Betta com bactéria


Recommended Posts

Boas,

Ontem de manhã notei uma mancha esquisita junto à boca do meu Betta, que foi evoluindo durante o dia para algo que se assemelha a "algodão" (como podem ver nas imagens). Fiz uma pesquisa rápida na Internet e percebi que seria uma espécie de bactéria, pelo que decidi ir à loja de animais que tenho mais perto de minha casa onde me sugeriram um tratamento com eSHa 2000. O tratamento dura 3 dias, durante os quais me disseram para desligar as luzes do aquário e aumentar 2 graus à temperatura da água - de forma a que o peixe ficasse mais tranquilo. 

O Betta está quase imóvel. Por várias vezes já fiquei a olhar para ele sem perceber se ainda estava vivo, mas por enquanto parece estar a aguentar-se. Esta manhã comeu, como é hábito todos os dias.

Medi os parâmetros da água e, com excepção do PH que está ligeiramente alto (7,5), encontram-se todos normais.

Geralmente mantenho a água nos 26º, porque também tenho plantas e não queria passar desse valor. Não uso substrato... tenho areão no fundo e uns godos que recolhi na margem de um rio.

Até agora, e desde que montei o tanque em meados de Julho, nunca tive problemas com algas, mas quando o tempo começou a arrefecer e o termostato passou a estar ligado mais vezes, notei o aparecimento de algumas algas nas pedras e nos vidros, que limpo todas as semanas.

Alguém me sabe dizer o que terá provocado esta doença no peixe? O produto que comprei para o tratamento custou o dobro do preço que dei pelo animal, mas cá por casa já nos afeiçoamos a ele e não queria nada desistir do bicho. Alguém conhece outro procedimento que possa por em prática para ver se ele melhora mais depressa?

Obrigado a todos.

 

G8JsgGq.jpg

 

CjKIngC.jpg

 

MwcB9S0.jpg

 

JyvPBb6.jpg

 

8tpv6fw.jpg

 

4I0cvwk.jpg

Link to comment
Share on other sites

Idealmente, como tens plantas, devias passá-lo para um aquário de quarentena, para poderes aplicar um pouco de sal juntamente com o tratamento (deves saber, mas é melhor reforçar para quem não sabe - sal para aquários, não é sal da comida).

Alterações de temperatura, alimentação com pouca qualidade, variações de PH, entre outras coisas que causem stress ao peixe, podem comprometer o sistema imunitário e levar a que esta doença apareça.

Que produto compraste para fazer tratamento?

O @José Pedro da Associação Portuguesa de Bettas será certamente uma das pessoas com mais experiência com Bettas aqui no fórum, não sei se ele terá experiência com casos destes que te possa ajudar melhor.

  • Like 1

Projetos antigos:

Link to comment
Share on other sites

Eu com doenças não tenho grande experiência (ainda bem) .

há 7 minutos, João Cardoso (Kadoxu) disse:

Idealmente, como tens plantas, devias passá-lo para um aquário de quarentena, para poderes aplicar um pouco de sal juntamente com o tratamento (deves saber, mas é melhor reforçar para quem não sabe - sal para aquários, não é sal da comida).

Aqui concordo com o João, no entanto eu como mantenho os meus peixes todos em águas ricas em taninos, estes problemas tendem a não aparecer, já que as folhas de Cattappa como tem uma função fungicida, acabam por manter estes "bicharocos" controlados.

Eu é só o que uso para tratar os meus peixes e até à data nada de doenças.

Eu isoláva-o, ou então metia 1 ou 2 folhas de cattappa dentro do aquario. A água vai ficar castanha, mas é o castanho da água que o vai curar e quanto mais escura for melhor.

O facto de andares a limpar as pedras periodicamente, pode ter introduzido no aquario alguma coisa que despoletou isso no peixe. Queres controlar as algas? Otocinclus ou caracois.

  • Like 1

Caudatas do it better.
banner.jpg

Link to comment
Share on other sites

Boas.

Antes de mais, agradeço todas as indicações que me deram num tão curto espaço de tempo. O peixe está sozinho no aquário, e não tenho outro tanque onde possa fazer quarentena, portanto resolvi fazer o tratamento como me indicaram na loja. O produto que comprei chama-se eSHa 2000. Usei-o durante os três dias indicados e os resultados parecem ser satisfatórios, no entanto deixaram marcas que julgo serem irreversíveis, pelo que venho pedir-vos uma opinião sobre aquilo que devo fazer a seguir.

Aquela espécie de "algodão" que o peixe tinha em volta da boca era, pelo que percebi, a carne a apodrecer. Desapareceu, entretanto, e a infecção parece ter estagnado, mas o peixe ficou assim: 

 

vJy6NFZ.jpg

 

Continua muito parado, dentro do aquário, mas continua a tentar comer e a ir respirar oxigénio à superfície. Digo "tentar" porque não me parece que esteja a conseguir ingerir o que quer que seja.

A minha questão é... o peixe pode vir a regenerar a carne que perdeu, ou ficará para sempre deformado? Acham que esta deformação pode estar a fazer o peixe sofrer?

Cá em casa já nos afeiçoa-mos ao animal e está a partir-nos o coração vê-lo neste estado. Não levem a mal o que vou dizer a seguir, mas estamos a equacionar a eutanásia, até porque não temos completa certeza que a infeção possa estar mesmo curada, ou que esta "ferida" aberta possa provocar outras maleitas.

O que fariam na minha situação?

 

Link to comment
Share on other sites

Nas barbatanas sei que regenera... assim nunca vi, não te sei dizer.

O problema maior da deformação é se não se conseguir alimentar. Dá-lhe mais uns dias a ver como evolui.

Projetos antigos:

Link to comment
Share on other sites

Não consegui continuar a olhar para o peixe naquele estado... optei pela eutanásia. Tentei alimentá-lo várias vezes e ele não estava a conseguir ingerir nada. Metia dó vê-lo a tentar comer e não conseguir apanhar os flocos. Provavelmente o pobre peixe nem percebia o que lhe estava a acontecer e continuava a tentar sem sucesso. Nunca na vida pensei que eutanasiar um peixe me fosse custar tanto, mas fiz aquilo que achei melhor. Já desmontei todo o aquário. Tão cedo não lhe volto a mexer. Agradeço toda a ajuda que me deram. Abraço.

Link to comment
Share on other sites

há 4 minutos, JoseCarlosMarques disse:

Não consegui continuar a olhar para o peixe naquele estado... optei pela eutanásia. Tentei alimentá-lo várias vezes e ele não estava a conseguir ingerir nada. Metia dó vê-lo a tentar comer e não conseguir apanhar os flocos. Provavelmente o pobre peixe nem percebia o que lhe estava a acontecer e continuava a tentar sem sucesso. Nunca na vida pensei que eutanasiar um peixe me fosse custar tanto, mas fiz aquilo que achei melhor. Já desmontei todo o aquário. Tão cedo não lhe volto a mexer. Agradeço toda a ajuda que me deram. Abraço.

Lamento.

Caudatas do it better.
banner.jpg

Link to comment
Share on other sites