Bruno Carneir

Aquário 300 Litros

Recommended Posts

Boas Alvaro Silva,

Obrigado pela opinião. Também tenho ouvido falar bem desse filtro. 

A minha dúvida é que como já tenho um Fluval 406 e se lhe juntar um Fluval FX4 fico com uma circulação / filtragem de água de cerca de 2500 l/h (já descontando as perdas com os filtros cheios). Ou seja fica com o ideal de 10x o volume de filtragem por hora no aquário.

Enquanto que com o Fluval FX6 só fico com cerca de 2100 l/h. E se manter o Fluval 406 que já tenho e meter um FX6 já fico com quase 3000 l/h (já descontando as perdas com os filtros cheios). Ou seja, já dá cerca de 12x o volume de filtragem hora no aquário. Sei que filtragem nunca é de mais mas julgo que ia criar uma corrente excessiva que ia stressar um pouco os peixes. 

Pelas razoes anteriormente referidas, a dúvida maior seria em comprar um Fluval FX4 para juntar ao meu Fluval 406 e ficar com uma filtragem de 2500 l/h ou comprar um Fluval Fx6 e ficar com filtragem de 2100 l/h?

A primeira opção tem as vantagens de ficar mais barato pois o FX4 é 50 euros mais barato que o FX6 e se um filtro avariar tem sempre outro a funcionar. Mas desvantagens tenho mais gastos de luz (20w (F.406) + 30w (F.FX4) = 50W) e tenho de fazer manutenção a 2 filtros.

A segunda opção tenho a vantagem de gastar menos luz que a primeira (FX6 40W) e só tenho de fazer a manutenção a 1 filtro. O meu 406 ficaria sempre guardado caso este avaria-se. Mas desvantagens é ser mais caro 50 euros que a primeira opção e fico com menos 400 l/h de filtragem útil.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

E as tuas opções só passam pelos Fluval?

 

Edited by brunofasoares

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não necessariamente. Posso considerar outras marcas. Mas pelo que tenho pesquisado a fluval tem preços mais acessíveis, já inclui os meios filtrantes e são simples de utilizar.

Mas estou aberto a outras opções. 

Obrigado.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pelo que li no site da Fluval fizeste mal as contas. FX6 faz 3500L/h e o FX4 faz 2650L/h. Qualquer um deles chega bem por si só, e até sobra.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado brunofasoares,

Mas não fiz mal as contas. Esses valores que apresentaste é o valor de filtração com o filtro vazio. Eles apenas apresentam esses valores altos de filtração por hora por marketing apenas.

Pois na realidade quando os filtros estão cheios de matérias filtrantes e esponjas esses valores em todos os filtro reduzem imenso. Dependendo dos filtros pode chegar a reduções de 50% nesse valor. E vendo o manual técnico que vem com o Fluval FX4 e FX6 aparece lá mesmo isso escrito. Que esses valores são o volume por hora que o motor filtra em vazio. E aparece depois o volume por hora que realmente faz (FX4 - 1700 l/h e FX6 - 2130 l/h) quando cheios com as matérias filtrantes e esponjas que eles incluem na venda. O que se traduz em ambos os filtros em perdas de 35%, que nem é muito comparado com outros filtros.

No entanto esses filtros levam muito mais matérias filtrantes que as que incluem na venda dos filtros. Por isso ao adicionar mais vai aumentar ainda mais essas perdas de 35%.

Por isso considero que na realidade um FX4 deve fazer apenas uns 1600 a 1700 l/h e um FX6 entre os 2000 a 2100 l/h.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 hora, Bruno Carneir disse:

Obrigado brunofasoares,

Mas não fiz mal as contas. Esses valores que apresentaste é o valor de filtração com o filtro vazio. Eles apenas apresentam esses valores altos de filtração por hora por marketing apenas.

Correcto. Mas por isso é que se faz a conta a pensar no volume total do aquário, e não a pensar que temos 5cm sem água até ao topo do aquário, ou 25kg ou mais de solo, mais troncos e pedras, peixes e plantas.... etc...... e tudo isto retira muito volume de água, mais o facto de limpares ou não as mangueiras e se as tens à medida ou com muita folga.... 

Acho que estás a fazer contas a mais.

Se pensares que realmente nos FX tens mais espaço no copo para colocar matérias filtrantes, aí sim, deves ter em atenção esse aspecto. Não faço essas contas todas para chegar à conclusão que um Eheim Ecco Pro 300 chega para um aquário de 120 litros brutos.

Mas isso é a minha opinião, claro, e acho que deves ter um filtro que não fiques na dúvida se chega ou não para o que queres fazer. Até porque deves ter em conta também a carga biológica dos teus vivos. No fundo, penso que não é apenas a litragem do próprio filtro que interessa, mas sim o geral do aquário.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado brunofasoares,

Sim concordo perfeitamente com o que dizes.

Só estou a pensar noutro filtro pois noto que o Fluval 406 que tenho não é suficiente pois mais ou menos de 2 em 2 semanas tenho de abri-lo para limpar por dentro pois já tem muito sujidade acumulada (esponjas brancas e a lã filtrante completamente castanhas) e tenho de fazer todas as semanas TPAs de 30% (cerca de 70 litros de água). 

Ao inicio estava a pensar colocar mais um Fluval 406 mas vi que por mais 50 euros o Fluval FX4 é muito melhor. Pois além das funções normais de um filtro externo pode ser usado para aspirar o fundo e ser usado de forma muito simples (com ligação própria com mangueira extra) para trocas de água. Facilitando-me em muito as TPAs semanais. 

Por outro lado estimo que no aquário tenha cerca de 250 litros de água. E com peixes de água fria (carassius auratus / goldfish) tenho efectivamente uma carga biológica muito grande. Em todos as pesquisas que fiz referiam em ter uma filtragem na ordem de 10x o volume do aquário por hora por isso sempre procurei uma filtragem em torno dos 2500 l/h. Mas nunca soube se nesses 10x que referiam já era considerado que todos os filtros tem perdas ou não.

Assim sendo, acho que o filtro a comprar passa pelo Fluval Fx4 (2650 l/h - vazio e 1700 l/h - cheio) ficando a dúvida se meto só esse ou mantenho  também o Fluval 406?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas.

Há várias formas de fazer contas à filtragem necessária. Considerando fauna que suje muito e água fria se tiveres os comuns "peixes vermelhos" ou ciclideos grandes que sujam muito, a referência é 10x o volume do aquário por hora mas é em bruto para ter cerca de 5 a 6x esse valor real.

 

Se vires os 3500lts do Fx6 (tenho este filtro há alguns anos) em 300lts dá 11.6x enquanto que na realidade com a perda que acontece cheio não faz mais que 7x.

 

Agora será que a fauna que tens aprecia águas tão agitadas? Os peixes vermelhos não gostam nem são grandes nadadores. O fx6 traz um bocal duplo que divide a pressão de água que sai do filtro em 2 e por isso em 120cm de comprimento de água é capaz de não ser nenhuma brutalidade mas se for necessário também se pode fechar um pouco a torneira do out para baixar essa agitação caso a fauna ande a voar.

 

Eu pessoalmente acho o fx6 um must em aquários grandes e com fauna sujona, apenas o abro 1x por ano e mesmo assim nunca notei grande perda de caudal ou que estivesse um lodo autêntico lá dentro. O Fx4 é menor não só em caudal como também em volume de matérias. Pessoalmente acho que pela diferença o 6 compensa sempre.

 

A opção por um segundo filtro também me agrada pois dá sempre para suportar o aquário em caso de avaria de um deles sem grande stress.

 

Já agora os fx não são tão práticos de limpar como os outros fluval. O que me vale é só abrir 1x por ano porque na facilidade de manutenção para mim não há como a JBL.

 

Boa escolha.

 

 

 

Enviado de meu Redmi Note 4 usando o Tapatalk

 

 

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 18 horas, Bruno Carneir disse:

Obrigado brunofasoares,

Sim concordo perfeitamente com o que dizes.

Só estou a pensar noutro filtro pois noto que o Fluval 406 que tenho não é suficiente pois mais ou menos de 2 em 2 semanas tenho de abri-lo para limpar por dentro pois já tem muito sujidade acumulada (esponjas brancas e a lã filtrante completamente castanhas) e tenho de fazer todas as semanas TPAs de 30% (cerca de 70 litros de água). 

Ao inicio estava a pensar colocar mais um Fluval 406 mas vi que por mais 50 euros o Fluval FX4 é muito melhor. Pois além das funções normais de um filtro externo pode ser usado para aspirar o fundo e ser usado de forma muito simples (com ligação própria com mangueira extra) para trocas de água. Facilitando-me em muito as TPAs semanais. 

Por outro lado estimo que no aquário tenha cerca de 250 litros de água. E com peixes de água fria (carassius auratus / goldfish) tenho efectivamente uma carga biológica muito grande. Em todos as pesquisas que fiz referiam em ter uma filtragem na ordem de 10x o volume do aquário por hora por isso sempre procurei uma filtragem em torno dos 2500 l/h. Mas nunca soube se nesses 10x que referiam já era considerado que todos os filtros tem perdas ou não.

Assim sendo, acho que o filtro a comprar passa pelo Fluval Fx4 (2650 l/h - vazio e 1700 l/h - cheio) ficando a dúvida se meto só esse ou mantenho  também o Fluval 406?

Concordo que o 406 é curto, especialmente pela razão que disseste. Fica sujo rapidamente e pode perder capacidade de filtração. Por isso acho que o FX4 será suficiente. Mas é como tudo, se achas que podes ter um equipamento acima também não perdes nada, no entanto não é absolutamente necessário. 1700L/h dá cerca de 6 x a litragem total do aquário que é muito bom. A "regra" dos 7x é mais para o total de ambos, litragem total do aquário vs litragem total do filtro, já a considerar todas as "contrariedades".

Quanto à marca, em termos da relação qualidade/preço acho que são filtros bons para a realidade actual. Cada vez à mais marcas e muitas delas deixam algumas desconfianças, pelo menos a mim. Uso sempre Eheim e tenho 2 filtros já bem usados, um 2213 com mais de 20 anos, um Ecco Pro 300 com cerca de 15 e funcionam perfeitamente e nunca deram problemas. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mais uma vez muito obrigado pelo contributo S.S.

há 14 horas, S.S. disse:

Boas.

Há várias formas de fazer contas à filtragem necessária. Considerando fauna que suje muito e água fria se tiveres os comuns "peixes vermelhos" ou ciclideos grandes que sujam muito, a referência é 10x o volume do aquário por hora mas é em bruto para ter cerca de 5 a 6x esse valor real.

Já tinha pesquisado muito sobre o assunto mas sem encontrar algo em concreto a cerca destas contas à filtragem necessária. E erradamente estava a pensar que os 10x volume do aquário por hora eram garantido esse valor após contabilizar as perdas do filtro.

Assim sendo, para um aquário como o meu (300 litros brutos) com os comuns "peixes vermelhos" que criam muita carga biológica tenho de procurar um filtro que faça pelo menos 3000 l/h em vazio, para quando cheio fazer um valor real de 5x a 6x certo?

há 14 horas, S.S. disse:

Eu pessoalmente acho o fx6 um must em aquários grandes e com fauna sujona, apenas o abro 1x por ano e mesmo assim nunca notei grande perda de caudal ou que estivesse um lodo autêntico lá dentro. O Fx4 é menor não só em caudal como também em volume de matérias. Pessoalmente acho que pela diferença o 6 compensa sempre.

 

A opção por um segundo filtro também me agrada pois dá sempre para suportar o aquário em caso de avaria de um deles sem grande stress.

Como tenciono manter o filtro actual (Fluval 406) a funcionar em simultâneo com o novo, para caso algum avarie suportar o aquário por uns tempos tal como referiste, acho que o Fluval FX6 talvez seja demais para o aquário (pois com o meu 406 e os peixes ainda são pequenos as vezes são empurrados com a corrente). 

Por outro lado, com o FX4 + 406 também consigo maior filtragem (2650+1450=4100 l/h em bruto/vazio)  e maior capacidade para midias filtrantes (3.7+3.0= 6.7 litros) que só como o FX6 (3500 l/h + 5.9 litros). 

Por isso até estou mais inclinado para o Fluval FX4. 

S.S. achas que o facto de ter 2 filtros em simultâneo no mesmo aquário com características muito diferentes (Fluval 406 + Fluval FX4) pode trazer problemas? 

há 15 horas, S.S. disse:

Já agora os fx não são tão práticos de limpar como os outros fluval. O que me vale é só abrir 1x por ano porque na facilidade de manutenção para mim não há como a JBL.

Já agora da marca JBL (que não conheço os modelos) que filtro recomendavas para funcionar juntamente com o meu Fluval 406?

 

 

Muito obrigado também pelo teu contributo brunofasoares,

há 35 minutos, brunofasoares disse:

Concordo que o 406 é curto, especialmente pela razão que disseste. Fica sujo rapidamente e pode perder capacidade de filtração. Por isso acho que o FX4 será suficiente. Mas é como tudo, se achas que podes ter um equipamento acima também não perdes nada, no entanto não é absolutamente necessário. 1700L/h dá cerca de 6 x a litragem total do aquário que é muito bom. A "regra" dos 7x é mais para o total de ambos, litragem total do aquário vs litragem total do filtro, já a considerar todas as "contrariedades".

Quanto à marca, em termos da relação qualidade/preço acho que são filtros bons para a realidade actual. Cada vez à mais marcas e muitas delas deixam algumas desconfianças, pelo menos a mim. Uso sempre Eheim e tenho 2 filtros já bem usados, um 2213 com mais de 20 anos, um Ecco Pro 300 com cerca de 15 e funcionam perfeitamente e nunca deram problemas. 

Realmente tinhas razão andava a fazer contas a mais quanto à filtragem. 

O que me levou a optar inicialmente pela marca foi mesmo essa relação qualidade/preço e não estou nada arrependido da escolha. Só fui mal recomendado em loja a comprar o 406 em vez do FX4 (quando questionei varias vezes durante a compra se não seria melhor o FX4 que não me importava de pagar mais). 

Também sou muito desconfiado quanto a marcas. E tratando-se de vidas de seres vivos prefiro sempre gastar mais um pouco para lhes melhorar a vida e facilitar também a minha (pois andar a tratar doenças e resolver problemas da água dá muito trabalho).

Quanto a marca Eheim sei que é muito boa mas pelo que tenho visto para obter os mesmo valores de filtragem do Fluval FX4 os preços são muito mais caros. E filtros usados não quero comprar pois mais uma vez tenho receio de trazer alguma doença ou parasitas para o meu aquário. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 33 minutos, Bruno Carneir disse:

Muito obrigado também pelo teu contributo brunofasoares,

Realmente tinhas razão andava a fazer contas a mais quanto à filtragem. 

O que me levou a optar inicialmente pela marca foi mesmo essa relação qualidade/preço e não estou nada arrependido da escolha. Só fui mal recomendado em loja a comprar o 406 em vez do FX4 (quando questionei varias vezes durante a compra se não seria melhor o FX4 que não me importava de pagar mais). 

Também sou muito desconfiado quanto a marcas. E tratando-se de vidas de seres vivos prefiro sempre gastar mais um pouco para lhes melhorar a vida e facilitar também a minha (pois andar a tratar doenças e resolver problemas da água dá muito trabalho).

Quanto a marca Eheim sei que é muito boa mas pelo que tenho visto para obter os mesmo valores de filtragem do Fluval FX4 os preços são muito mais caros. E filtros usados não quero comprar pois mais uma vez tenho receio de trazer alguma doença ou parasitas para o meu aquário. 

Pois, Eheim é sempre mais caro. A Fluval tem filtros bons e mais baratos em relação aos da mesma gama da Eheim. E também concordo que é melhor comprar novo, se tens essa possibilidade, não por causa de doenças, porque podes sempre fazes uma boa desinfecção, mas porque não sabes como o filtro foi manuseado anteriormente. Pode ter bom aspecto, mas o motor já não estar nas melhores condições.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Resumidamente se fosse eu atendendo a que os teus peixes não gostam de muita corrente e vais manter o filtro que tens, juntava um jbl 1501 que faz reais mais 900lts hora e tem 6lts de matérias filtrantes, e mais silencioso que os fx e gasta apenas 20w que é metade do fx6.

Enviado de meu Redmi Note 4 usando o Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 7 horas, brunofasoares disse:

Pois, Eheim é sempre mais caro. A Fluval tem filtros bons e mais baratos em relação aos da mesma gama da Eheim. E também concordo que é melhor comprar novo, se tens essa possibilidade, não por causa de doenças, porque podes sempre fazes uma boa desinfecção, mas porque não sabes como o filtro foi manuseado anteriormente. Pode ter bom aspecto, mas o motor já não estar nas melhores condições.

Por isso mais vale prevenir e comprar um novo. E cheguei a conclusão que mesmo um filtro usado compensa no preço mas depois tenho de comprar todas as matérias filtrantes e esponjas novas (que nos Fluval vem incluídas) o que o leva para o preço de quase um novo em alguns casos.

há 16 minutos, S.S. disse:

Resumidamente se fosse eu atendendo a que os teus peixes não gostam de muita corrente e vais manter o filtro que tens, juntava um jbl 1501 que faz reais mais 900lts hora e tem 6lts de matérias filtrantes, e mais silencioso que os fx e gasta apenas 20w que é metade do fx6.

O JBL 1501 que referes é este (https://www.paulovieiraaquarios.com/pt/paulo-vieira-aquarios-agua-doce-aquarios-agua-salgada-aquarios-por-medida-aquarios-plantados-lagos-terrarios-porto-maia-produtos/filtros/filtros-externos/350-600l/jbl-e1502-detail) ou este é outro modelo?

Ele de características é então semelhante ao meu Fluval 406 (1450 l/h vazio, 900 l/h reais e 20w de consumo) certo?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite a todos.

Caro Bruno, como estás a ver a s hipóteses são mais que muitas, o que provoca sempre aos menos prós (como eu 😉 ) grande indecisão na escolha. Vou te falar apenas da minha experiência pessoal e da minha decisão em matéria de filtragem (tenho um aquário de 400l brutos). 

Tenho dois filtros, um JBL e um eheim, asseguro uma boa filtragem e permite-me fazer a manutenção alternada dos dois, salvaguardo assim qualquer problema a nível da colônia de bacterias, inclusive no caso de avaria de um dos filtros. Preferi esta opção á de um filtro único.

O problema que se põem, devido ao caudal ser demasiado, vê as coisas desta forma, tens mil e uma formas de reduzir a corrente de água no aquário, desde diferentes tipos de outflow, saídas duplas, diferentes orientações e posições. Este é um problema que me parece a mim não te deve preocupar.

Pessoalmente gosto dos filtros JBL, operação e manutenção muito facilitada e económicos (consumo energia).

Abraço e boa escolha. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado pela opinião RGTorres

Vou então optar por comprar um segundo filtro e manter os 2 em simultâneo pois a meu ver trás muitas vantagens já anteriormente apontadas.

Agora que já sei quais as características a procurar vou então procurar o melhor filtro em termos de qualidade / preço / facilidade de manutenção. Os Fluval 406 (tenho 1) e FX4 / 6 (youtube) já os conheço vou agora pesquisar sobre os JBL que vocês me tem recomendado. 

Mais uma vez, obrigado a todos pela vossa ajuda.

 

Vou ver se nos próximos dias coloco aqui novas fotos para demonstrar como se encontra o aquário.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
O JBL 1501 que referes é este (https://www.paulovieiraaquarios.com/pt/paulo-vieira-aquarios-agua-doce-aquarios-agua-salgada-aquarios-por-medida-aquarios-plantados-lagos-terrarios-porto-maia-produtos/filtros/filtros-externos/350-600l/jbl-e1502-detail) ou este é outro modelo?
Ele de características é então semelhante ao meu Fluval 406 (1450 l/h vazio, 900 l/h reais e 20w de consumo) certo?
Agora é 1502 mas basicamente é igual ao 1501. Será melhor que o teu fluval pois leva mais lts de cerâmicas, tanto como um fx6 e mais que o Fx4.

Enviado de meu Redmi Note 4 usando o Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado S.S. vou ver alguns vídeos no youtube sobre ele para perceber o seu funcionamento. Alguma vez adicionaste Lily Pipes aos teus filtros?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Obrigado S.S. vou ver alguns vídeos no youtube sobre ele para perceber o seu funcionamento. Alguma vez adicionaste Lily Pipes aos teus filtros?
Lily pipes em vidro a malta dos plantados e que usa isso. Eu prefiro os bicos de pato.

Enviado de meu Redmi Note 4 usando o Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 17/12/2018 at 09:40, Bruno Carneir disse:

Obrigado pela opinião RGTorres

Vou então optar por comprar um segundo filtro e manter os 2 em simultâneo pois a meu ver trás muitas vantagens já anteriormente apontadas.

Agora que já sei quais as características a procurar vou então procurar o melhor filtro em termos de qualidade / preço / facilidade de manutenção. Os Fluval 406 (tenho 1) e FX4 / 6 (youtube) já os conheço vou agora pesquisar sobre os JBL que vocês me tem recomendado. 

Mais uma vez, obrigado a todos pela vossa ajuda.

 

Vou ver se nos próximos dias coloco aqui novas fotos para demonstrar como se encontra o aquário.

Boas que tal a impressão do 406? Eu tenho em funcionamento 406 e outro por estrear o 306. ( Aqua 240 lts)

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas S.S. apenas gosto dos lily pipes pelo facto de em vidro mal se notarem num aquário e serem esteticamente mais agradável.

Mas tenho dois receios a cerca do seu uso num aquário como o meu (goldfish tank). O primeiro é que o outflow me reduza muito o caudal do filtro. O segundo é que normalmente tem um comprimento reduzido e eu como tenho um aquário com 60 cm de altura não sei se será bom ter o inflow afastado do fundo do aquário.  

 

Manuel_240 para já só tenho a dizer bem do filtro. Funciona muito bem, fácil de fazer a manutenção e a meu ver muito silencioso. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Num fundo preto o in e out em plástico preto mal se notam. Os Lili partem facilmente e sendo transparentes vais notar a sujidade e ter de limpar mais vezes.

Enviado de meu Redmi Note 4 usando o Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pois isso é uma grande desvantagem para mim pois meio desastrado vou partir isso rápido.

Em relação ao teu filtro fluval fx6 com que frequência limpas as mangueiras corrugadas deles? Pois o meu Fluval 406 também as trás e nunca limpei e imagino que a sujidade acumule muito no seu interior. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite a todo, 

Realmente os Lily pipe são esteticamente super agradáveis de ver num aquário, mas requerem "cuidados" especiais no manuseamento e na manutenção, uma vez que para manterem a estética tem de ser limpos com alguma assiduidade (digo assiduidade porque como tudo, varia com os aquários, dois aquários em tudo iguais e lado a lado, muitas das vezes necessitam manutenções diferentes, então quando tem diferencas nem se fala).

Em relação aos inflow não vejo grandes mais valias do que o aspecto estético, nos outflow sim, as diferentes formas e tipos podem ajudar bastante no tipo de circulacao que pretendemos no interior do nosso aquário.

Assim como o S.S. também sou adepto dos bicos de pato, são bastante discretos e, no meu caso especial, ajudam muito quando temos de aumentar um pouco a circulação dentro do aquário e direccionar o caudal da água.

Como também disse, e muito bem, o S.S. a utilização de plástico preto em combinação com um fundo preto torna o conjunto extremamente discreto.

Em relação a limpeza das mangueiras, faço-a juntamente com a limpeza do filtro, de qualquer forma verifico com alguma regularidade o estado em que estás se encontram, com ajuda de uma lanterna que coloco por trás das mangueiras e percorro toda a sua extensão verificando o seu estado, é muito fácil e prático.

Forte abraço.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas RGTorres,

Vou então desistir da ideia dos lily pipes. Pois estou a ver que vou acabar por os partir durante as limpezas frequentes dado que os meus peixes sujam muito. 

Já coloquei um fundo meio cinza no meu aquário (fixado do lado de fora) que assim já tapa os tubos pretos do filtro que andam na parte de trás. E como tenho o Fluval 406 tanto a peça do inflow como do outflow são transparentes ao contrário dos que vem nos Fluval FX, por isso com o fundo cinza já se tornam bem discretos. Só se nota preto mesmo as peças superiores da curva e as borrachas de fixação como se pode ver na seguinte imagem:

51OS4rosCYL._SX425_.jpg 

A técnica que recomendas da lanterna é muito boa. Para mim só é difícil pois como referi a pouco os tubos andam na parte de trás do aquário. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now