CRSs em greve reprodutiva


Recommended Posts

Olá a todos.

 

Tenho, já há alguns meses, um problema com a reprodução dos meus CRSs. Uso a água do Lidl com o pH de 6.03, já há mais de um ano, mas o pH não desce dos 7.0. No aquário só tenho troncos, cocos e akadama; no filtro tenho leca e anéis de cerâmica. Penso que seja por causa do pH, a falta de reprodução, apesar de que, quando chegaram, há dois anos, reproduziram como coelhos, e mantiveram-se assim até há 6/7 meses atrás, sempre com o pH de 7.0. Peço a vossa ajuda com este problema.

 

Cumprimentos,

Leandro

Link to post
Share on other sites

Em primeiro lugar qual é a situação observada:

  1. As fêmeas andam ovadas mas não surgem crias no aquário;
  2. As fêmeas deixaram de andar ovada.

Segunda questão:

  • Estamos a falar de crystal red cherry, certo? Pergunto isto porque aqui há tempos havia um bug no editor do fórum (não sei se já foi resolvido), que quando escrevíamos a sigla de Red Cherry Shrimp ele mudava para CRS.
Edited by Pedro Centena
Link to post
Share on other sites

Olá, Pedro.

 

São Crystal Red Shrimps grades A, S, S+, SS e SSS. As fêmeas simplesmente não ficam ovadas, e as que ficam, 1 em 50 talvez, as crias não vingam, sobrevivem 1 ou 2 crias no máximo. O aquário é só para camarões.

 

Cumprimentos.

Link to post
Share on other sites

Olá, Pedro A Santos.

 

O aquário onde estão os camarões é um 60x30x30 e tem 46 litros reais. Ttenho uma população à volta dos 100 camarões, será que já não cabem mais?

 

Cumprimentos.

Link to post
Share on other sites

Olá, Pedro A Santos.

 

O aquário onde estão os camarões é um 60x30x30 e tem 46 litros reais. Ttenho uma população à volta dos 100 camarões, será que já não cabem mais?

 

Cumprimentos.

 

 

Sinceramente não te sei dizer ao certo, não sei se existe alguma regra para determinar a lotação de um aquário nos camarões.

 

Nos peixes sei que é 1 cm/litro. É o que normalmente se vê referênciado nos diversos foruns do hobby.

 

Se aplicarmos a mesma regra ao camarões, tendo em conta que o seu comprimento máximo é de 3 cm, em 100 camarões dá 300 cm, ou seja, tinha de ter um aquário de 300 litros...

 

Mas não sei se podemos aplicar o mesmo conceito, visto que existe por ai muitos aquários com essa litragem e com muitos camarões...

 

Aguarda mais opiniões...

Link to post
Share on other sites

Boas,

 

Acho que isso se deve à superlotação.

 

Vejamos alguns pontos que agora me ocorrem:

 

Quando existe um superlotação, sabemos que a reprodução diminui naturalmente (Na natureza se a espécie não se encontra em perigo de extinçao e existe disputa por alimento, os animais focam-se noutros objectivos à parte da reprodução) e devido à falta de espaço.

Os camarões mais pequenos tambem efectuam ecdises, e todos sabemos que se eles puderem, são canibais, então os adultos aproveitaram os momentos mais fracos dos pequenos e eventualmente deitam-lhes o "dente". Isto na minha ideia, porque se o aquário já tem algum tempo o biofilme estará 5* para os pequenotes.

Em vários fóruns de referência, em cerca de 50-60 litros os criadores costumam manter no máx. 20 adultos por tanque durante 2-3 criações e ate 100-120 crias em crescimento. O que mais uma vez aponta para superlotação.

A mim já me aconteceu isso, os camarões simplesmente deixam de criar.

 

Agora a minha dica, ou o meu cêntimo xd

 

Se puderes monta um aquario pequeno (50-70 litros) e põem lá o máximo de fêmeas que achas que tenham categoria, com os teus melhor 2-3 machos.

Não ponham mais que 15-16 fêmeas.

Vais ver que no espaço de 1 mês elas ovaram todas e algumas mais que 1 vez.

 

 

Espero ter ajudado,

 

Abraço

Link to post
Share on other sites

Obrigado pelas respostas e pela vossa contribuição. Não me é possível montar outro aquário. Eu queria, mas não há espaço e dinheiro para isso, infelizmente.

 

Cumprimentos.

Link to post
Share on other sites

Boas, se não consegues montar outro tenta vender a maior parte desses de modo a libertares espaço para os melhores com que ficares.

 

 

Cumps.

Link to post
Share on other sites

Boas

 

Acho que não tem a ver com isso, a sobrelotação em nada tem a ver com os nascimentos... o que poderia acontecer era existir falta de alimento para as crias, o problema aqui é que nem ovam certo?

 

Tu dizes que usas Agua de garrafão e o PH está nos 7? tens de ter algo contrário ( calcário ) a subir o PH, o substrato qual é?

 

Acredito mais que pelas constantes descargas de agua com PH super reduzido (6 para 7 é imenso!) aquando das TPA's, as fêmeas fiquem perturbadas e não ganhem ovos por isso...

 

Aqui em casa as oscilações de PH já foram fatais antes de usar o ADA amazónia à uns dois anos que uso e só tenho mortes por doenças ou temperatura elevada...

 

Tenta estabilizar o PH ou então desiste de fazer TPA's com um Ph tão baixo... se ele não desce não vale a pena insistir...

Link to post
Share on other sites

Boas André, se leres bem o substrato é Akadama e eu tenho camarões CRS e CBS desde os 5,5 até os 7,5 a criarem.

 

O aquário tem 2 anos logo está estabilizado como o membro refere. E os pequenos ao inicio não se alimentam da comida dos maiores mas sim de microrganismos no fundo do aquário ou no meu caso comida em pó que coloco.

 

Também já li que convém colocar sangue novo senão corres o risco de a colonia desaparecer comigo aconteceu mas com red cherries.

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

Olá.

 

Isto já não avisa quando há respostas aos tópicos...

 

André, o substrato é Akadama. Faço duas TPAs, uma no domingo (9% da água) e outra na quarta (9% da água), e deixo o garrafão a verter a água a conta-gotas, o que dura entre 2 a 3 horas. Não sei se afeta assim tanto o pH do aquário. Eu não noto nada nos testes.

 

Xarouco, isso do sangue novo é que já há muito que não há.

 

Obrigado pelas respostas.

 

Cumprimentos.

Link to post
Share on other sites

Viva Isp,

 

Para receberes as notificações, carrega no botão 'seguir este tópico' ao cimo do teu primeiro post neste tópico, do lado direito.

 

cumps,

David

Link to post
Share on other sites