Devemos fazer trocas parciais de agua (tpa) aos nosso aquários?


NGE

Recommended Posts

Devemos fazer trocas parciais de agua (tpa) aos nosso aquários?

Muita gente ainda não reparou que o nosso país em algumas zonas está em seca severa, pois continuo a ver vizinhos a lavar o carro pela hora de calor e a regar os seus belos  jardins que mais parecem campos de golf, nas horas mais quentes do dia. (E sim, não gosto de golf não me parece um desporto, apenas um grande desperdício de espaço.)
Acho que, como ainda temos agua naqueles tubos desenvolvidos pela civilização, tudo está bem.

Antes de voltar ao tema do tópico.
Parece que ao longo dos últimos 3 anos tem havido seca e algumas albufeiras do sul do país parecem que estão com valores críticos de armazenamento.  O que levou a produtores de arroz no Vale do Sado a terem problemas. (pois, os outros não. Ainda...)
As temperaturas estão a subir, as chuvas estão a diminuir e quando precipita, são grandes quantidades de agua que cai em pouco tempo.

Deixo uns links que explicam especificamente o que se passa, se puderem vejam.

http://sicnoticias.sapo.pt/pais/2017-06-05-Maio-extremamente-quente-secameteorologica-em-quase-todo-o-pais

http://sicnoticias.sapo.pt/pais/2017-05-26-Portugal-pode-ser-atingido-por-longos-periodos-de-seca

http://sicnoticias.sapo.pt/pais/2017-07-05-Barragens-com-nivel-mais-baixo-de-agua-em-quase-30-anos

Voltando ao tópico da realização de tpa's semanais ou mensais. 
Devemos continuar com as habituais trocas de aguas ou devemos procurar outras soluções de filtração e retardar ao máximo tpa?

Será que ficamos no mesmo nível dos vizinhos ou num nível superior, devido a reciclação da água das tpa? 
Que futuro vai ter o nosso hobby? Se o clima continuar aquecer, Portugal vai ter agua para fazer uma rotina normal de tpa dentro de 5anos?

  • Upvote 1
  • Downvote 1
Link to comment
Share on other sites

Boas NGE,

Isto é um tema muito interessante e plausivelmente discutível, já que o nosso intuito neste planeta se trata de evolução e reciclagem.

Relativamente a tpa's, não é a primeira nem será a última discussão sobre este assunto, sabemos que se houver uma boa filtragem e massa vegetal suficiente, as tpa's podem ser reduzidas em 80%, os restantes 20% para reposição e manutenção do filtro (percentagem meramente indicativa).

Para que este processo tenha sucesso, ter-se-á de controlar muito bem os nutrientes colocados na coluna de água bem como a quantidade de fauna existente e comida disponível, acredito que com este processo ter-se-á que recorrer mais vezes a testes para evitar parâmetros desequilibrados, nos dias de hoje fazemos poucos testes (falo por mim) por saber que com uma tpa semanal de 40 ou 50% resolvemos maior parte dos demais.

Conheço alguns aquários que os seus donos não optam por tpa's, apenas reposições, e não sei como, mas a verdade é que se aguentam com plantas bem verdes.....falar sobre isto daria um bom livro porque não podemos comparar alhos com bugalhos sendo que cada caso é um caso.

Cumps,

  • Upvote 2
Link to comment
Share on other sites

há 8 horas, Miguel Simões disse:

Boas NGE,

Conheço alguns aquários que os seus donos não optam por tpa's, apenas reposições, e não sei como, mas a verdade é que se aguentam com plantas bem verdes.....falar sobre isto daria um bom livro porque não podemos comparar alhos com bugalhos sendo que cada caso é um caso.

Cumps,

 

Que alhos e bugalhos falas concretamente?
Podes alargar um pouco mais o tema e definir-los?
 

Link to comment
Share on other sites

Este ano a seca tem sido terrível e olhando para como estão estes dias de calor em Outubro sem uma pinga de humidade ainda mais preocupante é. Mas  não vejo como evitar as TPAs que fazemos actualmente sem temer prejudicar o equilíbrio nesses mini ecossistemas que mantemos! 

Podemos talvez pensar em reaproveitar a água retirada dos aquários para outros fins tipo regar as plantas dos vasos ou usar na descarga da sanita? 

 

  • Upvote 2
Link to comment
Share on other sites

há 16 minutos, NGE disse:

Que alhos e bugalhos falas concretamente?

Podes alargar um pouco mais o tema e definir-los?
 

NGE,

Resumindo....

Alhos = aquários low tech, onde as plantas são muito pouco exigentes em nutrientes, e basta os nutrientes existentes na água reposta + os provocados pela fauna.
Bugalhos = aquários high tech onde é necessária a reposição de nutrientes constante derivado à necessidade das mesmas e às devidas tpa's para fazer um "reset" aos nutrientes em demasia.

Esses aquários que falo onde não optam por tpa's são os low tech com fauna reduzida, daí eu mencionar que cada caso é um caso.

Relativamente ao comentário do @Tozé Nunes, acho uma excelente contribuição.

há 15 minutos, Tozé Nunes disse:

.....
Podemos talvez pensar em reaproveitar a água retirada dos aquários para outros fins tipo regar as plantas dos vasos ou usar na descarga da sanita? 
 

Cumps,

Link to comment
Share on other sites

Miguel, quem mantém Discus também precisa de muitas mudas de agua! Podes acrescentar na secção dos bugalhos :p

Link to comment
Share on other sites

90x45x45 = 182L

Descontando vidros: 88x43x42= 158L - 36L de substrato = 122L - 80Kg de pedra = 80L talvez. Tpa mais de 50% semanal, talvez uns 50 litros.

Isto é o que gasto com o aquário grande, o pequeno faço uma tpazinha quando me lembro (o que é raro).

Portanto 50L por semana. Quantos litros se gasta num duche?

Link to comment
Share on other sites

Bom dia,

Poupamos na TPA e os vivos? Não merecem um lar com qualidade ou vamos sujeita-los a? Até posso deixar de fertilizar etc mas tenho sempre que regenerar a água para os vivos. Eles fazem "xixi" e "DUDU" e sujam. Podemos e devemos poupar água em tanta tanta coisa.. 

Eu em casa por exemplo faço o meu esforço e garanto que não é pequeno. Reúno muito mais roupa enchendo a máquina ao máximo. Aplico o mesmo para a loiça. Antigamente fazia a barba com água a correr e agora já não. Perdi esse maldito hábito. O meu filho já não toma banho de banheira cheia até ao topo para andar lá a nadar com os seus brinquedos. Vai de chuveiro como o pai e não é para estar lá meia hora a sentir a água quentinha a cair pela careca. Cozinho com água engarrafada. Lavo o carro de 15 em 15. E as jantes que é o mais difícil é a porta de casa com um alguidar que leva 2 litros. Quando vou à estação já as jantes brilham! É só tirar o mais difícil da pintura e podia estar aqui ... 

E acreditem que já me cansei de reclamar com o SMAS de Almada.. cansa mesmo.. a rega dos jardins aqui no concelho é algo indescritível... estão os regadores horas a fio ligados! A água vai pela estrada fora.. imaginem uma rotunda com um pequeno jardim no meio. Os regadores estão tanto tempo ligados que alaga a rotunda toda! Isto quando os regadores não estão a apontar para Belem! e não é só um único sitio. Passem ali na zona do Almada Forum e vejam a água a escorrer pela estrada abaixo quase chega á rotunda do centro sul! Uma vergonha.. 

Mas depois temos a água das mais caras do país.. 

Abraço

Paulo Soares

AQUA "SUSSOA" - Paulo Soares

Aquario Sussoa - 2Copy

 

Link to comment
Share on other sites

Miguel, agora entendo a tua ideia. Mas, deixaste muitos tipos de aquários de fora.
Usando o que disse o Tózé, tens os aquários de discus, que costuma ter poucas plantas e em alguns casos usam agua de osmose, mas contém peixes que fazem grande quantidades de resíduos.
Tens aos chamados aquários Jumbo, onde tens peixes enormes (20+/40 cm) num aquário despido de plantas.
Tens os plantados, que usam fertilizantes (sendo justo, são todos os que tem plantas) de forma a proporcionar um rápido crescimento e optimizar a beleza das mesmas, Estes parece que tem o potencial de causar outros problemas. Com as tpa, existe o risco de os fertilizantes que entram na coluna de agua da rede terem o potencial de causar alguma subcarga ás estações de tratamento e por consequência aos leitos do rio. Parece que aumenta o desenvolvimento de algas e devido a isso desequilibra o rio. (Foi uma coisa que li algures mas, não me recordo onde, nem quando foi. Recordo-me que o artigo tinha mais haver com os fertilizantes usados na agricultura e seriam grandes quantidades)

Gonçalo, um ano comum tem 52 semanas, a 50l cada semana.
Isso indica que se fores rigoroso nas tpa, podes gastar por ano 2600 litros de agua. Num pequeno aquário de 182L. Mas, será sempre grande parte das vezes reaproveitada e tratada e reintroduzida na rede. Desde que exista saneamento básico.
Comparado a banhos deve ser uma pequena gota. E se algum dia tivermos que racionar a agua, toma-se menos banhos ou evita-se tpa's?
Dava jeito haver um censo sobre quantos aquários existem no país.

Paulo é isso mesmo, 

há 2 horas, PAFS disse:

Poupamos na TPA e os vivos? Não merecem um lar com qualidade ou vamos sujeita-los a? Até posso deixar de fertilizar etc mas tenho sempre que regenerar a água para os vivos. Eles fazem "xixi" e "DUDU" e sujam. Podemos e devemos poupar água em tanta tanta coisa.. 

Teremos nós que evitar tomar banhos (um exemplo), para termos a possibilidade de fazer tpa's? Qual é o limite? 
Será que racionar a agua é uma ideia descabida neste momento?

Edited by NGE
Link to comment
Share on other sites

Normalmente a água utilizada não é tratada para reabastecimento, mas sim para ser devolvida à natureza. A água que gastamos não será o problema maior no que diz respeito ao impacto no ambiente, mas a energia e desperdício necessário para transportar, tratar e reintroduzir na natureza, essa sim pode criar problemas.

Racionar faz sentido nos locais onde a água é escassa, mas não seria nunca a começar por acções em benefício de outros seres vivos.

3m cúbicos por ano não é nada comparado com outras actividades realizadas desnecessariamente.
Claro que podes optar por não tomar banho, mas caso o racionamento seja imposto por uma entidade com poderes para isso, então bastava proibir o enchimento de 1 piscina para poupar o mesmo que 10 anos de tpa's.

Link to comment
Share on other sites

há 31 minutos, NGE disse:

Teremos nós que evitar tomar banhos (um exemplo), para termos a possibilidade de fazer tpa's? Qual é o limite? 

Não, aproveitamos a água retirada na TPA para tomarmos o nosso banho semanal!!  :P 

  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

há 1 hora, NGE disse:

Miguel, agora entendo a tua ideia. Mas, deixaste muitos tipos de aquários de fora.
.......

NGE, eu não deixei aquários de fora, até porque não afirmei que eram apenas x ou y.....no meu primeiro comentário deixei propositadamente a frase ".........falar sobre isto daria um bom livro porque não podemos comparar alhos com bugalhos...." já sabia de antemão o desfecho que este tema iria dar nos diversos casos existentes, ou seja, prós e contras haverá sempre nas discussões tendo em conta a informação em falta ou situações anómalas/excepcionais, nunca me poderia pronunciar a 100% neste tema porque a minha cultura neste hobby não é tão satisfatória a nível geral como gostaria que fosse, ainda hoje caminho a par com a aprendizagem e quanto mais aprendo mais informação há para absorver..

Este tema a meu ver terá 90% de críticas e 10% de soluções, poderia acompanhar este tópico com críticas a cada post mas não o farei porque não se enquadra no meu perfil, gosto mais de analisar as críticas e encontrar soluções, porque falhas ou faltas de informação são fáceis de identificar, o intuito nesta matéria seria encontrar soluções daí não me querer pronunciar muito sobre o mesmo por não saber as necessidades de cada tipo de aquário, algo que já está na minha lista para análise lol

 Sabes quando é que este assunto terá mais impacto NGE? Infelizmente só no dia em que abrirmos a torneira e a água não correrá.....

O ideal seria cada um colocar aqui uma solução plausível como a do Tozé no reaproveitamento da água de tpa na sanita, eu por exemplo nunca tinha pensado nisso! :default_jcb_smile:

O que tenho no depósito da sanita é uma garrafa de 1L cheia e fechada, assim já poupo 1L de água a cada descarga.

Cumps,

Link to comment
Share on other sites

Ninguém vai deixar de tomar banho por causa das TPA´s...

E se passar a haver um consumo máximo de água por casa ou por habitante? 

Recenseamento de aquários? Já estou a ver um "governante" a inventar um imposto para a quantidade de aquários ou pela litragem que tenhamos em casa.

Tal como já referiu o Paulo, isto parte de cima. Vêem-se jardins a ser regados durante horas a fio e com água a correr pelas ruas, sem que ninguém tenha controlo nisto. Desligaram-se algumas fontes, mas não se deixa de desperdiçar.

A solução é sempre a mesma, antes que sejam impostas medidas que regulem algum tipo de controlo sobre os consumos, há que mentalizar as pessoas para essa necessidade. Neste momento pode ser fundamental cada um de nós ter a percepção do que consume e como controlar esses consumos. Lavar a louça, basta utilizar um alguidar e o desperdício é bem menor. Máquina da roupa é carregar ao máximo da capacidade e o consumo diminui, com certeza. Em praticamente qualquer torneira é possível adaptar um controlador de fluxo e deixa de se ter a água a sair em grandes volumes. Há quem lave os dentes com a água sempre a correr, ou faça o mesmo com a barba ou no banho, etc... Tudo isto se pode alterar. Para mim é isso que tem de mudar, a mentalidade de que o meu carro tem uma cagada de pombo no capot e em vez de passar um pano e fica bom, tenho de ir lavar o carro todo e tem de ficar a brilhar.

Na questão mais especifica dos aquários, acho que, em caso de necessidade extrema, qualquer um de nós pode reduzir a quantidade de aquários que tem em casa, seja pelo tipo de aquário ou mesmo pela litragem. Não nos podemos esquecer que as TPA´s são fundamentais.

Neste momento tenho 4 aquários e estou a pensar reduzir para 3 ou mesmo 2. Um de 60 litros e 3 de 40 litros. Pelo menos um de 40 litros vai de certeza deixar de estar activo. Não temos de ser caprichosos e ter aquários só para dizer que temos muitos. Mesmo assim não me parece que o problema das TPA´s seja o problema da seca, e também não me parece que vá passar por aí, mas em casos extremos pode ser necessário alterar os nossos hábitos.

Sinceramente espero que não se chegue a um ponto em que a água seja ao preço do ouro. Que chova bem este Inverno e que os nossos "habitantes" não "morram à sede".

Edited by brunofasoares
Link to comment
Share on other sites

há 23 horas, Inácio Sanches disse:

Normalmente a água utilizada não é tratada para reabastecimento, mas sim para ser devolvida à natureza. 

Sim. É "devolvida" aos rios, que por sua vez volta a ser captada bombada para outra localidade.

 

há 23 horas, Tozé Nunes disse:

Não, aproveitamos a água retirada na TPA para tomarmos o nosso banho semanal!!  :P 

Para isso compras um aquário maior e vais tomar banho com os peixinhos e camarões. Desta forma até tratamento de pele recebias. :)
Agora a sério, existe uma zona do Japão, cujo existe vários "prolongamentos" do rio até ás casas. Basicamente são caminhos que são usados pelas carpas para irem comer restos de comida. Foi uma coisa que me impressionou. Esta sinergia com a natureza.

 

há 22 horas, Miguel Simões disse:

 já sabia de antemão o desfecho que este tema iria dar nos diversos casos existentes, ou seja, prós e contras haverá sempre nas discussões tendo em conta a informação em falta ou situações anómalas/excepcionais, nunca me poderia pronunciar a 100% neste tema porque a minha cultura neste hobby não é tão satisfatória a nível geral como gostaria que fosse, ainda hoje caminho a par com a aprendizagem e quanto mais aprendo mais informação há para absorver..

 

há 22 horas, brunofasoares disse:

A solução é sempre a mesma, antes que sejam impostas medidas que regulem algum tipo de controlo sobre os consumos, há que mentalizar as pessoas para essa necessidade.

Porque acham, que criei este tópico com uns tons provocadores?
O objectivo não é sair daqui um milagre que vai resolver tudo, o objectivo é a partilha de informações. Para que uma pessoa que saiba muito possa partilhar e uma pessoa que saiba pouco também possa partilhar, no fim todos aprendem algo. Nem seja um pouco mais de sensibilização que influencie pequenas mudanças no dia a dia. Deixar os braços caídos sobre este assunto é o que temos feito.

 

Link to comment
Share on other sites

O principal responsável pela consumo excessivo dos recursos hidricos existentes em portugal é a agricultura, com a utilização de culturas desadequadas ao nisso clima, nomeadamente o milho.
Isso n impede q façamos a nossa parte e sejamos conscenciosos na altura de abrir a torneira.
N vejo mal nenhum em fazermos a nossa parte nestas alturas e fazer um tpa de 15 e 15 dias.
Já é uma ajuda

Enviado do meu Nokia 3310

  • Upvote 1
Link to comment
Share on other sites

Deiam idéias. Censos de aquários, e aumentos do preço da agua.

 

Se os srs doutores vos lêem a amanhã temos um imposto sobre cada vidro vendido para a aquariofilia e um aumento do preço da agua nos meses de verão!

Link to comment
Share on other sites

há 4 horas, Tugz disse:

Deiam idéias. Censos de aquários, e aumentos do preço da agua.

 

Se os srs doutores vos lêem a amanhã temos um imposto sobre cada vidro vendido para a aquariofilia e um aumento do preço da agua nos meses de verão!

Nada que fosse novo. 

http://exameinformatica.sapo.pt/noticias/mercados/2015-07-06-Hoje-e-o-primeiro-dia-das-novas-taxas-da-copia-privada.-Veja-quanto-vai-pagar

Link to comment
Share on other sites

Há uma coisa que se pode fazer mas que pode não ser a mais elegante principalmente para as mães/mulheres.

Todos nós, ou quase todos, quando tomamos banho ligamos a agua e deixamo-la aquecer e só depois entramos no banho. Ora essa água é sempre um desperdício porque nunca é utilizada e em alguns casos até podem ser uns quantos litros.

A ideia seria ter um recipiente que serviria para colocar essa agua desperdiçada. Acredito que de semana a semana ou de 2 em 2 semanas haja agua suficiente para a TPA.

Esteticamente é que pode não ser elegante visto que teríamos um recipiente dentro da nossa banheira/chuveiro. 

Link to comment
Share on other sites

há 22 horas, S.S. disse:

Só uma questão... Se estivessemos tão perto da seca extrema não estariam os preços da água a disparar? Parece ser a fórmula do costume para controlar os consumos.

 

"Tapatalking"

Isto dos preços da agua, é manhoso. (assim como a percentagem de energia que temos de comprar à união, apesar de termos um país com vento e sol abundantes, não é à toa que foi eliminado o processo que havia, de dar a particulares a chance de vender energia colectada através de painéis solares e outros, à rede da edp).
Mas o que eu sei, sem especular. No nosso país nem toda a agua potável (da rede) deriva de empresas privadas, existe algumas câmaras que ainda controlam em parte esse sistema. Felizmente que é assim, pois se fosse tudo privado os preços subiriam e não teria haver com secas. Sendo a agua um bem essencial, se os preços subirem muito, devido a secas os políticos actuais, perderiam votos. Lobby's que existam, podiam perder os seus animais de estimação. Acho que fico por aqui. Politicas existem mas, não devemos trazer para aqui, causam emoções muito fortes.

 

há 15 horas, Tugz disse:

Deiam idéias. Censos de aquários, e aumentos do preço da agua.

Se os srs doutores vos lêem a amanhã temos um imposto sobre cada vidro vendido para a aquariofilia e um aumento do preço da agua nos meses de verão!

Acho que pagas 23% de iva (se não estou enganado, e corrijam-se estiver) em grande parte dos produtos de aquariofilia.

 

há 5 horas, sammy disse:

Todos nós, ou quase todos, quando tomamos banho ligamos a agua e deixamo-la aquecer e só depois entramos no banho. Ora essa água é sempre um desperdício porque nunca é utilizada e em alguns casos até podem ser uns quantos litros.

A ideia seria ter um recipiente que serviria para colocar essa agua desperdiçada. Acredito que de semana a semana ou de 2 em 2 semanas haja agua suficiente para a TPA

Gostei e nunca tinha pensado nisso. Faço trocas de agua aos meus camarões, sempre com agua descansada (24h no mínimo) em garrafões e agora vou agora usar essa agua.
Ideias simples, que não são muito difíceis de implementar, mas que nem toda a gente se apercebe que existem.

Link to comment
Share on other sites

Não, não é mas depende do tipo de camarões, se forem neocaridinas não tem problema...
Uma interrupção na discussão que está algo interessante mas tenho que ler tudo do princípio, senão perco o contexto.

Enviado do meu U FEEL LITE através de Tapatalk

Link to comment
Share on other sites

há 11 horas, Tugz disse:

Só que essa agua passa pelo cobre do esquentadores. Nao sei se é a mais indicada para camarões...

Pois, eu não uso esquentador.

há 6 horas, Vera Santos disse:

Não, não é mas depende do tipo de camarões, se forem neocaridinas não tem problema...
Uma interrupção na discussão que está algo interessante mas tenho que ler tudo do princípio, senão perco o contexto.

Enviado do meu U FEEL LITE através de Tapatalk
 

São caridinas, crystal black.

Link to comment
Share on other sites

A ideia é boa, mas eu faço as tpas diretamente da torneira, por isso já não serve para mim. A não ser que comece a fazer as tpas todo nu para a seguir entrar logo na banheira! Aí é que os narizes de bebado saltavam todos! :my_sad:

Link to comment
Share on other sites

Este tópico tem mais de 6 meses de antiguidade... Se fizer sentido, por favor considere criar um novo tópico em vez de reactivar este. Obrigado!

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.