alvarenga

Planificação de novo aquário

Recommended Posts

Ora boas, está na hora de começar a pensar num novo projecto. 

O novo projecto vai arrancar do zero, dimensões, alturas, equipamentos, etc. Ver se podemos interajudar-nos a pensar, qual a melhor forma de planear um aquário e um novo projeto. 

Objectivo em Junho o novo aquário estar em construção e nunca inferior a 400litros.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Grande Hugo. Venha de lá esse novo projeto! Pretendes um plantado á home ou uma coisa mais ligeira que dê menos trabalho a manter? 😀

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 42 minutos, Tozé Nunes disse:

Grande Hugo. Venha de lá esse novo projeto! Pretendes um plantado á home ou uma coisa mais ligeira que dê menos trabalho a manter? 😀

Numa primeira fase algo mais ligeiro, que ao fim de 3 meses será uma coisa á home. 😁 (estou com saudades de gastar co2 e fazer experiências com ferts😁😁.)

 

Primeira fase de um projeto, decidir o local onde vamos montar o aquário:

    - Temos de ter em consideração que o local envolve temperatura, espaço livre, proximidade de pontos de água, nível estético e ruído.

No meu caso este projecto vai ser montado na sala de estar, como tal o nível estético do aquário torna-se importante.

Nada de fios à vista, as luzes têm de ficar enquadradas com a sala, móvel tem de ser fechado, convém ter tampa para não ter excesso de humidade na sala pelo efeito de evaporação. Vou ter de ter cuidado com os sons, odeio estar a ver um filme com som de motores a trabalhar.

Vantagens a temperatura média da sala é acima dos 20graus.

Desvantagens, sem pontos de água e a preocupação estética vai encarecer todo o projecto.

 

Um bom planeamento, envolve grandes diferencas no dinheiro gasto no mesmo.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Local para o projeto esta escolhido - Será na sala.

Portanto passamos a segunda fase do projeto - dimensões e limitações.

Temos de começar por analisar da melhor forma o espaço onde queremos colocar o aquário, ver o espaço disponível e enquadramento com o resto da mobília da divisão.

(nota: uma má escolha de dimensões, vai levar à outro aquário ao fim de pouco tempo, ou a muitas dores de cabeça com a companheira/o).

1- Colocar o aquário mais próximo de uma janela, para evitar alguns problemas de condensação que tenho tido, mas tendo atenção para não ficar num sitio que leve com sol diretamente (iria ter problemas com algas).

2- Todos os moveis da sala têm 50 cm de largura, logo o aquário está limitado a 50 cm de largura.

3- Comprimento tenho 260cm disponíveis, como quero deixar pelo menos 30 cm de espaço para a parede e outros 30 cm para o móvel da televisão, estou limitado a 200cm de comprimento.

4- Altura maior problema, quando pensamos na altura do aquário temos de pensar que ele é um conjunto com móvel por baixo. Portanto primeiro temos de ver quanto espaço precisamos para o equipamento e depois pensar na altura total do conjunto. Também temos de começar a pensar bem no tipo de aquário vamos querer:

          - Plantado menor altura para poder fazer podas e não ter problemas com a luz e à coluna de água.

          - Biótipo com poucas ou sem plantas, pode ser mais alto, poucas vezes temos de mexer dentro do aquário.

          - Peixes grandes vamos querer um aquário com um mínimo de 60cm de altura.

          - Africanos podemos também ter um aquário alto, sem necessidade de grande mexidas no interior.

 

Neste momento, vamos parar e pensar um pouco sobre o que gostaríamos de ter no aquário, e assim saber melhor que altura deverá ter o projeto.

 

Ponto de situação: aquário montado na sala com máximo de 200cm por 50cm, falta definir os limites de altura :)

Edited by alvarenga
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Agora que já pensamos no objectivo, no meu caso um plantado exigente. Podemos pensar em medidas.

- Altura da base do móvel,  para isso temos de pensar em que equipamento vai lá estar.

Filtro o maior em altura que anda no mercado é o jbl 1902 que são 55cm, com mais uns 15cm para mexer, preciso de cerca de 70cm.

Garrafa de 5kg para co2 vai ter uns 74cm, com manômetros são cerca de 80cm.

Temos de considerar a base do movel cerca de 5cm. Logo posso concluir que o movel vai ter 85cm no total.

- Aquario como quero um plantado, o limite de altura são 55cm, mais do que isto fica impossivel fazer podas. Tenho também de considerar que quero uma coroa a volta do aquário, para tapar todo o equipamento mais 8cm.

Logo altura do movel 85cm, aquario 55cm mais 8cm de coroa. Total 148cm...

Grande dúvida será que consigo trabalhar com esta altura de aquário? 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 40 minutos, alvarenga disse:

Logo altura do movel 85cm, aquario 55cm mais 8cm de coroa. Total 148cm...

Grande dúvida será que consigo trabalhar com esta altura de aquário

Mede a altura desde o chão até ao teu sovaco e logo verás o teu desconforto 🙂 

há 44 minutos, alvarenga disse:

Aquario como quero um plantado, o limite de altura são 55cm, mais do que isto fica impossivel fazer podas. Tenho também de considerar que quero uma coroa a volta do aquário, para tapar todo o equipamento mais 8cm.

55 cms num plantado exigente parece me ser muito!  Eu ficava pelos 50 cms de altura, igual à profundidade! Quanto mais alto maior necessidade de gastos com a iluminação... Ou talvez ainda menos que os 50 cms. Tens a noção do que vais gastar para fazer um plantado exigente em dois metros, certo? E o tempo necessário para manter tudo controlado... 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem Tozé estou com problemas nos 148 cm, vou ter de fazer uma zona na base do móvel para o Co2 ficar no chão e assim reduzir o móvel para 80cm.

Assim estamos nos 143cm.

Talvez possa reduzir para 50cm o aquário e ficaria com 138cm, o que me incomoda é que a coroa vai tirar uns 5cm de aquário visivel e com isso fico com 45cm de frente o que acho pouco.

Relativamente a custo irei orçamentar tudo neste tópico, mas estou a prever 2,5k máximo. Tempo se vier novamente a fazer um holandês, calculo 4h por semana para poda. Depois fico farto e faço algo mais simples.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Neste momento já apuramos as dimensões máximas que o nosso projeto pode ter.

Tendo as mesmas em consideração, temos de pensar se fazem sentido e que equipamento será necessário. 

Relativamente ao equipamento, podemos fazer de duas formas:

- primeira e que aconselho, orçamentar tudo com bom equipamento e se for necessário baixar a litragem e as dimensões, mas manter um bom nível de equipamento pois torna tudo mais fácil e económico.

- segunda forma, comprar o maior aquário possivel e o equipamento de nível inferior e depois melhorar com o tempo. A médio prazo fica com um custo muito superior.

 

Eu aconselho um estudo rigoroso ao equipamento necessário, procurar em segunda mão algumas coisas, mas evitar ir para escolhas econômicas ou duvidosas para poupar uns euros,  neste hobby vai ficar sempre mais caro. São os peixes que morrem, são as plantas que ficam cheias de algas, é a calha que vai para o lixo, o substracto que vai fora, etc...

Também é uma boa altura para pedir 2/3 orçamentos, com a medida máxima que podemos ter e outra um pouco mais pequeno. As vezes pequenas mudanças, têm grandes variações de preço. Falem com quem vão pedir orçamentos as vezes têm boas ideias e boas opiniões acerca das dimensões e para o projeto.

Concelho vidro sempre uma medida acima do aconselhado, principalmente em aquários grandes. Imaginem que decidem fazer um aquário de 200cm em vidro de 10mm, depois o vosso filho ou vosso sobrinho por exemplo pega no comando da tv e atira ao aquário... vai ser grave um vidro partir com 500litros de água em pressão,  pode matar uma pessoa. Os riscos são grandes.

 

 

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Enquanto vou tratar de ver orçamentos, está na hora de começar a pensar no equipamento.

O coração do aquário é a filtragem, como tal temos 3 soluções:

- Filtro internos ou de cascatas, que eu não aconselho em aquários a partir dos 60l. A manutenção não é uma operação limpa, entre outros problemas de aspeto e circulação...

- Filtragem por sump, bons sistemas podem ser o melhor meio de filtragem e permitem aumentar a quantidade de água do sistema. Pode ficar caro um bom sistema, não é garantido conseguir evitar ruídos, e torna difícil ter um bom equilíbrio de Co2. Boa solução para aquários de monsters, não o acho para plantados.

- Filtros externos, se bem dimensionados a litragem e a carga orgânica são sistemas quase perfeitos, onde o mais complicado é a manutenção do filtro que é trabalhosa.

No meu caso vou optar por filtros externos, dado que não quero correr riscos com ruídos e vou ter muito Co2.

Considerando que o aquario terá cerca de 500l no máximo,  tenho de considerar 2500l de capacidade de filtragem. 

Todos os filtros quando em funcionamento e com matérias filtrantes, fazem cerca de 70% do que anunciam. Logo a necessidade de filtragem anda em cerca 3500l/h.

Em aquários grandes sou da opinião que se deve ter 2 filtros. Imaginem sábado a noite a fazerem tpa, filtro deixa de ferrar e não volta a trabalhar... o que fazem para salvar a vossa fauna? Lojas fechadas, rezam para encontrar um amigo com filtro disponível... depois adeus bactérias e agora nova ciclagem, tpas diárias... caos e mais caos...

Portanto 2 filtros.

Tenho um eheim 2075 disponivel e um jbl 1501

O que poderá ser curto, logo tenho de ponderar a comprar de um filtro mais potente e que seja silenciosos, para combinar com um dos de cima.

Alguém pode aconselhar um bom filtro silencioso?

Edited by alvarenga

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas Alvarenga.
De volta, desta vez com um paralelepípedo? Ou vais tentar outra vez formatos estranhos ;-)
Filtros vai para eheim 2180 ou oase, penso que actualmente no mercado são as melhores opções.
Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 8 horas, Luís Cardoso disse:

Boas Alvarenga.
De volta, desta vez com um paralelepípedo? Ou vais tentar outra vez formatos estranhos 😉
Filtros vai para eheim 2180 ou oase, penso que actualmente no mercado são as melhores opções.
Abraço

Boas Luís,

Desta vez vamos para um paralelepípedo, formatos estranhos só voltarei a fazer num reef.

Estive a ler sobre os filtros oase e gostei muito do que li, ver se encontro ao vivo para ter noção da qualidade. Não conhecia a marca, obrigado Luís. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Boas Luís,
Desta vez vamos para um paralelepípedo, formatos estranhos só voltarei a fazer num reef.
Estive a ler sobre os filtros oase e gostei muito do que li, ver se encontro ao vivo para ter noção da qualidade. Não conhecia a marca, obrigado Luís. 

A qualidade parece-me muito porreira, e tens termofiltros tb.
Outra coisa que me parece muito fixe é o pre-filtro, que da para tirar sem abrir o filtro.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Este filtro vai entrar na lista, adorei o pre-filtro, poupa muitas dores de costa e facilita muito a manutenção. Juntando que o preço esta em muito boa conta.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On ‎2‎/‎21‎/‎2019 at 11:46 PM, alvarenga said:

Enquanto vou tratar de ver orçamentos, está na hora de começar a pensar no equipamento.

O coração do aquário é a filtragem, como tal temos 3 soluções:

- Filtro internos ou de cascatas, que eu não aconselho em aquários a partir dos 60l. A manutenção não é uma operação limpa, entre outros problemas de aspeto e circulação...

- Filtragem por sump, bons sistemas podem ser o melhor meio de filtragem e permitem aumentar a quantidade de água do sistema. Pode ficar caro um bom sistema, não é garantido conseguir evitar ruídos, e torna difícil ter um bom equilíbrio de Co2. Boa solução para aquários de monsters, não o acho para plantados.

- Filtros externos, se bem dimensionados a litragem e a carga orgânica são sistemas quase perfeitos, onde o mais complicado é a manutenção do filtro que é trabalhosa.

No meu caso vou optar por filtros externos, dado que não quero correr riscos com ruídos e vou ter muito Co2.

Considerando que o aquario terá cerca de 500l no máximo,  tenho de considerar 2500l de capacidade de filtragem. 

Todos os filtros quando em funcionamento e com matérias filtrantes, fazem cerca de 70% do que anunciam. Logo a necessidade de filtragem anda em cerca 3500l/h.

Em aquários grandes sou da opinião que se deve ter 2 filtros. Imaginem sábado a noite a fazerem tpa, filtro deixa de ferrar e não volta a trabalhar... o que fazem para salvar a vossa fauna? Lojas fechadas, rezam para encontrar um amigo com filtro disponível... depois adeus bactérias e agora nova ciclagem, tpas diárias... caos e mais caos...

Portanto 2 filtros.

Tenho um eheim 2075 disponivel e um jbl 1501

O que poderá ser curto, logo tenho de ponderar a comprar de um filtro mais potente e que seja silenciosos, para combinar com um dos de cima.

Alguém pode aconselhar um bom filtro silencioso?

Ao quereres um holandês acho que podes dispensar a aquisição de novos filtros...esses chegam e sobram e 2500l de filtragem dispensável, numa opinião muito pessoal.

Vai ter um filtro muito maior e mais eficiente que são as plantas.

Podes é acrescentar uma cabeça motorizada para teres uma maior circulação.

Um plantado à seria pode sobreviver  períodos sem filtro com trocas de água mais regulares. O medo de um filtro avaria será uma preocupação...mas remota :) 

Abraço e bem vindo de volta Alvarenga

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tens razão Vasco, relativamente a filtragem vou ter um filtro excelente. Relativamente a ter uma wave é quase obrigação nas minhas montagens :)

Hoje aproveitar para pensar um pouco em CO2.

- Opções para um aquário destas dimensões:

- Co2 caseiro (não seja a ser opção para estas dimensões), de qualquer maneira não aconselho a ninguém pela dificuldade de estabilidade entre garrafas.

- Co2 através de reator, não é dos meus sistemas preferidos, acredito ser o melhor mas tive uma inundação à uns anos pelo sitio de colocação do tubo de Co2 e o aquário verteu uns 100l de agua para o chão.

- Co2 por difusor para esta dimensão não é fácil ter uma boa dispersão, mas sei que consigo fazer funcionar bem com 2 difusores

Equipamento:

- Bilhas de CO2  - tenho 3 disponíveis mandar encher

- Redutor de CO2 - tenho um da TMC

- divisão para 2  - Tenho

- 4 válvulas de anti-retorno - tenho

- 2 conta bolhas - tenho

- 2 difusores - tenho 2 d!aqua 50mm e 40 mm e um ViV para limpezas de 50mm

Para este aquário vou planear um difusor de cada lado, se fosse mais pequeno apostaria em apenas um bom difusor colocado debaixo do out do filtro.

 

Ainda vou verificar que reatores existem no mercado bons para estas dimensões, se alguém sober de algo que seja mais eficiente que este esquema de difusores apite :).

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Relativamente ao CO2 acho que estás tratado.

Podes comprar um reator, mas lá está, acho que tens tanto onde gastar dinheiro que aproveitar o material que tens é sempre uma boa opção.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas, também tens a hipotese de um atomizador. O JBL proflora direct ou o chinoca. Assim fica uma solução exterior, fiável e eficaz. Também tinha um do!aqua e desde que troquei para atomizador pensei em todo o tempo que desperdicei a limpar o difusor.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia, estive a ler este projecto e chego aqui e não há desenvolvimento? =O
Como vai isso?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.