo, senão pode queimar, tal como acontece com o Excel ou com o Fix normal;

2º - Tem paciência a aguardar os resultados. No dia seguinte à aplicação observa-se uma boa diferença, no entanto nem todas as algas são imediatamente erradicadas. Todas são afetadas, mas a fragilização dos tecidos celulares acaba por matá-las ao longo de um maior período temporal.

Foi neste 2º ponto que eu acho que falhei inicialmente. Primeiramente, como estava habituada era ao Excel, pensei que deveria ver resultados mais imediatos e exagerei na dose, depois acabei por entender o processo e estava tudo a ficar aceitavelmente controlado... o meu problema é que entretanto ainda continuava com a carência de ferro e aí, as filamentosas voltavam a aparecer ao fim de algum tempo, levando a minha paciência à exaustão. Estava efetivamente a erradicá-las , mas não estava a combater a origem do problema. Entretanto, resolvi arrancar o máximo da Ricardia, deixando apenas uns pontos residuais onde esta estava efetivamente fixada ao tronco. Tenho esperança que ela um dia acorde e volte a se desenvolver... veremos!

Entretanto, após a conversa como Rui Aves, resolvi seguir o seu conselho. Comecei a adicionar nitratos e fiz um semi-apagão de dois dias... (semi-apagão porque não foi necessário cobrir o aquário, apenas fiquei com as luzes apagadas durante 2 dias). Foi remédio surpreendentemente milagroso! As filamentosas que atacavam praticamente todas as plantas (embora estivessem controlada, e à distancia não se notassem), com especial incidência na zona do tapete de eleocharis, desapareceram completamente. Depois disso, como mudei a fertilização para o sistema  "APT - 2HR Aquarist", (pois gostei dos resultados que vi na FIL), só me tenho preocupado em TPA's semanais, limpeza ocasional de vidros e podas.

Link to comment
Share on other sites

Eu gosto muito do Excel, e como estou habituado a usa-lo, e tenho conseguido bons resultados, vou continuar com ele. Mas é bom conhecer essa informação. Em relação às algas verdes que tenho encontrado vou tentar resolver o problema com Amanos e Otocinclus (apesar de estarem os dois com um valor muito alto, neste momento). Logo vejo o que acontece, e parto daí. De qualquer forma, e como pareces perceber um bocadinho mais disto que eu (o "bocadinho" era uma piada, claro), vou deixar-te mais uma pergunta... a Riccardia, no meu tanque, está com um comportamento muito esquisito - em alguns sítios cresce muito compacta, e até se está a espalhar bastante bem, mas em outros parece crescer quase em altura, com folhas muito grandes. Não te consigo mostrar com imagens porque ontem fiz uma poda e resolvi cortar essas folhas maiores, para ver se despoleto o tal crescimento mais compacto, mas tens alguma ideia do porquê isso estar a acontecer? A principio pensei que seria por causa da luz (que ainda tenho numa intensidade muito baixa), mas depois percebi que talvez não seja por aí, uma vez que existem folhas muito grandes a meia profundidade e perto da tona da água e no fundo folhas mais compactas. Pode ter haver com a maneira como foi "plantada" (Dry Start - misturei um bocadinho de substrato triturado e apliquei-a diretamente nas rochas), ou talvez com a circulação dentro do aquário. Já te aconteceu alguma vez?

Link to comment
Share on other sites

Posted (edited)

Não faço a mínima ideia @JoseCarlosMarques, o meu primeiro pensamento também iria para a iluminação, para a densidade de plantação ou mesmo para a geometria da rocha de fixação. No entanto, talvez seja mesmo uma característica do musgo, que tu observas tão exaustivamente. Também pode ser que o desenvolvimento do mesmo se faça notar dessa forma, nesta fase, e depois se atenuem as diferenças. Ou por último, pode até ser que estejas perante dois musgos da mesma família, com variedades ligeiramente distintas.

Uma coisa eu também observei aqui: um pedacinho de musgo que se fixou espontaneamente numa zona do tronco, começou por se desenvolver e alargar primeiramente muito colado à madeira, quase sem textura e só bastante mais tarde é que deu um "salto" e tornou-se numa linda mancha de musgo, com a sua textura característica.

Como comecei por te dizer, não faço a mínima ideia!

Edited by C Mocho
Link to comment
Share on other sites

4 hours ago, C Mocho said:

Não faço a mínima ideia @JoseCarlosMarques, o meu primeiro pensamento também iria para a iluminação, para a densidade de plantação ou mesmo para a geometria da rocha de fixação. No entanto, talvez seja mesmo uma característica do musgo, que tu observas tão exaustivamente. Também pode ser que o desenvolvimento do mesmo se faça notar dessa forma, nesta fase, e depois se atenuem as diferenças. Ou por último, pode até ser que estejas perante dois musgos da mesma família, com variedades ligeiramente distintas.

Uma coisa eu também observei aqui: um pedacinho de musgo que se fixou espontaneamente numa zona do tronco, começou por se desenvolver e alargar primeiramente muito colado à madeira, quase sem textura e só bastante mais tarde é que deu um "salto" e tornou-se numa linda mancha de musgo, com a sua textura característica.

Como comecei por te dizer, não faço a mínima ideia!

Vou esperar para ver o que acontece. Pode ser que entretanto se desenvolva naturalmente. Obrigado pela resposta, Mocho. Um abraço!

Link to comment
Share on other sites

On 02/04/2024 at 19:29, C Mocho disse:

Inicialmente punha a Salvinia e a Limnobium na sanita, mas depois descobri que as minhas galinhas gostavam muito delas!...

Nunca mandem pelo esgoto plantas, por favor! Ou vão ditectas para o lixo ou fazem como eu que entupia os vasos da maria 😆

Quanto à questão das galinhas... não me dês ideias 🤣🤣🤣

 

On 03/04/2024 at 18:54, C Mocho disse:

Depois disso, como mudei a fertilização para o sistema  "APT - 2HR Aquarist", (pois gostei dos resultados que vi na FIL), só me tenho preocupado em TPA's semanais, limpeza ocasional de vidros e podas.

Ainda bem que viste ao vivo na Petfestival o efeito dos produtos usados nos aquários do desafio de aquascaping aquariofilia.net 

É este tipo de feedback que gostamos de mostrar, não é fazer reels de unboxings que a malta nova gosta de fazer 😁

 

 

Link to comment
Share on other sites

há 3 horas, Tozé Nunes disse:

Nunca mandem pelo esgoto plantas, por favor! Ou vão diretas para o lixo ou fazem como eu que entupia os vasos da maria 😆

Sim, tens razão, no meu caso podia fazê-lo porque a rede não é pública e para além de "quase" fechada (o único dreno está enterrado a cerca de10m de profundidade), está bem longe de qualquer linha de água. Mas é bom estar consciente dos perigos!...

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.