Sign in to follow this  
vitorfranco

BBA´s VS H2O2

Recommended Posts

Olá a todos

 

As malditas BBA´s aparecem no aquário, mas...de onde vieram? São o resultado de desequilíbrio/excesso de nutrientes.

Apareceu BBA´s no meu aquário...e agora? Não vale a pena entrar em pânico, devemos é estar sempre alerta para o caso de ser contemplado, e atacar antes que ela prolifere e invada todo o aquário.

 

A pedido de várias famílias, nos próximos dias vou demonstração de como se pode erradicar as BBA's pela via de H2O2.

 

Nunca tentar raspar BBA de vidros ou outros elementos que se encontrem dentro do aquário, pois o que vão fazer é espalhar esporos pelo aquário todo.

 

Qualquer elemento que possa ser retirado do aquário para se fazer o respectivo tratamento é a melhor solução.

 

O H2O2 não para ser ser despejado diretamente dentro do aquario.

 

Antes de iniciar a injecção de H2O2 através de uma seringa, desligar os filtros, co2, bombas de circulação ou outro qualquer que faça agitação na agua.

 

De forma segura podemos injectar até 30 ml por cada 100 litros de agua, com uma seringa directamente em cima das BBA's.

 

A seringa deve ser premida com muita calma bem como os movimentos não devem ser bruscos para que o H2O2 se espalhe.

 

Após gastar a quantidade permitida de H2O2 deixar actuar por 15 minutos e fazer uma generosa TPA de pelo menos 30%, o ideal será 50%.

 

Repetir o processo nos dias seguintes.

 

Para demonstrar o resultado, vou meter aqui uma foto por dia para vossa avaliação.

 

 

Dia 1

algas%2Bdia%2B1.jpg

Edited by vitorfranco

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bela iniciativa Vitor.

 

No que toca a BBA sou um sacrificado! Todas as minhas montagens tiveram surtos delas.

Por isso sou gajo para ir a correr comprar tudo o que diga "Comedor de algas bba" :P

Há dois anos fiz até um video sobre este tipo de tratamento com H2O2 - vulgo água oxigenada!

 

 

O que o video não mostrou foi que na altura consegui reduzir consideravelmente a alga mas nunca a consegui erradicar.

E cuidado com a injecção do H2O2 junto a plantas, na altura queimei um tufo de musgo que estava junto a uma das áreas atacadas pela bba.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

O que o video não mostrou foi que na altura consegui reduzir consideravelmente a alga mas nunca a consegui erradicar.

A duração do tratamento é até erradicar, não devias ter parado.

 

 

E cuidado com a injecção do H2O2 junto a plantas, na altura queimei um tufo de musgo que estava junto a uma das áreas atacadas pela bba.

Pois, é certo que algumas plantas são mais melindrosas com o H2H2, mas se não se atacar a BBA ela acaba por invadir o aquário todo, não é preferível sacrificar uma ou outra planta e salvar o aquário de catástrofe total?

 

 

Faltou-me referir que a malta às vezes tem a mania de carregar com suplementos de Ferro para puxar pelos vermelhos, acontece que o excesso de Ferro é uma das causas para o aparecimento das BBA's.

Ferro é necessário mas com moderação.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vitor boa tarde meu caro,

 

Estive perto de 8 meses consecutivos a combater essa alga. E usei dois metodos. Agua oxigenada e Excell.

Durtante esse tempo fui trocando impressões com outros aquariofilistas estrangeiros, nomeadamente o Clive da Suécia.

 

Deixo as minhas conclusões.

 

1º Concordo em absoluto com o Antonio. Se assim não fosse não teria aconselhado aquela nossa amiga que ganhou o aquario do PET Festival a fazer aquilo tudo que escrevi. Ela tem um enorme surto de BBA.

 

O que o video não mostrou foi que na altura consegui reduzir consideravelmente a alga mas nunca a consegui erradicar.

 

 

2º Cheguei ao cumulo de retirar pedras impregnadas de BBA e raspa-las cá fora do aquario com escova de arame e mesmo assim passado umas semanas já de volta dentro do aquário a BBA ressurgia nelas. Ouseja a BBA vinha de outro lado.

 

3º Plantas com BBA sempre podadas até não dar mais. Começavam a crescer e em "idade adulta" lá estava a BBA de novo em cima delas. Ouseja a BBA vinha de outro lado.

 

4º H2O2 ou água oxigenada oxidava o substrato. Notei mais isso na parte da frente do aquario e porque começavam a aparecer falhas no tapetes, tipo clareiras. Era as zonas onde o H2O2 era injectado.

 

5º Consegui aperceber-me que o H2O2 é mais pesado que água, por isso, mesmo "seringando" o mais devagar possivel, em cima da planta afectada, este vai assentar com mais quantidade no solo.

 

6º A BBA começa a ganhar uma coloração rosa, dando a entender que se está a desfazer, mas sucede que por esse mesmo processo vai libertando minusculos TUFOS dela mesma. E vão espalhar-se pelo aquario. Com o desenrolar do tempo vais acabar por ires pontualmente encontrando um aqui e ali que entretanto já cresceu um bocadinho (porque anteriormente quando se libertou não consegues dar conta). E é assim que ela permanece eternamente e é uma guerra inglória. Uma vez tendo BBA.. BBA para sempre.

 

7º Cheguei a ter uma pedra com BBA na varanda a levar com sol durante um mês sensivelmente. Depois passei-a por agua e meti numa ponta do aquario. 15 dias depois já tinha os primeiros apontamentos de BBA. Ou seja, mais uma vez a BBA vinha de outro lado.

 

8º Ferro não terá relação com BBA. Tal como disse, na altura em que combatia esta senhorita, fui conversando com alguns aquariofilstas e enviando fotos da evolução das coisas. Todos são unâmines em afirmar que a unica maneira de induzirmos BBA num aquario é através do CO2 por via de deficiente dissolução, e esta causada em consequência por insuficiente filtragem.

 

A BBA pode ser induzida através de CO2. induzida! Não se conhece outra forma de meter BBA no aquario. E isto está comumente aceite por T. BArr, G. Farmer, Ok, e outros senhores.

 

Passo a explicar de forma sucinta para que a maioria possa entender.

 

O que se supõe acontecer como causa para o aparecimento é a descompensação das bactérias autotróficas que convertem dióxido de carbono (Co2), e não é necessáriamente implicito ter que existir injecção de Co2. Co2 existe no ar e pode ser canalizado para a água (filtro). É essa destabilização que vai provocar surto de BBA. Daí que muita gente diga que a unica maneira de induzir BBA é atraves do Co2. Porque dá. :) .

 

Mas a causa mais apontada é a destabilização entre os dois tipos de bactérias dos aquários. As autotróficas e as heterotróficas. Ao ter o CO2 a variar ou quase inexistente haverá desequilíbrio no desenvolvimento das bactérias autotróficas quando em comparação com as heterotróficas.
As bactérias heterotróficas alimentam-se básicamente de resíduos e aminoácidos e se estes resíduos, detritos e outros começam a ser em excesso o que vai acontecer é um desiquilibrio entre as diferentes bactérias via da ausencia ou desiquilibrio do CO2 por filtragem deficiente. E lá aparece a BBA. Que é uma alga autotrófica. Mas por via do CO2

 

E aqui concluo com base na minha experiência. Certo certo é que dupliquei a filtragem do meu aquario e nesta nova montagem nem sinais de Diatomaceas, (vulgarmente aceite que aparecem em todas as montagens recentes) e BBA nem vê-la.

 

Qual a unica diferença deste aquario para o anterior? A Filtragem. O CO2 está precisamente calibrado como estava antes.

 

Se forem ver todos aqueles senhores que acima referi, aplicam filtros cuja força é 10 vezes mais a litragem do aquario.

 

Daí que para nós (falando um bocado por eles tambem) BBA = Deficiente filtragem. Deficiente também pode ser falta de manutenção. Tudo causas para a descompensação entre bacterias.

 

Por isso tambem aviso sempre a rapaziada para deixarem os aquarios estabalizar. Não mexer. Não remexer no substrato. Residuos a mais para o filtro e lá estamos a destablizar o mesmo.

 

Fora da equação à vista e razão para defendermos a descompensação no filtro:

 

Zonas mortas são propensas a mais densidade de BBA.

indução por via das plantas. Mesmo sem plantas em aquários ela aparece.

A tua questão do Ferro: Tambem aparece em aquarios sem substrato fertil e aquarios onde o Ferro tem valores residuais de 0.005.

Luz: Agente externo. Mesmo com luz fraquissima o que mais há é registos de aquarios com BBA.

Utilizaçao de UV. Resiste á gama ultra violeta.

 

Tanto quanto sei ninguém ainda aventou com 100% de certeza que elimina de vez a BBA.

Apenas defendemos que aquarios com uma boa filtragem não são propensos a BBA. Assim diz a nossa experiência.

 

Aqui ficam os meus 50 centimos sobre a BBA.

 

Como já disse aí noutro tópico onde se discute LOW & HiGH Tech, carbono é carbono.. sem carbono não andávamos cá.

 

Alguns links para leitura.

 

http://www.sciencedaily.com/releases/2012/05/120531165714.htm

 

http://www.oscarfish.com/water/71-autotrophic-bacteria-manifesto.html

 

http://www.oscarfish.com/article-home/water/72-heterotrophic-bacteria.html

 

http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S004484860600216X

Share this post


Link to post
Share on other sites

Citando Tom Barr em 2013

 

"BBA grows in ranges of about 5-10-15ppm of CO2, that seems to be an optima.(See Sheath and Wehr)

So non CO2= not good.
High CO2, also not good, but it will grow, but not very well.
Folks adding CO2, but doing so poorly?
Loads of BBA.

Every single case I have seen in person and addressed/cured over 20 years: always has something to do with CO2. Perhaps some basic care of the tank also, but the bottom line has never been anything other than CO2.
I can induce the BBA with CO2, I cannot induce BBA with anything else.

I've seen no evidence otherwise.
There's 101 correlations, but I've yet to see anyone state they can induce BBA with ruling out the other factors.
I've also solved the worse case BBA in person at 100% success rate.
Maybe 100-200 aquariums at least.

It's always been CO2.

 

FYI, I spent 3 years trying everything a long time ago with BBA. Amano said he spent 10 years. We both just kept adding a tiny bit more CO2 and watched.

That's what did it. Problem is, many do not add a tiny bit, they either add not enough, or way too much.
Then they rely too much of test and drop checkers, not plants and the BBA itself.

Many have low O2 and gas their fish, so they just live with BBA rather than learning to better manage CO2.

 

Fixes are not one dimensional, you should use everything to beat it back. Maybe some get lucky with a single thing, but aggressive treatment of surfaces, plenty of pickers like shrimp, good general aquarium care and routine maintenance, stable CO2 delivery and stable degassing, are just some of this.!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite Paulo

 

Já tinha tinha reparado em vários tópicos o quanto és adverso ao uso de H2O2 :)

 

Mas deixa-me ser persistente e levar esta guerra até ao fim.

 

Inicialmente estava previsto que esta demonstração teria a duração de 7 a 10 dias, no entanto, face a vizinhos que não acreditam nos resultados, após o desaparecimento da BBA que está na imagem, vou colocar aqui 1 foto semanal...a ver se a BBA volta.

 

Dia 2

 

yV8inUmBKFT1YF1qTlfFpGXlo4WeGs26RcVGHDNx

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá Vitor bom dia,

 

Secalhar não me expliquei bem. Eu elogio o teu esforço. E oxalá sejas bem sucedido.

 

Apenas quis deixar-te a minha experiência e o retrato de outros aquariofilistas.

 

Como deves calcular a BBA é o mal numero um da aquariofilia.

 

Porque não podemos dizer que é uma alga que aparece por erro humano. Ou pelo menos certezas disso não há.

 

É um tema amplamente debatido a nivel mundial e que seja de meu conhecimento não se conhece uma cura exacta para essa menina.

 

Há relatos de quem a tenha conseguido erradicar, mas como em tudo na vida.. é o que dizem ou escrevem.

 

Nós acreditamos mais que os que dizem a ter vencido tenha sido por estabilização do sistema (Componente bacteriológica) e não qualquer outra solução empregue.

 

Já agora vamos ajudar-nos mutuamente e os que estiverem a acompanhar o tópico poderem contribuir e perceberem.

 

E incluso porque eu tenho vindo a reunir num tabela que já uso à uns dois anos, varios parametros de Set Up´s , para ver se consigo relacionar uma causa / efeito para o surgimento da BBA. Encontrar algum ponto em comum entre varios aquarios.

 

A BBA está em todas as plantas?

Ou está cingida apenas a algumas?

Está também no hardware?

Iluminação: 4x 90w PLL - 6000k - Qual o fotoperiodo? Estão todas acesas?
Filtragem: Sump com bomba elevação 1700 L/h - Umas fotos da SuMp seriam bem vindas para ver como a água é circulada e funcionamento.
Outros Equipamentos: Co2 Pressurarizado : E isto como está?
Fertilização: EI +/- : E isto como está também?

 

Umas fotos gerais ajudaria a compreender melhor.

 

Grande Abraço

Edited by PAFS

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite Paulo

 

Eu não tenho BBA no meu aquário :) e se tivesse, devido ao tamanho do bicho ia pelo meio do Ecxell.

 

Estas plantas com a BBA foram introduzidas num aquário em 26 de Setembro propositadamente para esta demonstração, aguardei este tempo todo com a esperança que elas se propagassem um pouco mais, mas fartei-me de esperar, pois elas no meu aquário não se propagaram.

 

Para efeitos do teu estudo o que te posso dizer é que estamos perante um aquário low-twch, isto é;

 

O aquário tem as medidas 90x45x45 (180 Litros)

Nada de substrato fértil, tem areão de rio.

Nada de CO2

Tem uma calha velhinha com uma lâmpada 80 PLL 6500k com 6 anos. (aproveitei para corrigir o meu tópico Ultimo Refugio, as lâmpadas que utilizo estava com a informação incorrera).

O filtro é interno, apenas tem meia dúzia de cerâmicas e lã, não me lembro da marca mas sei que faz 600 litros hora.

Resistencia de 100w para manter a agua a 21º, como está no piso-2 raramente liga.

Faço uma TPA semanal de 50 litros de agua, agora que estou a atacar a BBA é diariamente após fazer o tratamento com o H2O2.

Para ajudar um pouco a arrebitar as plantas tenho estado a meter uma bombada de Specialised e outra de Premium da Tropica diariamente.

 

E para complementar a informação, dentro do aquário estão cerca de 100 guppys fêmea e 2 machos (felizes estes gajos) :)

 

 

Dia 3

 

algas%2Bdia%2B3.jpg

Edited by vitorfranco

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

E para complementar a informação, dentro do aquário estão cerca de 100 guppys fêmea e 2 machos (felizes estes gajos) :)

 

 

Dia 3

 

algas%2Bdia%2B3.jpg

 

Belo harém.

Tópico muito interessante e deveras importante. A BBA afectou alguns mas não muitos dos meus aquários, felizmente, no entanto é sempre muito complicado de erradicar. Já consegui que desaparecesse umas vezes, mas a maior parte delas houve apenas retrocesso e reaparecimento.

Vou seguir o tópico dado ser um "problema" sério esta pequena alga.

Obrigado pelos vossos esforços.

 

Bruno Soares

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas

Deixando o meu pequeno contributo .

O meu cubo sempre foi bastante atacado por esta alga, de tal forma que não anterior montagem optei por deixar ficar nas pedras criando até um efeito engraçado.

Nesta montagem já não gostei tanto por isso após alguma pesquisa optei pelo tratamento com carbono líquido, uso o cidex da ecomin. O resultado duas semanas depois de uma única aplicação é fenomenal.

481773f27d113b5ff3d839a9371c853d.jpge8ffccb84749d1d1f9ad34e1e7801d7e.jpg

Tenho pena de não ter tirado foto antes mas posso garantir que as pedras estavam cheias de bba principalmente a mais pequena do meio.

 

Cumprimentos

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas

Deixando o meu pequeno contributo .

O meu cubo sempre foi bastante atacado por esta alga, de tal forma que não anterior montagem optei por deixar ficar nas pedras criando até um efeito engraçado.

Nesta montagem já não gostei tanto por isso após alguma pesquisa optei pelo tratamento com carbono líquido, uso o cidex da ecomin. O resultado duas semanas depois de uma única aplicação é fenomenal.

 

Tenho pena de não ter tirado foto antes mas posso garantir que as pedras estavam cheias de bba principalmente a mais pequena do meio.

 

Cumprimentos

 

 

Eu também acho melhor o tratamento por via do carbono liquido, mas o que se pretende aqui é provar que é possível a eliminação através de H2O2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Infelizmente fiquei impossibilitado de fazer esta demonstração com o rigor que se quer, no entanto, fica aqui uma foto passados 14 dias que demonstram que a BBA estagnou, apesar de não ter sido feita qualquer TPA e não ter levado com mais H2O2 durante 10 dias.

 

 

Dia 14

 

KJ5NMGaHDStqhtxenLiGHFxnEmb_m_DvvuRSTSJp

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas

Sim percebo o ponto de vista...

A minha também ficou assim é agora desapareceu completamente....

Share this post


Link to post
Share on other sites

.


Edited by Gonçalo84

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sign in to follow this