• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
bravo 6

Aquario 120x45x50

Recommended Posts

Muito obrigado pelos inputs e escrita. É sempre bom rever as boas sugestões e dicas para nos incentivar e melhorar.

Vou tentar responder às questões colocadas:

1) Excesso de luz (seja dos LEDs, ou pior, luz natural directa)
R: existe alguma luz natural por o aquario estar na sala, mas não parece ser nada de excessivo ou a razão. Estou mais inclinado para a intensidade dos leds de momento. Aguardo controlador LED para reduzir as intensidades nas duas calhas de igual forma.

2) Pouco CO2 (3 bolhas por segundo para um aquário desses talvez seja pouco). Corresponde a quantos ppm? Segues a tabela de pH/KH ou usas um CO2 checker?
R: uso a tabela PH/KH, pois é mais precisa e atualmente ronda os 30ppm.
 

3) Muita carga orgânica (sobretudo amónia), TPAs pouco frequentes, alimentação em excesso, plantas em decomposição
R: TPAs, tenho feito sempre ao domingo de manhã, ou seja, uma vez por semana. Hoje feriado devo fazer outra agora quando acabar de escrever o texto.

4) Pouca circulação de água -> não me parece o caso.
R: Diria que não é falta circulação, até porque adicionei uma Tunze 6045 para ter a certeza que tenho boa circulação em todos os pontos do aquario.



--- // ---


1) Diminuir o fotoperiodo para um máximo de 8h/dia. Sei que nesse caso esta a 5:30 mas à medida que as plantas crescem pode-se ir aumentando gradualmente
R: Enquanto não posso reduzir a intensidade da luz vou manter nas 5h30 horas de fotoperiodo que parece estar a abrandar as filamentosas. Até o musgo parece estar com outra cor e novos rebentos.

2) Usar plantas flutuantes que diminuam a intensidade de luz que chega ao aquário. Ex: Limnobium laevigatum ou Lemna minor.
R: Com o Skimmer que tenho usado, creio que não será boa opção, mesmo usando a rede do alho no interior do skimmer como ilustrado em imagens anteriores. Na ultima TPA, como houve uma semana que não usei a rede dentro do skimmer tinha lá dentro 3 Caridina Japonica (vivas) e 2 falsos neons (mortos). As prmeiras baixas neste aquario por causa do meu descuido ao usar o skimmer :\

3) Aumentar o CO2 para 25-30 ppm
R: O CO2 ronda os 30ppm, por vezes tem um pouco mais mas não passa muito dos 30ppm. Aqui parece controlado.

4) Ponderar colocar mais espécies que se alimentam de algas: mais Camarões caridina multidentata (Amano), idealmente 1 por cada 5L. Otocinclus (vários) ou neritinas.
R: Receio que as Caridinas comam os Sakura Red Cherry Shrimp, creio que um foi comido assim. Estou à espera de 30 camarões Sakura Red Cherry para introduzir junto dos 3 ou 4 que já lá existem.

5) Continuar a usar fertilizantes para estimular o crescimento das plantas. Deixar de usar ou reduzir para controlar algas é um erro frequente.
R: Sim, estou a continuar com o plano de fertilização que tenho feito já para evitar essas situações  tenho seguido à risca.

6) Ponderar usar H2O2 a 3% (venda no continente) e com uma seringa usar directamente nos locais problemáticos. O filtro deve estar desligado e seguidamente (10-30 min) fazer a TPA. Há quem use o seachem Excel para o mesmo efeito, mas no meu caso, tive a perda de alguns Amano, que na altura atribuí ao uso do Excel. No entanto, existem imensos relatos de pessoal que usa sem qualquer problema.... Penso que o AF carbon boost seja muito parecido ao seachem excel. Podes é tentar dosear directamente nos locais problemáticos.
R: Tenho usado todos os dias a dosagem de AF Carbon Boost para ajudar a controlar as algas mas nao estou a direcionar para um local específico estou a por no aquario pois todo ele está com esta algas filamentosas, algumas andam soltas que vou apanhando com a rede.

7) Ponderar adquirir twinstar nano + ou o novo Chihiros Doctor 3rd generation que é cerca de 1/3-1/4 do preço do twinstar.
R: tenciono adquirir uma calha simples com led alternado para simular o moonlight ou por do sol que será apenas usado 1h ou 2h antes e depois do fotoperiodo das 5h30 para dar o efeito sereno e calmo que pretendo antes de deitar o puto :default_blush:

 

Obrigado pelo apoio!

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 3 horas, bravo 6 disse:

7) Ponderar adquirir twinstar nano + ou o novo Chihiros Doctor 3rd generation que é cerca de 1/3-1/4 do preço do twinstar.
R: tenciono adquirir uma calha simples com led alternado para simular o moonlight ou por do sol que será apenas usado 1h ou 2h antes e depois do fotoperiodo das 5h30 para dar o efeito sereno e calmo que pretendo antes de deitar o puto :default_blush:

Não sei se entendeste ao que é que o Hacra se estava a referir. O Twinstar Nano, tal como o Chihiros Doctor, são esterelizadores de eletrólise...

De qualquer forma o teu aquário está cada vez mais bonito. Bom trabalho!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em relação às plantas flutuantes, as Lemna minor seriam provavelmente colhidas pelo skimmer mas as Limnobium laevigatum não. É uma boa maneira de reduzir a intensidade luminosa e ao mesmo tempo controlar o excesso de nutrientes.

s-l300.jpg 568e89e40fa82.jpg

Em relação aos camarões, acho que os Amanos são mais eficientes no controlo das algas, mas percebo que terá de ser um compromisso em relação ao controlo das algas e o gosto pessoal. Os cherry, por outro lado, apesar de comerem menos, multiplicam-se muito, por isso, e sem predadores, em breve terás um grande exercito de pequenos devoradores de algas.

Em relação ao Chihiros doctor, parece bastante eficaz no controlo de algas e neste momento custa cerca de 40€.

 

 

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado pelas dicas e sugestões que são sempre tidas em consideração. 

Creio que a Limnobium Laevigatum será boa opção, mas neste momento tenho muita agitação na superfície. 

Em relação ao Chihiros doctor quanto tempo de vida cada recarga?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quanto às Limnobium elas lançam um espécie de raiz entre elas e por isso basta uma num canto, tipo junto ao skimmer ou lily pipes que as outras seguram-se. Eu tenho no meu aqua e depois caso tenha interesse envio-lhe uma ou duas pro bono :D

Em relação ao Chihiros acho que a malha supostamente dura entre 6 meses e um ano. basicamente até avariar ou ganhar "calcário" que seja impossível de remover. Aproveitei a baixa de preço e acabei de mandar vir um. Depois dou feedback mas pelo que li parece ajudar.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hacra, agradeço a disponibilidade. Realmente seria interessante experimentar, foi uma planta que nunca tive e talvez ajudasse a reduzir a intensidade e criar um bonito ambiente. 

Quais os cuidados a ter com esta planta? Tenho primeiro que pesquisar como cuidar e tratar dela antes de aceitar a oferta pro bobo ;-)

 

Quanto ao Chihiros, estou curioso para saber se realmente fará efeito. Algum link para o tema onde possa acompanhar de futuro?

Obrigado

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em relação à planta a manutenção é minima. É colocar no aquário e deixar crescer. Basicamente absorve os nutrientes directamente da água. Crescem bastante e não necessitam de CO2 ou muita luz. Depois é só uma questão de controlar a quantidade de plantas porque multiplicam-se bastante.

Em relação ao Chihiros/Twinstar aqui vão alguns sites: 

http://www.plantedtank.net/forums/9-equipment/1068825-twinstar-chihiros-doctor.html

https://www.ukaps.org/forum/threads/twinstar-what-is-it.28335/

No entanto, e como em tudo, existe muita controvérsia e diferenças de opinião....

Edited by Hacra

Share this post


Link to post
Share on other sites

TPA de domingo, dia 91

 

Foto de Frederico Silva.

Após o fotoperiodo de 5h fica com apenas 1 tira led de 1m, para reduzir a intensidade da luz com opção RGBW
Foto de Frederico Silva.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dia 102 - Já quase sem algas verdes filamentosas

Alterações foram: Redução no fotoperiodo com a intensidade máxima. Ou seja, 5 horas com um pouco menos da intensidade máxima possivel (uso 2 controladores LED) e mais 2h30 com uma tira led de 1m RGBw (apenas para pareciar o aquario antes de deitar)

PH: tem rondado os 6.5 e os 7.2
Fotoperiodo: 7h30 <=> 5h+2h30

Foto de Frederico Silva.

 

Este é o aspeto durante as 5h do fotoperiodo com um pouco menos da intensidade máxima possivel:
Foto de Frederico Silva.

 

Este é o aspeto depois de desligar as 5h do fotoperiodo passando para apenas a tira led 1m RGBw. 
Nesta tira Led estou a usar um controlador Wi-Fi que posso definir o espetrum RGB que desejar, este é com R:250 G:250 B:250, tudo no máximo.
Foto de Frederico Silva.

 

Conclusão: As algas filamentosas verdes estão a desaparecer e a acalmar,  as plantas como o musgo e Glossostigma elatinoides estão a ficar mais verdes e arrebitadas. O vermelhos das Rotala Red estão a ficar menos vermelhas (possivelmente pela redução da intensidade luz).

 

Obrigado!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dia 111
TPA 50%

Creio que finalmente as algas filamentoas verdes estão controladas e a acabar, ufa...

Foto de Frederico Silva.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Antes de mais muitos parabéns pelo bom gosto. Está mesmo excelente.
Já ando a namorar um ultra-clear há uns tempos mas não fosse a maria estar sempre do contra, era mesmo este o tipo de projecto que faria. 
Tirando a troca dos LED por uns fluval spectrum 3.0 ou Finnex plant+ CC e, provavelmente, o filtro por um fluval fx4/fx6, não mexia mais nada. Os twinstar são excelentes mas carotes e os outros têm a possibilidade de controlar a intensidade e o ciclo de 24h a gosto...
 
Em relação às algas filamentosas regra geral é um destes problemas:
1) Excesso de luz (seja dos LEDs, ou pior, luz natural directa)
2) Pouco CO2 (3 bolhas por segundo para um aquário desses talvez seja pouco). Corresponde a quantos ppm? Segues a tabela de pH/KH ou usas um CO2 checker?
3) Muita carga orgânica (sobretudo amónia), TPAs pouco frequentes, alimentação em excesso, plantas em decomposição.
4) Pouca circulação de água -> não me parece o caso.
 
Opções para resolver o problema passam por algumas das medidas já instituídas
 
1) Diminuir o fotoperiodo para um máximo de 8h/dia. Sei que nesse caso esta a 5:30 mas à medida que as plantas crescem pode-se ir aumentando gradualmente.
2) Usar plantas flutuantes que diminuam a intensidade de luz que chega ao aquário. Ex: Limnobium laevigatum ou Lemna minor.
3) Aumentar o CO2 para 25-30 ppm.
4) Ponderar colocar mais espécies que se alimentam de algas: mais Camarões caridina multidentata (Amano), idealmente 1 por cada 5L. Otocinclus (vários) ou neritinas.
5) Continuar a usar fertilizantes para estimular o crescimento das plantas. Deixar de usar ou reduzir para controlar algas é um erro frequente.
6) Ponderar usar H2O2 a 3% (venda no continente) e com uma seringa usar directamente nos locais problemáticos. O filtro deve estar desligado e seguidamente (10-30 min) fazer a TPA. Há quem use o seachem Excel para o mesmo efeito, mas no meu caso, tive a perda de alguns Amano, que na altura atribuí ao uso do Excel. No entanto, existem imensos relatos de pessoal que usa sem qualquer problema.... Penso que o AF carbon boost seja muito parecido ao seachem excel. Podes é tentar dosear directamente nos locais problemáticos.
7) Ponderar adquirir twinstar nano + ou o novo Chihiros Doctor 3rd generation que é cerca de 1/3-1/4 do preço do twinstar.
 
ficam aqui algumas sugestões que espero que ajudem.
Por experiência própria e muito mais provável perderes camarões com o h2o2 do que com o gluteraldehyede, que é a substância activa do seachem excel, easy carbo entre outros produtos do mesmo tipo.
Para camarões h2o2 e mortal se este entrar em contacto com a zona tratada.
Pode ser feito mas é mesmo necessário evitar que o camarão se aproxime da área a ser tratada.
Com o seachem não tenho esses problemas mesmo quando estou a fazer overdose.
Mas em termos de algas o seachem e mais eficiente para umas, o h2o2 para outras.
Mas os dois resultam, o pessoal costuma ir para o h2o2 pelo motivo óbvio que é muito mais barato e fácil de arranjar em Portugal claro.
Em inglaterra onde é proibido eu via - me e desejava - me para arranjar h2o2, pagava caro e ainda tinha que ter cuidado para não levantar suspeitas da polícia.
H2o2 foi um dos ingredientes usados nas bombas do atentado de Londres em 7/7 e desde essa altura foi banido da venda ao público.


Sent from my GT-I9305 using Tapatalk

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bruno obrigado pelo input. 

Vou reduzir ou parar de por Carbon Boost uma vez que ja não tenho algas filamentosas verdes para proteger os camarões. 

Proximo passo: fazer tapete de Staurogene Repens, gosta de luz não tão intensa.

Obrigado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já quase sem algas :) weeee


Fim do fotoperiodo mais intenso (Calhas Twinstar desligadas).  Calha RGWB tira led com 1m, pouca intensidade, ligada.Foto de Frederico Silva.


Foto de Frederico Silva.

Foto de Frederico Silva.

Foto de Frederico Silva.

Foto de Frederico Silva.

Foto de Frederico Silva.

Foto de Frederico Silva.

Foto de Frederico Silva.

Foto de Frederico Silva.

Foto de Frederico Silva.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Está muito bom, com as plantas bem vigorosas. A paciência, a rotina e o tempo fizeram um belo serviço sim senhor! Agora é continuar no bom caminho...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dia 133

a preparar um tapete de Staurogyne Repens para substituir a Glossostigma Elatinoides.
Não me parece que a Glossostigma Elatinoides vá ter o resultado que desejava sem algas, por isso considero substituir e porque com tanta luz o musgo fica castanho.

Foto de Frederico Silva.

Foto de Frederico Silva.

Edited by bravo 6
typo
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas. Li o tópico desde o início e o problema foi concentrar nas algas em vez das plantas.

Da as melhores condições às plantas e as algas vão à vida delas. 

O que teria feito:

um substrato decente apesar de mais caro safa de muitas coisas, falo de Amazónia, Neo soil etc

comecar com muito mais plantas, tipo o triplo

largar os testes que essa obcessao faz estar sempre a mudar isto, a adicionar aquilo

manter a rotina, ou seja, luz 7h, co2 7h com drop checker verdinho, fertilização desde o dia 1 (especialmente com esse substrato fraco) e abundante (não gotas como estas a dar)

muito mais japónicas, como te disseram lá atrás, pelo menos umas 15. 

 

O que faria a partir de agora:

adicionar japonicas (elas só comem camarões se eles já tiverem mais para lá do que para cá, não andam a caçá-los) os red cherrys não substituem o trabalho que elas faze, aumentar ferts e luz para teres plantas saudáveis e logo menos chatices e mais pearling.

 

questoes: o que tens de média no filtro? O de origem? Ter uma boa base para bactérias nitrificantes no filtro é uma boa ideia porque muito por baixo as algas é igual a amônia e luz. 

 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 9 horas, Gonçalo84 disse:

questoes: o que tens de média no filtro? O de origem? Ter uma boa base para bactérias nitrificantes no filtro é uma boa ideia porque muito por baixo as algas é igual a amônia e luz. 

 

Obrigado pelo feedback e inputs, os quais agradeço e muito! São bem vindos.

O filtro tem os media de origem (o aquario faz hoje 135 dias).
Até ao momento apenas fiz 1 limpeza de filtro a 27/05/2018 (dia 70) com água do próprio aquario.

As unicas plantas que se estão a dar menos bem com a intensidade da luz é o musgo.
Quando reduzo a intensidade, por algum tempo, o mugo no seu todo começa com brotos notos e verdes, quando aumento a intensidade porque vejo que a Glossostigma necessita, começa a ficar castanho no centro e deixa de ter novos rebentos verdes.

Obrigado!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas 

Isso é um pouco estranho porque o musgo gosta de luz forte. Mas tambem nao gosta de mudanças e demora um bocado a habituar-se. Eu subia a luz e dava tempo ao musgo. Na aquariofilia nao acontece de um dia para o outro, é mais de 15 em 15 dias e às vezes de mês a mês :D.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia,

Em maio de 2018 este aquario estava assim
A imagem pode conter: planta

Atualmente, em outubro 2018, está assim, depois de uma poda:
A imagem pode conter: planta

Noto as folhas bem mais pequenas apesar de já não ter as algas verdes filamentosas, agora tenho algumas bba nos troncos e rochas.
Ainda um work in progress...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Bom dia, 

O pearling cá de casa dia 12/out/2018

 

 

 

Algumas sugestões para melhoria?

Obrigado

Edited by bravo 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa tarde,

dia ~230 

Antes da TPA e Poda
A imagem pode conter: planta, árvore e ar livre

 

Depois da TPA e Poda
A imagem pode conter: planta

 

Existem benefícios com este tipo de podas ou devo podar menos?

Obrigado.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Este tópico tem mais de 6 meses de antiguidade... Se fizer sentido, por favor considere criar um novo tópico em vez de reactivar este. Obrigado!

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.