Qual a melhor midia biologica para usar?


Recommended Posts

Boas, eu uso um fluval fx4 onde nele uso umas cerâmicas a mais de meio ano que já se nota que não estão a desempenhar o seu papel, na altura que as comprei acredito que não foram as melhores que me venderam, nem marca tinham apenas estavam embaladas, eu necessito de meter umas novas por volta de 2/+ kg (para 400L), mas não sei quais as melhores, eu estive a ler e encontrei as da sera siporax Professional 15 mm acredito serem das melhores se me poderes aconselhar agradecia.

Link to post
Share on other sites

As que eu gosto mais como cerâmicas de filtração biológica são as  EHEIM Substrat Pro. Mas precisam de um boa filtragem mecânica para se manterem limpas e funcionarem como deve ser.

Porque é que dizes que se nota que não estão a desempenhar o seu papel?

Link to post
Share on other sites
há 10 horas, João Cardoso (Kadoxu) disse:

As que eu gosto mais como cerâmicas de filtração biológica são as  EHEIM Substrat Pro. Mas precisam de um boa filtragem mecânica para se manterem limpas e funcionarem como deve ser.

Porque é que dizes que se nota que não estão a desempenhar o seu papel?

Bom dia João, também me parece um bom produto, as  EHEIM Substrat Pro o meu filtro é um FX4 ele apenas tem dentro (4 esponjas Pré-filtro Externo Foamex) deve ter por volta de 200g de Sera Filter Wool e apenas tinha 1kg de cerâmicas ( ao fazer a alteração, consoante o produto assim meto a media correspondente para 400l)

30% estão a partir-se, tipo a desfazer-se o que não seria normal num funcionamento de 6 meses, aquilo foi um mau produto pelo preço devia logo ter desconfiado. 

Link to post
Share on other sites

Eu tambem sempre usei Eheim Substrat Pro e estou bastante contente. Lembro-me que usei umas da Sera, creio que eram as Siporax no meu velhinho 2213 e para o preco eram bem porreiras.

Agora penso testar as Matrix da Seachem a ver que tal, mas vao funcionar em conjunto com 1 cesto de Eheim Substrat Pro.

Link to post
Share on other sites
  • 1 month later...

Dentro do "convencional" o siporax é dos melhores em termos dos "canudos", que não retira caudal ao filtro. Em termos de filtragem biológica a Matrix da seachem é bastante boa mas retira-te cerca de 10% de caudal de saída do filtro...

Se quiseres usar outros medias não convencionais aconselho o Biohome Ultimate que além de remover os nitritos também reduz os nitratos.

 

Cumps

Link to post
Share on other sites
On 7/13/2020 at 6:41 PM, Alex Ppasdasd said:

Dentro do "convencional" o siporax é dos melhores em termos dos "canudos", que não retira caudal ao filtro. Em termos de filtragem biológica a Matrix da seachem é bastante boa mas retira-te cerca de 10% de caudal de saída do filtro...

Se quiseres usar outros medias não convencionais aconselho o Biohome Ultimate que além de remover os nitritos também reduz os nitratos.

 

Cumps

Por curiosidade, onde leste isso sobre a Matrix? E que tenho no meu filtro a 3 semanas, e nao noto nada de diferente...

15 hours ago, neo_2 said:

E onde se compra Biohome? 

Eles tem uma loja online, e creio que na amazon.de tambem ja vi disso a venda!

Link to post
Share on other sites

Do que leio, parece-me que a melhor será talvez a Seachem Matrix mesmo.

Actualmente meti num novo aquário matéria filtrante da Équo Stilla. Nos filtros de mochila tenho Sera Siporax Mini.

Link to post
Share on other sites
há 10 horas, PMarinho disse:

Por curiosidade, onde leste isso sobre a Matrix? E que tenho no meu filtro a 3 semanas, e nao noto nada de diferente...

Eles tem uma loja online, e creio que na amazon.de tambem ja vi disso a venda!

Sim, 10% não consegues notar a diferença mas a verdade é que reduz.

Link to post
Share on other sites
On 17/07/2020 at 19:14, Alex Ppasdasd disse:

Sim, 10% não consegues notar a diferença mas a verdade é que reduz.

Todos os tipos de matéria filtrante reduzem o caudal de saída... e consoante a compactação de matéria filtrante dentro do filtro, maior ou menor será a redução do caudal. Esses 10% que referes são meramente um número atirado ao ar. Tanto pode ser 10% como 20% como 30%... depende da quantidade e do quão compactada está a matéria filtrante. É uma questão de utilizar um filtro bem dimensionado para o aquário que se tem e utilizar as matérias filtrantes de maneira correcta.

O Biohome, daquilo que sei, para começar a remover Nitratos, precisa de condições específicas na água onde é colocado e ainda assim precisa de largos meses para ganhar as bactérias anaeróbicas suficientes para se começar a ver resultados. Além disso, a água deve ser bem oxigenada à saída do filtro para que o gás, resultante dessa de-nitrificação, seja libertado, porque é tóxico para os peixes.

Link to post
Share on other sites
5 minutes ago, João Cardoso (Kadoxu) said:

Todos os tipos de matéria filtrante reduzem o caudal de saída... e consoante a compactação de matéria filtrante dentro do filtro, maior ou menor será a redução do caudal. Esses 10% que referes são meramente um número atirado ao ar. Tanto pode ser 10% como 20% como 30%... depende da quantidade e do quão compactada está a matéria filtrante. É uma questão de utilizar um filtro bem dimensionado para o aquário que se tem e utilizar as matérias filtrantes de maneira correcta.

O Biohome, daquilo que sei, para começar a remover Nitratos, precisa de condições específicas na água onde é colocado e ainda assim precisa de largos meses para ganhar as bactérias anaeróbicas suficientes para se começar a ver resultados. Além disso, a água deve ser bem oxigenada à saída do filtro para que o gás, resultante dessa de-nitrificação, seja libertado, porque é tóxico para os peixes.

Pois. Acho que estão com um bom marketing de boca a boca. Aqueles que compraram e tiveram que pagar caro pelo biohome não querem dar o braço a torcer e dizem maravilhas sobre o produto. Mas se essa informação sobre a toxicidade for verdade, rápido se vai o negócio.

O matrix da seachem será uma boa alternativa? 

Link to post
Share on other sites
há 18 minutos, João Cardoso (Kadoxu) disse:

Todos os tipos de matéria filtrante reduzem o caudal de saída... e consoante a compactação de matéria filtrante dentro do filtro, maior ou menor será a redução do caudal. Esses 10% que referes são meramente um número atirado ao ar. Tanto pode ser 10% como 20% como 30%... depende da quantidade e do quão compactada está a matéria filtrante. É uma questão de utilizar um filtro bem dimensionado para o aquário que se tem e utilizar as matérias filtrantes de maneira correcta.

O Biohome, daquilo que sei, para começar a remover Nitratos, precisa de condições específicas na água onde é colocado e ainda assim precisa de largos meses para ganhar as bactérias anaeróbicas suficientes para se começar a ver resultados. Além disso, a água deve ser bem oxigenada à saída do filtro para que o gás, resultante dessa de-nitrificação, seja libertado, porque é tóxico para os peixes.

Esse gás que falas é nitrogénio! E sim é de preocupar em poços não em aquários... 

Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, neo_2 disse:

O matrix da seachem será uma boa alternativa? 

Seachem Matrix, do que li há uns tempos, é (ou pelo menos é muito parecido com) rocha vulcânica, tipo pedra-pome ou lá o que era. É bom, mas hoje em dia há coisas melhores, tanto em termos de longevidade como em termos de superfície para as bactérias colonizarem.

Entre comprar Seachem Matrix (e atenção que eu sou um grande fã da Seachem para muita coisa) ou comprar um saco de Pedras de Lava numa loja que venda coisas para churrascos, eu comprava as do churrasco, porque iam ficar muito mais baratas e fazem quase o mesmo (e sim, já experimentei e deu resultado).

 

há 9 minutos, neo_2 disse:

Pois. Acho que estão com um bom marketing de boca a boca. Aqueles que compraram e tiveram que pagar caro pelo biohome não querem dar o braço a torcer e dizem maravilhas sobre o produto. Mas se essa informação sobre a toxicidade for verdade, rápido se vai o negócio.

Não é assim tão grave, para uma denitrificação lenta, como eu imagino que o biohome faça num filtro normal, provávelmente basta ter a saída do filtro um bocado acima do nível da água, mas é um aspecto que raramente é falado.

 

há 1 minuto, Alex Ppasdasd disse:

Esse gás que falas é nitrogénio! E sim é de preocupar em poços não em aquários... 

E não só. Nitrogénio é o gás resultante se a denitrificação for feita mesmo a 100% (de NO3 para N), o que nem sempre acontece.

The-nitrogen-cycle-Denitrification-consi

Link to post
Share on other sites
há 18 minutos, João Cardoso (Kadoxu) disse:

Seachem Matrix, do que li há uns tempos, é (ou pelo menos é muito parecido com) rocha vulcânica, tipo pedra-pome ou lá o que era. É bom, mas hoje em dia há coisas melhores, tanto em termos de longevidade como em termos de superfície para as bactérias colonizarem.

Entre comprar Seachem Matrix (e atenção que eu sou um grande fã da Seachem para muita coisa) ou comprar um saco de Pedras de Lava numa loja que venda coisas para churrascos, eu comprava as do churrasco, porque iam ficar muito mais baratas e fazem quase o mesmo (e sim, já experimentei e deu resultado).

 

Não é assim tão grave, para uma denitrificação lenta, como eu imagino que o biohome faça num filtro normal, provávelmente basta ter a saída do filtro um bocado acima do nível da água, mas é um aspecto que raramente é falado.

 

E não só. Nitrogénio é o gás resultante se a denitrificação for feita mesmo a 100% (de NO3 para N), o que nem sempre acontece.

The-nitrogen-cycle-Denitrification-consi

Afirmas então, que a produção de N2O que resulta da desnitrificação resultante do Biohome atinge níveis de tal magnitude que coloca o ecosistema em risco?! Ok... 

Edited by Alex Ppasdasd
Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, Alex Ppasdasd disse:

Afirmas então, que a produção de N2O que resulta da desnitrificação resultante do Biohome atinge níveis de tal magnitude que coloca o ecosistema em risco?! Ok... 

Se ler tudo o que escrevi com atenção vai ver que não afirmei nada disso 🙂

Link to post
Share on other sites

@João Cardoso (Kadoxu) já meti rocha vulcânica e não correu assim tão bem. Desfazia-se muito e tinha alguns silicatos que fazem parte natural da formação da rocha. E isso influenciava-me os parâmetros da água. A única vantagem do matrix em comparação com as pedras de churrasco é que vem mais "polidas". Mas então por curiosidade que tipo de midias boas há por ai?

Link to post
Share on other sites
há 1 hora, João Cardoso (Kadoxu) disse:
há 23 minutos, João Cardoso (Kadoxu) disse:

Se ler tudo o que escrevi com atenção vai ver que não afirmei nada disso 🙂

 Além disso, a água deve ser bem oxigenada à saída do filtro para que o gás, resultante dessa de-nitrificação, seja libertado, porque é tóxico para os peixes.

 

Link to post
Share on other sites

Não sei o que se passa hoje aqui que ninguém me percebe! 😂

há 29 minutos, neo_2 disse:

@João Cardoso (Kadoxu) já meti rocha vulcânica e não correu assim tão bem. Desfazia-se muito e tinha alguns silicatos que fazem parte natural da formação da rocha. E isso influenciava-me os parâmetros da água. A única vantagem do matrix em comparação com as pedras de churrasco é que vem mais "polidas". Mas então por curiosidade que tipo de midias boas há por ai?

Atenção! Eu não disse que não era bom, o que quiz dizer é que acho que pelo preço que é, há coisas parecidas mais baratas ou melhores a preço parecido.

Biohome também acho que seja bom, desde que estejamos informados correctamente, e é uma matéria filtrante que há algum tempo que gostava de experimentar. Acho que é bom, até tão bom ou melhor que o que referi aqui na minha primeira resposta, mas não é o produto milagroso de que falam (na minha opinião, informada de como é produzido, mas sem nunca ter experimentado o produto pessoalmente).

Se tivesse de comprar agora, com a certeza que comprava de boa qualidade, como disse na minha primeira resposta, EHEIM Substrat Pro (que é composto pelo mesmo material que o Biohome).

Para filtros maiores optaria por MarinePure. Blocos no caso de ter uma sump grande, as esferas para coisas mais pequenas.

@Alex Ppasdasd, se ler mais um bocadinho, vai ver que eu disse mais qualquer coisa sobre isso... 🙂

Link to post
Share on other sites

Ja usei desde midias da Sera, Eheim, Seachm tenho agora. Todas elas me fizeram bem o seu trabalho! Unico contra que encontrei nas Sera, foi o facto de ser aqueles aneis para filtragem mecanica/biologica, e ao fim de algum tempo em uso comecaram a partir ao meio, mas atencao que nao aconteceu em 6 meses...

De resto, Eheim substrat Pro sempre me funcionou impecavel! Agora testei o Matrix da Seachem por curiosidade, pois precisava de comprar media nova, e arranjei uma pormocao fixe. Tem funcionado muito bem, em conjunto com o Purigen.

O Biohome li, e reli, e reli, e reli varias opinioes sobre o mesmo, e achei que no final de contas, o custo/beneficio nao justificava. Atencao que e apenas uma opiniao pessoal, acho que prefiro gastar esse dinheiro num fitro com mais caudal, e meter uma media mais em conta como o Substrat Pro...

Link to post
Share on other sites
  • 4 months later...
On 20/07/2020 at 16:43, João Cardoso (Kadoxu) disse:

Todos os tipos de matéria filtrante reduzem o caudal de saída... e consoante a compactação de matéria filtrante dentro do filtro, maior ou menor será a redução do caudal. Esses 10% que referes são meramente um número atirado ao ar. Tanto pode ser 10% como 20% como 30%... depende da quantidade e do quão compactada está a matéria filtrante. É uma questão de utilizar um filtro bem dimensionado para o aquário que se tem e utilizar as matérias filtrantes de maneira correcta.

O Biohome, daquilo que sei, para começar a remover Nitratos, precisa de condições específicas na água onde é colocado e ainda assim precisa de largos meses para ganhar as bactérias anaeróbicas suficientes para se começar a ver resultados. Além disso, a água deve ser bem oxigenada à saída do filtro para que o gás, resultante dessa de-nitrificação, seja libertado, porque é tóxico para os peixes.

eu uso essa bio-home e pelo que ja li isso não é correto, pois o processo desnitrificação produz nitrogénio/ azoto em forma de gás (N2) que é incolor, sem cheiro, sem sabor e principalmente inerte.
e ate faz parte do que nós e todos os animais respiram, esta presente junto do O2 atmosférico em mais de 50%

se existir por ai alguém com bastantes mais conhecimentos de quimica e biologia talvez possa esclarecer melhor.

posso estar enganado e não me lembrar de muitas coisas

mas que as bio home vale bem a pena  la isso vale o seu preço é que é puxado 20paus por Kg
mas também  ja cheguei a comprar cerâmicas convencionais a quase 12/kg

aqui ate tem uma comparação ao microscópio das varias ceramicas

https://www.youtube.com/watch?v=ETOETsUIfhU

Edited by jdhome
Link to post
Share on other sites

Como já foi referido anteriormente neste tópico, é muito pouco provável que seja produzido em aquário em níveis suficientes para causar preocupação.

Uma coisa que aprendi entretanto nestes meses que já passaram é que parece não se tratar de um problema de toxicidade, mas da formação de bolhas de gás em locais que podem causar problemas de respiração aos peixes.

"Nitrogen gas can be produced in the aquarium from the conversion of nitrate. However, it is often of more concern in some underground source waters, particularly water from wells and springs, where nitrogen may be at supersaturated levels. As with oxygen and carbon dioxide, the solubility of nitrogen increases with decreasing temperature and salinity and increasing pressure. The pressure reduces as water from a well or spring reaches the surface and less nitrogen gas can be held. If this water is put directly on fish, bubbles can form in the gills, skin and fins as the nitrogen begins to vent off in an attempt to equalize with the nitrogen in the atmosphere. This problem, known as Gas Bubble Disease, is similar to the bends in divers and can cause death if the condition is severe. Well or spring water should be degassed before coming into contact with fish. Vigorously aerate the water with an air pump and airstone for approximately 24 hours before the water is added to the tank to ensure excess nitrogen gas has been removed."

 

Artigo do Departamento de Agricultura e Serviços ao Consumidor da Flórida:

https://www.fdacs.gov/Consumer-Resources/Recreation-and-Leisure/Aquarium-Fish/Aquarium-Water-Quality-Nitrogen-Cycle

Link to post
Share on other sites

ya isso que ai esta pode acontecer e acontece muito em substratos que ficam compactos (principalmente em dirty aquariums) e quase não há circulação de O2 nem agua no substrato mais profundo.
essas bolhas sim são perigiosas
isso pelos vistos não acontece com essas cerâmicas porque pelo explicado ai no vídeo elas estão em contacto com o grande fluxo de agua com bastante oxigénio
e pelo que ja li o (N) azoto produzido em condições normais (dentro das cavidades das biohome) forma um gás diatómico (N2), vem diluido no oxigenio da agua e é  incolor, inodoro, insípido e inerte, não participando da respiração.

isto é de umas notas que tenho por aqui sobre as bio home
mas tb ja li tantas coisas contraditórias que sempre se fica na duvida não é?
 

Link to post
Share on other sites
há 6 horas, jdhome disse:

mas tb ja li tantas coisas contraditórias que sempre se fica na duvida não é?

Exatamente... só experimentando é que se chega a uma conclusão. Eu gostava de experimentar as biohome, mas ainda não tive oportunidade.

Link to post
Share on other sites
há 8 horas, João Cardoso (Kadoxu) disse:

Exatamente... só experimentando é que se chega a uma conclusão. Eu gostava de experimentar as biohome, mas ainda não tive oportunidade.

eu uso/testo  há 3 meses em 1 único dos cestos dos 2 fluval 207 e 206 que tenho no meu ripario dos botias (montado ha 18 meses para re-alojamento dos botias )e tenho tido bastantes bons resultados pelo menos a nível dos nitratos, que baixaram tanto que tive que começar a fertilizar com N extra, coisa que nunca fazia pois tinha sempre valores acima do 40ppm

no 206 onde utilizo, o mais interessante é que recentemente fui para limpar este filtro e o ultimo perlon por onde passa a agua para o aquário encontra-se muito mais limpo do que o 207 que ainda tem as cerâmicas normais.
e limpava filtros mês a mês alternados e TPAs a cada 15 dias agora faço tpa 1x mes e esse filtro ja não o limpo ha 3 meses
ja encomendei mais uma dose para para ir substituindo todas as normais pelas bio.

vale sempre a pena experimentar, pelo menos para quem tem aquários acima dos 100L.
claro que existem outras formas de criar bactérias anaeróbias mas este é muito mais pratico e ainda por cima sem baixar o fluxo/caudal dos filtros.
 

  • Upvote 1
Link to post
Share on other sites